Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Mensagens - maria27

Páginas: [1]
1
Cuidados Gerais / Re: Jaba B12+Relmus
« em: Fevereiro 19, 2013, 19:02:37 »
Boa noite colegas

Técnica de desvio da agulha?  :o Gostava que me explicasse em que consiste esta técnica... Aconselho a leitura do "Manual de Normas de Enfermagem" , 2ª ed, disponivel no site ACSS, p.276.

Boa leitura

2
Antibioterapia deve ser sempre prescrita pelo médico, quer seja tópica ou não. Por isso é que existem médicos e enfermeiros. Em Portugal os enfermeiros não prescrevem antibioterpia. Há que consultar sempre os protocolos do serviço e analisar o que está preconizado.
Infelizmente já tive alguns dissabores com antibioticos por via tópica e a pergunta é sempre a mesma : " Foi o médico que prescreveu?"
Em enfermagem há muitas outras coisas em que nos podemos preocupar...

3
Competência acrescida: Tratamento de Feridas / Re: Dúvida
« em: Fevereiro 23, 2010, 19:14:02 »
Não sei que tratamento a colega está a fazer actualmente mas aconselhava a a avaliar a ferida.
Raciocinando um pouco com aquilo que disse até à data, estamos perante uma ferida:
 - Com tecido desvitalizado. De que cor? Amarelo? Pode utilizar o hidrogel.
 - Sangrante - pode utilizar um penso hemostatico tipo Sorbalgon(Hartman) ou Kaltostat, mas a hidrofibra (Aquacel) também funciona muito bem e pode associar com o hidrogel.
 - Proteger bem o calcaneo - pode fazer uma bota com ligadura e bem almofadada.
 - Periocidade- 2 a 3x/semana. Há que avaliar a cada semana.
Geralmente quando surgem UP nos calcaneos é preferivel não fazer nada mas sim colocar bota de protecção ou calcanheira e deixar secar. O desbridamento só em último recurso!!!
Não desespere porque isto leva o seu tempo. Estas feridas não cicatrizam em dois dias!!! Não ande sempre a alterar o tratamento. No fim de cada semana avalie a ferida: tamanho, tipo de tecido, pele em redor da ferida,...
É com a prática que aprendemos! Mesmo sendo profissionais estamos sempre a aprender!!!
Bom trabalho!!!

4
Da minha experiência profissional aviso desde já que devemos ter  cuidado na utilização destas "misturas". Numa formação de feridas informaram-me que a associação destes dois produtos acaba por inactiva-los.
Sinceramente penso que deve abordar o médico e perguntar o porquê da utilização daqueles dois produtos em simultaneo, qual a duração do tratamento e respectivas quantidades a utilizar. Acredito que provavelmente devem haver outras soluções menos "traumatizantes" para o utente/doente. Não podemos esquecer que o tratamento das feridas não passa por tratar só a ferida mas sim também o doente, há que ter em conta outros factores tais como a alimentação entre outros.
Bom trabalho!!

Páginas: [1]