Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Tópicos - enfarfr

Páginas: 1 2 [3] 4 5 ... 12
31
Anúncios de Emprego / Centro de Saúde da Povoação
« em: Janeiro 13, 2010, 15:58:55 »
REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES
Secretaria Regional da Saúde
Centro de Saúde da Povoação
Aviso n.º 3/2010/A
1 — Nos termos do disposto no artigo 28.º do Decreto -Lei n.º 437/91,
de 8 de Novembro, artigo 13.º do Decreto -Lei n.º 248/2009, de 22 de
Setembro, artigo 19.º do Decreto -Lei n.º 69/A/2009, de 24 de Março,
artigo 50.º da Lei n.º 12/A/2008, de 27 de Fevereiro e por deliberação
do Conselho de Administração do Centro de Saúde de Povoação, em 2
de Dezembro de 2009, mediante autorização prévia de Suas Excelências
o Secretário Regional da Saúde e o Vice -Presidente do Governo
Regional dos Açores, de 4 de Outubro de 2009 e 16 de Novembro de
2009 respectivamente, encontra -se aberto pelo prazo de 15 dias úteis a
contar da data da publicação do presente aviso no Diário da República,
procedimento concursal para ocupação de 2 (dois) postos de trabalho
para o desenvolvimento de actividades decorrentes da carreira especial
da área da Saúde de Enfermagem, categoria de Enfermeiro, para recrutamento
na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas
por tempo indeterminado, do Quadro Regional da Ilha de São Miguel,
afecto à Secretaria Regional da Saúde, Direcção Regional de Saúde,
Centro de Saúde de Povoação.
2 — Em cumprimento da alínea h) do artigo 9.º da Constituição, a
Administração Pública, enquanto empregadora, promove activamente
uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres
no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando
escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer descriminação.
3 — Nos termos do n.º 3, do artigo 3.º do Decreto -Lei n.º 29/2001, de
3 de Fevereiro, adaptado à Região Autónoma dos Açores pelo Decreto
Legislativo Regional n.º 4/2002/A de 1 de Março, os candidatos com
deficiência têm preferência sempre que se verifique igualdade de classificação,
a qual prevalece sobre qualquer outra preferência legal.
4 — Condições de admissão: só poderão ser opositores ao procedimento
concursal os candidatos que se encontram nas condições previstas
no âmbito de recrutamento previsto no n.º 4 do artigo 6.º da Lei
n.º 12 -A/2008, de 27 de Fevereiro, ou seja, o recrutamento inicia -se de
entre trabalhadores com relação jurídica de emprego público por tempo
indeterminado previamente estabelecida, nos termos do despacho de
S. Ex.ª o Vice -Presidente do Governo regional dos açores, de 16 de
Novembro de 2009.
5 — Legislação aplicável -Nos termos do disposto no n.º 4 do artigo
13.º do Decreto -Lei n.º 248/2009, de 22 de Setembro e artigo 19.º
do Decreto -Lei n.º 69 -A/2009, de 24 de Março, ao presente procedimento
aplicam -se as disposições legislativas especiais da carreira de
enfermagem, designadamente o Decreto -Lei n.º 437/91, de 8 de Novembro,
alterado pelos Decreto -Lei n.º 412/98, de 30 de Dezembro,
Decreto -Lei n.º 411/99, de 15 de Outubro, Decreto -Lei n.º 54/2003, de
28 de Março, Decreto -Lei n.º 57/2004, de 19 de Março e Decreto -Lei
n.º 229/2005, de 29 de Dezembro, assim como Decreto Legislativo
Regional n.º 27/2007/A de 10 de Dezembro e a Lei n.º 12 -A/2008, de
27 de Fevereiro, adaptada à Região pelo Decreto Legislativo Regional
n.º 26/2008/A, de 24 de Julho, republicado pelo Decreto Legislativo
Regional n.º 17/2009/A, de 14 de Outubro e Lei n.º 59/2008 de 11 de
Setembro.
6 — O prazo de validade do concurso é o referente no n.º 1 do artigo
23.º do Decreto -Lei n.º 437/91 de 8 de Novembro.
7 — Conteúdo funcional -o constante no artigo 9.º do Decreto -Lei
n.º 248/2009, de 22 de Setembro.
8 — Ao posto de trabalho a ocupar corresponde o grau de complexidade
funcional 3.
9 — Local de trabalho -Centro de Saúde de Povoação, sito na Rua
Monsenhor João Maurício Amaral Ferreira, 9650 -426 Povoação.
10 — Remuneração — é correspondente ao escalão e índice salarial
da tabela constante do Anexo I do Decreto -Lei n.º 437/91, de 8 de
Novembro e a actualização resultante da Portaria n.º 1553 D/2008, de
31 de Dezembro.
11 — As candidaturas deverão ser formalizadas mediante requerimento
escrito, dirigido ao Presidente do Júri do procedimento concursal
para provimento de dois lugares de Enfermeiros, da carreira de Enfermagem,
devidamente datado e assinado, entregues pessoalmente na Secção
de Pessoal desta Instituição ou remetidos pelo correio sob registo e aviso
de recepção para o Centro de Saúde de Povoação, Rua Monsenhor João
Maurício Amaral Ferreira s/n.º, 9650 -426 Povoação, até ao termo do
prazo fixado, ao qual deverão anexar, sob pena de exclusão, fotocópias
dos seguintes documentos:
a) Curriculum Vitae, detalhado, datado e assinado, do qual devem
constar, designadamente as habilitações literárias, as funções que exercem,
bem como as que exerceram, com indicação dos respectivos períodos
de duração e actividades relevantes, assim como a formação
profissional detida, com indicação das acções de formação finalizadas
(cursos, estágios, encontros, simpósios, especializações e seminários,
indicando a respectiva duração e datas de realização);
b) Documentos comprovativos das habilitações literárias e profissionais;
1260 Diário da República, 2.ª série — N.º 6 — 11 de Janeiro de 2010
c) Comprovativo da cédula profissional;
d) Certificados das acções de formação frequentadas, relacionadas
com a área funcional do posto de trabalho a que se candidata;
e) Comprovativos da experiência profissional;
f) Quaisquer outros documentos que os candidatos entendem dever
apresentar por considerarem relevantes para apreciação do seu mérito;
g) Declaração, devidamente actualizada, emitida pelo serviço ou organismo
de origem, da qual constem, de forma inequívoca, a existência e
natureza do vínculo, a categoria e a antiguidade na categoria, na carreira
e no exercício de funções públicas;
h) Documentos válidos que comprovem a posse dos requisitos gerais
exigidos
11.1 — Só é dispensada a entrega da documentação que possa ser fornecida
ao júri pela respectiva Secção de Pessoal, através de documentos
actualizados e arquivados no processo individual.
11.2 — O estabelecido no presente aviso não impede que o júri exija
a qualquer dos candidatos documentos comprovativos das suas declarações.
12 — Requisitos de admissão -podem ser admitidos ao procedimento
concursal os candidatos que reúnam, até ao termo do prazo fixado
para a apresentação de candidaturas, cumulativamente os seguintes
requisitos:
Gerais:
a) Reunirem os requisitos gerais previstos no artigo 8.º da Lei
n.º 12/A/2008, de 27 de Fevereiro e os decorrentes do artigo 27.º do
Decreto -Lei n.º 437/91, de 8 de Novembro;
Especiais:
b) Possuírem o título profissional de enfermeiro atribuído pela Ordem
dos Enfermeiros;
c) Possuírem a cédula profissional definitiva, atribuída pela Ordem
dos Enfermeiros.
13 — Não podem ser admitidos candidatos que, cumulativamente,
se encontrem integrados nas carreiras, sejam titulares das categorias
em referência e, não se encontrando em mobilidade, ocupem postos de
trabalho no Quadro Regional de Ilha de São Miguel idênticos ao posto
de trabalho para cuja ocupação se publicita o procedimento.
14 — Método de selecção -avaliação curricular, nos termos da alínea
a) do artigo 34.º e do artigo 35.º do Decreto -Lei n.º 437/91 de 8 de
Novembro e de acordo com a seguinte fórmula:
CF = (FP x 6) + (HA x 2) + (EP x 8) + (OECR x 4)
20
em que:
CF = Classificação final
FP = Formação Profissional
HA = Habilitação Académica
EP = Experiência Profissional
OECR = Outros elementos considerados Relevantes.
14.1 — A avaliação curricular, visa avaliar a qualificação profissional
dos candidatos, ponderando, de acordo com exigências da função, a habilitação
académica, a formação profissional, a experiência profissional
e outros elementos considerados relevantes.
14.1.1 — Formação profissional (20 pontos) -inclui todas as acções
de formação devidamente comprovativas:
Sem acções de formação — 10 pontos, acrescendo ao valor indicado,
até ao limite máximo de 20 pontos:
a) Como formando
3 acções — 6 pontos;
2 acções — 4 pontos;
1 acção — 2 pontos;
b) Como formador:
2 acções — 4 pontos;
1 acção — 2 pontos.
14.1.2 — Habilitações Académicas terão a seguinte pontuação:
a) Licenciatura — 20 pontos;
b) Bacharelato — 16 pontos.
14.1.3 — Experiência profissional terá a seguinte pontuação:
Sem experiência profissional — 0 pontos
Com experiência profissional — 10 pontos,
acrescendo por cada mês de exercício profissional na área de cuidados
de saúde primário a pontuação de 1,75, até ao limite máximo de
20 pontos.
14.1.4 — Outros elementos considerados relevantes — 20 pontos:
Apreciação curricular -10 pontos.
Será feita uma apreciação global sobre: semântica, ortografia, paginação,
documentação, organização e formato, de acordo com a seguinte
grelha e outros elementos que o júri considere relevantes:
Sumário -1 pontos;
Introdução -1 pontos;
Desenvolvimento com sequência lógica -3 pontos;
Projectos futuros -2 pontos;
Anexos -2 pontos;
Capa -1 pontos
Outros elementos que o júri considere relevantes -10 pontos
15 — Os critérios de apreciação e ponderação, o sistema de classificação
e fórmula classificativa, constam das actas do júri, sendo as mesmas
facultadas aos candidatos sempre que solicitadas.
16 — Havendo igualdade de classificação aplicam -se os seguintes critérios
de desempate: Desempenho de funções na Instituição; Melhor nota
final do curso em enfermagem; Melhor nota de habilitações literárias;
17 — A classificação final, expressa de 0 a 20 valores, resultará da
média aritmética ponderada das classificações obtidas em cada um dos
métodos de selecção, considerando -se como não aprovados os candidatos
que no método de selecção eliminatório ou na classificação final
obtenham classificação inferior a 9,5 valores.
18 — A lista de ordenação final dos candidatos, após homologação do
Conselho de Administração do Centro de Saúde de Povoação é publicitada
nos termos do disposto no artigo 38.º do Decreto Lei n.º 437/91,
de 8 de Novembro.
19 — O júri terá a constituição que a seguir se refere, sendo o respectivo
presidente substituído nas suas faltas e impedimentos pelo
1.º Vogal efectivo:
Presidente: Mário Jorge Moniz Vieira -Vogal Enfermeiro do Centro
de Saúde de Povoação;
Vogais Efectivos:
Zilda Maria Dias Brasil Paiva Vieira — Enfermeira da Carreira Especial
de Enfermagem, que substituirá o Presidente nas suas faltas e
impedimentos; Marisa Paula Chaves Cosme Resendes — Enfermeira da
Carreira Especial de Enfermagem, ambas do Quadro Regional de Ilha
de São Miguel, afectas ao Centro Saúde de Povoação;
Vogais suplentes:
Andrea Isabel Pacheco Melo — Enfermeira da Carreira Especial de
Enfermagem, Célia de Fátima Aguiar Sousa Carreiro — Enfermeira
da Carreira Especial de Enfermagem, ambas do Quadro de Ilha de São
Miguel, afectas ao Centro de Saúde de Povoação.
14 de Dezembro de 2009. — O Presidente do Júri, Mário Jorge
Moniz Vieira.

Página 1259 do DR nº 6 de 11/01/2010 disponível em: http://dre.pt/pdfgratis2s/2010/01/2S006A0000S00.pdf

32
Contexte Medical- Agência de trabalho temporário RECRUTA URGENTE FRANCA
                             Missões de trabalho a partir 02 meses (minimo)

 

 *Enfermeiros especializados e/ou com experiência em :

 * Bloco Operatòrio

 * PSIQUIATRIA

 

 
OFERECEMOS:

Viagem de chegada e de regresso; alojamento durante toda a missão; salário muito motivante.
        Missões de trabalho a partir 02 meses (minimo)

Procuramos: Profissionais de saúde que interessados numa experiência diferente e enriquecedora.
                  Pedimos alguns conhecimentos de francês e inglês básico.

Enviar CV actualizado para:
                                      service@contexte-medical.eu
                                      Inês Santos 0033 (0) 6 30 26 10 89/ 0033 (0) 1.43.56.40.40


Agência no PORTO:
                                      EOLIMPACT
                                      Cláudia Marques 00351 222 088 890

33
Anúncios de Emprego / Concurso Hospital Santo António???
« em: Janeiro 12, 2010, 18:40:27 »
Alguém ouviu falar dum concurso para o Hospital Santo António que tenha aberto nestes últimos dias?

Ouvi dizer qualquer coisa mas não encontro anúncio...

37
Anúncios de Emprego / Enfermeiros - BRAGA?
« em: Janeiro 05, 2010, 13:30:45 »
empresa prestadora de serviços nas áreas de Higiene e Segurança no Trabalho; Certificação de Sistemas de Qualidade e Formação Profissional. No âmbito da nossa estratégia de crescimento, pretendemos reforçar a nossa equipa com um Enfermeiro para a área de Medicina do Trabalho, será valorizada formação em Higiene e Segurança no Trabalho:


Perfil Pretendido:
- Licenciatura em Enfermagem;
- Boa capacidade de comunicação;
- Elevado sentido de responsabilidade;


Oferecemos:

Renumeração aliciante em função dos resultados e integração em projecto inovador e ambicioso;


resposta: http://www.net-empregos.com/887140/recr ... z0NLKMI8Pk

38
Anúncios de Emprego / Enfermeiros(as) - Loures
« em: Janeiro 05, 2010, 13:29:43 »
Enfermeiros(as) para trabalhar nos Centros de Saúde do ACES VI - LOURES, pelo que terão que ter residência nessa zona ou em locais próximos.

OPORTUNIDADE
1.Cliente: Administração Regional de Saúde.
2.Local: LOURES (Centros de Saúde e/ou Extensões)
3.Função: Enfermeiro(a)
4.Requisitos
a.Licenciatura em Enfermagem;
b.Experiência profissional em centros de saúde (preferencial);
c.Experiência em cuidados primários;
d.Disponibilidade total e imediata;
5.Contrato
a.Horário completo – 35 Horas/ Semanais
b.Contrato de prestação de serviços;
6.Candidatura
a.Enviar CV actualizado, juntamente com Cartão da Ordem e BI, para www.medicsearch.com – encontrará aqui toda a informação sobre a nossa actividade (oportunidades, notícias, contactos, etc.)



Read more: http://www.net-empregos.com/887374/enfe ... z0NLKBUSJi

39
http://pt.legislacao.org/download/pdf2s ... ico-955272

Aviso n.º 23474-E/2009

Faz-se público que por deliberação do Conselho de Administração da Maternidade Dr. Alfredo da Costa de 22 de Dezembro 2009 se encontra aberto pelo prazo de 10 dias úteis, a contar da data da publicação deste aviso, concurso comum, para ingresso com vista ao preenchimento de 58 postos de trabalho na carreira de enfermagem, categoria de enfermeiro nível 1, a prover no Mapa de Pessoal da Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

1 - Em cumprimento da alínea h) do artigo 9.º da Constituição, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove activamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação.

2 - Âmbito do Recrutamento: O recrutamento é comum, tendo em conta, o despacho do Senhor Secretário de Estado da Administração Pública datado 12 de Outubro de 2009, sobre o qual o Senhor Ministro de Estado e das Finanças exarou despacho de concordância, em 14 de Outubro, no âmbito dos quais se consideram verificados os pressupostos que justificam o recurso a este tipo de recrutamento, em conformidade com o disposto no n.º 6 do artigo 6.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, podendo, deste modo, candidatar-se ao mesmo, trabalhadores com ou sem relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente estabelecida ou em mobilidade especial, sendo que, só em caso de impossibilidade de ocupação de todos ou de alguns postos de trabalho, o recrutamento far-se-á de entre trabalhadores com relação jurídica de emprego público por tempo determinado ou determinável ou sem relação jurídica de emprego público previamente estabelecida.

3 - Legislação aplicável:

Decreto-Lei n.º 11/93, de 15/01, aditado pelo Decreto-Lei n.º 53/98, de11 de Março, e alterado pelo Decreto-Lei n.º 276-A/2007, de 31 de Julho;

Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro;

Lei n.º 59/2008, de 11 de Setembro;

Lei n.º 64-A/2008, de 31 de Dezembro;

Decreto-Lei n.º 69-A/2009, de 24 de Março (suplemento);

Lei n.º 58/2008, de 9 de Setembro;

Decreto-Lei n.º 442/91, de 15 de Novembro;

Decreto-Lei n.º 6/96, de 31 de Janeiro.

Decreto-Lei n.º 437/91, de 8 de Novembro;

Decreto-Lei n.º 412/98, de 30 de Dezembro;

Decreto-Lei n.º 411/99, de 15 de Outubro;

Decreto-Lei n.º 248/2009, de 22 de Setembro

4 - Local de trabalho: Maternidade Dr. Alfredo da Costa, Rua Viriato, 1069-089 Lisboa

5 - Posicionamento remuneratório: De acordo com o cabimento orçamental autorizado, o vencimento corresponde ao de enfermeiro nível 1, previsto na tabela n.º 1, anexa ao Decreto-Lei n.º 437/91, de 8 de Novembro, com as alterações introduzidas pelos Decretos-Leis n.os 412/98, de 30 de Dezembro e 411/99, de 15 de Outubro.

6 - Conteúdo funcional: O mencionado no artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 437/91, de 8 de Novembro, com as alterações introduzidas pelos Decretos-Leis n.os 412/98, de 30 de Dezembro e 411/99, de 15 de Outubro.

7 - Requisitos de admissão ao concurso:

7.1 - Requisitos Gerais - os referidos no artigo 8.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, nomeadamente:

a) Ter nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;

b) Ter 18 anos de idade completos;

c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;

d) Possuir robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções a que se candidata;

e) Ter cumprido as leis de vacinação obrigatória.

7.2 - Requisitos Especiais: Experiência hospitalar, com pelo menos um ano, na área da saúde materna e obstétrica, neonatal ou infantil.

8 - Não podem ser admitidos candidatos que, cumulativamente, se encontrem integrados por tempo indeterminado, na carreira, sejam titulares da categoria e, não se encontrando em mobilidade, ocupem postos de trabalho previstos no mapa de pessoal do Serviço, idênticos aos postos de trabalho cuja ocupação se pretende com o presente procedimento concursal.

9 - Nível habilitacional: Licenciatura em enfermagem.

10 - Formalização das candidaturas:

Em suporte de papel, através de requerimento que deve ser entregue na Secção de Pessoal, sita na Rua Viriato 1069-089 Lisboa, dentro das horas normais de expediente, entre as 09.00 e as 13h00 e as 14h00 e as 16h00, e até ao último dia do prazo estabelecido neste aviso, ou a enviar pelo correio, em carta registada com aviso de recepção para a mesma morada, considerando-se neste último caso, apresentada dentro do prazo, se o aviso de recepção tiver sido expedido até ao termo do prazo fixado no n.º 1 deste aviso. O requerimento deverá conter, entre outras, as seguintes referências:

a) Identificação do procedimento concursal, indicando, igualmente, a carreira e o posto de trabalho a que se candidata;

b) Identificação da entidade que realiza o procedimento, caso não conste expressamente de documento que suporte a candidatura;

c) Identificação completa do candidato: nome, data de nascimento, sexo, nacionalidade, filiação, número e data do Bilhete de Identidade e respectivo serviço emissor, número de identificação fiscal, endereço postal e electrónico, caso exista e número de contacto telefónico;

d) Situação perante cada um dos requisitos de admissão exigidos no presente aviso, nomeadamente os enunciados no artigo 8.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro;

e) A identificação da relação jurídica de emprego público de que é possuidor bem como a carreira, o serviço onde exerce funções e a actividade que nele executa;

f) Nível habilitacional;

g) Declaração sob compromisso de honra de que os factos que declara são verdadeiros.

O requerimento deverá ser acompanhado da seguinte documentação:

a) Um exemplar do Curriculum Profissional (devidamente datado e assinado e com documentos comprovativos);

b) Cópia dos documentos de identificação (Bilhete de Identidade ou do cartão de cidadão, Número de Identificação Fiscal, Cédula Profissional);

c) Documento comprovativo do Certificado de Habilitações;

d) Declaração emitida pelo Serviço a que o candidato pertence, devidamente actualizada, da qual conste a modalidade de relação jurídica de emprego público que detém, o tempo, execução das actividades inerentes ao posto de trabalho que ocupa, e para o qual se candidata.

e) Comprovativo das acções de formação frequentadas;

f) Outros documentos, considerados relevantes para análise da candidatura, que tenham mencionado no formulário de candidatura, e não identificados no presente aviso.

11 - A apresentação dos documentos comprovativos das situações previstas no n.º 7.1 é dispensada nesta fase desde que, o candidato declare no requerimento de admissão ao concurso, sobre compromisso de honra, a situação precisa em que se encontra relativamente a cada um dos requisitos.

12 - Curriculum dactilografado a 1,5 espaços até ao limite de 10 páginas.

13 - O Júri pode exigir a qualquer dos candidatos, em casos de dúvida da situação que descreve, a apresentação de documentos comprovativos das suas declarações.

14 - Métodos de selecção:

14.1 - No presente recrutamento será aplicada a avaliação curricular tal como determina o artigo 34.º do Decreto-Lei n.º 437/91, de 8 de Novembro, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 412/98, de 30 de Dezembro, em resultado da especificidade do conteúdo funcional exigido.

14.2 - A valoração final dos candidatos expressa-se numa escala de 0 a 20 valores, em resultado da média aritmética ponderada das classificações quantitativas obtidas em cada método de selecção, considerando-se excluído o candidato que tenha obtido uma valoração inferior a 9,5 valores em cada um dos métodos, bem como nas fases que o comportem e na classificação final.

14.3 - Em situações de igualdade de valoração, aplicar-se-ão os critérios de decisão do júri, que constam em acta.

14.4 - Os parâmetros de avaliação de cada um dos métodos de selecção e a respectiva ponderação, a grelha classificativa e o sistema de valoração final, constam de actas de reunião do júri do procedimento, sendo as mesmas facultadas aos concorrentes, sempre que solicitadas.

15 - Os candidatos excluídos serão notificados nos termos da lei para a realização da audiência dos interessados.

16 - A lista unitária de ordenação final dos candidatos, após homologação pelo Conselho de Administração da MAC é publicada na 2.ª série do Diário da República, afixada em local visível e público das instalações da MAC e disponibilizada na respectiva página electrónica.

17 - Composição do Júri - O Júri será constituído pelos seguintes elementos:

Presidente - Maria Gabriela Ribeiro de Matos Fernandes Croft de Moura - Enfermeira Directora da Maternidade Dr. Alfredo da Costa

1.º Vogal Efectivo - Maria Inês Ribeiro Machado - Enfermeira Principal do Mapa de Pessoal da Maternidade Dr. Alfredo da Costa

2.º Vogal Efectivo - Esmeralda Maria Mealha Martins Pereira - Enfermeira Principal do Mapa de Pessoal da Maternidade Dr. Alfredo da Costa

1.º Vogal Suplente - Anabela Rodrigues Silva Dias - Enfermeira Principal do Mapa de Pessoal da Maternidade Dr. Alfredo da Costa

2.º Vogal Suplente - Maria de Lurdes Farinha - Enfermeira Principal do Mapa de Pessoal da Maternidade Dr. Alfredo da Costa

18 - Nos termos do n.º 1 do artigo 19.º da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro, o presente aviso será publicitado na 2.ª série do Diário da República, na Bolsa de Emprego Público (www.bep.gov.pt) no 1.º dia útil subsequente à sua publicação no Diário da República, na página electrónica da Maternidade Dr. Alfredo da Costa e, por extracto, no prazo máximo de três dias úteis contados da forma anteriormente referida, em jornal de expansão nacional.

Maternidade do Dr. Alfredo da Costa, 28 de Dezembro de 2009. - A Vogal Executiva do Conselho de Administração, Margarida Moura Theias, mestre.



10 dias úteis para concorrer

40
Proto-especialidade: Cuidados ao Doente Crítico / Análise de caso
« em: Dezembro 21, 2009, 13:23:29 »
Caros colegas venho por este meio propor a análise de um caso clínico:

Masculino de 50 anos com antecedentes relevantes de HTA grau 1 controlada com medicação + consumo de álcool. Sem alergias medicamentosas. Estava a fazer um churrasco, tendo comido e bebido álcool.

Dá entrada pelo próprio pé no serviço de urgência básico com queimaduras de 2º grau com flictenas já destruidas na hemiface esquerda (com pelos nasais queimados), mãos e abdómen.

SV: Sem alterações. Glasgow: 15. Auscultação pulmonar + cardiaca sem alterações.

Colocados 2 CVP 18 G nos MS e fez 3 mg morfina IV. Lavadas queimaduras. Não refere dispneia.

Decidimos avançar para intubação orotraqueal pelo risco de edema da glote. Explicado ao utente. Aceitou.

Monitorizado e fez ECG 12 derivações (sinusal com 80 bpm).

O senhor pesava cerca de 110 kgs.

Temos disponível para sedação: midazolan (15 mg/3 ml), propofol (200 mg/20 ml) e etomidato (20 mg/10 ml).

Tendo em conta o cenário e a medicação disponível, e não esquecendo que o senhor estava alcoolizado, e em relação às drogas de sedação:

Por que droga iniciariam; Qual o bólus inicial; De quanto em quanto tempo dariam novo bólus; Que quantidade? Que droga usariam a seguir? Em que dosagem? Quando intubariam?

Estaria indicado o uso de metoclopramida (já que fez a morfina)?

Que fariam nesta situação?

41
Anúncios de Emprego / Oferta de Emprego para 69 Enfermeiros
« em: Novembro 30, 2009, 19:25:43 »
http://www.sesaram.pt/index.php?option= ... 86&lang=pt

OFERTA DE EMPREGO PARA RECRUTAMENTO E SELECÇÃO DE 69 ENFERMEIROS

      PUBLICITAÇÃO INTEGRAL

Faz-se público que se encontra aberta a seguinte oferta de emprego:

1.   Entidade Contratante: SESARAM, E.P.E.;
2.   Classificação e modalidade da oferta de emprego:
2.1. Quanto à origem dos candidatos: Externa, aberta a todos os candidatos, independentemente da sua origem.
2.2. Quanto à natureza do lugar a ocupar: De base, para preencher lugar correspondente à categoria e nível de base da respectiva carreira.
2.3. Modalidade: Para recrutamento imediato. 
3.   Regime de vinculação e modalidade da contratação: A contratação será feita em regime de contrato de trabalho, de acordo com o Código do Trabalho.
4.   Número de postos de trabalho a ocupar: 69.
5.   Cargo a exercer: Enfermeiro.
6.   Nível habilitacional exigido e área de formação académica ou profissional: Licenciatura na área de enfermagem.
7.   Obrigatoriedade da inscrição em ordens profissionais ou noutras entidades: Titulação em cédula profissional definitiva, atribuída pela Ordem dos Enfermeiros.
8.   Prazo de candidatura: 6 (seis) dias seguidos a contarem da data do jornal com a publicitação por extracto desta oferta de emprego.
9.   Prazo de validade: 6 (seis) meses, a contar da publicação da lista de ordenação final.
10.   Carreira e categoria, por equiparação: Enfermeiro, da carreira de enfermagem.
11.   Remuneração a auferir: Correspondente ao índice 114, da escala salarial da carreira de enfermagem, a que acrescerão os subsídios remuneratórios previstos na lei.
12.   Local ou locais de trabalho onde as funções vão ser exercidas: Instalações do SESARAM, E.P.E., na Região Autónoma da Madeira.
13.   Caracterização sumária do posto de trabalho: A descrita, designadamente, n.º 1 do artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 247/2009, de 22 de Setembro, que aprova o regime legal da carreira de enfermagem, aplicável aos enfermeiros nas entidades públicas e empresariais e nas parcerias em saúde.
14.   Forma como devem ser apresentadas as candidaturas:
14.1. As candidaturas deverão ser apresentadas em suporte de papel através de requerimento dirigido ao presidente do conselho de administração do SESARAM, E.P.E., e entregues no serviço de gestão de recursos humanos.
14.2. O requerimento deverá fazer menção aos seguintes elementos:
14.2.1. Identificação da oferta de emprego;
14.2.2. Identificação completa do candidato pelo nome, data de nascimento, sexo, nacionalidade, estado civil, número de identificação fiscal e endereço postal e electrónico, caso exista, devendo juntar cópia do cartão de contribuinte e do cartão de identificação civil;
14.3. A apresentação da candidatura é efectuada pessoalmente ou através de correio registado, com aviso de recepção, para o endereço postal do serviço de gestão de recursos humanos, sito no Núcleo de Apoio ao Hospital Cruz de Carvalho, na Avenida Luís de Camões, n.º 57, 9004-514 Funchal.
15.   Método(s) de selecção a utilizar: Entrevista profissional de selecção com carácter eliminatório.
16.   Documentos exigidos para efeitos de selecção dos candidatos:
16.1. Comprovativo da habilitação académica;
16.2. Comprovativo da habilitação profissional;
16.3. Comprovativo da cédula profissional definitiva, atribuída pela Ordem dos Enfermeiros;
16.4. Três exemplares do curriculum vitae;
17.   Substituição do presidente do júri: Em caso de falta ou impedimento do presidente do júri, este será substituído pelo vogal indicado pelo conselho de administração.
18.   Regulamento: O regime de recrutamento e selecção é o que consta do Regulamento de Recrutamento e Selecção de Pessoal pelo SESARAM, E.P.E., aprovado por deliberação do Conselho de Administração tomada em reunião do dia 24 de Abril de 2009, que se encontra disponível na página electrónica do SESARAM, E.P.E., em www.sesaram.pt.


http://www.sesaram.pt/index.php?option= ... =1&lang=pt

42
A MYJOBS – Recursos Humanos, empresa do grupo Pessoas e Soluções, encontra-se no momento a recrutar Enfermeiro (m/f) , para a prestigiada Empresa sua cliente no sector farmacêutico.

Função:
A candidata seleccionada será responsável por:

Ministrar formação e monitorização de administração de um medicamento.

Requisitos:

2 Anos de experiência

Licenciatura em Enfermagem

Carta de condução

Disponibilidade para deslocações a nível nacional e ilhas

Conhecimentos de inglês

Oferecemos:

Remuneração atractiva + viatura de serviço + telemóvel + computador portátil.

Envie hoje mesmo a sua candidatura e currículo actualizado para http://www.net-empregos.com/detalhe_anu ... REF=859014

43
Procuramos Enfermeiros (m/f)
Zona mais emprego    Lisboa    Empresa:    MediPeople - Soluções de Recursos Humanos Saúde
Categoria mais emprego    Saúde / Medicina / Enfermagem    Tipo:    Part-Time
Referencia    # 852479    Data:    4-11-2009
Anuncio:

No âmbito de um novo projecto, procuramos enfermeiros com experiência em preparação para o parto e apoio pós-parto*.


Trata-se de um projecto ajustável à disponibilidade do profissional, com contrato de prestação de serviços.



Caso tenha interesse e disponibilidade para este projecto, envie-nos a sua candidatura para:

www.medipeople.pt

We care about People!



*Os candidatos que apresentem um perfil ajustado às necessidades existentes serão contactados no prazo de 15 dias.



Read more: http://www.net-empregos.com/852479/proc ... z0VzjQ8hSo

45
Vacinação com a vacina da gripe A(H1N1) 2009 - Opinião de enfermeiros e estudantes de enfermagem .

Participem em:

http://spreadsheets.google.com/embedded ... QVXLhi8BtA

Páginas: 1 2 [3] 4 5 ... 12