Forumenfermagem

Viver no Estrangeiro => Trabalhar fora de Portugal => : sophie08gs May 14, 2012, 16:30:46

: Recrutamento Enf p/ Holanda
: sophie08gs May 14, 2012, 16:30:46
Há inúmeras empresas e agências que em Portugal agem como intermediários no processo de colocação de profissionais lá fora. Também eu tentei esta oportunidade e resolvi candidatar-me a um recrutamento de enfermeiros para a Holanda, que teve lugar em Évora, feito pela empresa ROCA-BHR e Trabalhosemfronteiras.

A razão que me faz escrever estas palavras deve-se ás práticas utilizadas por esta empresa, facto que de imediato me levou a desistir deste projeto.
Quando fui à entrevista, tinha muitas dúvidas sobre o projeto. Mas em vez de obter as respostas, fui pressionada a assinar um contracto que o Sr. da firma holandesa colocou á minha frente com uma caneta.
Pedi para levar o contracto para casa para melhor refletir, sem pressões.
O pior veio após calmamente ler o contrato, não só as linhas, como também as entre-linhas. Afinal, o que me apresentaram foi uma proposta para trabalhar como auxiliar e ser remunerada como auxiliar o que significa, ganhar o salário mínimo holandês, não estando autorizada a efetuar qualquer tarefa de enfermagem, nem completar horário, exercendo outras funções, remuneradas ou não remuneradas ou prestar outros serviços como enfermeira noutras instituições.
Para além disso, contrariamente ao que publicitaram no website não garantiam os 2 anos de trabalho na Holanda e nesta perspetiva, poderia contrair uma dívida para com a ROCA-BHR! O contracto previa também indeminizações avultadas em caso de insucesso no curso e em caso de desistência ao longo do projeto, independentemente dos motivos, embora o contracto de trabalho não fosse de dois anos. Outra situação ridícula foi estabelecerem uma percentagem mínima de 80% no curso e exame, caso contrário, teria que os indemnizar. Além disto, estaria obrigada a continuar o curso de Holandês e um curso de aperfeiçoamento em enfermagem…ás minhas custas na Holanda.
Supostamente ofereciam um curso gratuito de holandês, estágio remunerado e total apoio administrativo e logístico durante o processo de transferência, inclusive a viagem, bem como trabalho garantido! A leitura do contrato deu razão às minhas dúvidas e desmascarou este projeto da ROCA-BHR e Trabalhosemfronteiras. 
Tenho em minha posse o contracto assinado pelo Sr. português, membro desta firma.

Este projeto, que pensei ser uma boa oportunidade para o meu futuro, afinal, com estas condições, mais não era que uma possibilidade de transformar a minha precária situação num verdadeiro inferno!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: danielaest May 14, 2012, 17:00:53
Ainda bem que decidiu bem, colega.
O que não percebo é como podem fazer uma coisas ... Deviam ser processados por enganarem assim as pessoas!! :(
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Digoxina May 14, 2012, 19:56:37
Penso que cada vez mais isto pode surgir... infelizmente  :'(
Dado o número elevado de enfermeiros com perspectivas de sair do país,quer pelas situações precárias do seu posto de trabalho,quer mesmo, e penso que na grande maioria das vezes,pela falta de trabalho...

Ainda bem que a colega veio aqui postar o seu testemunho... Principalmente quando sao agencias novas ainda é mais "perigoso" tomar a decisão adequada,pois nao há ng que possa dizer como foi...

eu falo por mim,por exemplo,assinei contrato c uma agência após ter falado com várias pessoas,algumas conhecidas que foram através dos seus serviços... neste momento parece que nao valeu de nada,porque o recrutamento esta parado,literalmente,desde Fevereiro...Mas sei,pelo menos até agora,que é uma empresa de confiança...

Cumps*
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Digoxina May 14, 2012, 20:00:34
completando...

O que nao faltam é oportunistas e pessoas sem caracter que se querem aproveitar das dificuldades pelas quais estamos a passar - a ansia de exercermos enfermagem e ficarmos independentes financeiramente...
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse May 17, 2012, 12:28:35
Olá a todos,
Eu também fui a uma entrevista em Évora. Os membros da firma eram muitos simpáticos, a mim não me entregaram um contracto, mas durante a entrevista fiquei esclarecido que o que estavam a oferecer era um curso de língua holandesa intensivo que iria durar meio ano, não podendo exercer nenhum part-time ou outra atividade ao lado! Mais, na Holanda iria ser renumerado e exercer funções como auxiliar num lar. Se desistisse antes dos 2 anos, haveria indeminizações com valores inaceitáveis. Vim a saber que do salário proposto, após tirar a renda para o quarto, os custos de vida lá e tendo em conta que teria de investir á minha custa num curso de enfermagem de dois anos (apesar de já ser enfermeiro!) e de língua holandesa, não iria sobrar nada ao fim do mês. Então primeiro anunciavam que o curso de língua era gratuito?
Acho que fizemos uma boa escolha em não ir avante com esta empresa!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: anisabelde87 May 24, 2012, 10:57:30
Bom dia colegas,
Vim a saber que o primeiro recrutamento da ROCA-BHR Trabalhosemfronteiras em Portugal foi um fracasso. Todos os candidatos desistiram devido ao contrato que a empresa quis que eles assinassem!!!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse May 28, 2012, 00:54:05
Claro que nao podia correr bem... Com um contrato daqueles, estou admirado como e que alguma vez aquilo começou!
Estão a recrutar agora em Coimbra, mas já tratei de informar os meus colegas.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 May 28, 2012, 16:07:46
Isso que aconteceu nas entrevistas foi só o principio.. dp aconteceu muita coisa, por isso nenhum enfermeiro assinou. E ainda hoje estão a tentar estorquir dinheiro a alguns dos enfermeiros k embarcaram nessa experiencia!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco May 31, 2012, 16:26:00
Boa tarde,

Fábio Lourenço, 24 anos, Licenciatura de Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra a 13 de Julho de 2011. Este é o meu ”BI”.

Após ter acabado o curso, como é natural comecei a enviar o meu Currículo para diversas propostas de emprego na área de Enfermagem, entre elas a ROCA-BHR.

No dia 7 de Fevereiro de 2012, enviei o meu C.V. para a empresa Holandesa, obtendo resposta logo no mesmo dia, com o compromisso de marcação de uma entrevista. Vinte dias depois, no dia 27 de Fevereiro, fiz uma viagem a Évora e tive a tão aguardada entrevista, sendo um dos seleccionados para integrar o projecto.

Assim, no dia 12 de Março começou esta aventura. Inicialmente com 8 enfermeiros (na primeira semana desistiu uma colega), 2 professores e uma enfermeira “mediadora”. O curso foi-se desenvolvendo da melhor forma, mas o contrato tardava em chegar, e naturalmente começamos a ficar reticentes ao projecto. Até que na terceira semana de curso, tivemos a visita do responsável da ROCA-BHR, empresa responsável por oferecer o curso de Holandês e fazer todo o processo de transição entre Portugal e Holanda, e de dois responsáveis da A-ZORG, empresa responsável por empregar-nos em instituições de saúde. Nesta altura o contrato foi-nos dado, sendo que a justificação do atraso no fornecimento do mesmo, foi a sua tradução para a Língua Portuguesa e Língua Espanhola (o grupo era composto por um Enfermeiro espanhol)

Dizer que no início da 5ª semana (segunda-feira, dia 9 de Abril), desisti do curso porque:

PRINCIPAL MOTIVO: O curso que seria de 5 meses e meio a 7 meses e meio passaria a ser de 3 meses, uma vez que as Instituições de Saúde na Holanda necessitavam urgentemente de Enfermeiros, e ainda mais na altura de férias de Verão. Juntando isto ao facto de eu estar na organização do 33º Encontro Nacional de Estudantes de Enfermagem, e assim ter que estar ausente duas semanas do curso de Holandês, seria completamente incompatível para o bom sucesso da minha aprendizagem desta nova língua.

OUTROS MOTIVOS: Todos estes atrasos no fornecimento do contrato e alguns pontos menos bons do mesmo ajudaram a que eu desistisse do projecto.

Mas no dia 10 e 11 de Abril (dias seguintes a eu ter desistido do projecto), contactaram-me para que eu visitasse a Holanda, e em concreto a empresa ROCA-BHR e algumas das instituições de saúde para as quais nós iríamos trabalhar, com o intuito de conhecer as suas realidades. Esta visita seria o ponto de partida para iniciar novo curso de holandês em Portugal (Coimbra).

Naturalmente não aceitei logo, mas após consultar várias opiniões, inclusive de colegas do curso de Holandês em Évora da enfermeira “mediadora” que estiveram sempre ocorrentes da proposta, decidi aceitar a proposta e visitar a Holanda, e assim informar da melhor forma todos os meus colegas que eventualmente estivessem interessados em integrar este projecto.

Informo ainda que para além de estar a fazer este papel de mediação, eu também irei integrar o curso de Holandês em Coimbra, e assim assinar contrato de 25 meses com a empresa ROCA-BHR.

Dizer ainda que irei contactar os meus colegas de curso em Évora para virem aqui comentar este meu post, pois quero que fiquem completamente esclarecidos que esta é uma empresa séria e responsável. Sei que os meus colegas têm uma visão díspar da minha em alguns pontos, mas é mesmo essa visão que eu quero que eles digam aqui perante todos, para que eu possa explicar todas as dúvidas e as incertezas que existem.

Este post serve apenas para debatermos ideias de forma civilizada, sendo que darei o braço a torcer quando o assim tiver que fazer, mas que acima de tudo justificarei todas as más informações que serão colocadas a partir daqui.

Estou certo que estou a representar uma empresa que trabalha ao pormenor, e sublinho a parte do pormenor, sempre tendo como base a confiança e a proximidade com os seus clientes.

Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: EnfSaralex May 31, 2012, 17:41:27
Olá a todos. Chamo-me Sara, e fui uma das 8 pessoas a embarcar neste projecto da ROCA em Évora.
Confirmo o que o Fábio disse em cima, é verdade. Apenas acrescentar então a minha experiência:
Logo após a entrevista apresentaram-me um contrato para assinar, o qual disseram que eu tinha de assinar o mais rapidamente possível, para assegurar a vaga. Eu perguntei se teria a oportunidade de ler em casa com mais calma o contrato e, posteriormente, assinar. Disseram-me que sim,  mas que teria de enviar por email assinado até uns dias depois. E assim o fiz.
Quando o curso começou, apercebi-me que este contrato só tinha sido apresentado a mim e a outra colega, e que os restantes enfermeiros nem tinham visto esse contrato. Disseram-nos então que esse contrato não estava muito claro, nem bem traduzido para português, então que nos apresentariam, ao grupo todo, um novo contrato, o qual esperámos e esperámos. De frisar que, tanto na entrevista, como durante o curso, eu sempre pensei que fosse contratada como enfermeira como sou reconhecida aqui em Portugal, ou seja, enfermeira de nível 5. Posteriormente, quase na 4a semana, apresentaram-nos o contrato, o qual queriam que assim. o mais rápido possível. Nós quisemos ler com calma em casa, e verificámos certos pontos que não tinham sentido nenhum e que nos poderiam colocar em muito "maus lençóis" caso algo não corresse tão bem como planeado. Nessa altura ficámos também a saber que não seriamos contratados como enfermeiros, segundo a nossa licenciatura, mas como enfermeiros de nível 3, ou seja, os cuidados por que seríamos responsáveis seriam: higiene, lavar a loiça, preparar a comida e administração de IM e SC. E também percebemos que iríamos trabalhar menos e ganhar menos também. Bem, reunimo-nos todos e tentámos negociar com as pessoas responsáveis da ROCA, que nunca respondiam directamente às nossas perguntas, mas sim com frases filosóficas e também a desdenhar um pouco de nós. Por fim, falámos todos com um responsável pela ROCA, perguntando se três pontos essenciais poderiam ser revistos, pelo menos (três pontos que não cabem na cabeça de ninguém ter num contrato. Eles não aceitaram e fecharam a escola.
Posteriormente, tendo eu feito um investimento para estar em Évora (comida, casa, caução da casa, viagens...) recebo um e-mail do responsável pela empresa, dizendo que teria de pagar à mesma 2.500€ por ter desistido do curso na 4ª semana, como estava no contrato inicial (aquele que só eu e outra colega vimos e assinámos), bem como que me iriam processar, e eu teria de pagar, o montante final, por volta de 110.000€ com despesas legais e tudo mais incluído (não sei precisar se este é o montante real, uma vez que é algo tão exorbitante, que já nem sei). Posteriormente, quando disse que ia activar os meios legais para me defender, recebo uma mensagem de voz no telemóvel do responsável da ROCA a dizer que esperava resolver as coisas a bem e que me iria ligar na semana seguinte. Bem, estou à espera até agora desse telefonema. Já enviei e-mails e tudo, mas nada, não me respondem! Talvez me estejam a enrolar, até começar o novo curso, para não dar má publicidade... Será? Não sei... Só sei que desde o princípio da experiência em Évora que as coisas não estavam a correr bem e que, após toda esta situação, eu só quero esquecer tudo isto, e seguir em frente, o que não consigo, uma vez que ninguém me responde! Eu só ficaria descansada se falassem comigo, e se rescindirmos este contrato que, supostamente, não era válido, ficando eu à espera do contrato seguinte, com boa fé, e com esperança de encontrar uma oportunidade de emprego, como grande parte dos colegas neste momento.
Eu não estou aqui para inventar nada sobre a ROCA, fazer má publicidade, ou levantar ondas... Só quero que se faça justiça, e que os meus colegas que embarquem nesta experiência com esta empresa, entrem então de olhos abertos, e que saibam o que esperar caso aconteça algo fora do que esperam desta experiência.
Quanto a mim... Aqui estou eu novamente sem oportunidades de seguir em frente, agarrada a um contrato, com o qual me podem retirar dinheiro que não tenho, uma vez que não tenho emprego, e que cairá nas costas dos meus pais, que não são ricos, como devem perceber.
Apenas digo, abram bem os olhos, e tenham atenção aonde se vão meter... Mais vale desempregados, do que desempregados e com uma dívida em cima. Boa sorte.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 01, 2012, 01:01:07
Boa noite,
Como é possivel estes senhores terem o desplante de querer fazer um novo recrutamento em Portugal!!! Querem continuar a enganar os colegas?
E quanto a ti, Fábio, que espécie de colega és tu que depois de teres desistido deste projecto, devido ao que consideras alguns pontos menos bons do contrato, e de tudo o que aqui foi relatado sobre o que aconteceu agora estás a representar a  ROCA-BHR?
Eu também lá estive e fiquei a perceber no que me poderia vir a meter!!!
Tenham vergonha
Para os colegas afetados, toda  a minha solidariedade. Esta história deve ser divulgada à Ordem e Sindicato para que outros não passem pelo mesmo.
Cumprimentos
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco June 01, 2012, 10:32:57
Bom dia,

Antes de mais dizer que estou extremamente satisfeito por a minha colega Sara Alex ter vindo aqui contar a sua experiência, sublinhando ainda o facto de conseguirmos ter uma excelente relação pessoal apesar de toda esta situação menos boa.

Como referi no post anterior, antes de aceitar a proposta consultei várias opiniões, inclusive de colegas do curso de Évora e da enfermeira “mediadora” que estiveram sempre ocorrentes desta proposta. Dizer que uma das minhas condições para aceitar esta proposta da ROCA-BHR, seria melhorar o contrato em alguns pontos, bem como a forma de abordagem e proximidade para com os candidatos. Dizer ainda que, visitei a Holanda e em particular as Instituições de Saúde Vitalis, estando completamente sabedor do que a proposta vale.

Relativamente ao que a Sara disse:

Na minha entrevista apenas me apresentaram um documento ainda em inglês sobre toda a proposta. Como mencionei no post anterior, eu darei o braço a torcer quando o assim tiver que fazer, e esta é uma dessas situações. A abordagem aos candidatos deve ser feita de igual forma, e não pressionando com a obrigatoriedade de assinar contrato para “assegurar a vaga”.

Relativamente ao contrato, posso dizer que “lavar loiça” e “preparar comida” não estão enquadradas na proposta da ROCA-BHR. Dizer ainda que relativamente ao salário total líquido anual é de 18.714 € com 0 anos de experiência, que dividido por 12 meses é 1559,50 € por mês + horas extraordinárias (salário correspondente a 36 horas laborais por semana).

Relativamente à situação que aconteceu com a Sara e com outra colega, vou tentar enquadrar o que realmente se passou.

No meu caso, e tal como o contrato diz, estive quatro semanas no curso de Holandês sem qualquer compromisso, e no início da quinta semana (segunda-feira, dia 9 de Abril) desisti do curso. Como é obvio, a empresa ROCA-BHR necessitava de ter os contratos assinados dos enfermeiros que realmente continuavam no curso (6 enfermeiros), para ter garantias que os mesmos iriam permanecer no curso, e assim salvaguardar a sua parte. Mas as duas partes não se entenderam, e a ROCA-BHR decidiu fechar a escola. Até aqui tudo bem.

A situação atingiu moldes mais graves quando o Professor de Holandês com contrato com a empresa Tempoteam, que estava a prestar serviços à ROCA-BHR e tinha exclusividade para ambas as empresas, decidiu por iniciativa própria ou não (não tenho a certeza dessa informação) recomeçar o curso de Holandês com os mesmos candidatos recrutados pela ROCA-BHR. Dizer que esse curso iria recomeçar sem que a empresa ROCA-BHR tivesse qualquer conhecimento, mas por engano, o professor enviou-me o planeamento das aulas.

Referir ainda que, as aulas foram leccionadas (penso que continuam ainda) com um livro e CD disponibilizados pela empresa ROCA-BHR (cada candidato pagou 30 € de caução) e por testes de avaliação da empresa ROCA-BHR, bem como todo o método de avaliação.

A minha colega Sara sei que continua a ter aulas de Holandês com o Professor que até 15 de Maio (não tenho a certeza da data) tinha contrato de exclusividade com a ROCA-BHR, mas a outra colega a quem foi instaurado o processo desistiu durante a 5ª semana, isto é, ambas tiveram aulas após as 4 semanas sem qualquer compromisso.

Esta é informação que não justifica o menos bom trabalho conseguido pela empresa ROCA-BHR em Évora, mas é informação importante que até agora estava oculta. Dizer que tenho quase a certeza que todos os membros que têm acompanhado este Tópico, não têm conhecimento de toda esta situação.

Relativamente ao/à colega luigirnurse, dizer que eu próprio estou a tentar contactar o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses para que todas estas dúvidas e incertezas sejam esclarecidas. Dizer ainda que eu próprio assumirei o fracasso se assim suceder. Mas mais uma vez digo, antes de aceitar a proposta da ROCA-BHR fiz saber à empresa as condições que queria ver alteradas no contrato.


Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: EnfSaralex June 01, 2012, 15:19:47
Bem, como anteriormente referido, a minha relação com o Fábio continua a mesma, uma vez que a mim ele não fez nada de mal. E,como lhe disse a ele, o que eu quero é que, com um novo curso de holandês pela ROCA a emergir, os meus colegas que aceitarem ir vão bem informados para o que vão.

E sim, Fábio, a ti não apresentaram o contrato inicial, mas a mim sim. Espero que, se forem com este projecto para a frente, apresentem o contrato (bem elaborado desta vez) antes de as pessoas investirem e iniciarem o curso. Fábio, tu desististe, pelos motivos que já falaste anteriormente... e acredita, se quando lá estavas connosco viveste experiências menos agradáveis com toda esta confusão toda, não tens nem a noção do que aconteceu depois e de como fomos tratados... mesmo! Mas pronto, sobre isso já falei no geral...

Quanto a preparar a comida e lavar a loiça, sim, são funções de uma enfermeira de nível 3 na Holanda. Nalgumas instituições podem não ter de o fazer, noutra sim, mas acredita, que eu já me informei sobre tudo isso. E se alguns dos meus colegas que queira ter mais informações sobre isso, esteja à vontade, uma vez que eu já tenho conhecimentos sobre a saúde e a enfermagem na Holanda.

Bem, e já que mencionaste a situação do professor... Falarei sobre isso. O professor continua a ajudar-nos com o holandês, sim, uma vez que fomos largados em Évora, sem curso, perdendo os meses de caução que as senhorias não nos devolveriam (ou seja, tinhamos a casa alugada até junho, inclusivé). Bem, se já não temos nada a perder, porque não continuar as aulas? Já que foi um investimento por nós feito. Ficámos também com o livro de holandes que a ROCA nos emprestou, para o qual pagámos 30€, que segundo nos informaram, não nos era possível restituir o dinheiro. Bem, o que fariamos então... devolver o livro na mesma? Eu já disse aos responsáveis da ROCA, eu devolvo o livro com todo o prazer, mas quero o dinheiro da caução de volta!
Bem, o professor disse, com o encerrar da escola, o seu contrato tinha terminado, então que não estava a cometer nenhum acto ilícito. Mas, com a pressão feita sobre ele pela ROCA, o professor contactou um advogado (sim, que ele tem posses, não é um enfermeiro desempregado que se vÊ grego para encontrar ajuda nestes casos, como eu). o advogado disse que o contracto do professor tinha sim terminado,  e que ele não tinha nada a temer. Bem, o professor enviou o recibo do advogado para a ROCA... a partir daí, nunca mais foi incomodado pela referida empresa. porque será?

Bem, e é isto. Fora o professor, que se conseguiu defender através do advogado, ainda fica por esclarecer o modo abrupto com que outro professor foi despedido, bem como a situação da enfermeira responsável pelo recrutamento, à qual a ROCA não pagou as despesas que a enfermeira tinha tido com materiais para o curso, bem como o seu ordenado, com a desculpa de que a mesma não tinha trabalhado bem para nos "empurrar" para abraçarmos este projecto. E desde já, um grande agradecimento à enfermeira Dina, que sempre nos apoiou, independentemente de poder ficar sem emprego e nao receber o dinheiro a que tinha direito. Grande enfermeira e grande mulher =)

Bem, acho que não tenho nada mais a acrescentar. Já deixei o meu testemunho, sem querer denegrir ninguém, apenas a contar o que sucedeu comigo. Acho que, sim, as coisa podem não ter corrido muito bem, talvez por a ROCA não estar habituada a trabalhar em países como Portugal, onde sim, há muito desemprego, mas ainda não passamos fome. Se a ROCA quer recomeçar, espero que seja clarificando todos os pontos aos enfermeiros aderentes, que acredito que o Fábio esteja empenhado nisso, bem como cancelando os contractos aos quais eu e outra colega estamos "amarradas", e pagando o que deve aos seus funcionários.  Sim, porque Fábio, eu acredito que as tuas intenções sejam as melhores e acredito que trabalhes com todas as tuas forças para que este projecto corra pelo melhor, tanto para a empresa, como para os enfermeiros, porque és até tu quem está a dar a cara neste projecto. Mas desculpa, na ROCA eu não confio.

Boa sorte a todos. **
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 June 01, 2012, 15:49:53
Acho que a Roca ainda não entendeu que em Portugal ninguem vai assinar 1 contrato daqueles
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 June 01, 2012, 15:56:50
Além disso, pelos vistos, nem o próprio enf Fábio o assinou. Acho isto ilariante.
As pessoas são livres de assinarem o que quizerem mas os riscos são todos para eles. Até se tiverem o azar de ficar doentes e de baixa não lhe será renovado o contrato e supostamente deverão pagar os 8.000euros.
Há contratos muito melhores mas as pessoas assinam o que quizerem
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco June 01, 2012, 18:59:04
Boa tarde,

Relativamente a como vos trataram, não posso tecer qualquer comentário uma vez que depois do dia 9 de Abril deixei de pertencer ao vosso grupo enquanto turma do curso de Holandês.

No que diz respeito ao contrato, como eu referi no post anterior, “a abordagem aos candidatos deve ser feita de igual forma, e não pressionando com a obrigatoriedade de assinar contrato para “assegurar a vaga””, e posso assegurar que em Coimbra está a decorrer desta forma.

Mais uma vez posso assegurar que lavar a louça e preparar a comida (cozinhar) não se enquadram nesta proposta. Confirmo que uma das estratégias utilizadas para a estimulação do olfacto em pessoas idosas dementes é de facto preparar algumas comidas junto delas. Mas não se pode confundir esta intervenção de enfermagem com o acto de preparar a comida (cozinhar).

Relativamente à situação de Évora todos perdemos: eu, tu, os nossos colegas e também a ROCA-BHR, mas compreende que eles não poderiam continuar sem os contratos assinados. Relativamente à situação do professor dizer que tentei-me informar melhor, e o professor tinha contrato com a ROCA-BHR até 25 de Maio. Admito que não posso assegurar que isto é a verdade, mas tu também não tens a certeza se o professor te está a falar a verdade. Digo isto, apesar de eu ter gostado bastante deste professor, e ser a minha preferência para iniciar o curso em Coimbra.

Relativamente à situação do livro, e porque não sei, questiono-te quem afirmou que as cauções não seriam devolvidas? Alguém da empresa ROCA-BHR, o professor? De salientar que os livros e o CD foram essenciais para a continuidade do curso, bem como todo o material com “marca” ROCA-BHR.

Relativamente ao professor que foi “abruptamente” despedido dizer que também fiquei muito triste. Mas considera o seguinte facto: o objetivo seria fazer duas turmas de 15 enfermeiros (total de 30 enfermeiros), ficando cada professor responsável por uma. A presença de apenas 7 candidatos precipitou esta dispensa, pois o professor não tinha contrato definitivo.

Agora no que diz respeito à Enf. Dina, no tempo em que estive em Évora, posso dizer que ela foi espectacular. Dizer também que sempre fui verdadeiro com ela (e desde o princípio), e ela é a pessoa certa para o dizer (e vocês sabem disso).

Em toda esta situação, é-nos impossível apurar o que é mais verdade e menos verdade, pois ambos vemos a mesma situação de prismas diferentes.

Relativamente ao referido pelo(a) Kitty12345 apenas dizer que desisti essencialmente pelo que já disse no meu primeiro post:
“O curso que seria de 5 meses e meio a 7 meses e meio passaria a ser de 3 meses, uma vez que as Instituições de Saúde na Holanda necessitavam urgentemente de Enfermeiros, e ainda mais na altura de férias de Verão. Juntando isto ao facto de eu estar na organização do 33º Encontro Nacional de Estudantes de Enfermagem, e assim ter que estar ausente duas semanas do curso de Holandês, seria completamente incompatível para o bom sucesso da minha aprendizagem desta nova língua.”

Por fim, quero rematar toda esta situação para canto, e dizer que tenho consciência do que será o curso em Coimbra. Como já referi, uma das condições para eu aceitar cooperar com a empresa ROCA-BHR seria melhorar alguns pontos do contrato. E esses pontos, posso garantir que foram melhorados.


Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 01, 2012, 19:52:59
Fábio, acho que fazes muito bem em contactar o Sindicato e a Ordem, assim na pesquisa que eles irão fazer, vão chegar á conclusão que esta empresa está a exercer atividades noutro país, sem sequer estar inscrita como empresa cá em Portugal e que não paga os impostos necessários… É assim que a economia no nosso  o nosso país estagna e piora!
Por outro lado, a Ordem e Sindicato precisam de ter conhecimento destas situações para proteger os colegas de empresas como esta que atuam como verdadeiros abutres!
Todos perderam? Parece que a Roca até vai lucrar! É só somar, 2500€ vezes 2alunas, mais 110000€, mais 8000€ vezes 2alunas se estas entretanto arranjarem trabalho! Já é muito dinheiro! É uma boa fonte de financiamento, que sabe para o recrutamento de Coimbra!
Ainda bem que me fiquei pela entrevista…
Grande coragem da enf Sara Alex, Kitty e outros que aqui deixam este triste testemunho!
cumprimentos
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Diana L. June 01, 2012, 22:14:38
Chamo-me Diana e também fui uma das felizardas a ter a possibilidade de integrar o curso de holandês que iria ter início em Évora no mês de Março do presente ano. Pois, pensava eu...
A pedido do colega Fábio, com quem pude ter aulas e conviver por algum tempo, venho aqui expor também o meu depoimento e assim contar-vos a minha péssima experiência. Sublinho que se não o fiz antes foi devido ao facto de que, como é do conhecimento geral, há duas colegas que assinaram o primeiro contrato apresentado pela ROCA no próprio dia da entrevista e, como tal não quis de forma nenhuma prejudicar a sua situação. Mas, uma vez que a mesma empresa irá iniciar um novo recrutamento em Portugal...bem, aqui vai um pouco do que passei nestes últimos meses...
Quando iniciei este curso com a ROCA, não tinha visto o contrato e apenas me foi mostrado alguns tópicos em inglês como o Fábio disse. Tudo bem até aqui, o contrato estava a ser traduzido para 2 línguas e já haviam passado as 4 semanas de "estágio" (chamemos-lhe assim, pois poderíamos desistir nesse período caso não nos adaptássemos à língua) quando pude ver o bem dito contrato. A verdade é que após leitura atenta do mesmo pude perceber que caso as coisas não corressem exactamente bem na Holanda, mesmo que tal não se devesse a má prática da minha parte (por exemplo, por falência do empregador, porque a crise está por todo o lado, ou porque “caso a ROCA considerasse que o mesmo não iria cumprir com o pagamento acordado entre ambos” – citando), teria de arcar com as despesas calculadas pela ROCA, podendo atingir o valor máximo de 8500 euros. Devendo até responsabilizar-me nesse caso por despesas decorrentes da actividade ou do exercício dos seus direitos, que no meu ponto de vista nada explicita e se relermos as entrelinhas, teria que pagar o que eles considerassem aceitável.
Pois, a verdade é que estava mesmo disposta e motivada para ir para a Holanda mas como referi ao contacto português da ROCA, momentos antes de darem por terminadas as aulas, não estou desesperada ao ponto de aceitar qualquer condição sem nada contestar. Ainda foram propostas à ROCA algumas alterações no contrato, sim porque supostamente um contrato é para ser negociado antes de se assinar mas estes mostraram-se intransigentes e a escola foi encerrada por ordem da ROCA.
Bem, sem querer fazer deste fórum um lavar de roupa suja ou mesmo um meio para denegrir a imagem de qualquer instituição ou pessoa aqui envolvida, aproveito para partilhar a minha experiência e assim o colega Fábio poderá dar a sua versão dos factos, sendo que cada versão tem o valor que tem…
Vejamos o que aconteceu às colegas, estão a ser ameaçadas com o inicio de um processo em que terão de reembolsar a empresa que saiu lesada…pois….
A escola fechou por ordem da ROCA, eu investi dinheiro desde o início do curso em comida, transportes, casa (que tal como os colegas também irei perder o dinheiro da caução) e ao fim de contas vi-me sem oportunidade de emprego e sem ter o curso terminado. Uma vez que o professor, que aqui não está para se defender, tinha disponibilidade para nos fazer o favor de nos ajudar a terminar o curso, voltei aos estudos. É verdade que possuo o livro pelo qual a ROCA leccionava e pelo qual paguei 30 euros de caução, que no fim do curso não me foi devolvida e por isso fiz valer o significado de uma caução. Se a mesma me for devolvida, terei todo o gosto em devolver o referido livro. Só acho lamentável que o Colega diga coisas no fórum acerca de uma pessoa que aqui não se pode defender e sobre as quais não tem provas nem a certeza do que diz, a não ser do que supostamente deve ter ouvido…mas por quem? Mas essa é outra história.
Quando o colega refere que aceitou a proposta com o conhecimento dos colegas de Évora, foi verdade, nós tivemos conhecimento mas todos nos sentimos no dever de o alertar para o que desde a sua desistência se sucedeu. Contudo, o colega é maior e vacinado e de livre e espontânea vontade aceitou dar a cara por este projecto, o que está no seu direito.
Claro que nos sentimos traídos porque quando ele esteve no nosso lugar, não assinou o contrato e agora, a não ser que sejam feitas grandes alterações no mesmo, estará a vender um produto pelo qual não se sentiu seguro (entre outros motivos, qua apenas a si dizem respeito) para o assinar.
É verdade o que a colega Sara refere no seu testemunho relativamente ao facto de que o enfermeiro de nível 3 na Holanda tem, entre outras competências, de realizar a lavagem da loiça e elaborar as refeições. Quem quiser mais informações, estas estão na internet em sites que, segundo a lei holandesa, explicam em pormenor as funções de um enfermeiro deste nível.
Estarei disponível para algum esclarecimento que venha a ser necessário.
Sublinho apenas que apesar do “trauma” desta experiência, algo de bom para mim se levantou pois por conta e risco próprio, irei muito em breve para a Holanda porque uma vez que há trabalho, não necessito de ser escrava de um contrato com intermédios e assim irei me dirigir à fonte.
Se quiserem que vos dê um conselho a quem pensa em ir para fora…se os conselhos fossem bons não se davam mas aqui vai…nas costas dos outros, vejo eu as minhas.

Cumprimentos a todos.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco June 02, 2012, 01:47:21
Boa noite,

Desta vez vou tentar ser mais breve. Antes demais quero “gritar” bem alto, que tudo o que eu disse até aqui nunca foi com intenção de atacar alguém que aqui não se pode defender, pois tenho o máximo respeito e amizade pelos nossos dois professores e pela Enfermeira que nos acompanhou (mas vocês sabem disso).

Agradecer também à minha colega Diana que aqui descreveu a sua experiência, mas para não me tornar repetitivo, desta vez não vou voltar a explicar o que já está mais que esclarecido nos post’s anteriores. Só referir que toda esta situação, foi causado por um mail que não devia ter vindo parar a mim. Imaginem que eu não recebia o mail... naturalmente as aulas continuavam em Évora sem qualquer conhecimento da ROCA-BHR, mesmo estas sendo dadas com materiais da empresa ROCA-BHR, e com o professor ainda com contrato com a mesma (entretanto o contrato terminou).

Para concluir, da mesma forma que eu sempre fui verdadeiro com os meus colegas de curso de Évora (professores e enfermeira), quero aqui mais uma vez agradecer, e agora em especial a ti, Diana, o facto de me teres feito pensar no que me podia acontecer. E novamente digo que não aceitei logo a proposta, mas após consultar várias opiniões, inclusive de vós e da enfermeira “mediadora”, decidi aceitar a proposta, no entanto com as melhorias do contrato inicialmente proposto para os candidatos de Évora. Dizer ainda que eu próprio assumirei o fracasso deste projecto, se assim suceder.

Relativamente ao/à colega luigirnurse dizer apenas o seguinte: a empresa ROCA-BHR até agora não tem vencimentos nenhuns em qualquer país estrangeiro, por isso só paga e não recebe. Paga o IVA em qualquer produto/serviço como qualquer um de nós.


Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Diana L. June 02, 2012, 11:40:42
O colega Fábio não tem nada que agradecer porque já o disse que apenas dei o meu testemunho agora pelos motivos que anteriormente expliquei. Penso que dizer que alguns aspectos já foram anteriormente esclarecidos, não é a expressão mais correcta pois o que o colega fez foi apenas dar a sua versão dos factos e no máximo referir o que de diferente poderá acontecer desta vez.
Penso que é de muito mau tom vir para o fórum acusar-nos e ao professor, apesar de dizer que não é essa a sua intenção mas acaba por o fazer e voltar a repetir. Como pode provar que as aulas em Évora estão a ser dadas com o material da ROCA e “sem o seu consentimento” e enquanto o professor ainda tinha um contrato com a mesma. Caso o colega quiser esclarecer esta situação e sublinho, que nenhum interesse para o fórum possui, mas apenas porque está a difamar alguém através do mesmo, o melhor que tem a fazer é telefonar para o próprio e assim, esclarecer-se. Sobre este aspecto não mais me prenunciarei porque a mim não me diz respeito.

Relembrar que estou à disposição de qualquer colega que possua alguma questão relativamente à minha experiência.
Sem mais nada para esclarecer ao colega Fábio, porque sublinho o facto de não querer lavar a roupa suja em público, me despeço.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 02, 2012, 14:14:14
Caro Fábio, agradeço que não me trates por “ao/à colega luigirnurse”, trata-me por Luis, é este o meu nome, e quem sabe não fomos à entrevista no mesmo dia..
Não precisas de vir aqui com bons dias, boas tardes e boas noites..
Após tudo o que se leu aqui, há algo que se tornou inquestionável e incontornável! Nós enfermeiros, continuamos todos do mesmo lado, tu passaste para o lado da ROCA-BHR, porque te paga, e pareces estar esquecido daquilo que és, enfermeiro, e do que empresa fez e continua a fazer a enfermeiros como tu e não fez mais porque muitos como eu desistiram aos primeiros sinais de perigo.
Os enfermeiros são portadores da esperança e cuidadores da dignidade Humana!
Não são objetos de abuso, engano e exploração.
Igualmente se tornou inquestionável e incontornável que esta empresa está agora desmascarada, e muita gente esta a falar sobre isso.
Perante tudo isto, Julgo que poucos se irão meter nesta trapalhada, agora em Coimbra. Só mesmo aqueles que consigas convencer e que te são próximos, embora seja um grande risco pra ti, colega!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco June 02, 2012, 18:08:02
Boa tarde,

Caro Luís dizer-te que antes de aceitar a proposta da ROCA-BHR consultei diversas opiniões, inclusive dos meus colegas do curso de Évora, que sabem o que “ganho” com este recrutamento (não está oculto). Volto a frisar ainda que, uma das minhas condições para eu aceitar a proposta, seria ver alguns pontos do contrato melhorados, situação que a ROCA-BHR acedeu.

Concluindo, estou a “vender” o que vou “comprar”, pois como já disse, eu irei integrar a turma em Coimbra.

Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 June 02, 2012, 20:54:50
O colega Fábio está a dizer que a Roca vai alterar o contrato quase todo, pois ele esta quase todo com pontos duvidosos e subjectivos? Eles não fizeram tal coisa com a 1ª turma porque iriam faze-lo agora? Você já viu o contrato alterado?
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Cátia Reis June 02, 2012, 21:39:06
Olá a todos. Sou a Cátia e também pertenci á turma de Évora. Não vou voltar a repetir tudo o que as minhas colegas Sara e Diana disseram porque foi mesmo assim que tudo aconteceu e elas não disseram mentira nenhuma. Esta experiencia foi uma grande desilusão porque o nosso grupinho era muito bom e já tinhamos sonhos e projectos em comum na Holanda, no entanto, se no inicio já não estavamos seguros com a questão dos contratos, quando vimos o mesmo ainda foi pior. Depois todos os dias recebiamos novas "surpresas". Coisas que não nos foram ditas na entrevista, como por exemplo, que não nos asseguravam as 36 horas de trabalho logo iamos receber menos, se com 1500 euros já nós achavamos que quase não dava para todos os gastos imaginem com 1300. Depois também descobrimos que iamos já em junho para a Holanda com o nivel A2 no entanto o contrato so começava a contar quando tivessemos o B1, para a qual não nos davam certezas de quando se iria iniciar o curso na Holanda. Enfim muitas surpresas desagradaveis que todos os dias surgiam.
Nós pedimos várias vezes para serem alterados alguns pontos, já nem diziamos todos pois eram muitos (contrato enorme com 10 folhas e confuso). A Roca nunca acedeu a tal coisa, preferiram perder dinheiro que já tinham investido do que aceder a alterar algo no contrato. E assim foi, ninguem assinou e ponto final.
O prof já não tinha condições para dar aulas pois ninguem assinou e a escola fechou logo o contrato deixou de ser válido.
A Roca nunca alterou o contrato para nós e agora vai faze-lo?
Houve um ponto que fiquei completamente chocada, aliás foram vários mas o seguinte é demais:
8.12: o profissional de enfermagem aceita que no caso de a Roca-bhr ter executado menos tarefas do que aquelas designadas no artigo 2º (actividades de apoio e orientação e aconselhamento na Holanda) tal não constitui motivo para diminuir os montantes estipulados no contrato.
Ou seja, havia a possibilidade de eles não cumprirem coisas????? e mesmo assim, se algo acontecesse teriamos que pagar os 8.000 euros na mesma.
Enfim, todos os inumeros pontos que nós queriamos ver alterados, entre eles o que referi anteriormente, foram mencionados á Roca, a resposta deles foi sempre NÃO e davam justificações muito vagas, deixando-nos ainda mais desconfiados. Referiam que tinhamos era que confiar neles no entanto nunca nos deram razões para tal.
Cumprimentos
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: sophie08gs June 03, 2012, 15:36:02
A notícia de que a ROCA-BHR / Trabalhosemfronteiras pretende fazer um novo recrutamento, desta vez em Coimbra, nem sei se dá vontade de rir ou chorar!
É um atentado à dignidade da nossa classe!
Depois de tudo o que se passou, da péssima experiência que tive, com aquele contrato horrível que me apresentaram, e ainda pior a que tiveram os colegas que o assinaram e seguiram no curso, acho lamentável que estes senhores ainda andem por cá tentando fazer negócio à custa de enfermeiros depauperados, desesperados e desempregados.
Fico feliz que esse curso tenha fracassado, mas lamento profundamente os constrangimentos e pressões que as colegas estão a sofrer!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco June 03, 2012, 23:53:16
Boa noite,

Antes demais, espero que esta seja a minha última intervenção neste tópico. Dizer que a má experiência de Évora foi essencial para a melhoria das condições desta nova proposta, pois não fui só eu que fui essencial para esta mudança.

E agora é esperar, “e de duas uma”:

- ou dentro de um/dois meses venho aqui sem qualquer problema assumir o fracasso deste recrutamento;

- ou passado esses meses, vou aqui vir e contar a realidade deste recrutamento, e “obrigar” os enfermeiros recrutados a aqui vir contar a sua experiência.


Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: catarina_pulga June 04, 2012, 20:41:31
Boa tarde,

O meu nome é Catarina e também sou uma das pessoas que integrou ou pelo menos tentou integrar o projecto aqui referido. Antes de mais, subscrevo o que foi dito, nomeadamente o que a minha colega Sara disse. Depois, como disse ao Fábio, o que disser aqui não será nada mais que a verdade, que como podem ver, não é nada favorável.

No início achei estranho o facto de alguns colegas do curso terem visto o contrato e outros não. Entretanto o tempo passou e nada de contrato. Quando finalmente o mesmo chegou, após a sua leitura surgiram várias dúvidas, sendo que a maior parte não foi esclarecida pela empresa. Posteriormente, houve tentativas de negociação de alguns pontos do contrato que não foi assinado por suscitar muita confusão. A partir daqui, afirmo que também perdi toda a confiança na ROCA-BHR. Deste modo, não aconselho a nenhum colega enfermeiro a ida para a Holanda a partir da mesma. Existem por aí variadas empresas de recrutamento para o estrangeiro fidedignas, como se pode ver através do feedback positivo aqui no Fórum.

Deste modo, desejo muita sorte a todos aqueles que procuram emprego, assim como eu, mas que tomem precauções no que toca à ida para o estrangeiro.

Cumprimentos,

Catarina :)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Maria Silvério June 06, 2012, 12:17:31
Obrigada pelos vossos contributos!!!!! Sinto muito tudo o que se passou, mas graças a vocês podemos ter noção do que se anda a passar e a desconfiar quando as coisas não são certas.

Desta forma, ficámos a saber que temos que ter muito cuidado com os anúncios e com certas empresas de recrutamento....

Obrigada!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: catarina_pulga June 07, 2012, 20:21:08
Informação
   

Ordem dos Enfermeiros > Informação
Notícias 
06-06-2012   
Alerta sobre práticas de recrutamento de enfermeiros para o estrangeiro   

Enfermeiros devem ter cuidado acrescido na assinatura de contratos para o estrangeiro, tendo a Ordem dos Enfermeiros tido conhecimento de eventuais práticas de recrutamento impróprias.

A Ordem dos Enfermeiros (OE) recebeu um alerta de uma enfermeira portuguesa que se candidatou a uma colocação na Holanda através de uma empresa de recrutamento.

Por entendermos que podem estar em causa práticas de recrutamento impróprias e que levaram a enfermeira em questão a desistir do projeto de trabalhar no estrangeiro, divulgamos excertos deste alerta.

Após a entrevista a que foi sujeita, a enfermeira foi confrontada com um contrato pronto a assinar que alegadamente lhe daria um vínculo de trabalho garantido numa unidade de saúde holandesa e uma vaga no curso gratuito de língua holandesa que a empresa de recrutamento proporcionava. Supostamente ofereciam-lhe ainda um estágio remunerado, total apoio administrativo e logístico durante o período de transferência para a Holanda e a própria viagem.

No entanto, ao ler o contrato a queixosa apercebeu-se que lhe estava a ser proposta uma função «como auxiliar», remunerada com o salário mínimo holandês, e sem autorização para efetuar «qualquer tarefa de Enfermagem».

Ao contrário do que inicialmente advogava a empresa de recrutamento, a enfermeira em questão refere que não estavam garantidos os dois anos de trabalho e a profissional ficava obrigada a um estágio inicial não remunerado. Durante toda a duração do estágio e do curso não era permitido o exercício de outras funções / serviços, mediante remuneração ou a título pro bono.

O contrato que foi presente a esta enfermeira previa também que, caso a entidade patronal não pagasse as despesas relacionadas com o curso, estas ficassem a cargo da formanda.

A enfermeira em questão revelou à OE que outros enfermeiros do Sul do país se recusaram a aceitar as condições propostas pela empresa, referindo ainda a existência de pressões e ameaças de «penalização monetária caso façam divulgação e publicidade negativa à empresa e seu projeto».

Encontrando-se previstas novas ações de recrutamento, alertamos os enfermeiros para que se previnam e informem sobre as reais condições subjacentes à celebração de um contrato.

Face a esta e outras denúncias, a OE irá solicitar ao Primeiro-Ministro, ao Ministério dos Negócios Estrangeiros e a outras entidades competentes que intervenham de imediato perante este tipo de abusos.
 

Aqui fica o que se encontra no site da Ordem dos Enfermeiros...

Sem mais assunto,


Catarina
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 June 08, 2012, 14:41:46
Muito bom. Agora sim mais ninguem vai ser enganado
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Cátia Reis June 08, 2012, 14:43:48
A Roca achava que o problema era nosso, nós é que eramos os desconfiados. Agora a OE dá-nos razão.
Obrigado colegas pela vossa coragem
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 08, 2012, 19:06:20
Ainda bem que a OE já tomou conta da situação. A vida nao esta fácil para os enfermeiros em Portugal, mas isso nao significa que empresas de recrutamento como esta a venham piorar ainda mais. Boa sorte pra todos os enfermeiros que foram afectados, mas agora há que seguir em frente, com a ajuda da OE.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: pedrojosesilva June 09, 2012, 11:02:25
Colegas


A Ordem tem uma nova sensibilidade quanto ao recrutamento internacional de enfermeiros portugueses  ;)

Cumprimentos,
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: hugo sergio June 13, 2012, 21:49:35
Boa noite,

Queria vos dizer que nem todas empresas holandesas sao iguais.

A empresa ZORGFIXPRO, já tem 5 enfermeiros a trabalhar na holanda e estao muito contentes .

A empresa é de uma enfermeira portuguesa que está na holanda á 15 anos.

http://www.facebook.com/zorgfixpro (http://www.facebook.com/zorgfixpro)

Espero que tudo se resolva para bem de todos e que tenham oportunidade de vir trabalhar no melhor pais da europa nos cuidados saude.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enfneves June 13, 2012, 22:25:14
Boa Noite!

Eu sou uma das enfermeiras portuguesas que integra o grupo que foi recrutado pela ZORGFIXPRO para trabalhar na Holanda. Felizmente a minha experiência é bastante diferente das que foram anteriormente aqui descritas. Em Janeiro respondemos a um anúncio divulgado pelo IEFP, no qual  pediam enfermeiros para trabalhar na Holanda. No final do mesmo mês fomos chamados para uma entrevista no Porto. Antes das entrevistas individuais foi realizada uma sessão de esclarecimento acerca do projecto que provavelmete viriamos a integrar. Nessa altura foram-nos esclarecidas as condições que iriamos encontrar. E isto significa, que iriamos frequentar um curso de holandês durante 4 meses, já na Holanda. Além disso iriamos assinar um contrato com a empresa Zorgfix Thuiszorg, contrato este de 0 horas, ou seja, recebemos o que trabalhamos. Além disso facilitar-nos-iam alojamento e transporte. A viajem de ida para a Holanda também seria gratuita.
A carreira de Enfermagem na Holanda é consideravelmente diferente da nossa, divide-se em 6 níveis. Apesar de internacionalmente a um enfermeiro licenciado  ser atribuido o nível 5, na Holanda este nível corresponde ao nível 4.
O que nos foi explicado na sessão de esclarecimento, foi que inicialmente não poderiamos exercer como enfermeiros no nosso nível porque não dominamos o idioma, como é lógico!!!!!!!Então foi-nos explicado que nos primeiros 2 meses iriamos trabalhar em níveis inferiores ao nosso. O que inclui por exemplo, lavar loiça e aquecer  comida para os clientes que não são capazes de o fazer sozinhos. Como devem calcular, mais de metade das pessoas que foram contactadas para a entrevista desistiram após a sessão de esclarecimento.
Inicialmente foi-nos dito que o contrato seria assinado em Portugal, o que não aconteceu, no entanto assinamo-lo no primeiro mês  na Holanda. O contrato era em holandês, mas foi-nos integralmente traduzido por um dos professores, que era português. E mais, não foi um contrato de 6 meses, como tinha sido falado anteriormente,  mas sim de um ano.
Neste momento, encontramo-nos na Holanda à 3 meses e meio, tudo o que foi prometido pela empresa ZORGFIXPRO, foi CUMPRIDO. Continuamos com aulas de holandês, estamos desde o primeiro mês a trabalhar como enfermeiros de nível 3 e daqui a 2 semanas iniciaremos um estágio numa das maiores cadeias de lares da Holanda. É verdade que há falta de enfermeiros, é verdade que há muito trabalho, mas também é verdade que devemos escolher bem a empresa para nos ajudar a dar este passo. 
Temos que agradecer o profissionalismo e seriedade da empresa e da directora da mesma, Susana Carvalho, que foi incansável durante todo este processo e nos permitiu uma melhor integração.
Lamentamos a má experiência dos colegas, mas esperamos que isso não seja impeditivo de se candidatarem e de virem trabalhar para cá!!!
Para mais esclarecimentos podem sempre contactar-nos por aqui ou através do facebook da empresa http://www.facebook.com/zorgfixpro (http://www.facebook.com/zorgfixpro). Neste momento a página oficial da empresa encontra-se em remodelação, mas brevemente estará disponível em www.zorgfixpro.com (http://www.zorgfixpro.com).
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: anisabelde87 June 14, 2012, 21:45:32
Trabalhar na Holanda é uma ideia que continua no meu pensamento, no entanto, depois de tudo o que li aqui, das péssimas experiencias dos colegas e dos alertas da OE e do fórum, fico muito feliz por não me ter candidatado a qualquer projeto da ROCA-BHR.

Ainda assim, acredito que haverá alguma empresa séria a recrutar para a holanda e a experiencia que a colega Neves descreveu parece ser boa e radicalmente diferente da ROCA.
Sabe dizer-me se estão previstas novas acçoes em breve?
Obrigado
bjs
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: hugo sergio June 15, 2012, 11:13:01
: anisabelde87
Trabalhar na Holanda é uma ideia que continua no meu pensamento, no entanto, depois de tudo o que li aqui, das péssimas experiencias dos colegas e dos alertas da OE e do fórum, fico muito feliz por não me ter candidatado a qualquer projeto da ROCA-BHR.

Ainda assim, acredito que haverá alguma empresa séria a recrutar para a holanda e a experiencia que a colega Neves descreveu parece ser boa e radicalmente diferente da ROCA.
Sabe dizer-me se estão previstas novas acçoes em breve?
Obrigado
bjs
  em breve , penso que meio de julho, fique atenta ao eures iefp.............
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 20, 2012, 00:35:03
Pior do que a ROCA nao deve ser! Mas, gato escaldado, de agua fria tem medo...
Entretanto, ouvi dizer que o recrutamento de Coimbra foi um flop.
cumps
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: hugo sergio June 20, 2012, 18:53:44
: luigirnurse
Pior do que a ROCA nao deve ser! Mas, gato escaldado, de agua fria tem medo...
Entretanto, ouvi dizer que o recrutamento de Coimbra foi um flop.
cumps
A zorgfixpro ja tem 5 enfermeiros em amesterdao e em julho vai dar inicio a novo recrutamento,em breve será publicado no iefp.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enflourenco June 21, 2012, 10:46:10
Bom dia,

Antes demais dizer que o Recrutamento em Coimbra não foi um flop, pois está em marcha, mas após tais denúncias no fórum de enfermagem, a ROCA-BHR/Trabalho sem fronteiras viu-se como obrigada a reflectir e validar o seu “produto”, bem como a sua imagem de empresa séria e responsável junto ao Consulado de Portugal em Haia (Holanda). Convido vos a contactar o Consulado de Portugal, D. Sofia Mestre (0031 703020150), para que vós próprios tirem as vossas dúvidas relativamente à seriedade e responsabilidade da empresa ROCA-BHR, e não basearem a vossa ideia no que apenas aqui foi dito.

Dizer que a ROCA-BHR é uma empresa Holandesa que desde 2002 ensina a Língua Holandesa a profissionais de enfermagem estrangeiros da Lituânia, Indonésia, Roménia, Hungria, Polónia e Alemanha. Como poderão verificar no nosso site, também temos testemunhos de enfermeiras que 10 anos depois não se esquecem do bom trabalho efectuado pela ROCA-BHR.

A nossa missão passa por oferecer possibilidades de trabalho a profissionais de enfermagem na Holanda, criando uma escola no país do aluno. Não só será ensinado o Holandês, ao nível CEF B1, como também termos/expressões relacionados com saúde/enfermagem, em especial na área de geriatria.

A ROCA-BHR tem protocolos com entidades patronais no mundo dos cuidados geriátricos onde há grande falta de enfermeiros, e eles comprometem-se a pagar os custos deste curso á ROCA-BHR.

Em jeito de conclusão, e tal como referi na última mensagem, agora é esperar, “e de duas uma”:

- ou dentro de um/dois meses venho aqui sem qualquer problema assumir o fracasso deste recrutamento, independentemente da justificação para que ela o tenha sido;

- ou passado esses meses, vou aqui vir e contar a realidade deste recrutamento, e “obrigar” os enfermeiros recrutados a aqui vir contar a sua experiência.


Disponível para responder a qualquer dúvida,

os melhores cumprimentos,

Fábio Lourenço
ROCA-BHR: Trabalho sem fronteiras
E-mail: enf.lourenco@gmail.com (http://mailto:enf.lourenco@gmail.com)
Tlm: 91 658 43 55 / 91 461 26 14
Site: http://www.trabalhosemfronteiras.com (http://www.trabalhosemfronteiras.com)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: crxmania June 21, 2012, 15:22:57
boa tarde,
penso que o processo de recrutamento é importante ser aqui debatido, mas na minha opinião acho que devia ser colocado pelos representantes das empresas de recrutamento outras mais informações deveras importantes para que a tomada de decisão de ir trabalhar para a holanda seja tomada.
estou a referir-me a informações a nivel da enfermagem na holanda(carreira,progressoes, escaloes, reforma,etc...), a nivel familiar ( custo de vida, escolas, leis e justiça, segurança social, impostos, taxas, etc...)e a nivel social ( como vive a sociedade no dia a dia, comercio, horarios dos serviços, transportes, relaçoes inter-pessoais, etc...)
no meu entender tomar uma decisão de ir trabalhar no estrangeiro tem que ser bem ponderada e estudada e penso que da parte dos recrutadores devia de haver uma maior sensibilidade sobre todos os aspectos que influenciam o viver de qq ser humano e nao estar só focalizado em recrutar enfermeiros a qualquer custo.
obg pela atenção dispensada.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: hugo sergio June 21, 2012, 15:58:59
: crxmania
boa tarde,
penso que o processo de recrutamento é importante ser aqui debatido, mas na minha opinião acho que devia ser colocado pelos representantes das empresas de recrutamento outras mais informações deveras importantes para que a tomada de decisão de ir trabalhar para a holanda seja tomada.
estou a referir-me a informações a nivel da enfermagem na holanda(carreira,progressoes, escaloes, reforma,etc...), a nivel familiar ( custo de vida, escolas, leis e justiça, segurança social, impostos, taxas, etc...)e a nivel social ( como vive a sociedade no dia a dia, comercio, horarios dos serviços, transportes, relaçoes inter-pessoais, etc...)
no meu entender tomar uma decisão de ir trabalhar no estrangeiro tem que ser bem ponderada e estudada e penso que da parte dos recrutadores devia de haver uma maior sensibilidade sobre todos os aspectos que influenciam o viver de qq ser humano e nao estar só focalizado em recrutar enfermeiros a qualquer custo.
obg pela atenção dispensada.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: catarina_pulga June 21, 2012, 21:37:35
Independentemente do que possa acontecer em relação à ROCA daqui para a frente, a minha experiência e a dos restantes colegas foi um autêntico fracasso e várias pessoas sairam mal da situação.

Infelizmente a empresa não foi minimamente flexível em relação à negociação do contrato, aliás, até foram bastante intransigentes.

Quem quiser arriscar que arrisque, depois seja o que Deus quiser.

Continuo a dizer que não confio nesta empresa e não a recomendo a ninguém. Ponto assente.


Catarina
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 23, 2012, 22:37:24
Dizer que...
Dizer que...
Dizer que...
Diz mas é a verdade sobre a ROCA-BHR!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse June 24, 2012, 02:17:55
: luigirnurse
Dizer que...
Dizer que...
Dizer que...
Fabio, diz mas é a verdade sobre a ROCA-BHR!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: anisabelde87 July 03, 2012, 18:43:42
Olá a todos,
Vi ontem uma notícia na televisão no jornal da tarde sobre empresas de recrutamento de enfermeiros para o estrangeiro. O bastonário da OE esteve lá a falar sobre isto mesmo! Temos que ter cuidado e saber bem para que empresa nos candidatamos, pois é o nosso futuro que está em causa! Boa sorte para todos
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: NunoUKnurse July 05, 2012, 14:15:34
Para aqueles que querem trabalhar na Holanda (ou Alemanha), um aviso. A realidade e bastante diferente da Portuguesa com enfermeiros a poder ser enfermeiros com cursos tecnicos equivalentes ao 12o ano! E obvio que ha enfermeiros com outras qualificacoes e alguns do melhores enfermeiros com quem contacto a nivel academico sao exactamente destes paises! Aconselho vivamente que se informem em relacao a realidade profissional e pessoal dos paises antes de tomarem uma decisao! na pagina da Diaspora tem informacao isenta sobre ambas as realidades com testemunhos de alguns colegas que por la andam (no caso da Alemanha!).

visitem: www.diasporadosenfermeiros.com (http://www.diasporadosenfermeiros.com)

Cumprimentos,

Nuno
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: enfneves July 09, 2012, 20:39:34
Boa noite a todos, aqui vos deixo o link do anúncio de oferta de emprego para a Holanda pela ZORGFIXPRO!!

http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesqu ... TotRows=25 (http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheEures.do?idOferta=587798697&name=ofertas&posAbs=2&numTotRows=25)


Cá vos esperamos!!!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 July 11, 2012, 16:12:43
Olá caros colegas.
Alguém sabe como está a correr o recrutamento em Coimbra? Disseram que este caso iria sair no Diário de Noticias.
Cumprimentos
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: catarina_pulga July 13, 2012, 16:18:32
Boa tarde,

Não sei como vai o recrutamento em Coimbra e também não cheguei a ver a notícia do Jornal de Notícias.


Cumprimentos,

Catarina
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse July 14, 2012, 16:32:32
Olá colega Kitty,
Quanto ao recrutamento de Coimbra, ao que sei, consta que foi um fiasco.
Quanto ao “caso” ROCA-BHR/Trabalhosemfronteiras, eis parte da notícia publicada no JORNAL DE NOTICIAS:
 
“Uma agência de recrutamento para o estrangeiro propõe funções de auxiliar, ludibriando candidatos – Emigração continua em escalada, sobretudo no Norte.
ENFERMEIROS ENGANADOS


Com o êxodo de enfermeiros para Inglaterra, Bélgica e Holanda, multiplicaram-se as agências de recrutamento e as e as condições propostas. Mas há empresas a oferecer gato por lebre.
A Ordem dos Enfermeiros recebeu duas denúncias similares e já lançou o alerta. Os candidatos estavam convencidos de que iriam exercer enfermagem na Holanda. Mas o contrato dado a assinar aos interessados referia funções de “auxiliar sem poderem exercer funções de enfermagem”, pagas com o salário mínimo. Uma das vítimas acusa a empresa de ocultar propositadamente a informação.
A proposta em papel chegou às mãos de um grupo de enfermeiros através do responsável da firma durante as entrevistas. Depois das explicações genéricas, foi-lhes dado um documento para assinarem, “sem terem hipótese de o ler e analisar atentamente”. Enquanto isso, o responsável iludiu-os com a ideia de que tinham sido selecionados entre muitos candidatos. Apenas dois enfermeiros assinaram. Os restantes “assustaram-se, ficaram indignados com as condições e desistiram”, conta fonte sob anonimato.
Pressionada pelas dúvidas dos enfermeiros, a agência terá então mudado de estratégia: prometeu aperfeiçoar os termos do contrato e traduzir integralmente para português todas as alíneas. Só que desta vez, foi adiando a sua entrega e, enquanto isso, as respostas ficavam por dar, nomeadamente, para que instituições iriam trabalhar. Na quarta semana, deu-se uma reviravolta. A empresa não terá pago aos colaboradores e reagiu à insistência dos pedidos de esclarecimento interrompendo o curso.
Os que assinaram o contrato, receberam, mais tarde, uma carta com o aviso: caso arranjem trabalho, será cobrada uma indeminização de 8500 euros. O assunto está agora na mão de advogados.
Rapidamente, os enfermeiros comunicaram entre si via Internet e o alarme teve eco. A Ordem divulgou o aviso a 6 de Junho. Além das funções de auxiliar e da remuneração ao nível do salário mínimo local o contrato denunciado previa que, caso a entidade patronal não pagasse as despesas relacionadas com o curso e relativas ao aperfeiçoamento da nova língua, ficariam a cargo do formando.
As cautelas redobraram-se para os enfermeiros dispostos a emigrar”…
 
Lamentável...
 
cumprimentos.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: kitty12345 July 16, 2012, 11:55:10
Obrigado colegas pelo esclarecimento, espero que não consigam enganar mais ninguém, pelos vistos também estão a recrutar em Sevilha :s
cumprimentos
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse July 28, 2012, 01:39:22
Como a ROCA nao se safou em Portugal, agora virou-se para os desgraçados dos Enfermeiros espanhóis!
Depois dos insucessos de Evora e Coimbra, segue-se Sevilha!... 
Lamentável..
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: HUGO SILVA July 28, 2012, 10:04:51
bom dia,


mais uma oportunidade para enfermeiros/ via IEFP /eures


http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesqu ... mTotRows=2 (http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheEures.do?idOferta=587798697&name=ofertas&posAbs=1&numTotRows=2)
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: prof.Jan July 29, 2012, 15:57:30
Boa tarde Fábio,

Tomei conhecimento que você, ex-aluno meu no curso de holandês em Évora, por várias vezes tentou enquadrar a minha situação contratual.

Pois bem, no dia 06 de março fui contratado pela Tempo Team pelo prazo máximo de 4 meses.  Ficou combinado com o utilizador Roca-BHR que os serviços preliminares (2 semanas) seriam compensados no final do contrato.  Infelizmente a Roca-BHR não foi minimamente flexível em relação à negociação do contrato com os alunos.  Preferiu perder o dinheiro que já tinha investido no projeto e decidiu fechar a escola.  Em consequência do encerramento do curso de holandês, automaticamente caducou o contrato, pois deixou de existir o fato gerador do mesmo.  Recebi o salário de abril, mas os serviços preliminares não foram pagos até à presente data.

Espero que você agora entenda que não cometi nenhum ato ilícito.  Por meio das dúvidas consultei na época um advogado português.  Caso você decidir continuar os seus estudos de holandês, pode encontrar o material didático no De Slegte ou em outra loja especializada de livros usados.

Cumprimentos,

Prof. Jan
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: HUGO SILVA August 01, 2012, 01:24:03
testemunho do fabio na holanda.

Fábio Carvalho.
Licenciado desde Fevereiro de 2012. Desde Março de 2012 trabalho para a empresa de domicílios da Zorgfix.
Decidi abraçar este desafio uma vez que não via perspectivas de trabalho no nosso país. Como já tinha ideia de emigrar após a conclusão do meu curso, resolvi experimentar a Holanda porque apresenta-se como um país cheio de oportunidades para o desenvolvimento e construção de uma carreira.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: HUGO SILVA August 02, 2012, 00:49:21
novo testemunho.
 
Sílvia Ferreira.
 Licenciada desde 2007.
De 2008 a 2010 trabalhei como enfermeira numa das Instituições da Santa Casa da Misericórdia, sempre em regime de trabalho precário. Em 2011 passei a ser enfermeira responsável do serviço , mas continuei em regime de precaridade (“recibo-verde”).
 Desde Março de 2012 que trabalho para a ZorgfixThuiszorg.
 Decidi aceitar este desafio porque não via, em Portugal, qualquer hipótese de estabilidade e muito menos progressão na minha carreira como enfermeira. Atualmente encontro-me muito satisfeita com a opção que fiz e voltar para Portugal está fora de questão
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: HUGO SILVA August 02, 2012, 15:09:47
enf Noemia.
 Noémia Neves.
 Licenciada desde 2007.
De 2007 a 2010 trabalhei em Espanha e posteriormente trabalhei durante 6 meses em Portugal.
Desde Março de 2012 trabalho para a ZorgfixThuiszorg.
 Decidi aceitar esta proposta de vir trabalhar para a Holanda porque Portugal não reconhece a qualidade dos enfermeiros que tem. Neste momento encontro-me muito satisfeita com o meu trabalho na Holanda e com a eficiência deste projecto.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: HUGO SILVA August 05, 2012, 01:54:38
Renato Rocha. Licenciado em 2011.
Desde Março 2012 a trabalhar para a Zorgfix Thuiszorg.
Decidi participar neste projecto porque Portugal encontra-se sobrecarregado pela actual conjuntura económica. Das diversas oportunidades de trabalho existentes, neste momento, para a Europa este foi o projecto que apresentou maior possibilidade de progressão na carreira. Até ao momento encontro-me muito satisfeito com o decorrer do mesmo e tudo o que foi inicialmente acordado foi cumprido.
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Carlos Sousa August 05, 2012, 15:56:12
Boa tarde colegas. De facto a situação em Portugal não está nada favorável para os enfermeiros recém-formados e por isso temos que ir a procura de novos horizontes. A Holanda parece ser um país bastante atraente e pedia mais informações/experiências sobre o trabalho nesse país. Quais são as condições que oferecem? A Zorgfixpro que tipo de contratos oferece? Os enfermeiros vão trabalhar para hospitais? Enfim depois de ler tanta informação tenho medo de me meter em aventuras e ainda ficar pior. Desde já agradeço as vossas respostas/conselhos!
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: luigirnurse August 10, 2012, 17:46:40
Não duvido dos testemunhos dos colegas acima, mas depois de tudo o que se disse neste tópico acerca do recrutamento para a Holanda da ROCA-BHR, todo o cuidado é pouco!!
cumps
: Re: Recrutamento Enf p/ Holanda
: Ana Filipa Cruz May 15, 2017, 17:15:40
Olá colegas

Sei que este tópico está "morto", mas gostava de saber se existe mais alguma empresa de recrutamento para a Holanda ou alguém que saiba mais informações sobre enfermagem na Holanda uma vez que estou a pensar emigrar.

Obrigado.