Autor Tópico: Trabalhar no Reino Unido  (Lida 3909 vezes)

Offline Susanalves

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Trabalhar no Reino Unido
« em: Outubro 03, 2012, 12:38:12 »
Boa Tarde colegas...estou a pensar ir trabalhar para o UK e já estou a tratar da papelada para ser mais fácil depois o processo...no entanto será que alguém pode dar o testemunho de como é neste momento as condiçoes de trabalho lá? Obrigado...

Offline Benzodiazepina

  • Membro Veterano
  • *****
  • Mensagens: 980
    • Ver Perfil
    • http://artedecuidar.wordpress.com
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #1 em: Outubro 03, 2012, 20:25:18 »
Existem imensos tópicos sobre como trabalhar no UK, é só fazeres uma pesquisa.

Offline Susanalves

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #2 em: Outubro 04, 2012, 08:13:17 »
Obrigado colega, mas isso já eu fiz e por isso abri este topico...pois o que gostava de saber e não vejo grande coisa, é relativamente às condiçoes de trabalho nos serviços, por exemplo rácios, carga horaria, em termos monetarios se compensa ainda trabalhar lá, e juntar algum dinheiro, ou seja se o custo de vida o permite....enfim coisas deste género, e o que encontro e mais como se faz para ir para lá, e isso eu ja sei!Obrigada   ;)

Offline anya_Skywalker

  • Membro Ativo
  • ****
  • Mensagens: 183
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #3 em: Outubro 05, 2012, 18:08:54 »
Citação de: Susanalves
Obrigado colega, mas isso já eu fiz e por isso abri este topico...pois o que gostava de saber e não vejo grande coisa, é relativamente às condiçoes de trabalho nos serviços, por exemplo rácios, carga horaria, em termos monetarios se compensa ainda trabalhar lá, e juntar algum dinheiro, ou seja se o custo de vida o permite....enfim coisas deste género, e o que encontro e mais como se faz para ir para lá, e isso eu ja sei!Obrigada   ;)

Rácios: depende de serviço para serviço. Não tens um rácio definido para doentes por enfermeiro. Não sei se usam algum programa para calcular as horas de cuidados necessárias, mas sei que serviços mais pesados como os de geriatria raramente têm mais pessoal do que serviços menos pesados como os de plástica. Trabalho em Urgência, e convivo mais com pessoal que trabalha na unidade de admissões urgentes em que o rácio é normalmente 5 doentes para 1 enfermeiro, com um auxiliar para cada 10 doentes. Na urgência tambem tenho geralmente 5 doentes, 1 auxiliar para 10 doentes. Ou na reanimação 2 doentes por enfermeiro durante o dia, pode chegar aos 4 á noite, nenhum auxiliar. Os serviços têm rácios muito mais elevados. 10-12 doentes por enfermeiro, ás vezes, mas costumam ter mais auxiliares para compensar.

Carga horária- 37.5 hors/semana. As tuas pausas durante o dia não contam em termos de carga horária. Se tens direito a 30 minutos de pausa, e o teu turno é das 7:30 ás 15:30, as horas que contam são 7h30m. Se fazes turnos das 7:30 ás 20:30 tens direito a uma hora de pausa (normalmente dividida entre manhã e tarde) e as horas de trabalho contam como 12h.

Em termos monetários, só tu é que podes saber se compensa. Eu ganho o suficiente para fazer uma vida normal, ir a casa de vez em quando (3 ou 4 vezes por ano) e ter um luxo ou dois por ano. Poupo dinheiro, mas não envio nenhum para portugal. O custo de vida difere muito de local apra local, não consegues comparar morar e trabalhar em Londres com morar e trabalhar numa cidade rural. Regra geral o custo de vida é mais elevado no sul do que no norte.

Para mim compensa, para outros pode não compensar.

Offline Susanalves

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #4 em: Outubro 07, 2012, 02:36:25 »
Citação de: anya_Skywalker
Citação de: Susanalves
Obrigado colega, mas isso já eu fiz e por isso abri este topico...pois o que gostava de saber e não vejo grande coisa, é relativamente às condiçoes de trabalho nos serviços, por exemplo rácios, carga horaria, em termos monetarios se compensa ainda trabalhar lá, e juntar algum dinheiro, ou seja se o custo de vida o permite....enfim coisas deste género, e o que encontro e mais como se faz para ir para lá, e isso eu ja sei!Obrigada   ;)

Rácios: depende de serviço para serviço. Não tens um rácio definido para doentes por enfermeiro. Não sei se usam algum programa para calcular as horas de cuidados necessárias, mas sei que serviços mais pesados como os de geriatria raramente têm mais pessoal do que serviços menos pesados como os de plástica. Trabalho em Urgência, e convivo mais com pessoal que trabalha na unidade de admissões urgentes em que o rácio é normalmente 5 doentes para 1 enfermeiro, com um auxiliar para cada 10 doentes. Na urgência tambem tenho geralmente 5 doentes, 1 auxiliar para 10 doentes. Ou na reanimação 2 doentes por enfermeiro durante o dia, pode chegar aos 4 á noite, nenhum auxiliar. Os serviços têm rácios muito mais elevados. 10-12 doentes por enfermeiro, ás vezes, mas costumam ter mais auxiliares para compensar.

Carga horária- 37.5 hors/semana. As tuas pausas durante o dia não contam em termos de carga horária. Se tens direito a 30 minutos de pausa, e o teu turno é das 7:30 ás 15:30, as horas que contam são 7h30m. Se fazes turnos das 7:30 ás 20:30 tens direito a uma hora de pausa (normalmente dividida entre manhã e tarde) e as horas de trabalho contam como 12h.

Em termos monetários, só tu é que podes saber se compensa. Eu ganho o suficiente para fazer uma vida normal, ir a casa de vez em quando (3 ou 4 vezes por ano) e ter um luxo ou dois por ano. Poupo dinheiro, mas não envio nenhum para portugal. O custo de vida difere muito de local apra local, não consegues comparar morar e trabalhar em Londres com morar e trabalhar numa cidade rural. Regra geral o custo de vida é mais elevado no sul do que no norte.

Para mim compensa, para outros pode não compensar.


Obrigada colega pelo testemunho...eu tambem trabalho em urgencia ca em portugal há cerca de 5 anos...estou decidida a ir para ai trabalhar, mas ainda estou a tratar da papelada e demora o seu tempo!

Offline marlenepinheiro

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #5 em: Outubro 07, 2012, 15:14:20 »
Olá, em relação aos serviços é como a colega disse, o numero de doentes por enfermeiro depende e varia muito mas é sempre "apertado", nunca se tem grande tempo para tar sentado sem fazer nada, os serviços estão sempre com falta de pessoal, portanto o staff se não for a menos é à conta.
Há serviços onde podes escolher quase integralmente o horário que queres fazer, a maior parte são algo inflexíveis e só te deixam escolher uma folga ou duas e nada de férias nas duas semanas do Natal e passagem de ano. E não há cá a loucura de trocas como em Portugal.
Condições materiais no serviço tens as "lariquices" todas, no entanto não esperes ver hospitais como em Portugal, eu trabalho num hospital relativamente novo e nas medicinas há enfermarias cada uma com 12 camas.
Trabalho num serviço de admissões urgentes normalmente os numeros variam entre 6 e 8 doentes por enfermeiro, mas há dias em que já tive 12-15 (quando alguém falta) e então é o caos. Num internamento de medicina o normal é ter cerca de 12-15 doentes por enfermeiro o que é bastante.
Em relação ao que podes fazer de técnicas de enfermagem, podes fazer tudo o que aprendeste em Portugal mas tens de fazer formações primeiro para isso, dadas pelo hospital, como para algaliação masculina, punção endovenosa, medicação endovenosa, etc.
Oportunidades de formação e progressão na carreira há mas depende de serviços, dos chefes, da situação financeira do hospital, etc. No meu serviço ofereceram-me se queria especializar-me em algo que o serviço pagava, a uma colega minha num hospital, quis fazer uma formação que custava cem libras e foi negado. Depende, mas acho que esse aspecto não está tão facilitado porque os hospitais também estão a cortar nos custos. Acho que para progressão é Londres, muitos hospitais passados 6 meses és Band 6.
Também há as nursing homes que geralmente pagam um pouco acima do salário do hospital, geralmente têm turnos de 12h e são um pouco mais flexíveis, uma vida mais descansada que a do hospital é com certeza. Trabalhar num hospital do NHS é bastante exigente, em termos de rácios e da exigencia por parte dos doentes e familiares. Não há cá doentes "amarrados à cama" nem "empurrar comprimidos ou o almoço pela boca abaixo" se o doente não os quiser tomar, o que até acho bem.
Quanto ao custo de vida, claro que depende da zona e do estilo de vida que se leva. Na zona onde moro (East Midlands) um apartamento t1 arrenda-se por volta de £450-550/mês, t2 cerca de £575-650. Contas de água, luz, gás e council tax ficam cerca de £200/mês. No supermercado é bem mais barato que em Portugal.
Cinema é mais caro, saídas à noite é mais caro, bons restaurantes como em Portugal ainda estou para encontrar, o melhor ainda é o Nando's (frango assado)  ;D
Comprar carro é facilimo, são muito mais baratos (autotrader.co.uk), os seguros são carissimos (cerca de £800-900 por ano enquanto não tiveres vários anos de condução no UK sem acidentes).
Se queres comprar casa e afins não é o sítio ideal, caras, pequenas e feias (rightmove.co.uk - também podes ver arrendamentos). Ainda estou para encontrar uma casa que dissesse que gostava por menos de um milhão de libras, que são cerca de 1.200.000 euros.  :o
Nada melhor do que procurares os preços do que queres saber na internet, depois vens para cá ganhar cerca de 22000 por ano e fazes as contas. Encontrar trabalho é bastante fácil, mesmo em hospital (www.jobs.nhs.uk), ou se colocares o CV no site www.staffnurse.com em horário de expediente passados 10mn estão a ligar-te com ofertas, LITERALMENTE.
Em ambos os casos obviamente vão testar o teu inglês.
Tempo é o que se sabe, não chove tanto como dizem, esperava bem pior, mas a maior parte dos dias estão nublados e hoje de manhã estavam 6 graus. Acho que este verão houve cerca de 10 dias, não seguidos, com sol todo o dia e temperaturas acima dos vinte. É um tempo bastante depressivo.
Como tudo na vida, tem coisas boas e coisas más. Tentei explicar a minha experiência o melhor que pude no menor numero de linhas possivel, qualquer questão coloca ou manda PM.

Offline Susanalves

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 7
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #6 em: Outubro 07, 2012, 19:48:13 »
Obrigada colega marlenepinheiro...o seu testemunho foi de grande importancia para mim...ja agora se não for chatear muito em relação a isso que fala dos horarios, como funcionam ai? Existe rolemente de manhas e tarde e noites? e em ermos das folgas para vir a Portugal como faz já que não se pode fazer trocas como aqui!!!So em ferias certo?
Em relação as tecnicas, disse que temos que fazer formaçoes mas isso e logo feito no inicio para podermos fazer tudo?
Obrigada!

Offline marlenepinheiro

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #7 em: Outubro 07, 2012, 21:07:55 »
Os horários dependem dos serviços, a maior parte dos enfermeiros fazem rotation entre todos os turnos, normalmente umas 3 ou 4 noites de seguida, depois umas folgas e começam manhas e tardes ou long days, como o nome indica é a manha e seguem tarde.
Depois há os enfermeiros que só fazem noites e os que não fazem noites, há de tudo. Geralmente sempre por opção, ou seja, se quiser posso pedir à chefe para não me por a fazer noites, por exemplo. Eu pedi para não fazer mais de duas noites seguidas.
Mas nem todos os serviços são flexíveis. Os horarios nao é como em portugal 8-16-24. Há sobreposição dos turnos de cerca de meia-hora para as passagens de turnos, ou seja, não temos de ficar depois da hora de sair. Por exemplo, no meu serviço a manhã é das 07h30 às 15h, a tarde das 13h45 às 21h e a noite das 21h às 07h45.
Em relação às trocas também se fazem mas não como em Portugal que mal sai o horário trocam tudo, isso nem pensar, até porque muitas vezes como se pode "pedir" os turnos toda a gente já está a fazer o que quer e é dificil arranjar quem queira trocar.
Ao todo no NHS são 35 dias de férias incluindo os já feriados, ou seja, são 7 semanas por ano de segunda a domingo (7dias), se se juntar as 2 folgas da semana antes e as duas folgas da semana a seguir já fica com 11 dias, eu geralmente nunca uso mais do que isso de uma vez para ir a Portugal. E com antecedencia consegue ir a vir por 80-90 libras por bilhete, ou menos.
Em relação às técnicas geralmente há as formações quase todos os meses e duram um dia ou dois, geralmente inscrevem os enfermeiros que queiram fazer para a próxima disponivel. Não tem de se preocupar com isso.
Conheço mais em relação à realidade hospitalar, acerca das nursing homes, as que conheço fazem horário 8h-20h e 20h-8h. Geralmente não pagam subsidio de turno. No NHS sabados e noites é a 30% e domingos e feriados a 60%, costuma dar para os descontos e sobra qualquer coisa, depende dos turnos que se fizer. Fazer turnos extra é quantos quiser.
Tenho vindo a lembrar-me de mais coisas desde a mensagem anterior, os descontos obrigatorios são 31% do salário, mas em cada ano fiscal cerca de 8000 libras são livres de impostos. E não tem de fazer IRS nem nada desses coisas, é automatico.
Relativo ao trabalho e à cultura inglesa é muito diferente de Portugal, mas nunca senti a minima discriminação de ninguém, sempre me tratarem bem, com muito respeito e reconhecimento.
Os enfermeiros ingleses são um pouco "limitados" de conhecimento e muitas vezes pedem concelhos e opiniões.
Culturalmente respeitam muito o espaço individual de cada um, é bastante comum no supermercado em corredores mais congestionados, pedirem desculpa constantemente por estarem no caminho ou se tocarem no teu carrinho nem que seja levemente.  :- Nunca vi gente mais educada. É comum passares por pessoas no hospital que nunca viste nem conheceste e simplesmente sorrirem para ti.
Por outro lado, também têm muitas regras e disciplina, é estranho ver os miudos da escola todos de fato e gravata.
É uma cultura muito própria.
Na minha opinião os únicos pontos contra: o tempo e as casas!

Offline marlenepinheiro

  • Novato
  • **
  • Mensagens: 12
    • Ver Perfil
Re: Trabalhar no Reino Unido
« Responder #8 em: Outubro 07, 2012, 21:20:55 »
:o Ufa! Que testamento!