Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Tópicos - martinman

Páginas: [1]
1
Enfermagem e Politica de Saúde / Vamos espicaçar os Enfermeiros
« em: Setembro 29, 2009, 17:17:00 »
Caros Colegas:
Finda a campanha eleitoral e respectivas eleições legislativas, aguardam-se novas rondas negociais pela carreira de enfermagem, que poderão não nos ser favoráveis.
Tenho lido, vários comentários de critica ao governo, critica aos sindicatos critica aos colegas, etc. Criticas e acções, sobretudo atrás de um computador, neste forum ou noutros locais virtuais, resguardados pelo anonimato ou por pseudónimos. Denoto também algum cansaço e leio muitos lamentos de desistência, temo que os enfermeiros se estejam a acomodar e a resignar a esta situação.
Na minha opinião, nada mais errado. Existem aqui, nestas comunidades virtuais, um grupo considerável de enfermeiros que estão interessados, informados, incomodados, até irritados com esta situação e mesmo sentindo algum cansaço estão dispostos a algo.
Mas tenhamos em atenção que somos uma migalha, no universo dos enfermeiros, que existem por este Portugal, penso então que é nossa obrigação e de extrema importância, transmitirmos este interesse, esta informação, vamos contagiar todos os colegas com este prurido, esta irritação. Nos nossos locais de trabalho, vamos contaminar os enfermeiros que ainda não se coçam ao pensar na carreira e vencimentos que aí vêem.
Não me digam que isso é trabalho para os sindicatos. Quem está a perder és tu e sou eu, então o trabalho tem de ser meu, teu e de todos os que se sentem insatisfeitos. Com certeza a tua explicação, vai ser mais bem recebida pelo colega que te conhece há anos, do que seria por um delegado sindical estranho que aparece a entregar uns panfletos.
Este objectivo de contagiar todos os enfermeiros, de união da classe, é vital para o momento, em que é necessário lutar com todas as forças e armas, é imprescindível também que haja um comando forte (sindicatos) e com coragem, que nos galvanize para a batalha, onde avançaremos como um bloco de cinquenta e tal mil soldados, dispostos a tudo.
Atenção colegas, eu não sou voz de nenhum sindicato, sou um enfermeiro exactamente igual a tantos que trabalham com dedicação e gosto por ser enfermeiro, mas estou mesmo farto de tanto me coçar.
Cumprimentos
Enf. Luís Martins

2
Pessoal de Viseu, se isto hoje não der nada (reunião negocial).
Amanhã deveríamos comparecer no comício, com os nossos cartazes.
Organizem-se digam qualquer coisa que nós vamos aí ter com os nossos lençóis. 
Contactos:
luis.lm.martins@gmail.com
A luta é para TODOS então é de TODOS
Mesmo que não sejam de Viseu, se conhecem lá colegas, divulguem

Páginas: [1]