Autor Tópico: cvp + colheita de sangue  (Lida 3301 vezes)

Offline aclau

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 58
    • Ver Perfil
cvp + colheita de sangue
« em: Novembro 05, 2012, 12:41:00 »
Boa Tarde ....

Esclareçam-se um procedimento. Quando é necessário proceder à punção de um novo acesso venoso periférico e em simultaneo têm um pedido de colheita de sangue para análises para o mesmo doente, como procedem, de forma a evitar que o doente sejam puncionado 2 vezes?

Offline funktastic

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 49
    • Ver Perfil
Re: cvp + colheita de sangue
« Responder #1 em: Novembro 05, 2012, 18:14:42 »
Não há problema em retirar sangue do cvp quando acabadíssimo de puncionar. Mas atenção, depois disso obviamente não se deve tirar sangue a partir do cvp.
soumesmointeligente.blogspot.com

Offline Fanux

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 126
    • Ver Perfil
Re: cvp + colheita de sangue
« Responder #2 em: Novembro 19, 2012, 12:23:01 »
Puncionas, depois conectas uma peça ao cvp própria para encaixar o tubo, depois é só fazer a recolha (com vacuo ou sem vacuo). Retiras a peça e conectas o obturador ou mandril. Lavas o sistema.

Exige (bastante) mais tecnica do que com a tecnica tradicional.

Offline EnfermeiroMaravilhas

  • Membro
  • ***
  • Mensagens: 84
    • Ver Perfil
Re: cvp + colheita de sangue
« Responder #3 em: Fevereiro 06, 2013, 11:59:41 »
Citação de: Fanux
Puncionas, depois conectas uma peça ao cvp própria para encaixar o tubo, depois é só fazer a recolha (com vacuo ou sem vacuo). Retiras a peça e conectas o obturador ou mandril. Lavas o sistema.

Exige (bastante) mais tecnica do que com a tecnica tradicional.

ERRADO!!!! não exige mais técnica nenhuma. A técnica do procedimento reside exclusivamente na colocação do cvp e nada mais.

Picas o doente com o cateter, seja ele, 22G, 20G ou 18G (não importa)... e quando tiveres picado... em veres de ligares o teu sistema de soro ao cpv.... LIGAS ANTES UMA TULIPA daquelas que se usam nas colheiras que se fazem com os butterflys. e depois é só encaixares os tubos e tá a andar de mota. No fim, tiras o garrote, tiras a tulipa e ligas o sistema de soro.

Não tem nada que saber. Se conseguiste colocar a via venosa (ou seja, o gesto técnico) o resto é como se já tivesse feito.
É assim que se faz em todos os serviços de urgência.