Forumenfermagem

Áreas de Intervenção Clínica => Cuidados Gerais => : jMcb January 18, 2010, 23:45:06

: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: jMcb January 18, 2010, 23:45:06
Boas,

Venho aqui porque já estou por tudo e como tal, vou contar a minha história.

Sempre fiz um desporto que envolvia bicicletas, federado, até considerado de alta competição.

No inicio de 2008 em Janeiro tinha tantas dores no coxis que chegava ao cumulo de mandar vir com a minha mãe por travar quando íamos de carro. Então a minha mãe pegou em mim e levou me a uma urgência do hospital aqui da zona onde vivo.
Lá o médico que me atendeu (que posteriormente se tornou meu cirurgião) disse que tinha que me deitar na marquesa de rabo para o ar e que ia doer. O que ele me fez, foi um buraco onde supostamente drenava o quisto (e doeu como tudo, porque foi feito a “sangue frio”). Depois ele lá me disse que tinha de ir todos os dias ao centro de saúde fazer o penso, onde este consistia numas injecções de betadine que, ao longo do tempo se tornaram cada vez mais dolorosas. Disse também que tinha de ser operado.

Então lá esperei desde Janeiro a Março (para hospital publico não está mal) e lá fui à faca, foi anestesia geral correu tudo bem e lá ficou o boracão que até hoje ainda não fechou.
Devo dizer que não foi a recuperação mais cuidada da minha parte mas aos poucos e poucos lá foi indo.

Tive alta a primeira vez em inicio de Julho mas passado um dia já tinha a ferida aberta e a deitar porcaria cá para fora, depois, como sempre lá continuei verão fora fiel aos tratamentos nunca faltando e em Setembro tenho a minha segunda alta. Tudo correu bem tive por fim alguma qualidade de vida durante 3 semanas mas aí, lá veio a ferida. Continuei com os pensos e até fins de Outubro a ferida diminuiu e durante três semanas não passava de um “triangulozinho pequenino” do tamanho de uma unha (segundo o meu médico), mas depois de eu me queixar do facto de já estar assim à quase um mês o meu médico lá decidiu com uma anestesia local dar uns cortes na ferida e lá viu que afinal estava fechada em falso. Lá continuei eu nos tratamentos até meios de Janeiro. Mais uma alta, mas que não duraria mais de 2 semanas, depois de uma série de pensos disse chega! E devido ao facto da ferida ser pequena, adoptei uma atitude de ignorar aquilo que ali estava. Até que em fins de Abril chegou a um ponto que já não suportava mais a ferida. Então por concelho de um médico amigo, decidi fazer uma outra operação “de reparo”.

Falei com o meu médico e ele sem perguntas disse que sim, e tratou-se imediato da operação, pedi-lhe que fizesse a operação e que depois deixasse a ferida fechada, ou seja não deixasse a ferida aberta e cozesse, ele me disse que ia ver o que podia fazer.

Sei que pelo método fechado a probabilidade do quisto voltar era maior, mas antes prefiro perder anualmente duas semanas a ficar eternamente agarrado a isto. 

A meio de Maio lá fui eu mais uma vez “à faca”, correu tudo bem, mas lá no final lá ouvi o médico que não dava para fechar e como tal ia voltar tudo ao inicio.

E os pensos lá começaram de novo!

Ia todos os dias para o outro lado do concelho onde vivo para em partes das vezes ficar muito, mas muito tempo à espera, onde inclusive chegou-me a ser rejeitado ser feito o penso.
Cheguei a ter alturas em que saturei, mas mesmo assim continuei a ir. Não tenho nada contra as enfermeiras de lá, algumas inclusive tornaram-se minhas amigas (pelo menos para mim).
Até que no local onde eu trabalho há um senhor que é enfermeiro reformado que a meu pedido ofereceu-se para me fazer os pensos diariamente e não voltei a ter a qualidade de vida que tinha antes disto tudo, mas melhorou.

Em relação à ferida por várias vezes esteve perto de fechar mas sempre que lá chegava perto, lá se estragava tudo outra vez.
Hoje estou numa fase em que ela está do tamanho de uma unha, mas segundo o meu médico está com uma carne esponjosa que não aparenta que procederá à cicatrização. O médico decidiu esperar para ver como a ferida desenvolve, mas caso não mudar para melhor, na próxima consulta lá levarei outra vem uns cortes com uma anestesia local.
A ferida por vezes deita muita porcaria e dói-me, outras vezes suporta-se menos mal. Tanto faz me “portar bem” (ficar quieto a descansar), ou fazer esforços e correrias, pois por vezes “não me porto bem” e ela até lá continua a desenvolver bem e depois quando supostamente estou quieto ela retrocede e muito.

Tenho adiado e muito a minha vida por causa desta doença e passados dois anos e depois de tudo que passei penso que será sempre assim, faça o que faça continuarei sempre com isto. Por isso aqui têm um caso que nunca irá ficar resolvido.
Sei que há doenças muito piores (isto nem tem o estatuto de doença), tenho 20 anos e estou a perder os melhores anos da minha vida!
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: enf.Lucia January 20, 2010, 22:57:06
O seu caso é muito estranho! Normalmente, a cicatrização de uma ferida por cirurgia a quisto dermóide é de facto demorada! Mas, nos casos que tenho acompanhado, não ultrapassa muito os 3 meses. Não sei se tem outras patologias associadas... Ou que tipo de tratamentos estão a usar...
Não existem doenças piores ou melhores. O sofrimento não se quantifica, é sempre o pior para quem o sente... Percebo o que está a passar... Por isso, desejo-lhe muita força e as melhoras...
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Fanux January 21, 2010, 23:10:26
Esses quistos podem ser mesmo muito maus. Não és o unico a sofrer disso.
Às vezes não se opera e cura espontaneamente! No teu caso, e como dizes que mantens todos os cuidados provavelemnte o mal vem de dentro, ou seja, algo estranho ao organismo provoca essa porcaria (talvez seja pús!?)... Existem hoje em dia dezenas de produtos quimicos de diversas marcas... é ir experimentando e até podes ter sorte... senão espera pelo verão e faz praia de mar esquecendo a ferida ;)
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: aNdR3 January 25, 2010, 17:05:46
: Fanux
Esses quistos podem ser mesmo muito maus. Não és o unico a sofrer disso.
Às vezes não se opera e cura espontaneamente! No teu caso, e como dizes que mantens todos os cuidados provavelemnte o mal vem de dentro, ou seja, algo estranho ao organismo provoca essa porcaria (talvez seja pús!?)... Existem hoje em dia dezenas de produtos quimicos de diversas marcas... é ir experimentando e até podes ter sorte... senão espera pelo verão e faz praia de mar esquecendo a ferida ;)

Lol? Tens noção que a água do mar e areia não são propriamente indicados para este tipo de feridas nem nenhumas semelhantes?

Situações como a tua existem com alguma frequência, um dos tratamentos mais efectivos é tratamento médico com antibioterapia bacteriana específica até o abcesso se encontrar em condições de ser totalmente removido por tratamento cirúrgico (o que nem sempre acontece, mas é possível), depois novamente tratamento médico, muito repouso (alguns casos chegam a 2 meses de repouso com evolução gradual), mas é perfeitamente possível, e sinceramente, curas diárias com Betadine, Água Oxigenada (Peróxido de Hidrogénio) ou mesmo Soluto de Daikin como já vi e já ouvi, são tratamentos que sinceramente questiono a sua eficácia e bastante. Tratamento hospitalar até a uma evolução e cicatrização considerada seria o ideal, mas o ideal raramente acontece por norma.
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Ritukaa January 25, 2010, 18:08:08
: aNdR3
: Fanux
Esses quistos podem ser mesmo muito maus. Não és o unico a sofrer disso.
Às vezes não se opera e cura espontaneamente! No teu caso, e como dizes que mantens todos os cuidados provavelemnte o mal vem de dentro, ou seja, algo estranho ao organismo provoca essa porcaria (talvez seja pús!?)... Existem hoje em dia dezenas de produtos quimicos de diversas marcas... é ir experimentando e até podes ter sorte... senão espera pelo verão e faz praia de mar esquecendo a ferida ;)

Lol? Tens noção que a água do mar e areia não são propriamente indicados para este tipo de feridas nem nenhumas semelhantes?

Situações como a tua existem com alguma frequência, um dos tratamentos mais efectivos é tratamento médico com antibioterapia bacteriana específica até o abcesso se encontrar em condições de ser totalmente removido por tratamento cirúrgico (o que nem sempre acontece, mas é possível), depois novamente tratamento médico, muito repouso (alguns casos chegam a 2 meses de repouso com evolução gradual), mas é perfeitamente possível, e sinceramente, curas diárias com Betadine, Água Oxigenada (Peróxido de Hidrogénio) ou mesmo Soluto de Daikin como já vi e já ouvi, são tratamentos que sinceramente questiono a sua eficácia e bastante. Tratamento hospitalar até a uma evolução e cicatrização considerada seria o ideal, mas o ideal raramente acontece por norma.
Soluto de Daikin numa ferida ?  :o :o :o

Já parece no meu estágio de dermatologia em que a enfermeira queria pôr soluto de daikin numa úlcera de perna com tecido de granulação.... Só pra mulher desatar aos pinotes pela enfermaria....
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Fanux January 27, 2010, 20:35:24
Não vejo qual o espanto com o Sol. Dakin. Em determinadas situações pode ser indicado.

Sim, falei da areia e agua do mar e não foi engano :) Existem situações em que pode ser benefico. Atenção que os livros não têm a verdade absoluta, até porque foram escritos por seres-humanos ;)

Eu não acredito em bruxas, mas lá que as há, há O0
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Ritukaa January 28, 2010, 10:30:53
: Fanux
Não vejo qual o espanto com o Sol. Dakin. Em determinadas situações pode ser indicado.

Sim, falei da areia e agua do mar e não foi engano :) Existem situações em que pode ser benefico. Atenção que os livros não têm a verdade absoluta, até porque foram escritos por seres-humanos ;)

Eu não acredito em bruxas, mas lá que as há, há O0
Em determinadas situações. Mas num tecido de granulação não me parece boa ideia....
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: geonos February 02, 2010, 18:18:39
por que não foi tratar desse quisto em Badajoz?
muito provavelmente já tinha o problema resolvido,o profissionalismo dos médicos e não só deixa muito a desejar.
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: EME February 03, 2010, 16:20:46
: geonos
por que não foi tratar desse quisto em Badajoz?
muito provavelmente já tinha o problema resolvido,o profissionalismo dos médicos e não só deixa muito a desejar.

Credo..... Em Portugal tb existem mt bons profissionais.... ??? O geonos nao conhece o caso suponho, a melhoria destes casos depende de um grande numero de factores... Que grande caça às bruxas!!!!  :o
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Herodes February 18, 2010, 21:12:57
Para já talvez não fosse má ideia procurar ajuda de outro médico.
Uma segunda opinião vale sempre a pena.
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Caldas February 22, 2010, 22:44:21
André no sul da europa realmente primeiro metem o ATB e dps removem... No Norte da Europa creio que é ao contrário... e agora?
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: aNdR3 February 24, 2010, 14:05:59
: Caldas
André no sul da europa realmente primeiro metem o ATB e dps removem... No Norte da Europa creio que é ao contrário... e agora?


Primeiro operam fazendo a excisão da cápsula/abcesso e depois "entram" com o tratamento médico com a antibioterapia? Qual o fundamento da diferença de prática, sabes?
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Caldas February 24, 2010, 18:28:52
A diferença? Simplesmente abordam a patologia e a ATB como última hipótese e apenas em casos que se verifique. Tem a ver com as novas guidelines acerca da infecção e superinfecção.

Basta ver a taxa de resistência ao MRSA no Norte da Europa e no Sul para perceber a diferença
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: aNdR3 February 25, 2010, 17:22:00
: Caldas
A diferença? Simplesmente abordam a patologia e a ATB como última hipótese e apenas em casos que se verifique. Tem a ver com as novas guidelines acerca da infecção e superinfecção.

Basta ver a taxa de resistência ao MRSA no Norte da Europa e no Sul para perceber a diferença

Faz todo o sentido, sou completamente contra a utilização indiscriminada de ATB como se pratica pelas classes médicas do Sul da Europa, pelo realidade de Portugal e Espanha que são as que melhor conheço. Sem dúvida existe cada vez mais aumento de resistências facilmente evitáveis se houvesse um correcto uso dos ATBs, sobretudo anti-bacterianos.

Tens informação sobre as guidelines, taxas e estatísticas comparativas?
: Re: Caso quisto dermoide para o resto da vida
: Liliana Barata March 15, 2017, 21:24:19
Boa Noite

O meu nome é Liliana Barata e tenho 31 anos e sei exactamente o que tu sentes em relação ao Quisto dermoide.
Tenho o quisto dermoide desde os meus 12 anos,tem me acompanhado a minha vida toda.Já fui várias vezes operada mais de 40 intervenções cirúrgicas. Numa das cirurgias apanhei uma bateria hospitalar com nome de Pseudomonas Aeroginosa.
Que faz com que não encerre a ferida e andar de fralda devido ao exudado.
Tenho feito diversos tipos de pensos,já fiz aquacel,o tratamento de hiperbarica,o penso de vácuo e agora estou a fazer o soluto de dakin.
Tenho sido acompanhada por excelentes cirurgiões e enfermeiros que se tem empenhado no tratamento.
Já fui acompanhada pela Dra.Ana Paula Tavares do Curry Cabral,de há 3 anos para cá tenho sido acompanhada por diferentes cirurgiões do Hospital Beatriz Ângelo em Loures:pelo Dr.Luis Palma Féria,Dra.Rita Roque,Dr.Moura Guedes e agora fui para a equipa de Cirurgia Plástica o Sr.Professor José Paulo Guimarães Ferreira e o Dr.João Borges.
Eu já ouvi muitas opiniões sobre o soluto de dakin mas acho que é um produto extremamente eficaz para controlar as Pseudomonas .