Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Mensagens - karyna

Páginas: [1] 2
1
olá colegas
Precisava de aprofundar os meus conhecimentos relativamente aos cuidados a prestar ao doente com fixadores ósseos externos, nomeadamente a realização do penso, precauções, etc. Já fiz algumas pesquisas mas não encontro muita coisa, alguém com mais experiência do que eu (que é pouca!... muito pouca!) me pode dar algumas dicas ou indicar onde poderei encontrar algum material informativo?

Obrigada

2
A referida certidão eu pedi no serviço de pessoal, preenchi um documento interno do hospital a pedir os documentos. Porém a certidão é respectiva ao vínculo que tenho com o hospital (tipo de contrato, duração). E se lerem com mais atenção, pedem que a certidão comprove também os requisitos de 6.1. (nacionalidade portuguesa, mais de 18 anos, vacinação actualizada e robustez física e psicológica para exercício de funções). E esses requisitos não vêm de certeza na certidão passada pelo hospital. Não sei realmente o que pretendem com estes requisitos, afinal de contas no ponto 9 também fazem referência a eles (tal como já escrevi num post anterior).
A nacionalidade e a idade podem ser comprovados com o BI, a vacinação.... bem só se for pa anexar também a cópia do boletim de vacinas.... Entao e a robustez física e etc? Como o comprovam?

Alguém já concorreu? Como fizeram em relação a estas exigências?

3
(continuação da mensagem anterior)

Citação de: belitas
6.1 — Requisitos gerais — Os referidos no artigo 8.º da Lei n.º 12 -A/2008,
de 27 de Fevereiro, designadamente:
a) Ter nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Constituição,
convenção internacional ou lei especial;
b) Ter 18 anos de idade completos;
c) Não estar inibido do exercício de funções públicas ou não estar
interdito para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Ter a robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício
das funções;
e) Ter cumprido as leis de vacinação obrigatória.

4
Alguém pode clarificar este aspecto? Temos de entregar o comprovativo de quê em concretamente? Da nacionalidade e da idade temos o BI e os outros tópicos?

Citação de: belitas

9 —
g) A apresentação dos documentos comprovativos das situações
previstas no n.º 6.1 deste aviso, é dispensada nesta fase desde que,
o candidato declare no requerimento de admissão ao concurso, em
alíneas separadas e sob compromisso de honra, a situação precisa em
que se encontra relativamente a cada um dos requisitos.

5
Olá colegas
Alguem me pode esclarecer quanto ao tópico 9-a), que pede uma certidão do serviço a que pertence. Quer dizer, tem de ser do serviço? Nao é do hospital em geral? E a cópia do contrato nao chega? É que é um bocadinho constrangedor pedir esta certidão, pois estou a mostrar que quero deixar o hospital em questão.....

6
Assuntos laborais / Estágios IEFP
« em: Dezembro 05, 2008, 11:09:44 »
Caros colegas

Numa recente reunião do Centro de Emprego, surgiram alguns comentários sobre os estágios profissionais. A senhora lá do Centro referiu que, na maioria dos estágios profissionais ,os enfermeiros acabaram por ficar lá a trabalhar  ??? Porém, eu tenho a ideia contrária... Pelos casos que conheço, nenhum ficou a trabalhar depois do estágio. Aliás acho que o estágio está apenas a servir para as instituições terem mais enfermeiros sem tantos encargos. Sendo que acaba um estágio, começa logo outro a seguir, e contratações nada. A senhora do Centro de Emprego ateimou comigo que não.

Por isso, proponho aqui aos colegas que já fizeram estágios profissionais a referirem se, no final, foram contratados por essas instituições ou não. Na perspectiva de empregabilidade, consideram que o estágio profissional tem vantagens?

Obrigada pelas respostas.

7
Novidades / Re: Alerta: nomes de utilizadores banidos por fraude!
« em: Novembro 17, 2008, 13:13:07 »
Sinceramente... há pessoas que não sabem mesmo o que fazer com as suas vidinhas...
Este forum tem sido muito util para muita gente, ora por motivos profissionais ou até para descontrair... Claro que havera sempre quem tenha algo negativo a dizer, lá diz o ditado "não se pode agradar a gregos e romanos ao mesmo tempo", mas mete-me confusão a raiva, a revolta, a frustração que esta pessoa acarreta nas suas mensagens... Afinal qual é o seu problema? Diz que não está aqui para "lavar roupa suja", se calhar a sua intenção não é essa, mas é o que parece! Se está tão incomodado com este forum, não apareça por cá. Tão simples quanto isso.
E já agora, modere um pouco os seus comentários, podemos assumir aqui um papel virtual, mas não devemos deixar para trás a boa educação e o respeito, relaxe um bocadinho, inpire e expire, conte até 10, ou qualquer coisa assim... E ocupe o seu tempo de maneira útil.

8
Novidades / Re: PRECISO DE AJUDA:Procuro trabalho
« em: Novembro 17, 2008, 12:28:43 »
De 2006 até agora já deve ter arranjado trabalho  ;D Espero que sim!!!!

HumbertoVentura fiquei curioso!
[/quote]


Bem... eu terminei o curso em 2006 e até agora nada...  :'(  Por isso, partilho o topico do colega HumbertoVentura!...

9
Olá colegas

Parece que tb não vai ser desta... Ao pedirem o comprovativo de morada é quase como dizerem: "critério de exclusão: não ser da região!". Como sou do centro... lá se vai mais um! Mas vou concorrer na mesma e apelo a todos que concorram, vamos mostrar que os de "fora" também querem trabalhar!
Quanto ao comprovativo, em diversas situações (nunca em concursos) já me foi pedido, mas como não tenho facturas de água, luz ou telefone em meu nome tenho apresentado a carta de condução, pois tem a morada e é obrigatório tê-la sempre actualizada, portanto tem sido aceite.
No entanto, não sei se neste caso eles vão considerar...

10
Anúncios de Emprego / Re: IPO Coimbra
« em: Novembro 04, 2008, 11:12:01 »
Citação de: "Sara Catarina"
Mas o que é certo é que já chamaram pessoas para entrevista... acerca deste "pormenor" a senhora respondeu que um enfermeiro tinha-se reformado e a estratégia utilizada para preencher o seu lugar, foi utilizar os primeiros 50 cv's que chegaram do concurso e seleccionar alguns e chamar! Os que foram excluidos desses 50 integrarão na mesma a bolsa de emprego e os restantes não foram incluidos neste método! Sendo assim não fiquem surpreendidos com a rapidez dos resultados deste concurso, mas sim com o método injusto que utilizaram!

Só para informar os colegas que o número de entrada do meu curriculum foi o nº 33... E não fui chamada a nenhuma entrevista, portanto... pelo que a colega referiu então eu teria sido uma das 50. Como tal não aconteceu... Duvido desta situação. Ou chamaram apenas a baixo do meu número, ou chamaram 50 aleatoriamente (ou "cunhamente" :P) ou então esta situação é mentira.
 
Mais vale por o benefício da dúvida.

11
Citação de: keliinha
Qualquer dia mandam-nos para um pais arabe em troca de camelos..lol!!


Querem ver que um dia destes ainda ouvimos numa qualquer gasolineira: ateste o carro, por favor, e já agora posso pagar com enfermeiros? Ou num supermercado: olhe posso trocar este enfermeiro por 1kg de batatas?


Sem dúvida cada vez mais os enfermeiros são "O alvo a abater"... Ao que se chegou... Eu queria ver como é que este país se ía sentir se todos os enfermeiros parassem, que nem a paralisação dos camionistas há pouco tempo atrás... Será que as consequências seriam assim tão insignificantes? Será que os enfermeiros serão assim tão desnecessários? Era sem dúvida o que este país merecia: o nosso basta. O problema é que os utentes iriam sofrer e nós somos profissionais dignos e de respeito, muito mais humanos do que esses ministros e administradores, e não seríamos capazes de fazer isso aos nossos utentes... mas que para as altas patentes era bem feito... ai isso era!!!

Era tão irónico um qualquer ministro ir de urgência ao hospital, necessitar de algum cuidado de enfermagem e responderem-lhe para ele se desenrascar sozinho porque não havia enfermeiros, tinham sido enviados para o estrangeiro em troca de combustível para o seu carro topo de gama!!!

Como se costuma dizer: deixem-me rir que é para eu não chorar!!!

12
Enfermagem e Politica de Saúde / Re: SEP e outros também!
« em: Fevereiro 28, 2008, 10:24:06 »
Sinceramente não vejo acção de nenhum sindicato, seja o SEP ou sejam os outros... uma grevezita de vez em quando e depois? Nada... É de lamentar que uma profissão como a nossa, com tanta "representação" com a Ordem e vários sindicatos, e encontra-se no estado em que está... desorganizada e com os enfermeiros a sofrer sozinhos por não existirem orgãos que "dêm a voz pelos oprimidos"... :(

13
Ensino e Atividades Académicas / Re: Desmotivação..
« em: Fevereiro 28, 2008, 10:18:40 »
Eu nem acredito que aquela dita cuja tenha falado em 21 mil enfermeiros que são necessários nos hospitais, sem sequer frisar que existe desemprego em enfermagem, sem referir que EXISTEM enfermeiros disponíveis para trabalhar nos hospitais e preencher algumas dessas supostas vagas...
Ao ler essa entrevista, quem não está dentro do assunto, é induzido a pensar que existem 21 mil vagas para enfermeiros... Depois não admira quando encontramos pessoas pela rua que quase se riem na nossa cara quando dizemos que somos enfermeiros desempregados... Como bastonária deveria gritar aos 7 ventos a situação do desemprego em enfermagem e depois então é que poderia referir que ALÉM dos enfermeiros que estão no desemprego ainda seriam necessários mais uns milhares para melhorar os cuidados de saúde no nosso país...

Com isto tudo, não resisto a perguntar, ironicamente, alguém avisou a senhora bastonaria que existe desemprego em enfermagem?

14
Assuntos laborais / Re: Messenger
« em: Fevereiro 16, 2008, 11:33:43 »
Olá, também sou desempregada desde 2006!!! Aki tá o meu msn: di_karyna@hotmail.com

15
Como ficaria feliz por ver todos os colegas a lutar pela melhoria da profissão, unidos e em consonância... Mas pelo que se vai lendo por este fórum... os enfermeiros portugueses lutam uns contra os outros... em vez de se unirem e lutarem pelos verdadeiros objectivos...

Páginas: [1] 2