Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Mensagens - RicardoSantos

Páginas: [1] 2
1
Novidades / Concurso: "Toma lá o panfleto"
« em: Fevereiro 08, 2005, 19:53:07 »
Parabéns a todos os concorrentes, os panfletos estão Muito Bons!

Abraço!

2
Ensino e Atividades Académicas / Curso de Medicina em Privadas
« em: Fevereiro 01, 2005, 22:11:31 »
@ElsAlves
"Se as escolas adoptassem esse sistema, chumbar passaria a ser um negócio e aí sim, haveriamos de ver muitos alunos a chumbar..."

Poderia ser chamado o negócio do chumbo. No entanto, acho que as faculdades nunca adoptariam tal "negocio", porque iria ser desprestigiante para a faculadade, afastando possiveis novas inscrições.

Quando alguém chumba é necessário muito apoio dos amigos para ultrapassar esse periodo, especialmente um chumbo na faculdade...

Abraço

3
Cuidados Gerais / Corporativismo da Classe de Enfermagem....
« em: Fevereiro 01, 2005, 21:57:45 »
É verdade, ainda hoje a nossa sociedade só "reconhece" duas categorias universitárias, os doutores e os engenheiros, o que às vezes entristece pelo pouco reconhecimento da enfermagem...

Considero no entanto, que a imagem dos Enfermeiros mudou, de algum tempo para cá, e ainda bem.

Ainda não sou enfermeiro, em principio serei daqui a uns meses, no entanto ser tratado por sr. Enfermeiro para mim também basta.

Abraço

4
Cuidados Gerais / Triagem de Manchester
« em: Fevereiro 01, 2005, 21:37:41 »
@ElsAlves
"A triagem de Manchester é algo k pode levar a bons resultados se for realizada de uma forma eficaz."

Concordo plenamente contigo. Dos conhecimentos teóricos que tenho da triagem de Manchester, esta serve para melhorar os cuidados de saúde na Urgência, dando prioridade de atendimento às situações mais urgentes.
No entanto, o contacto com a realidade até agora foi o que já descrevi. Espero futuramente conhecer novas realidades, de preferência diferentes...

Abraço

5
Cuidados Gerais / Triagem de Manchester
« em: Fevereiro 01, 2005, 14:17:50 »
Escrevendo apenas sobre a realidade que conheço, neste fim-de-semana, no hospital São Sebastião (em Santa Maria da Feira), onde está implementada a triagem de Manchester, pergunto-me qual a eficácia desta (pelo menos naquele hospital), uma vez que sendo uma urgência fiquei cerca de 5 minutos à espera do enfermeiro... Quando chegou, perguntou apenas o que sentia e colou num papel uma etiqueta amarela...

Será apenas isto???

Abraço

6
Assim como os meus compadres, Abílio, André e Fábio, frequento a Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa, cooperativa CESPU.

Abraço

7
Ensino e Atividades Académicas / Curso de Medicina em Privadas
« em: Janeiro 22, 2005, 15:35:32 »
Se algum dia o Governo e acima de tudo a Ordem dos Médicos, der autorização para leccionar o curso de medicina nas faculdades privadas (o que acho pouco provável), o resultado será, mais cedo ou mais tarde, um excesso de médicos (médicos esses, que necessitaram de alguém com facilidades económicas para lhes pagarem o curso) e todos os problemas que daí advêm.

Não querendo por em causa o ensino nas escolas privadas (frequento uma escola privada), e levando o assunto para o campo da enfermagem, considero absurdo uma turma de enfermagem com 120 alunos...

Considero esta falta de limites e a visão apenas $$$$ das faculdades privadas, que faz com que seja cada vez mais dificil arranjar o 1º emprego e que num futuro próximo haverão enfermeiros no desemprego...

8
Cuidados Gerais / Estetoscópio, um instrumento ou uma insígnia?
« em: Janeiro 22, 2005, 15:23:22 »
Saudações a todos os elementos do fórum. Já vai alguns meses que não respondo a um post, mas a este não resisto...

Começo com um pequeno aparte ao autor deste post. Pelo que li, demonstras uma série de conhecimentos, que apesar de não me terem ensinado na faculdade, não deixam de ser importantes numa avaliação ao doente. Aqui ficam os meus parabéns pelo teu "maior" conhecimento (desculpa tratar-te por tu, mas acho que deves ser da minha idade).

No entanto, não podendo dizer que és realmente assim porque nem te conheço, denoto em ti uma certa falta de humildade (e parece que não sou só eu que penso assim...).

Não deixando de salientar que o exame físico é extramamente importante, não convém esquecer que a enfermagem é muito mais do que a técnica. Dispensando tanto tempo a esse completíssimo exame, vai faltar tempo para ouvir o doente... Descobrindo muitas vezes, muito mais que apenas a dor física.

Relativamente à experiência que eu tenho, acho que o doente não se deve sentir muito confortável se, por exemplo, à admissão vem o enfermeiro e faz-lhe esse exame completo, de seguida vem o interno e faz outro exame completo (porque não acredito que ele se guie pelo exame feito pelo enfermeiro) e depois chega o médico a confirmar as resulatdos do interno e faz-lhe outro exame completo...  :oops: Como se deve sentir o doente.

Mais uma vez relembro que acho bem que se alarguem as fronteiras do conhecimento em enfermagem, mas sem esquecer os fundamentos da Enfermagem.

Saudações

9
Concordo plenamente com o Kalimero, é inerente ao ser humano dar-se melhor com uma pessoa que com outras.

Tive uma experiência parecida com a tua (Kalimero) no estágio do ano lectivo anterior, em que fui engraçado, em vez de cair em graça (como diz o nosso amigo André).

Enquanto fui orientado por outros enfermeiros do serviço, tive oportunidade de aprender, sentir confiança no que fazia, crescer tanto como enfermeiro e como pessoa.

Quando foi orientado pela minha orientadora (enfermeira que dá a nota no final do estágio), tudo mudou. Deixei de sentir aquele apoio, a compreensão e motivação foram quase nulas e, uma vez que não recebia o feedback do meu desempenho em estágio, tomava a iniciativa e perguntava como estava indo, quais os aspectos a melhorar.  A resposta era sempre a mesma: "está tudo bem".

Acho que as nossas histórias não são únicas, e muitos estudantes de enfermagem têm histórias iguais e piores.

A todos que possam vir a passar por situações idênticas, força, não desanimem!
(Só não se esqueçam que um dia também podem ser orientadores de estágio, e não façam aos outros o que não gostaram que fizessem a vocês).

Abraços

10
Ensino e Atividades Académicas / Trabalho na Urgência
« em: Dezembro 05, 2004, 22:01:57 »
Até agora a votação está SIM=5 votos     NÃO=4 votos

Gostava de lançar aqui uma outra questão, no seguimento do post do Stephan:

Será que os enfermeiros das urgências portuguesas podem ser considerados "técnicos de enfermgem"?

11
Ensino e Atividades Académicas / Trabalho na Urgência
« em: Dezembro 03, 2004, 19:08:39 »
Ainda bem que não gostamos todos do mesmo!!!

Não chega "pensar bem e rápido". É necessário pensar bem e rápido e, saber fazer bem e rápido. Tem que haver um complemento, porque se souber muito bem a teoria e não se souber aplica-la eficazmente, e aqui efecazmente quer dizer bem e rápido, os
segundos preciosos podem perder-se. Um enfermeiro tem que saber  estar/ser, saber saber e saber fazer.

Tal como a destreza vai sendo adquirida ao longo do tempo, assim os conhecimentos e o pensar, com a aquisição de novas experiências.

Abraço a todos

12
Cuidados Gerais / DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS
« em: Dezembro 03, 2004, 18:55:48 »
Concordo contigo Fábio!

Pelo menos até à parte da EDUCAÇÂO PARA A SAÚDE.

13
Cuidados Gerais / O prazer de fumar ou a liberdade de não fumar?
« em: Dezembro 03, 2004, 14:25:03 »
É claro que os estudantes de enfermagem são pessoas como outra qualquer. Quando falo de estudantes de enfermagem, como podia falar de estudantes de medicina, é que em príncipio estes, terão uma melhor noção dos malefícios do tabaco ou deveriam ter, em relação, por exemplo a um estudante de engenharia. O conhecimento que se tem, das doenças que podem advir do tabaco, da diminuição da capacidade física, etc. Tudo isto são indicações do quanto o tabaco é prejudicial para a saúde.

Faz-me uma certa confusão, sabendo que as pessoas, mesmo sabendo que estam a fazer algo que é prejudicial para a sua saúde, o continuem a fazer... Será que é só por um momento de prazer que advém do acto de fumar?

Quanto à parte em que falo em que os fumadores dizem que param quando quiserem, digo-o porque não são um nem dois, mas vários colegas fumadores que me dizem que param quando realmente quiserem, ou quando engravidarem...

14
Ensino e Atividades Académicas / Trabalho na Urgência
« em: Dezembro 03, 2004, 14:03:46 »
Fizeste bem em responder pedro. A questão não é só para estudantes, mas também para aqueles que já trabalham. Como é o teu caso, existem profissionais que trabalham noutros serviços, em que a  primeira escolha ao candidatar-se, foi a urgência...


O que achas da urgência do Hospital onde trabalhas?

15
Ensino e Atividades Académicas / Trabalho na Urgência
« em: Dezembro 02, 2004, 23:54:02 »
Citação de: "AbílioCT"
considero ser muito cedo, para quem acaba o curso, trabalhar numa urgência.


Concordo contigo, mas isso existe. Tenho colegas que acabaram o curso no ano lectivo que findou, e estão a trabalhar na urgência. Considero que é necessário certo nível de destreza para trabalhar num local onde cada segundo pode salvar uma vida.

Por outro lado, também considero que é um óptimo sítio para a aquisição de conhecimentos, destreza, acumulação de diversas experiências, etc.

Páginas: [1] 2