Forumenfermagem

Outras Dimensões da Profissão => Enfermagem e Politica de Saúde => : artur_gaio January 05, 2010, 11:09:34

: 2010: Revisão da Carreira
: artur_gaio January 05, 2010, 11:09:34
vamos lá ver o que é que sai desta reuniao de sexta-feira...
Até tenho medo, com a lata que este governo tem, ainda nos vai propôr que baixemos o salário...
: 2009: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 06, 2010, 10:41:13
Alguém quer abrir o tópico: "2010: Revisão da carreira"?
: 2009: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 06, 2010, 12:31:49
Eu sugeria outros Tópicos: >:D

* Há quanto tempo temos a carreira parada (em anos, meses e dias)

* Alguém já fez as contas de quanto €€€€ perdeu com esta situação de adiamentos/congelamentos/negação de direitos consecutivos? (eu e minha mulher já e dava para comprar a nova Peujeot 807 a diesel e sobrava uns trocos para ir para a serra da Estrela passar uns dias num hotel com tudo pago).

Alguém um dia, uma individualidade alta da Enfermagem disse o seguinte numa reunião.

"todos os enfermeiros estão cientes dos deveres que tem que ter embora lhes estejam constantemente a lhes negar os seus direitos".
: 2009: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 07, 2010, 22:30:59
Estou a ver notícias nos canais temáticos da TV Portuguesa e estou cada vez mais desiludido.
Os professores estão a reclamar (de papo cheio) e ainda assim estão a conseguir mudar tudo o que não concordam.

Nós estamos há 10 anos à espera de uma revisão de carreira e nem se ouve uma notícia a meio de um jornal ou uma legenda na base de um canal de TV.

Até quando seremos desrespeitados desta forma???

Agora, lembraram-se as mentes brilhantes que existe um grande defice em Portugal e propõe os brilhantes economistas como forma de diminuir a despesa pública o CONGELAMENTO das carreiras da Função Pública...de novo...

A MINHA CARREIRA ESTÁ CONGELADA HÁ 10 ANOS....
: 2009: Revisão da Carreira
: MARIA JU January 08, 2010, 14:28:33
Isto só seria resolvido, parando completamente de outra forma não acredito...
: 2009: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 08, 2010, 15:19:12
Os professores já ganharam!!! E ainda assim ficaram aquém do que queriam!!!
: 2009: Revisão da Carreira
: herys January 08, 2010, 20:19:19
alguém sabe alguma coisa da suposta reunião de hoje???ou foi outra vez adiada????? ??? ??? ???
: 2010: Revisão da Carreira
: herys January 08, 2010, 22:04:15
bom, soube por linhas tortas...
a reunião não deu em nada, e o SEP quer 3 dias de greve....
eu não faço, desta vez não...estou farta....estou a pensar sair do país ou da profissão...adoro enfermagem mas tenho que alimentar os meus filhos... :'( :'( :'(
: 2009: Revisão da Carreira
: Fanux January 08, 2010, 22:44:56
Sim, os professores conseguiram o que queriam: possibilidade de todos chegarem ao topo. Porque são unidos e têm sindicatos fortes! Parabens! Mereceram!

Nós, enfim... continuamos a acreditar que o pais está pobre e que é necessário cortar nas despesas publicas. Está pobre mas não é para todos.

"Não é o povo que deve temer o Governo, mas o Governo que deve temer o povo."
: 2009: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 08, 2010, 23:50:58
: "herys"
bom, soube por linhas tortas...
a reunião não deu em nada, e o SEP quer 3 dias de greve....
eu não faço, desta vez não...estou farta....estou a pensar sair do país ou da profissão...adoro enfermagem mas tenho que alimentar os meus filhos... :'( :'( :'(

Nunca mais aprendem!
Uma semana de greve nos cuidados de saúde primários, consulta externa e bloco...
Greve financiada pelos sindicatos com o apoio dos colegas que não fazem grave...
Era garantido...
: 2009: Revisão da Carreira
: AZ January 09, 2010, 23:16:52
: SandroMelo
Uma semana de greve nos cuidados de saúde primários, consulta externa e bloco...
Greve financiada pelos sindicatos com o apoio dos colegas que não fazem grave...
Era garantido...

Penso que vamos ter que chegar aí, mas ainda não pode ser pedido esse esforço aos colegas dos serviços que podem fechar.
Tem que se fazer a organização de uma ampla recolha de fundos para esse fim e os enfermeiros não duvidarem que só a resistência pode dar resultado.
Só que sinto os meus colegas muito cépticos!...
: 2009: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 10, 2010, 15:40:22
http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... an2010.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/01/ProjGrelhas9Jan2010.pdf)

Está disponível o resultado da ronda negocial de 8 de Janeiro.

Um ULTRAJE?!?!?!?!
ULTRAJE É A POUCA VERGONHA A QUE ESTA NEGOCIAÇÃO CHEGOU!

Vêm agora dizer que é um ultraje!? Que vão encetar novas formas de luta que já deveriam ter sido encetadas há mais de um ano? Que o Governo não cedia na carreira única e que teve de se aprovar uma carreira com 2 categorias para ter pelo menos um pássaro na mão? Que pássaro? E os rácios de enfermeiros principais? Quais rácios? Qual valorização? Qual vencimento como licenciados?

E agora? uma greve de 2 dias igual à de 2009? Outra petição?

O início de 2010 parece um dejavú do início de 2009... mais outra ronda negocial... 1 semana sem se saber de nada... publicação de resultados nulos ou piores que os anteriores.... mais promessas de luta... nova ronda e o ciclo repete-se!

Por este andar vamos ter o tópico: "2011: Revisão da Carreira", "2012: Revisão da Carreira"... "2020: Revisão da Carreira"... e entretanto já não quero saber mais de revisões da carreira, porque nessa altura já estou reformado!

Desculpem o desabafo, mas não consigo conter a tremenda raiva que me vai na alma e neste momento não consigo encarar CNESE's, FENSE's, SEP's, SE's, SERAM's, CIPE's, SAPE's, Governos e demais afins... apetece-me bater em todos!
: 2009: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 10, 2010, 16:13:41
Desculpe, mas não aguento!
Perante uma proposta destas, só pode haver lugar a uma contraproposta do mesmo calibre, para a qual propunha:

* Revalorização salarial de TODOS os enfermeiros, com efeitos retroactivos a partir de 1834;
* Passagem administrativa de TODOS os enfermeiros a enfermeiros principais com efeitos a partir da data da publicação do respectivo decreto (Set/09);
* Ingresso na carreira pelo índice 48 (topo da carreira superior);
* Transição para a nova carreira com contagem do tempo de serviço, majorado de um bónus de 10 anos por cada ano de serviço efectivamente prestado, para efeitos de reposicionamento;
* redução da jornada de trabalho para 20h/semana;
* carreira unicategorial;
* reforma por inteiro aos 35 anos ou 10 de serviço;
* 45 dias úteis de férias, acrescendo mais 2 por cada ano de serviço...
: 2009: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 10, 2010, 17:54:45
CHEGA...VÃO GOZAR COM OUTROS...!!!
Paragem imediata do SNS pelos enfermeiros...!!!

Uma semana de greve em Cuidados de Saúde Primários, Blocos Operatórios e Consultas Externas...
: 2009: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 10, 2010, 18:01:06
Mas anda tudo satisfeito!
A petição que criei há mais de dois meses tem apenas 368 assinaturas...

http://www.peticao.com.pt/nova-carreira-enfermeiros (http://www.peticao.com.pt/nova-carreira-enfermeiros)
: 2009: Revisão da Carreira
: enfarfr January 10, 2010, 18:21:54
: SandroMelo
CHEGA...VÃO GOZAR COM OUTROS...!!!
Paragem imediata do SNS pelos enfermeiros...!!!

Uma semana de greve em Cuidados de Saúde Primários, Blocos Operatórios e Consultas Externas...

Concordo com os 5 dias úteis!
: 2009: Revisão da Carreira
: Caldas January 10, 2010, 19:36:16
Sandro e vamos andar a fazer 1 petição por cada 6 meses? Foi feita e entregue 1 petição com 10000 assinaturas de enfermeiros em Junho/Julho.

Fazer outra é dar um tiro no pé...

Eu por mim é qualquer forma radical de luta que se decidir, mas o importante é ser com bastante tempo de antecedência para a adesão ser muito próxima dos 100%
: 2009: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 10, 2010, 20:04:40
: Caldas
Sandro e vamos andar a fazer 1 petição por cada 6 meses? Foi feita e entregue 1 petição com 10000 assinaturas de enfermeiros em Junho/Julho.

Fazer outra é dar um tiro no pé...

Eu por mim é qualquer forma radical de luta que se decidir, mas o importante é ser com bastante tempo de antecedência para a adesão ser muito próxima dos 100%

Já viste a minha petição?
Não é para o governo...é para pressionar os sindicatos e ordem a fazerem algo de visivel...é isso que falta.
O Governo está a desempenhar bem o seu papel...quem está a desempenhar mal são os nossos representantes...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 10, 2010, 23:03:42
Pelo andar da carruagem ainda vamos ter de pagar ao estado para podermos trabalhar...

Sinceramente...Já gastei o palavreado todo...mas fisicamente tou apto, venham as greves que até os como vivos...

Enfermeiros a fazerem greve durante 5 dias úteis...haviam de ver o nosso valor...O SNS iria abaixo!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 10, 2010, 23:50:23
Esse é o caminho...

Os sindicatos vão reunir amanhã para decidir o que fazer...inundem os mail dos sindicatos com esta proposta de 5 dias de greve...eu sou o primeiro a fazer esta greve...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Eumesmo January 11, 2010, 00:29:55
Em 2008 escrevi neste forum que as formas de luta deveriam ser, logo naquele momento endurecidas, é com profundo pesar que verifico que infelizmente tinha razão. Passados dois anos só não estamos ainda pior porque a inflacção foi este ano negativa e por isso as nossas carteiras viram-se um pouco menos assaltadas. Mais uma vez afirmo, estes sindicatos não têm capacidade de planeamento, estratégia e visão de longo prazo.

Para que se perceba, a divisão de qualquer carreira em duas categorias é única e exclusivamente uma forma de criar um filtro ou barreira e impedir que um maior número de profissionais atinja o topo dessa carreira. Enquanto outra classe profissional(professores) lutou e bem, para acabar com a divisão da sua carreira em duas categorias nós aceitámo-lo como se fosse uma dádiva divina. Alguém me explica que interesses têm defendido os nossos representantes? É que eu tenho muita dificuldade em perceber.

A minha proposta é simples, uma vez que o MS teve a audácia de recuar nas condições que nos tinha apresentado, não deveríamos nós também fazê-lo? Exigindo de forma inegociável agora pontos como transições imediatas para a nova carreira, com ganhos imediatos para os Licenciados, uma carreira com uma só categoria, enfermeiros especialistas a prestar cuidados diferenciados e remunerados como tal, etc, etc, (são apenas alguns exemplos). E para perceberem que já estamos fartos desta m...a, respeitando os prazos legais, decretar desde já greve que só terminaria quando as nossas exigências fossem atendidas! Chegou o momento de mostrar quem os tem no sítio!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 11, 2010, 00:52:20
Épah, pessoal, já andei a falar com alguns colegas e isto de andar com grevezinhas aqui e ali, até para aproveitar feriados não tem jeito nenhum!!!!! Cada sindicato faz as suas paródias sindicais... e tal... Isto assim não avança!
Proponho fazer sim, e já que nos andam a fecundar há imenso tempo e já que estamos "perdidos por 1000, perdidos por 1000", uma GREVE COM UM ÍNÍCIO PRÉ-DEFINIDO E SEM FIM MARCADO!!!! A greve só seria terminada por TODOS os enfermeiros a actuar em Portugal quando houvesse cedência e TODAS as exigências fossem cumpridas!!!! Tipo uma ideia de ameaça de despedimento colectivo era capaz de causar mossa e alguma noção da NOSSA FORÇA!!!!!!
Nós TEMOS e PODEMOS usar a nossa FORÇA!!!
Acho que já é mais que altura para NOS MOSTRARMOS UNIDOS!!!!
Nem que tenhamos de ameaçar com um DESPEDIMENTO COLECTIVO!!!
NÓS CONSEGUIMOS PARAR O PAÍS SE QUISERMOS!!!!

Esta é a minha REVOLTA e da maior parte dos colegas que conheço!!!

Abraço a todos.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luis Avelelas January 11, 2010, 02:25:29
É da minha convicção que a única forma de luta é parar durante pelo menos uma senama e só para começar... deixem-se de coisas e de lamúrias, o que for agora perdido agora vai concerteza ser um ganho e uma garantia para o futuro. Não bastarm 10 anos de jejum e de descriminação. Será que os enfermeiros são os bodes espiatórios da crise... como é que a carreira médica foi aprovada sem sequer se ouvirem os sindicatos?? E nós é que estamos as 24 h do dia com os doentes e não mostramos a nossa verdadeira força... não estamos no tempo da nossa amiga Virginia ou da Florence... vamos de uma vez por todas mostrar a quem não quer ver doque é que são feitos os enfermeiros...também não somos propriamente a madre Teresa de Calcutá...embora por vezes até tenhamos que ser... existem muitos enfermeiros que para fazerem o apoio domiciliário têm que se deslocar no seu próprio carro por sua conta e risco, a tudo isto temos que colocar um ponto final, podem contar comigo para o que der e vier, nem que tenha que pagar e pedir emprestado mas por mim  a srª ministra não se ficava a rir.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 11, 2010, 08:21:26
Ontem enviei para os sindicatos e-mails a mostrar a minha revolta pelo estado das coisas e a exigir tomadas de posição de forçá sérias...como por exemplo a greve de 5 dias úteis em cuidados de saúde primários, blocos e consultas externas...onde não somos obrigados a cuidados mínimos e causaria maior dano e visibilidade...
Façam o mesmo...apertem com os sindicatos...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: moutinho January 11, 2010, 09:02:52
Bem colegas, e lá vamos nós, mais uma vez!
Realmente é vergonhosa a proposta, proposta essa que, em muitos tópicos já havia sido discutida! Nem sei bem que pensar...
Na verdade e de modo a responder à pergunta retórica da newsletter que questionava o porquê de tanta atenção à luta dos professores e tão pouca à dos enfermeiros, eu respondo: as escolas param completamente quando não há professores de modo a que a psicologia torna-se invertida: não só são os professores a fazer pressão, como os pais!
Agora pergunto: e nós? Não poderemos parar também?!
Não é de nosso direito fazer parar o país para que alguém nos escute, visto que por mais greves que façamos, os cuidados são assegurados da mesma forma?!
: Vergonha
: Leinad January 11, 2010, 10:32:59
É uma autentica vergonha o que fazem com a nossa classe, mas ainda pior é deixarmos que o façam.
Neste País não há reconhecimento do Real Valor da Enfermagem.
Acredito que são precisas medidas extremas. (começo a pensar que isto se está a tornar na luta pela sobrevivência)
: Re: Vergonha
: enfermeiredo January 11, 2010, 10:59:36
Vamos para greve! 3 dias! Tem que ser!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: guidamassano January 11, 2010, 11:41:17
Boas.
O MS permite-se gozar com os enfermeiros, porque nunca a nossa classe foi capaz de responder de forma clara e inequívoca mostrando como somos um pilar fundamental para sns. Depois optamos sempre por aquela atitude de submissão nos serviços, e mesmo quando o pessoal é insuficiente o trabalho tem de ser feito sem nunca reclamar e mostrar devidamente que não se consegue fazer omeletas sem ovos. Por ultimo a lei do mercado também funciona nesta negociações: muita oferta e pequena procura. Se alguns não aceitarem as condições, há sempre alguém que aceita. os nossos dirigentes deveriam observar as outras classes profissionais com mais atenção. A formação de novos enfermeiros deveria ser mais restrita. Quanto maior for o numero de enfermeiros desempregados, menor é o nosso poder negocial.
Não quero dizer com isto, que se pare a formação de novos enfermeiro, mas sim mais adequação no numero de entrada de alunos,com a procura do mercado.
Não basta dizer que são precisos um "determinado" numero de enfermeiros para os serviços funcionarem devidamente, temos que efectivamente provar que esses enfermeiros são necessários e imprescindíveis ao bom funcionamento das estruturas de saúde.
Vejam como a O Médicos se bateu para evitar a abertura de um novo curso de medicina.
Vejam a opinião da ordem dos médicos dentistas. Observem como se defendem da situação de excedentários, para serem necessários.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: josecarlos11 January 11, 2010, 11:47:47
Defendo a greve por tempo indeterminado. Colegas, vamos aderir em massa!
: Re: Vergonha
: Pla January 11, 2010, 13:25:05
Temos que lutar! O governo está de "costas voltadas" para nós! Temos que ir para a greve de 3, 4 ou mesmo 5 dias! Para sermos ouvidos! Senão nunca mais iremos alcançar os nossos obejctivos e continuaremos como estamos, e atendendo a piorar!
GREVE!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Pla January 11, 2010, 13:30:27
Concordo plenamente com a greve! Mas não de 3 dias, mas sim de 4, 5 ou ainda muito mais! Temos que fazer pressão junto dos Sindicatos! É para isso que pagámos! Para eles nos ouvirem e para sermos ouvidos! É uma vergonha o que nos estão a fazer! E a tendência é de piorar se nada fizermos! Vamos seguir o exemplo dos professores, retomar ao trabalho só quando tivermos o que de nosso direito é! Sermos pagos como licenciados e voltar a adquirir as regalias que tinhamos! Temos que lutar! "Conquistas sem riscos, são sonhos sem méritos!"
GREVE!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: BlueGirl January 11, 2010, 13:47:53
Estou disposta a fazer greve durante o tempo que for preciso!
Não posso aceitar este desrespeito progressivo!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: martinman January 11, 2010, 13:48:53
Aqui à uns meses iniciei um tópico intitulado " Vamos espicaçar os enfermeiros", que foi encerrado pela moderação, neste tópico foi discutido a necessidade de união da classe, informação da classe e disposição da classe para lutar, mas lutar não de forma metafórica, lutar mesmo. Penso que já não há necessidade de espicaçar ninguém, o M.S. fez isso muito bem, agora falta os sindicatos dizerem fogo e nós todos em bloco avançar para a luta sem medo de perder 200 ou 300 euros ou outros medos sem sentido ou compaixão parva.
 Se não reagirmos, temos o que merecemos.

[move:3uqvu3t7]Vão gozar com o posto de vigia das naus.[/move:3uqvu3t7]  
: Re: Vergonha
: Deia January 11, 2010, 14:02:20
Eu estou ha 1 ano e 1 mes a trabalhar num hospital publico atraves de uma empresa de trabalho temporario, e nao ha perspectivas de abertura de concurso para a instituicao para que eu possa regularizar a minha situaca. Infelizmente, nem greve posso fazer para manifestar o meu descontentamento perante a realidade da nossa profissao.
Sinceramente nao entendo o que e que a ministra da saude tem contra os enfermeiros...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: NFaria January 11, 2010, 16:08:24
Os professores foram recompensados pela sua luta. Não se trata apenas de um bom trabalho realizado pelos seus sindicatos mas sobretudo pelos 1ooooo professores que sairam à rua. Temos mesmo que nos fazer notar porque é isso que faz pressão sobre o poder politico. O governo ja mostrou as sua intenção, não está disposto a dignificar a nossa profissão. Temos que ser a nos a lutar por isso.
Eu sinto, no meu local de trabalho, que poucos falam sobre este tema. Este tema tem que ser falado por nós e entre nós para dar dimensão a esta onda de descontentamento.
Sugiro a todos os colegas que falem com outros colegas sobre estas questões. Os colegas que dominam as tecnologias de informação, que exponham este tema no twiter por exemplo.
A NOSSA LUTA PRECISA DE DIMENSÃO PARA SE FAZER NOTAR!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: gyka January 11, 2010, 16:22:05
pois qualquer dia a proposto é receber o salario minimo...
: Re: Vergonha
: Xico1986 January 11, 2010, 16:43:06
Estes próximos meses são cruciais para o nosso futuro... é importante cada um dar um pouco de si próprio para esta luta... temos de nos tornar solidários e sacrificarmo-nos em vista de um futuro melhor.. de um sonho que é a carreira, a progressão e a valorização merecida...

LUTA... 7dias (sim, porque somos dos poucos que trabalhamos 24 sobre 24 e 365dias) >:(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 11, 2010, 17:29:29
Façam contas...
Eu recebo o base do 1º escalão.
Se parar uma semana...vou perder 250€ mais ou menos (fazem-me falta pois tenho mulher e filho), mas não quero saber...num mês a receber o que me é justo receber...compenso essa perda...PENSEM NISSO!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: besmp5 January 11, 2010, 17:45:13
Greve!!
A nossa classe tem de se unir de uma vez por todas!
Uma greve em massa dos enfermeiros fará colapsar todo e qualquer serviço se saúde! Já que o MS não tem capacidade para perceber a importância dos Enfermeiros, temos de parar e ver quem é que se desenrasca sem nós!
Parar! Parar mesmo! Não é parar, estender duas bandeiras e no dia seguinte está tudo a funcionar novamente... Assim não chega!
O desrespeito pela enfermagem, por parte dos governantes neste pais é triste, revoltante e vergonhoso.

Vamos lutar pela dignidade da ENFERMAGEM!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: ze luis January 11, 2010, 17:58:46
Só existe uma unica forma de luta com estes governantes e, digo-vos, com resultados.È uma greve com paralisação TOTAL DOS ENFERMEIROS durante uma semana.Julgo que ao fim de 2/3 dias teria-mos os nossos problemas da carreira e dos salários resolvidos.Provavelmente morreriam doentes, provavelmente muitos veriam o seu estado de saude agravar-se, enfim....Mas para grandes males grandes remédios.Seria uma forma de verem o quão IMPORTANTE É A NOSSA função no sistema de saude.Abraço!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: NFaria January 11, 2010, 18:18:08
Pois é! mas como todos sabemos os enfermeiros têm pouca capacidade para se unirem para fazer uma coisa destas como deve ser, com visibilidade!não basta o esforço dos sindicatos!é mesmo preciso mobilizar toda a gente!é preciso mobilizar os colegas ainda sem emprego e também alunos de enfermagem que até serão dos grandes benificiários!
: Revisão da Carreira!
: joaoabelsilva January 11, 2010, 18:27:11
Meus caros colegas, alguns quiçá amigos desta ilha que é a Enfermagem! É isto!Vivemos numa ilha - a ilha da Enfermagem,  que faz parte do continente da Saúde que está infestada por figuras, em cujo sistema está dependente!
A Enfermagem está a regredir! Quem revoluciona o ensino académico passando de bacharelato para Licenciatura, já deveria ter efectuado a devida actualização salarial! Mas creio que não seria de bom tom nessa altura em que o novos licenciados ganhassem mais do que aqueles que já se encontravam a laborar há imenso tempo.
Perdemos uma oportunidade de ouro! Temos excedentes de enfermeiros?! Ou teremos faltas de médicos? Ou estará a sua distribuição, face aos serviços, mal equacionada?!
Temos escolas de enfermagem a abarrotar de estudantes de enfermagem? Para quê? Para irem ao fim de dois pares de anos para o desemprego qualificado? Porque não se fecham as escolas de enfermagem durante um par de anos para a Licenciatura de base?!!
Se vivemos numa ilha, onde cada um faz o que quer em dia de greve, não chegaremos a parte alguma!
Rede de mensagens a partir do sindicato e de enfº a enfº para qua fosse uma paralização geral para que se faça justiça! O estado consome imensos recursos, porque não os redistribui por onde é realmente necessário.
Agora a regredirmos na nossa remuneração!!! Por favor!
A PARALIZAÇÃO É A SOLUÇÃO, POR MUITO QUE NOS CUSTE, PORQUE O BEM ESTAR DO UTENTE É DA SUA FAMILIA.
Mas e nós? O nosso bem estar? A nossa família? O nosso reconhecimento? A NOSSA DIGNIDADE! Onde está?
Pagar por um dia a um médico tarefeiro um valor de 2500 euros e para nós apenas mais umas dezenas de euros, são migalhas!!! COMO DIZIA ALGUÉM QUE EU CONHEÇO - É PARA REFLECTIR!....

 Â 
: Re: Vergonha
: Caldas January 11, 2010, 18:50:36
Tópico em discussão noutro local...

Evitem as repetições...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Jota1st January 11, 2010, 19:25:26
Sinceramente e não querendo, de forma alguma, criticar o trabalho que tem sido feito pelo CNESE, SEP, etc..mas já não era tempo de fazer Realmente uma manifestação de peso..??? cada vez mais acho que as greves ou petições não fazem sentido..se não existem outras armas...então inventamos!!! Acho que isto já passou dos limites..paragem total de prestação de cuidados nos hospitais..nem que fosse por Duas Horas...para finalmente perceberem o que faz um Enfermeiro!! Não vamos lá com greves e muito menos com petições..continuarei a aderir a ambos..não digo que não!! Mas vá lá..começa a ser ridículo o que andam a fazer e o que nós deixamos acontecer..!!!Se Todos ou a maior parte dos enf se mobilizassem para o portão dos Hospitais/CS/etc durante duas horas..(ou o tempo que fosse preciso para que percebessem a falta que fazemos)..e que não podemos ser tratados como LIXO..veriam então se tínhamos ou não resposta!!!!! Ninguém pode despedir tanta gente ao mesmo tempo...somos uma das maiores classes que existe..e a que menos poder temos..reparem nos professores!!! Não fazemos certas coisas por não considerarmos ético para com a nossa profissão..ou para com os valores da nossa profissão....desculpem ser curto e grosso...mas quem sugeriu os valores da nossa profissão...certamente não pensou que seriamos tratados abaixo de cão, e que não seríamos reconhecidos..que existiria incompreensão entre a classe, favoritismos e elitismos (não é à toa que lhe chamamos profissão)!!!!!

POR FAVOR...FAÇAMOS ALGO QUE REALMENTE RESULTE..OU QUALQUER DIA..COMEÇAMOS COMO OS DA POLÍCIA..ATIRAMO-NOS DA PONTE 25 DE ABRIL OU PRATICAMOS MESMO SUICÍDIO COLECTIVO...não aguentamos mais esta vida..!!!

Perdoem-me a tristeza e desiusão!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 11, 2010, 19:43:54
o sindicatos obrigam as pessoas a irem é? só assim é que os enfermeiros vão acordar...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 11, 2010, 21:17:24
Greve 27 a 29 de Janeiro...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 11, 2010, 22:17:19
A proxima reunião é no dia 20, correcto?

Até lá, podemos dar uma mostra do nosso descontentamento e revolta.

Não Fazer nos Serviços aquilo aquilo que não nos compete como Enfermeiros.

Zelo

É o que eu vou fazer.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 11, 2010, 23:10:35
[font=Verdana:3q15dlh0]Eu continuo a insistir com a proposta de GREVE SEM TERMO!
Pelo menos com a ameaça disso!
Terminar a greve APENAS quando houvesse cedências!!!
E não gosto de perder dinheiro como qq um!
Agora ser CONTÍNUAMENTE ROUBADO é que não aceito!!!
[/font:3q15dlh0]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 11, 2010, 23:13:48
: Enfermeyro
[font=Verdana:3nsll2ee]Eu continuo a insistir com a proposta de GREVE SEM TERMO!
b]
[/font:3nsll2ee]

Greve sem termo não está previsto nos termos de lei da greve (infelizmente), por isso é Ilegal :(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 11, 2010, 23:46:36
: Vitor A.
: Enfermeyro
[font=Verdana:1lkmaoho]Eu continuo a insistir com a proposta de GREVE SEM TERMO!
b]
[/font:1lkmaoho]

Greve sem termo não está previsto nos termos de lei da greve (infelizmente), por isso é Ilegal :(
Pois...  :-[
Hummm... Mas greve pré anunciada de 1 mês pode, não pode???   >:D
O MS tinha de acabar por ceder bem antes!!!

No fundo, o que eu acredito, é que tem de haver formas MINIMAMENTE eficazes de fazer PRESSING e levar a nossa avante!
Is to NÃO SE TRATA DE BIRRINHA DOS ENFERMEIROS! Trata-se unicamente de PURA DISCRIMINAÇÃO!
Agora o que eu tenho visto é que com apenas "grevezinhas" nada temos conseguido!
Alías, o que acontece na prática é que o trabalho aparece feito na mesma, ainda com menos recursos humanos e ainda fica mais barato ao estado porque teve de pagar menos devido aos descontos no ordenado.  >:(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor Teixeira January 12, 2010, 00:42:58
Temos que nos mobilizar, lutar pelos nossos direitos. É uma vergonha o que querem fazer aos Enfermeiros portugueses. Apesar disto milhares no desemprego e precário.Vamos à luta!!!!Olhem para o exemplo dos professores.Não podemos ter medo deste governo!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 12, 2010, 00:47:51
E começam mais 4 anos a marcar passo...mais 4 anos que se juntam a tantos outros que ficam para trás, sem subidas na carreira, sem aumentos do ordenado, mais pessoal para o desemprego, mais precariedade...tudo em alta!
Por isso vim apenas fazer um agradecimento especial a quem votou no Sócrates a fim de o manter por mais 4 anos!
A culpa das negociações não só vossas...se mudassemos de ministra de saude a coisa iria para outros caminhos! Vê-se pela ministra da educação...
No entanto ajudaram...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 12, 2010, 00:48:57
Eis um mote prá manif!
"Medo não!, a ministra é um canhão!"

(os mod's podem apagar - foi só um momento de devaneio!, sorry)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 12, 2010, 00:56:56
À imagem de "Uma Aventura",  que foi um sucesso, com o que a ministra da educ ja fez pelos prof's, começo seriamente a pensar que a "nossa" ministra da saúde escreveu o "Pesadelo em Elm Street" especificamente a pensar em nós!


(http://http://www.solymar.com.br/archives/image/1172596102.bmp) (http://http://www.jornaldascaldas.com/wp-content/uploads/2009/09/gripe-1.jpg)
"Qualquer semelhança será igualmente medonha"

(sorry again - isto é reflexo da minha mente revoltada!)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enf. tzze January 12, 2010, 03:09:58
concordo com greve de 2 a 5 dias é uma total injustiça o que estão a fazer com a nossa classe. Esta ministra afinal ainda é pior que o anterior... já para não falar da nossa bastonária da OE que é fraquissima... vamos á luta.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: clarad January 12, 2010, 04:46:17
http://www.peticaopublica.com/PeticaoVe ... P2010N1024 (http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2010N1024)

"Petição Pela Dignidade da Enfermagem

Exma. Sr.ª Ministra da Saúde Dr. Ana Jorge

Vimos por este meio expressar o desagrado pelas ofensas que têm sido feitas á dignidade desta mui nobre profissão que é a Enfermagem. Estas ofensas são perpetradas pelo ministério a que preside de forma sistemática e vão desde os sucessivos adiamentos nas negociações da Carreira de Enfermagem, até às propostas vergonhosas por vós veiculadas. Por este facto responsabilizamo-la pessoalmente.
Acreditando na boa fé dos nossos governantes resta-nos então presumir que o que a move é o completo desconhecimento sobre o que de facto implica ser Enfermeiro, sobre os riscos profissionais em que incorremos, sobre a valorização profissional que tem vindo a ocorrer ao longo dos anos e sobre os padrões de qualidade pelos quais nos regemos. Instamo-la então a que se informe, como é de sua obrigação como detentora de um cargo público de alto destaque e responsabilidade. Mas como forma de demonstrar a nossa boa-fé vamos desde já contribuir para a sua instrução referindo que o exercício da Enfermagem e inscrição na Ordem dos Enfermeiro implica agora a obtenção de grau de Licenciado, com todas as implicações deste facto, nomeadamente no que concerne á autonomia, criação de conhecimento e responsabilização pela prestação de cuidados e á semelhança do que acontece com outros profissionais como Professores e Médicos.
Os signatários desta petição pretendem que a discriminação e desrespeito dos Enfermeiros por parte do Ministério da Saúde cessem de imediato. Consideraremos que este ataque á dignidade da Enfermagem cessou no momento em que o Ministério da Saúde apresentar na mesa de negociações uma proposta que coloque os Enfermeiros em pé de igualdade com os outros profissionais licenciados, respeite a complexidade do conhecimento científico e exercício pratico da Enfermagem e reconheça o esforço de evolução do nível de qualidade na prestação de cuidados que os Enfermeiros têm levado a cabo, através do sacrifício da vida pessoal e do investimento económico.
Os Enfermeiros não toleram mais demoras e ofensas e não continuarão a conter a sua revolta.



Os signatários "
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 12, 2010, 07:10:24
Mais uma petição? Agora é moda?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 12, 2010, 08:26:11
Assinei por respeito à colega que a elaborou e porque concordo com os seus termos, mas não é a forma de luta que necessitamos.
Adorei a ideia da manifestação em Madrid.
Porque não alargar a de Madrid contactando os ínumeros colegas que estão a trabalhar em Paris e Londres e pedir-lhes que lutem por nós também, criando condições melhores para se um dia eles voltarem...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 12, 2010, 14:10:22
Com tanta petição ainda vamos fazer o que já fizemos com as greves...banalizar! É tão normal fazer greve que para o governo não é uma forma de protesto mas sim uma forma de poupar trocos e é equiparado a uma simples ida à casa de banho...

Claro que falo de greves tipo as nossas com cuidados mínimos...não conheço muitas profissões que quando fazem greve e têm de manter "os serviços mínimos"! A meu ver ao fazermos greve com cuidados mínimos estamos a demonstrar que conseguimos fazer o mesmo com menos pessoas!

Daí a mentalidade do governo, "afinal não precisamos assim de tantos enfermeiros! Vamos cortar com a carreira deles porque no poupar está o ganho! O que não falta são enfermeiros! E têm uma Ordem que incentiva a formação de mais enfermeiros!"

Uma greve que faça fechar instituições é que causa impacto, tem de incomodar os outros! Se os serviços continuam a ser feitos, qual é o impacto que isso iria ter? Daí a força das greves do professores!

Por isso investir em greves em instituições que não estão abertas à noite (porque essas não são obrigadas a cuidados mínimos) é que está o ganho! Pode é induzir ao erro no sentido de mostrar que apenas nessas fazem falta os enfermeiros! Mas ao menos é um ganho...e sempre na esperança que não pensem assim...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Fanux January 12, 2010, 22:09:19
Isto não se trata de fazer birra, trata-se de querer aquilo que está na constituição: Igualdade!

Um medico tarefeiro ganhar mais num dia de trabalho do que nós num mês!? Em que terra é que isto já se viu??? E depois dizerem os nossos iluminados politicos que é preciso apertar o cinto. Sinceramente, que paises conhecemos com excesso de enfermeiros no desemprego? Que paises conhecemos com falta de medicos? Na verdade, é que faltam enfermeiros na generalidade dos paises (pelo menos desenvolvidos) e há medicos a mais nesses mesmos paises.

Mas esta "jogada" em Portugal já tem muitos anos e todos os governos compactuaram com ela, porque é muito facil fazer o SNS funcionar sem listas de espera. Basta querer. E os politicos conhecem a solução disso como é obvio pois não são burros nenhuns.

Contudo, mesmo continuando com PS no poder (eu não votei como é evidente) eu não estava à espera de uma jogada tão baixa da ministra. Que este governo é o pior desde que há governo, disso já sabiamos mas isto...Esperava dificuldades nas negociações, mas isto que se passou a 7 de janeiro é digno de "Eu quero, posso e mando", tal qual 3º Mundo!

Greve inferior a 5 dias/1 semana não vale a pena.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfmb January 13, 2010, 14:32:50
Caros colegas,

É com muito orgulho que enverguei por esta profissão mas é com grande tristeza que digo que nunca vi uma classe profissional onde existe tão pouca UNIÃO. Veja-se o caso dos professores, classe unida, em que tem um sindicato que zela e luta pelos direitos dos professores e conseguem alcançar por aquilo que lutam!!

Enquanto não nos unirmos e fazermo-nos ouvir nada irá melhorar, só piorar!!
 
É uma VERGONHA o que a Sr.ª Ministra está a fazer aos enfermeiros!!! Afinal somos ou não o pilar do SNS??? Chega de gozo e perseguição!!!!!

Infelizmente temos um sindicato que se contenta com pouco e uma OE que pouco mais faz que é enviar as cartas para casa a relembrar as quotas em atraso ;D. Defender os direitos dos enfermeiros que é bom nada!!

Por isso colegas temos que ser nós a dar uso à nossa voz e para que possamos ter DE VOLTA a motivação que já algum tempo nos fugiu. VAMOS PARA A FRENTE COM AS GREVES, SEJAM ELAS DE 1,2,3,4,5 OU MAIS DIAS...NÃO VAMOS TER DÓ NEM PIEDADE DE QUEM NÃO NOS TEM RESPEITO NENHUM!!

Não posso admitir que as AAM´s (com o devido respeito) ganhem quase tanto como eu, não tendo 13 da responsabilidade e formação que temos (não são as AAM's que ganham bem, somos nós que não somos remunerados devidamente). Não foi para isto que andei 4 anos a "exigir sacrifícios financeiros aos meus pais" para não ser devidamente recompensado nem reconhecido profissionalmente!!!

À vista da ministra o SNS funciona só com médicos que passam 1min à frente do doente, muitas das vezes a alimentar falsas esperanças, e ganham rios de dinheiro e quem passa 24h sob 24h a acompanhar o doente nem sequer merece o minimo de respeito!!! CHEGA, BASTA...VAMOS À LUTA!!


Saudações
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 13, 2010, 15:19:43
27, 28 e 29 de Janeiro
Greve de enfermeiros durante três dias
Os enfermeiros vão entrar em greve dias 27, 28 e 29 de Janeiro, em resposta à proposta apresentada pelo Ministério da Saúde relativa à carreira de enfermagem, considerada, pelo sindicato do sector, como “um desrespeito para com os enfermeiros e uma desvalorização do valor social da enfermagem”.

A paralisação tem início às 8h00 e apenas os cuidados mínimos, indispensáveis à vida dos utentes, serão garantidos. Para dia 29 está marcada uma manifestação nacional, que partirá às 14h30 do Ministério da Saúde. Todos os enfermeiros devem estar fardados. Dia 21, às 16h30, os sindicatos entregarão no Ministério da Saúde as suas fardas e um conjunto de moções de revolta e cartas de indignação.

 

O diploma apresentado pelo Ministério da Saúde é considerado “humilhante e inqualificável” pelos sindicatos pois consiste na desvalorização económica do trabalho do enfermeiro, sobretudo do enfermeiro principal, encarregue da gestão dos serviços indispensáveis ao funcionamento das instituições hospitalares. A referida proposta não admite a revalorização da enfermagem em caso de transição para nova carreira que exige maior competência e qualificação ao profissional de saúde e impede os enfermeiros de chegar à condição de enfermeiro supervisor, o topo da carreira.

 

Os sindicatos garantem que os enfermeiros estão “motivados para a luta”, que se irá prolongar até o ministério ter disponibilidade para negociar, e agir de acordo com as reivindicações da proposta sindical, consideradas “justas e possíveis, a nível financeiro”. A frente sindical - que integra quatro estruturas representativas dos enfermeiros -, admite a suspender os três dias de greve, caso o ministério respeite a importância social dos enfermeiros. Adianta que “há mais de vinte anos que o sindicato não faz uma greve superior a dois dias.

In Correio da Manhã
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfª HG January 13, 2010, 16:00:01
Não sei de hei-de rir...da palhaçada que é esta proposta! Se hei-de chorar por ter apostado numa profissão que não é valorizada.
Só de pensar que estes valores, ainda sofrem um corte, para descontos para IRS e segurança social...e que no final restaram perto de 800 euros... pergunto, não querem propor o ordenado minimo? Já agora? Metade dos enfermeiros têm de se descolocar, para outras cidades, pagar rendas e outras demais despesas, que lhe roubam metade ou mais de metade do ordenado e os fazem contar os centimos para alimentação... Senhora Mininistra, acha que os Srs. Enfermeiros portugueses gostam de trabalhar em duplo e triplo, e não terem vida própria, nem familia, nem horas de sono. Deve achar? Nós somos obrigados a trabalhar em mais de 1 local...somos obrigados a prestar cuidados de enfermagem, que estão muito aquém da qualidade que desejariamos... Porquê? Porque não somos bem pagos! Os nossos salarios não correspondem às nossas habilitaçoes academicas, nem às competencias e muito menos às responsabilidades.
É triste! Mas a culpa também é nossa colegas! Vamo-nos unir...como os professores e fazer uma greve a sério! Os cuidados mininimos assegurados...nunca sao cuidados minimos...há serviços que os cuidados minimos, é tudo...é um dia como os outros.
Um serviço de quimioterapia...Hospital de dia...trabalha normalmente...uma sala de tratamentos trabalha normalmente...
Mas as cirurgias param... Vamos parar! Vamos lutar a sério...Sem os Enfermeiros...os hospitais não funcionam...se parar-mos a Sra. Ministra muda de ideias...de certeza... Porque se vai instalar os caos nacional.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: anamafalda January 13, 2010, 16:19:12
uma greve de tantos dias seria um caos no SU

o que sao cuidados minimos num SU? nao dar banho? (alguns doentes ate agradecem). Nao posicionar? (os q sofrem sao os acamados, e esses nao tem culpa). nao fazer registos? nao avaliar vitais?nao colocar a medicação ev?

concordo com o que foi dito: ao prestar cuidados num SU durante 3 dias com menos um elemento em todos os turnos só demonstra as administrações que esse elemento entao é dispensavel...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: EME January 13, 2010, 16:27:29
: anamafalda
uma greve de tantos dias seria um caos no SU



Mas se calhar só assim é que nos iriam ouvir.... ;)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 13, 2010, 18:20:54
Finalmente a CNESE apresentou uma contraproposta justa para a nossa carreira...
Embora tarde...mais vale agora do que nunca...
VAMOS TODOS LUTAR POR ESSA PROPOSTA...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 13, 2010, 19:00:02
A proposta da CNESE não é suficiente!!!
Deixam cair a transição e o reposicionamento correcto. A atribuição de 490€, não implica reposicionamento no devido escalão. Desta forma, os tais 15mil enfermeiros (eu incluído) NUNCA poderemos atingir o escalão 48. A menos que haja esse compromisso, inclusivamente o cálculo das horas de qualidade nunca se farão pelo devido escalão, mas sempre pelo primeiro ou até pelo que detemos actualmente.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 13, 2010, 19:09:44
: Zeus-electro
A proposta da CNESE não é suficiente!!!
Deixam cair a transição e o reposicionamento correcto. A atribuição de 490€, não implica reposicionamento no devido escalão. Desta forma, os tais 15mil enfermeiros (eu incluído) NUNCA poderemos atingir o escalão 48. A menos que haja esse compromisso, inclusivamente o cálculo das horas de qualidade nunca se farão pelo devido escalão, mas sempre pelo primeiro ou até pelo que detemos actualmente.

É bem melhor do que existia até hoje...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 13, 2010, 19:56:01
Já chega de nos contentarmos com o "second best"!!! O "é melhor que nada"!!

Acabei de enviar ao sindicato:

Ciente que este é um momento decisivo para a profissão, não posso deixar de expressar o meu descontentamento relativamente à forma como têm sido conduzidas as negociações. O mesmo impasse há demasiado tempo (uma década...).
Creio que este momento é a última chance de obtermos aquilo a que realmente temos direito e por isso, não deve ser desperdiçado.
Julgo que este é o momento de tomar uma atitude séria e decisiva e radicalizar de uma vez por todas as formas de luta.

Desculpem-me a franqueza, mas não acho que as manifestações (que poucos aderem) ou as greves de curta duração (com serviços mínimos) possam cumprir o desígnio a que se propõe. Se desta feita, os 3 dias de greve não surtirem o devido efeito, o que se segue? Mais 1 ou 2 dias em Fevereiro? E mais 2 em Março? Confesso que desta forma, a moral e a força vão esmorecendo e a adesão diminui proporcionalmente.

A proposta que coloco à Vossa consideração é a seguinte:

Paragem completa de todos os serviços que não exijam mínimos (Blocos, Centros de Saúde, Consultas, etc.) pelo menos durante uma semana.
Para que os colegas que encetaram esta luta por todos nós, os restantes colegas dos serviços não abrangidos pela paralisação, contribuem com uma verba que minimize os prejuízos suportados pelos grevistas. Por exemplo, o equivalente a um dia de trabalho. Esta gestão poderia ficar a cargo dos sindicatos. O cálculo é simples, a gestão também e os resultados com muito mais impacto.
Para complementar a luta, os enfermeiros "não grevistas" (dos restantes serviços e instituições não abrangidas), fariam greve de zelo, manietando o mais possível o SNS.
No entretanto, poderiam encetar as campanhas de sensibilização, manifestações, etc..., o que quer que fosse que trouxesse visibilidade à luta dos enfermeiros.

Relativamente à contra-proposta apresentada pela CNESE, é insuficiente! Não aceito que deixem cair a transição e o devido posicionamento na nova carreira. Os 490€ não colocam os 15 mil enfermeiros com mais de 10 anos de serviço no respectivo escalão? A menos que este compromisso esteja assumido, a proposta continua a não fazer justiça a estes enfermeiros (nunca poderão atingir o topo da carreira, incluindo o da categoria de enfermeiro). Tão pouco faz aos actuais e futuros especialistas, uma vez que a categoria de enfermeiro principal somente estará acessível a muito poucos, facto que considero fracturante para a profissão. A pressa em aprovar uma qualquer carreira na legislatura anterior criou esta aberração que vai contribuir para as injustiças, tal como o demonstra o caso gritante dos serviços de obstetrícia, onde de um leque de diversos enfermeiros especialistas, apenas um pequeno punhado irá ascender a enfermeiro principal, por força das quotas, estando porventura um número bem maior desses especialistas nas mesmas condições de ascender à dita categoria.

Lembro o caso dos professores e o sucesso das suas negociações!!

Posto isto, gostaria de salientar que não aceito qualquer negociação abaixo da proposta que V. Exªs apresentam, salvaguardando ainda a questão das transições. Qualquer acordo abaixo disto constitui uma humilhação para todos os enfermeiros e os responsáveis serão sempre o Governo e também os que nos representam à mesa das negociações, e que se assim for, no mesmo dia perdem um associado.

Certo que a minha indignação é partilhada por muitos enfermeiros, senão consultem os variados blogs, fóruns, as opiniões geradas nas reuniões por V. Exªs promovidas, etc. Aproveitem a onda de indignação/revolta que a última proposta do Governo gerou e dignifiquem a enfermagem. Agora é o momento!

Votos de muitos sucessos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 13, 2010, 19:59:03
: anamafalda
uma greve de tantos dias seria um caos no SU

o que sao cuidados minimos num SU? nao dar banho? (alguns doentes ate agradecem). Nao posicionar? (os q sofrem sao os acamados, e esses nao tem culpa). nao fazer registos? nao avaliar vitais?nao colocar a medicação ev?

concordo com o que foi dito: ao prestar cuidados num SU durante 3 dias com menos um elemento em todos os turnos só demonstra as administrações que esse elemento entao é dispensavel...

Se calhar o melhor é nem marcar greve não? Continuamos a comer o que a ministra e companhia nos dá e a aceitar o que sejamos explorados.

Os cuidados minimos são aqueles que não põe em causa a vida das pessoas. Não dá banhos, não posiciona... medicação? se não der a medicação a pessoa morre então dá, senão não dá...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 14, 2010, 10:55:55
: Zeus-electro
Paragem completa de todos os serviços que não exijam mínimos (Blocos, Centros de Saúde, Consultas, etc.) pelo menos durante uma semana.
Para que os colegas que encetaram esta luta por todos nós, os restantes colegas dos serviços não abrangidos pela paralisação, contribuem com uma verba que minimize os prejuízos suportados pelos grevistas. Por exemplo, o equivalente a um dia de trabalho. Esta gestão poderia ficar a cargo dos sindicatos. O cálculo é simples, a gestão também e os resultados com muito mais impacto.

Uma ideia assim mirabolante a roçar na ironia... e que tal no lugar de apenas os sindicatos arcarem com a verba a nossa OE também dar um contributozinho? ;)

Uma greve de 3 dias irei aderir no entanto acho pouco...paralização total sem cuidados mínimos, uma coisa ilegal que causa impacto era o ideal!  >:D Mas como é óbvio poucos ou nada irão aderir...no entanto dentro da legalidade é o que temos!

Quanto aos cuidados mínimos...quando se estabeleceu mostrou-se que enfermagem é essencial para o utente pelo que nas greves sem cuidados minimos era impensável...agora os cuidados mínimos é sinónimo de fazer o mesmo trabalho com menos enfermeiros! Sinal de poupança...parece que MS incentiva no sentido de promover uma grevezinha ou outra!

Agora esmiucemos a coisa...porque de repente e pouco mais de 3 meses o MS mudou completamente a proposta? Na mesma altura que os professores conseguem uma carreira com alguma dignidade e com bons salários. Será que uma coisa está ligada à outra?

Cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 14, 2010, 12:07:51
Se os objectivos desta forem avante, todos vamos sair vencedores, o nosso ordenado aumenta, o valor para os sindicatos vai aumentar consideravelmente bem como a OE vai aproveitar esta subida para actualizar as cotas. Por isso é uma questão de Investimento. O que se perder hoje (que eu considero um Investimento), conquista-se no amanhã!
A Adesão á GREVE é de Extrema Importancia nesse sentido!!!!!!!!
Não é só no sector Publico que tem que haver Greve. O sector Privado Também tem que aderir, pois o Bom Povo Português Também diz: "Não vou ao Publico, mas eles fazem no Privado" (e ás vezes a receber menos)

:
Agora esmiucemos a coisa...porque de repente e pouco mais de 3 meses o MS mudou completamente a proposta? Na mesma altura que os professores conseguem uma carreira com alguma dignidade e com bons salários. Será que uma coisa está ligada à outra?
Esta questão só me faz lembar dois possiveis argumentos:
* O Ministerio das Finanças desviou o dinheiro para o Ministério da Educação (O peso na sociedade dos Enfermeiros não é o mesmo do que dos professores ainda, infelizmente);
* Apresentaram esta tabela, como jogada negocial, de forma a aceitar-mos a tabela que apresentaram em Setembro/09 e que foi rejeitada pelos sindicatos! (não é a primeira vez que este tipo de estratégia é usada: apresentarem uma muito pior, para assim se aceitar a inicialmente proposta)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 14, 2010, 12:28:54
: Vitor A.
* Apresentaram esta tabela, como jogada negocial, de forma a aceitar-mos a tabela que apresentaram em Setembro/09 e que foi rejeitada pelos sindicatos! (não é a primeira vez que este tipo de estratégia é usada: apresentarem uma muito pior, para assim se aceitar a inicialmente proposta)

Isso é por demais óbvio e só a ingenuidade dos nossos representantes os levará a aceitar tamanha injustiça! Mas também já acredito em tudo!
Não aceito nada abaixo do que está a ser proposto pelos sindicatos, e ainda ressalvo a questão das transições e o correcto posicionamento nos escalões da nova carreira. Já nem falo na questão da categoria única que infelizmente já caiu por terra, ao contrário dos professores que não negociaram à pressa com o anterior governo e veja-se o que conseguiram.

O plano B dos sindicatos já nos custou essa batalha!!!!!

"Ana Jorge disse que na próxima reunião as partes ainda não estarão "em condições de fechar completamente as negociações" e sublinhou que o acordo só pode ser feito no decurso das negociações. Segundo a ministra, ficou acordado na última reunião que os enfermeiros vão elaborar uma proposta a enviar ao ministério para ser discutida dia 20. "Vamos tentar chegar a um acordo, obviamente com a consciência de que, quando há acordo, há cedência de parte a parte. Não só do ministério, mas também dos enfermeiros", disse." in DN

Seria óbvio os sindicatos apresentarem uma contra-proposta muito acima do pretendido, para "haver cedências de parte a parte"... ou será que está contra-proposta já o consideram demasiado????????
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Boiler January 14, 2010, 12:57:36
Boas tardes,

Alguém sabe explicar qual a diferença entre estes ingressos na profissão?

    * Volta a propor que a Posição 1, de Ingresso na Profissão, seja o Nível 11 (995,51) até 31/Dezembro/2013. Até esta data os Enfermeiros ingressam na Profissão auferindo salário inferior ao actual (1 020,06);

    * Volta a propor que o Ingresso na Profissão seja pelo Nível 15 (1 201,48), agora a partir de 1/Janeiro/2014 e para o futuro;

cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Boiler January 14, 2010, 15:51:50
agora que olhei com mais calma...tem que ver com as datas de entrada em vigor...

cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: clarad January 14, 2010, 18:15:07
A questão está em recorrermos a várias formas de luta em simultâneo, um pressing constante sobre o ministério que culmina na greve, ou seja, não vamos esperar pela greve para começar a mobilização dos profissionais, para começarmos a aparecer na comunicação social. E antes de mais esta pressão tem que ser feita também sobre os colegas que passivamente vêm a carruagem a passar, que sabem que se passa alguma coisa mas nem se dão ao trabalho de saber bem o quê! Temos que inundar os serviços, os mails dos colegas, os telemóveis, as redes sociais com informação, com declarações de revolta. Assim chegamos ao dia da manif e temos uma classe mobilizada em torno da luta.
É óbvio que mais uma greve ou petição por si só não alcançam o objectivo mas trazem a informação para a rua, para quem tem de a ouvir. Vamos fazer mais, vamos ter mais iniciativa! Menos critica fácil e mais intervenção! E comecemos agora, hoje dia 14 e não só a 27!

Cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ January 14, 2010, 23:32:38
: Boiler

Alguém sabe explicar qual a diferença entre estes ingressos na profissão?
    * Volta a propor que a Posição 1, de Ingresso na Profissão, seja o Nível 11 (995,51) até 31/Dezembro/2013. Até esta data os Enfermeiros ingressam na Profissão auferindo salário inferior ao actual (1 020,06);
    * Volta a propor que o Ingresso na Profissão seja pelo Nível 15 (1 201,48), agora a partir de 1/Janeiro/2014 e para o futuro;


Refere-se aos enfermeiros em início de carreira:
- Os que entram ficam a ganhar 995€
- Os que já estão a trabalhar mantêm o salário
- Passam todos a ganhar 1201€ em 2014


Desqualifica o valor do trabalho de um licenciado em enfermagem em relação as outras licenciaturas, que não inicia nenhuma abaixo de 1500€.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: NFaria January 15, 2010, 01:17:33
: clarad
A questão está em recorrermos a várias formas de luta em simultâneo, um pressing constante sobre o ministério que culmina na greve, ou seja, não vamos esperar pela greve para começar a mobilização dos profissionais, para começarmos a aparecer na comunicação social. E antes de mais esta pressão tem que ser feita também sobre os colegas que passivamente vêm a carruagem a passar, que sabem que se passa alguma coisa mas nem se dão ao trabalho de saber bem o quê! Temos que inundar os serviços, os mails dos colegas, os telemóveis, as redes sociais com informação, com declarações de revolta. Assim chegamos ao dia da manif e temos uma classe mobilizada em torno da luta.
É óbvio que mais uma greve ou petição por si só não alcançam o objectivo mas trazem a informação para a rua, para quem tem de a ouvir. Vamos fazer mais, vamos ter mais iniciativa! Menos critica fácil e mais intervenção! E comecemos agora, hoje dia 14 e não só a 27!

Cumprimentos
Concordo com a colega. É necessário ampliar esta onda de descontentamento para mobilizar toda a classe!tenh feito isso no meu serviço e vejo os colegas mais motivados para a luta!
Lembro apenas que os nossos familiares tb vão ser afetados ou benificidos com esta questão e por isso considero que podem contribuir para nos acompanharem nas manifestação. Acredito que o msm se passou com os professores!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: NFaria January 15, 2010, 01:20:28
se cada colega levar um familiar à manifestação seremos o dobro!
: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Mauro Germano January 15, 2010, 03:11:39
Transcrevo parte duma carta disponível para leitura no site do SE: http://www.enfermeiros.pt (http://www.enfermeiros.pt)

 Objectivos a atingir com a greve:


"1 – Tratamento equitativo com outras profissões de formação académica do mesmo nível pois que, sendo os princípios enformadores dos corpos especiais, no caso da Enfermagem, em termos de responsabilidade, iguais aos da actividade médica, o Ministério da Saúde, ao accionar decisões de parcialidade, está a discriminar os Enfermeiros.
Por isso, defendemos grelha salarial compatível com a formação académica dos Enfermeiros, a nível de grau de complexidade, compatível com o da actividade médica, visto os níveis de responsabilidade serem simétricos.
2 – Descongelamento e pagamento de escalões de progressão da Carreira de Enfermagem.
3 – Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) aplicável nas EPEs, PPS e outras, em todo o território Continental da República Portuguesa.
4 – Acordo Colectivo de Trabalho da Carreira Especial de Enfermagem (CTFP) aplicável em todo o território Continental da República Portuguesa.
5 – Negociação da Avaliação do Desempenho dos Enfermeiros.
6 – Rácios subordinados ao nível qualitativo da actividade e formação do Enfermeiro.
7 – Enquadramento digno e justo das actuais chefias de Enfermagem.
8 – Regulamentação de concursos.
A greve é um direito inalienável; por isso, os cuidados ou serviços mínimos devem ser rigorosos, restringindo-se às situações de perigo de vida e não rotinas condensadas."
: O direito à greve!
: nurse_duarte January 15, 2010, 10:40:19
Boas!

Uma dúvida colegas.

É inquestionavel o direito a greve por parte dos trabalhadores.

Na instituição onde trabalho por norma os senhores lá de cima da administração são muito bonzinhos e se não houve atestados, faltas e afins lá nos presenteiam com + 3 dias e férias.

Se fizermos 1 greve eles ainda "perdoam" e lá dão os 3 dias a +. Agora se fizermos + do q isso lá dizemos adeus a eles!

A my dúvida é: se a greve é um direito eles podem tirar-nos esses 3 dias se aderirmos a greve?

Este ano fui presenteada c 22 dias de férias visto q me retiraram os + 3 por causa de ter aderido as greves do ano passado.

Isso é legal?

Há quem diga que sim, há quem diga q n...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 15, 2010, 17:06:54
Mais lenha para a nossa fogueira...
Notícia do jornal Sol:
[align=center:1ydmnox9](http://3.bp.blogspot.com/_rOOnoIDfU9M/S1BF-q7qvEI/AAAAAAAAEP4/f_aVehav2Qw/s400/trama1.jpg) (http://www.forumenfermagem.org/imagens_publicas/enfermeiros_vitimas_colaterais.pdf)[/align:1ydmnox9]
[align=center:1ydmnox9]CLICAR NA IMAGEM PARA VER O ARTIGO NA INTEGRA[/align:1ydmnox9]

Esta notícia é muito oportuna. Não devemos pensar que osprofessores nos retiraram a possibilidade de sermos recolocados.
Pela contrário, a luta deles demonstrou que para obter ganhos que são legitimos, é necessário recorrer a formas de luta, sair á rua.

Este Governo só premeia quem lhe fizer frente a sério.

O campo da Saúde irá pagar as favas da arrogância do executivo, e da discriminação que está a cometer face a nós, enfermeiros.
Neste artigo, percebe-se que a Ministra está em dificuldades. Ana Jorge, que até conseguiu pacíficar o sector, vê agora esse esforço cair abruptamente, perante o cenário de conflito que se avizinha.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Vitor A. January 15, 2010, 18:03:11
Os Enfermeiros Cumprem com os seus deveres, Mas o Estado continua e teima em lhes negar aos Seus Direitos!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 15, 2010, 18:09:28
As lutas podem começar quando nós quisermos.

Basta:

* Não fazer nos Serviços aquilo que não nos compete como Enfermeiros;

* Zelo!

A Greve poderia e deveria se extender também ao Sector Privado (pelo menos aquele que "explora" os colegas"). Quantas clinicas tem Enfermeiros a ganhar uma miséria?
Se o Povo Português se visse privado dos Enfermeiros no Publico e no Privado, assim eles sentiriam na pele a necessidade dos Enfermeiros!
[move:3srdczav][align=center:3srdczav]Só damos valor ás coisas e pessoas, quando não as temos![/align:3srdczav][/move:3srdczav]
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: lets_goin January 15, 2010, 18:37:30
Gostaria de expor aqui uma dúvida..
Os alunos de Enfermagem também podem utilizar os autocarros disponíveis para a concentração de dia 29?
Ou é apenas para os profissionais?
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Vitor A. January 15, 2010, 18:40:15
: lets_goin
Gostaria de expor aqui uma dúvida..
Os alunos de Enfermagem também podem utilizar os autocarros disponíveis para a concentração de dia 29?
Ou é apenas para os profissionais?

Podem e Devem! O Futuro deles também está em Causa!!!!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: anamafalda January 15, 2010, 21:28:32
pessoal dia 27 tou de folga, 28 de manha e 29 noite, se aderir a greve quando for trabalhar no 28 d manha , tb n me pagam o 27?
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Fanux January 15, 2010, 21:39:04
Acho que se dia 27 estas de folga, recebes esse dia claro. So nao recebes quando faltas, neste caso dia 28 manha. Contudo, se dia 28 fizeres greve mas trabalhares na mesma nos minimos pagam-te à mesma. So nao pagam se ficas em casa. Ja fiz 2 dias seguidos e foi assim, só nao recebeu quem ficou em casa. Assinas nas notas de evolução de cada doente "serviços minimos". Não há sinais vitais, nem higiene, nem doentes para bloco (programados), basicamente apenas medicação, aspiração secreçoes, apenas o que colocar a vida em risco. Conforto=Zero, Qualidade=Zero!
Se o enfermeiro está no serviço e cumpre o horario normal de funcionamento, mesmo em greve, é obvio que ganha o dia.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: pedrojosesilva January 15, 2010, 21:56:33
No caso da colega, não é remunerada no 28. Como referiu o colega anterior, irá receber o teurno de 28 caso assegure serviços mínimos. Os serviços mínimos são assegurados pelos grevistas quando há uma adesão de 100%, ou seja todos os enfermeiros aderem á greve.
Alerto que no caso, de haver colegas não grevistas em quantidade suficiente (o enfermeiro/a chefe incluído) para assegurar mínimos, então nenhum grevista o deve fazer (nesse caso, nem dá direito a remuneração). Asseguram mínimos aqueles que não aderirem á greve, e só devem ser revezados por outros que não adiram à greve.

Os enfermeiros que aderem à greve e que tiverem de assegurar cuidados mínimos (serviços com 100% de adesão) NÃO devem em circunstância alguma, assinar o livro de ponto.  Se o fizerem, serão contabilizados como NÃO Grevistas.  Há impressos próprios (minutas) para preencher e receber a remuneração pelo turno em que estão a segurar os cuidados mínimos de forma a não colocar os utentes com a vida em risco. Informem-se junto do delegado sindical da vossa instituição. Eles costumam passar nos serviçospara deixar as minutas e informar o local onde se encontra o Piquete de Greve. podem também recorrer ao Piquete em caso de alguma dúvida, resolver algum conflito gerado pela greve, ou saberem os números da greve na vossa instituição.

Vamos a isso!

Saudações.
: Ordem toma posição sobre a negociação da carreira
: pedrojosesilva January 15, 2010, 22:07:06
Há poucas horas foi emitida a tomada de posição da OE, que muitos esperavamos:

Fica o link AQUI (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sededestaques/2010/Janeiro/TomadaPosi____o_NegociacoesCarreiraSindicatos_15Jan2010.pdf)

Pode ler-se o que o Conselho Directivo da Ordem dos Enfermeiros:

- Partilha o sentimento de profundo descontentamento manifestado pelas organizações sindicais e reconhece as razões que conduzem a formas de manifestação que, inevitavelmente, se repercutirão sobre os utentes dos serviços de saúde;

- Lamenta profundamente os prejuízos e o desconforto que as medidas anunciadas pelos sindicatos são susceptíveis de causar aos cidadãos e espera que os eles compreendam que as mesmas são também defensoras dos seus direitos;


Temos os Sindicatos e Ordem em sintonia, agora resta termos os enfermeiros todos envolvidos no esforço de luta pela Dignificação da Profissão.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 15, 2010, 22:29:47
«Fiquem vocês com a farda e prestem cuidados se souberem»
Enfermeiros despem fardas frente ao Governo Civil de Faro em protesto

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade-nacio ... -4555.html (http://www.tvi24.iol.pt/sociedade-nacional/enfermeiros-protesto-faro-manifestacao-tvi24-ultimas-noticias/1131842-4555.html)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 16, 2010, 10:45:51
Vamos lutar...juntos podemos fazer mais e melhor...mas tem que ser JUNTOS de uma vez por todas...
Chefes...acordem...apoiem os vossos enfermeiros...
: Re: Ordem toma posição sobre a negociação da carreira
: 2giga January 16, 2010, 11:41:03
: pedrojosesilva
Há poucas horas foi emitida a tomada de posição da OE, que muitos esperavamos:

Fica o link AQUI (http://www.ordemenfermeiros.pt/images/contents/uploaded/File/sededestaques/2010/Janeiro/TomadaPosi____o_NegociacoesCarreiraSindicatos_15Jan2010.pdf)

Pode ler-se o que o Conselho Directivo da Ordem dos Enfermeiros:

- Partilha o sentimento de profundo descontentamento manifestado pelas organizações sindicais e reconhece as razões que conduzem a formas de manifestação que, inevitavelmente, se repercutirão sobre os utentes dos serviços de saúde;

- Lamenta profundamente os prejuízos e o desconforto que as medidas anunciadas pelos sindicatos são susceptíveis de causar aos cidadãos e espera que os eles compreendam que as mesmas são também defensoras dos seus direitos;


Temos os Sindicatos e Ordem em sintonia, agora resta termos os enfermeiros todos envolvidos no esforço de luta pela Dignificação da Profissão.



Caros colegas,

Permitam-me expressar o que me vai na alma:
Infelizmente, temo que esta manifestação e greve não adiante de nada. Primeiro acho que não é desta forma q se vai conseguir o que quer que se queira e depois, aquilo que se vai fazer já há muito que deveria ter sido feito.

Os sindicatos e a ordem são no meu entender os principais responsáveis pela situação em que está a carreira. Não agiram a seu devido tempo e agora querem que os enfermeiros dispam as fardas… (coisa que até me mete vergonha e nunca o faria, parece uma atitude meio “apaneleirada”)

Os sindicatos e ordem são pagos para desempenhar as funções que lhe são devidas. Não o fizeram em tempo útil, agora com a crise e com este orçamento de estado e na situação a que o País chegou, “NÃO HÁ DINHEIRO”, onde querem que o governo o vá buscar para pagar aos enfermeiros?

Congelaram sucessivamente a carreira e foram entretendo o palhaço (enfermeiro) e agora meus amigos, é pena mas já vamos tarde à luta. Mais vale tarde que nunca? Sim, mas não acredito que com greves ao “estilo enfermagem” coladas a fins de semana para assim alguns terem 5 diazitos de ferias, favorecendo e permitindo que apenas so um grupo restrito adira.

Não falo em favorecer por falar. Este tipo de greve no meu ponto de vista (não falando desta em particular), na maioria das vezes o pessoal considerava e aproveitava-a para ter mais uns dias de folga.

Depois não concordo com a paralisação dos serviços. Se há alguém que não tem nada a ver com a situação, são os utentes.
Experimentem a necessidade de ir a uma urgência ou de ir a um Centro de Saúde num desses dias para sentirem na pele e mudarem de ideia sobre este tipo de greve.
Este tipo de greve é bonita quando não somos nós ou um dos nossos a necessitar de atendimento.

Eu sou apologista de outro tipo de acções. Sensibilizações, etc.

Ir para a rua e mostrar ao povo que somos úteis e necessários. Ir para a rua, divulgar, fazer ensinos, mostrar às pessoas o que somos e o que fazemos e o real valor que temos.
Fazer o que os professores fizeram é uma cópia e para mim ser original é muito melhor.
Alem disso a comunicação social só dá valor a coisas com impacto e nunca conseguiremos chegar aos calcanhares das manifestações dos professores.

Se perguntarem a um comum mortal o que pensa desta greve dos enfermeiros, meus amigos a resposta é obvia…. “querem ganhar mais? Mas isso todos nós queremos”

È pena que a maioria dos enfermeiros opte por caminhos que para mim nada representam a enfermagem para ganhar mais, ou seja, especialidades, mestrados, doutoramentos, que nada mais são que plataformas para deixar os reais cuidados de enfermagem e se der, ganhar mais algum….

Se querem saber o ambiente do serviço onde trabalho? Vejo colegas a dizer q fazem greve, mas também não os vejo muito conscientes do tipo de negociação que se está a tratar.

Os melhores cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 16, 2010, 12:00:04
Um artigo para nos moralizar, e termos a noção de que há muita gente que está com os enfermeiros:

Blog O Incrível
Greve dos Enfermeiros
13/01/2010

Quem me conhece sabe que, por princípio, sou contra as greves laborais (aqui). Sendo um direito dos trabalhadores, inalienável, sabemos que muitas vezes é usado pelas centrais sindicais essencialmente como um instrumento de mobilização e de agitação laboral e, por isso, nem sempre pelos melhores princípios.

Grande parte das vezes temos a percepção que a utilização do instrumento "greve" serve na essência os propósitos da chamada esquerda comunista e da extrema-esquerda. Estou obviamente a referir-me aos chamados partidos de "contra-poder" que por vezes servem essencialmente para agitar de forma controlada as grandes massas de trabalhadores com propositos unica e exclusivamente políticos.

Dito isto, e como não há regra sem as boas excepções, não posso desta vez deixar de estar de acordo com a greve anunciada pelos Enfermeiros Portugueses. As razões para esta greve são múltiplas e nunca como agora este profissionais de saúde tiveram tantas razões para se manifestar.

Sendo uma das profissões mais relevantes na prestação dos cuidados de saúde pela efectivação diária dos seus múltiplos e diferenciados desempenhos em todas as instituições de saúde (e só quem alguma vez necessitou alguma vez na sua vida de cuidados diferenciados de enfermagem consegue dar a relevância ao que acabei de afirmar), temos assistido ao longo da última década a uma tentativa progressiva mas intencional, por parte de variados governos no "Poder", para a diminuição do prestígio destes profissionais.

Sabendo que nos últimos anos os profissionais de enfermagem, em geral, foram capazes de fazer um enorme esforço de adaptação aos padrões de exigência de uma sociedade moderna, exigia-se por parte dos órgãos de poder mais consideração e atenção aos problemas desta relevante profissão.

Ninguém hoje duvida que uma das profissões que mais esforço fez nos últimos 15 anos para aumentar os seus níveis de formação académica e, consequentemente, aumentar as suas competências profissionais foram os enfermeiros. E, neste ponto, estou a falar particularmente dos 2º e 3º ciclos de estudos superiores. Não me refiro aos já vulgares níveis de Licenciatura ou chamados de 1º ciclo. Quem conhece os meios académicos sabe que é extremamente vulgar encontrar alunos licenciados em enfermagem nos chamados 2ª e 3º ciclos de estudos superiores. O que revela o profundo interesse destes profissionais na melhoria da sua formação científica e profissional.

No entanto e apesar da descrição anterior, ao longo destes anos, o poder político em geral não foi capaz ou não quis reconhecer mérito a este grupo de profissionais. Para além destes, outros conhecidos grupos de pressão tudo fizeram para que, dentro e fora das instituições de saúde, a autonomia e o potencial de decisão aos profissionais de enfermagem fosse progressivamente diminuido. Como exemplo basta lembramo-nos da lei de gestão hospitalar que alterou a presença destes profissionais nos conselhos de Administração e em Órgãos de decisão.

Nada disto faz qualquer sentido e dificilmente se conseguem explicar estes acontecimentos especialmente pelos problemas conhecidos e sempre presentes neste sector. Para quem não entende o que quero dizer basta  dar um exemplo: avaliem o último indicador que referencia a dívida pública dos hospitais. Já alguém fez ousou fazer um estudo que permita avaliar o valor das perdas pelo não aproveitamento do conhecimento instalado destes profissionais nas organizações de saúde? Deixo a sugestão a todos.

Todos os dias ouvimos notáveis deste país a apelar, e bem, à necessidade de formação académica e profissional dos trabalhadores portugueses. Todos os dias os ouvimos falar sobre a importância do "know-how" para os trabalhadores e para as empresas. Sabemos a relevância do conhecimento para o sucesso das organizações e para a melhoria da competetividade do nosso país. Ninguém coloca hoje em dia estas ideias de lado e quase ninguém fala de outra materia nos media.

No entanto, quando objectivamente se pode avaliar e verificar todo o esforço de uma profissão na melhoria da sua formação científica e profissional ao longo de mais de uma década, assistimos em sentido inverso a uma tentativa de "destruição" dessa mesma profissão. Digo "destruição" sem remorsos dado que os envolvidos se sentem traídos no enorme esforço em tempo e dinheiro  que fizeram ao longo dos anos, se sentem traídos na falta de reconhecimento profissional por parte dos órgãos de poder político (e não só), se sentem traídos pelo não reconhecimento da sua actividade dentro das instituições, se sentem traídos na natural necessidade de ambicionarem melhorar os seus padrões de vida e se sentem em muitos casos traídos pelos seus próprios pares.

Como se pode compreender que os enfermeiros portugueses sejam os únicos profissionais  que não são remunerados de acordo com o seu nível académico? Alguém consegue responder a esta questão de forma lógica? E, sendo muitos deles Mestres e Doutorados nas melhores Universidades do País e em várias áreas da saúde como se justifica não fazerem parte dos órgãos de decisão?

O preconceito histórico continua enraizado na cultura portuguesa face a esta profissão. As culturas institucionais de poder, por mero preconceito histórico, continuam de forma sustentada e intencional a querer subjugar estes profissionais sem se terem dado conta que tudo mudou e continuará a mudar à sua volta. Têm que conseguir destruir os seus "mitos" relativamente a esta profissão sob pena de ser continuar a perder uma importante base de trabalho no sector da saúde.

Em vez de procurarem considerar  estes "players" como elementos úteis,  capazes de fazer a diferença e funcionar como fortes aliados na definição de políticas de saúde mais eficientes e eficazes, estes mesmos órgãos de poder preferem, e em sentido radicalmente oposto, minimizar os elevados níveis de formação negligenciando de forma absurda tanta riqueza a que hoje a literatura define como "capital humano". Impensável numa sociedade que quer pertencer ao primeiro Mundo!

Infelizmente a proposta da actual Ministra da Saúde corrobora tudo o que acabei de escrever. Digamos que perante o descrito a proposta de Ana Jorge é, no mínimo, muito criticável. Razão pela qual, desta vez, estou do lado de quem tem todo o direito de se fazer ouvir perante tamanha afronta à dignidade e ao esforço destes profissionais.



Fonte: http://oincrivel.blogs.sapo.pt/4817.html (http://oincrivel.blogs.sapo.pt/4817.html)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: V.S.S.S January 16, 2010, 12:08:04
Eu sou recem licenciada e sem emprego e desde ja mostro o meu descontentamento e revolta por esta humilhação que nos estão a fazer!
Todos juntos conseguimos!....
Em Lisboa estarei lá!
sensibilizar é importante!
Mandei um e-mail a todos os meus colegas de curso para que todos imprimam  e afixem pelo menos um cartaz com as informações aos utentes de porque reclamamos!
Invadir a rua com os porquês!!!!

Saudações
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: UnderMithra January 16, 2010, 13:16:14
a greve vale ou é pa ser desconvocada no dia 20 depois de nova reunião?
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Guest January 16, 2010, 16:30:09
Colegas Enfermeiros e futuros Enfermeiros:

É fundamental aderir à greve nos 3 dias, mas é igualmente ou ainda mais importante ir à manifestação no dia 29.
Está em questão a dignidade da carreira de enfermagem e do futuro de todos nós...
Lembrem-se de tudo o que os professores conseguiram...
Tem tudo a ver com  a visibilidade que damos ao assunto...
Eu estou escalada para trabalhar nos 3 dias e garanto que faço greve e vou fazer tudo por tudo para ir à manifestação...

[align=center:bzn3kzh1]Venham os serviços mínimos... Venha a greve e a manifestação[/align:bzn3kzh1]
: Re: O direito à greve!
: Caldas January 16, 2010, 21:34:10
: nurse_duarte
Boas!

Uma dúvida colegas.

É inquestionavel o direito a greve por parte dos trabalhadores.

Na instituição onde trabalho por norma os senhores lá de cima da administração são muito bonzinhos e se não houve atestados, faltas e afins lá nos presenteiam com + 3 dias e férias.

Se fizermos 1 greve eles ainda "perdoam" e lá dão os 3 dias a +. Agora se fizermos + do q isso lá dizemos adeus a eles!

A my dúvida é: se a greve é um direito eles podem tirar-nos esses 3 dias se aderirmos a greve?

Este ano fui presenteada c 22 dias de férias visto q me retiraram os + 3 por causa de ter aderido as greves do ano passado.

Isso é legal?

Há quem diga que sim, há quem diga q n...


Artigo 213.º
Duração do período de férias
1 - O período anual de férias tem a duração mínima de 22 dias úteis.
2 - Para efeitos de férias, são úteis os dias da semana de segunda-feira a sexta-feira, com excepção dos feriados, não podendo as férias ter início em dia de descanso semanal do trabalhador.
3 - A duração do período de férias é aumentada no caso de o trabalhador não ter faltado ou na eventualidade de ter apenas faltas justificadas, no ano a que as férias se reportam, nos seguintes termos:
a) Três dias de férias até ao máximo de uma falta ou dois meios dias;
b) Dois dias de férias até ao máximo de duas faltas ou quatro meios dias;
c) Um dia de férias até ao máximo de três faltas ou seis meios dias.
4 - Para efeitos do número anterior são equiparadas às faltas os dias de suspensão do contrato de trabalho por facto respeitante ao trabalhador.
5 - O trabalhador pode renunciar parcialmente ao direito a férias, recebendo a retribuição e o subsídio respectivos, sem prejuízo de ser assegurado o gozo efectivo de 20 dias úteis de férias.

Artigo 603.º
Proibição de discriminações devidas à greve
É nulo e de nenhum efeito todo o acto que implique coacção, prejuízo ou discriminação sobre qualquer trabalhador por motivo de adesão ou não à greve.

In Código de Trabalho

Logo, o seu hospital não faz caridade nenhuma em dar 3 dias de férias. Apenas dá o que está na lei. O Direito à greve pressupõe que não percas os teus direitos, logo e já se falou disto em greves anteriores, não perdes o direito às férias extra. Se te tiraram, falas com o teu sindicato e de certeza que te devolvem.
: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Vitor A. January 16, 2010, 21:47:13
Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?

A Minha opinião é sabida.

Eu faço os Três dias. A minha mulher também. O €€ que vamos perder, vou considerar como um investimento no futuro!

E os Colegas?
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Caldas January 16, 2010, 22:13:58
Completamente de acordo vitor.
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: nurse_duarte January 16, 2010, 23:33:11
os 3 cm é obvio!

e no dia ida a lx pa manif!

ver se e desta q os desempregados e RL s fazem notar tb nas manifs
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Luffy January 17, 2010, 02:14:49
3 dias! é garantido! e manif! :)

já agora,uma outra sugestão:


se conhecerem licenciados no desemprego, convençam-nos a ir à Manif, é pelos direitos deles que também lutamos, quando começarem a trabalhar!!!


e levem filhos, tios, namorados/as, amigos/as!!! todos os que quiserem ir, pra fazer nr!!!!|   O0

aquele abraço
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: keliinha January 17, 2010, 02:56:04
Eu vou fazer os 3 dias claro!! Nem espero outra coisa dos enfermeiros....colegas adiram por favor a esta greve, é muito importante, não pensem no dinheiro que vão perder, mas no que podem vir a ganhar...aquela tabela é humilhante.

Faço o apelo também aos colegas mais velhos, já perto da idade da reforma, para os quais esta alteração na tabela possa não ter grandes implicações..por favor façam greve pelo futuro dos jovens enfermeiros, sejam solidários!!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Giggles January 17, 2010, 03:10:56
Faço os 3 dias, se bem q apenas estava escalada para dia 28 de T.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfhugo January 17, 2010, 06:21:26
Caros colegas.

Depois de ler todos os comentários de tema entristece-me o que alguns colegas escrevem...
E pergunto-me como é possível, dada a actual situação, haver colegas que dizem que não vão fazer greve?! Por mais que me esforce não consigo perceber!"ah e tal , os sindicatos não fazem nada"...Caramba! Eles marcam greves e manifestações e as pessoas, porque até têm uma folgazita vão ás compras ou ficam em casa a descansar...quer dizer... Se pensassem no dinheiro que já lhes foi roubado nestes 11/12 anos de discriminação e injustiça certamente não se importariam com o valor que deixam de receber em dias de greve. Basta! É tempo de ir á luta colegas, pelo que é nosso por direito, pelo futuro da profissão que escolhemos e nos orgulhamos de ter, pelo futuro dos nossos filhos! Por mim é GREVE GERAL POR TEMPO INDETERMINADO!!!!!!!!!!! Faço greve os dias que for necessário até que tenhamos uma carreira decente e um salário de acordo com as qualificações superiores que temos...
Ah pois os cuidados minimos, as pessoas não têm culpa dos governos incompetentes que temos tido, isso toda a gente sabe...mas por causa da porcaria dos cuidados minimos é que as nossas greves não têm o impacto que deveriam ter.
Só tenho pena que os enfermeiros portugueses não tenham a coragem de alguns colegas europeus que enfrentaram os governos com greves gerais por tempo indeterminado!!!!!Isso eu gostava ver... >:D >:D >:D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfhugo January 17, 2010, 06:34:47
E depois que país da treta é este, em que numa reúnião sindical é acordada uma grelha salarial de uma classe profissional e na reúnião seguinte voltam com a palavra atrás!!!!! O que é isto???? Em que país do mundo isto acontece?????
É por isto e não só, que no dia 27,28 e 29 de janeiro vou gritar bem alto a minha revolta...Não estão fartos que brinquem com a vossa cara??? Eu estou!!!! Não deixem de fazer o mesmo. A mudança só depende de nós...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Enfhugo January 17, 2010, 06:37:00
GREVE GERAL POR TEMPO INDETERMINADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!! >:D >:D >:D >:D >:D >:D
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: firefox January 17, 2010, 09:41:14
Os 3 dias como é Obvio!!!

E Claro que lá estarei na Manif em Lisboa.

Apelo aos milhares de recém-licenciados, Desempregados e ate e ESTUDANTES de Enfermagem que participem na MANIF.

OS TRANSPORTES SÃO GRATUITOS!!!


Mobilizem-se e mobilizem os vossos colegas para esta LUTA!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Gopi January 17, 2010, 12:53:03
Os nossos representantes, nos sindicatos e na Ordem, são na sua grande maioria, chefes e supervisores. Nas negociações da carreira, eles, os nossos representantes sindicais, reclamam e negoceiam em seu favor e não no bem geral dos enfermeiros, "soldados rasos", que são uns milhares. Como podemos admitir, que na greve prevista, estejamos a lutar pelos interesses dos chefes e supervisores, que nunca fazem greves, que furam as nossas greves e ainda pior que nos perseguem quando fazemos greves? Perseguissão discreta, pois claro.
Mesmo que nesta reunião com a ministra da saude ela concorde com a alteração salarial, basta ela não concordar com a  alteração das regalias para os chefes para os sindicatos não chegarem a acordo. E assim vamos continuar, ...
: Que greve?
: Gopi January 17, 2010, 13:09:11
Os nossos  representantes, nos sindicatos e na Ordem, são na sua maioria, chefes e supervisores. Na negociações da carreira, eles, os nossos representantes sindicais, reclamam e negoceiam em seu favor e não no bem geral dos enfermeiros, "soldados rasos", que são uns milhares. Como podemos admitir, que na greve prevista, estejamos a lutar pelos interesses dos chefes e supervisores, que nunca fazem greves, que furam as nossas greves e ainda pior que nos perseguem quando fazemos greve? Perseguissão discreta pois claro.
Mesmo que nesta reunião com a ministra da saúde, ela concorde com a alteração da tabela salarial, basta ela não concordar com a alteração das regalias para os chefes, para os sindicatos não chegarem a acordo. E assim vamos continuando,...
Por causa da má negociação dos sindicatos, já estamos a perder dinheiro há 8 anos no minimo.
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Virgulina Inácia January 17, 2010, 14:33:19
Colegas e penso que a ideia de manifestarmos o nosso profundo descontentamento através de uma cratinha à Srª Ministra também não está nada mal pensada... Em anexo deixo o modelo indivual cedido pelo SEP é só impriir, assinar e enviar...
Apelo a todos que o façam... Andam mesmo a gozar com a nossa cara...
: greve
: Enf di January 17, 2010, 17:21:36
estou a trab a recibos verdes por uma empresa num CS tb tenho direito a fazer greve nao tenho????
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Ely January 17, 2010, 19:14:35
Para quem tiver de assegurar os cuidados minimos, não será fácil ir a manifestação. Que é o meu caso!!!
A carta para a ministra mandamos para onde? Para o SEP?
Vou pedir a outros colegas para também assinarem!!! ::)
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Virgulina Inácia January 17, 2010, 20:11:47
: Ely
Para quem tiver de assegurar os cuidados minimos, não será fácil ir a manifestação. Que é o meu caso!!!
A carta para a ministra mandamos para onde? Para o SEP?
Vou pedir a outros colegas para também assinarem!!! ::)

Ai ely ely quais cuidados mínimos eheheheh deixas o doseador com o segurança e eles orientam-se lol...mas não pode atender os semanais lol lol lol...
Segundo o que percebi no SEP teremos que manda para o Ministério da Saúde né? Senão vamos tar a bombardear o SEP com cartas e não a SRª Ministra...Se alguém poder confirmar agradecemoss...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: ailez January 17, 2010, 20:23:25
Por favor....  DESTA VEZ vamos NOS JUNTAR!!!!!!
VAMOS TODOS A lISBOA!!!!
da última manifestação, foi uma vergonha!!!!...
Se realamnete estão insatisfeitos.... vamos LUTAR!!!!
Só desse modo conseguiremos algo....


ESTAMOS REVOLTADOS ..... E NÃO CONCORDAMOS, com as propostas formuladas pelo governo, LUTEMOS PELOS NOSSOS DIREITOS.
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Enf di January 17, 2010, 21:08:40
estou a trab a recibos verdes por uma empresa num CS tb tenho direito a fazer greve nao tenho????
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enf_ti January 17, 2010, 21:19:25
Acabei o meu curso em Julho de 2009 e até agora nadaaaa...
Simplesmente não consigo arranjar um sitio para trabalhar... Isto cada vez está pior temos de nos juntar, temos de nos unir...quais professores, quais outras classes...temos de nos mostrar melhor que eles só assim teramos visibilidade...Vamos fazer Greve por favor colegas juntem-se...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: keliinha January 17, 2010, 22:11:44
O colega desculpe como pode estar a trabalhar a recibos verdes num centro de saúde?? Isso é permitido?? Já agora esse centro pertence a que ARS?? Acho inadmissível.
Respondendo à sua questão, a sua situação é diferente, pode fazer greve, mas em 1º lugar pode ser penalizado por isso, porque está numa situação muito precária, para além disso a sua greve não contará para estatísticas.
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: ritabarros January 17, 2010, 22:28:59
qualquer pessoa pode trabalhar " a recibos verdes " - prestação de serviços, desde que não se infira que se trata de CT camuflado para fugir ao fisco ou tramar os enfermeiros;

Qualquer que seja o Enfermeiro(a) pode fazer greve independentemente da relação jurídica de emprego, da instituição etc , é um direito constitucional , que a lei 59/2008 CTFP e a Lei 7/2009 - Código de trabalho - garantem sem margem de dúvida , penalisando os que de qualquer modo , discriminarem os aderentes à greve.Essa discriminação ou actos discriminatórios bem como assédio moral , contido em ambas as leis é CRIME perante a Lei. >:(
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: J.Ribeiro January 18, 2010, 12:15:49
eu queria ver a bastonária, os corpos dirigentes, todos os enfermeiros directores e supervisores, e chefes na manifestação, e a fazer greve...

enfermagem sofre de uma partição insanável no actual quadro: o nós e os eles...

enquanto um tipo que é chefe, supervisor, ou director hoje, amanha não possa estar a prestar cuidados, é para esquecer.

depois de passada a barreira da prestação de cuidados para o lado da getão, a luta passa a ser outra, por isso, a par da luta pelos salários, quebrar com essa partição, por todos em comissão de serviço, e com a real possibilidade de passar de um bloco para outro, sendo que o que interessa é pôr quem tem poder na enfermagem e tem o lugar garantido, a lutar ao lado dos outros.

perguntam-se como é que os professores fizeram... foi assim. pondo todos no mesmo saco.


saudações
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: J.Ribeiro January 18, 2010, 12:22:14
eu queria ver a bastonária, os corpos dirigentes, todos os enfermeiros directores e supervisores, e chefes na manifestação, e a fazer greve...

enfermagem sofre de uma partição insanável no actual quadro: o nós e os eles...

enquanto um tipo que é chefe, supervisor, ou director hoje, amanha não possa estar a prestar cuidados, é para esquecer.

depois de passada a barreira da prestação de cuidados para o lado da gestão, a luta passa a ser outra, por isso, a par da luta pelos salários, quebrar com essa partição, por todos em comissão de serviço, e com a real possibilidade de passar de um bloco para outro, sendo que o que interessa é pôr quem tem poder na enfermagem e tem o lugar garantido, a lutar ao lado dos outros.

perguntam-se como é que os professores fizeram... foi assim. pondo todos no mesmo saco.


saudações
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Luffy January 18, 2010, 14:10:02
Boas!

De facto, o convite dirigido aos membros que actualmente regem a Ordem para participarem activamente e de viva voz na manifestação, não era nada má ideia!

Venho desta vez, no entanto, reforçar uma ideia anterior.

A campanha: "Traz um amigo, tio, conhecido..." Se tiverem oportunidade, convidem para vir à manif amigos, conhecidos e/ou familiares, que os transportes são grátis, são só umas horas e quantos mais aparecerem em frente ao Min. Saúde, mais visibilidade teremos com esta inciativa!
Se alguém tiver essa capacidade artística, que faça um cartaz ou poster com um título "nesta onda", por forma a que o possamos divulgar por mail e nas redes sociais!!!!

porque já sabemos que se esta iniciativa não funciona, perdemos crédito, motivação e capacidade de adesão em iniciativas futuras, nada muda do ponto de vista de carreira e voltamos ao ciclo vicioso...


aquele abraço
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: jo@n@_FGENTIL January 18, 2010, 16:58:35
RL --> Manif --> eu vou  ;)
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Virgulina Inácia January 18, 2010, 16:59:40
Colegas os transpostes para Lisboa partem e que sítios? Obrigada...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: mad_cris January 18, 2010, 20:03:57
Se estão, como eu fartos de ver a enfermagem e os enfermeiros serem humilhados juntem-se a este grupo no facebook. Vamos fazer ouvir a nossa voz. Vamos mostrar-lhes que nos conseguimos mobilizar!

http://www.facebook.com/group.php?v=wal ... 116622244# (http://www.facebook.com/group.php?v=wall&ref=mf&gid=262116622244#)
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: mariamariamaria January 18, 2010, 21:19:57
olá colegas,

Ando há mais de 20 anos a fazer greves, não aderi à última, acho que temos de descobrir novos meios de luta.

No entanto, temos de analisar o que acontece neste país: os professores ganharam pela mobilização total.

As remunerações das carreiras médicas também está em discussão... e nós vamos ser preteridos, de certeza.

Esta greve vai ter de mobilizar TODOS! Porque todos temos a ganhar com isto.

Se deixarmos passar esta oportunidade, só daqui a mais de dez anos vamos ter nova oportunidade.

Vamos para a greve e sejamos despedidos a granel, mas isso vai-se recompor e continuaremos enfermeiros. Estamos dispostos a isso? Eu estou!

Por todos nós, velhos e novos, funcionários públicos ou contratados, somos enfermeiros.

 Queremos melhores condições para os doentes mas queremos que nos reconheçam as competências adquiridas (como a licenciatura e não só) como merecedoras do retributo compatível com o esforço e sacrifício exigidos.

Todos por um e um por todos, vamos parar o sistema de saúde e ir para a rua protestar.

Abraço e coragem!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: .Cláudia. January 18, 2010, 21:24:43
Manifestação?! eu vou e tu??? lolol  :P
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: .Cláudia. January 18, 2010, 21:33:46
: lets_goin
Gostaria de expor aqui uma dúvida..
Os alunos de Enfermagem também podem utilizar os autocarros disponíveis para a concentração de dia 29?
Ou é apenas para os profissionais?

Podem sim. Os autocarros estão disponíveis para profissionais e alunos de Enfermagem. Basta ter vontade de ir. Certamente que se informar junto da Associação de Estudantes da sua escola ou com algum professor (Enfermeiro) seu ou então contactar com o SEP, eles informam de tudo. Todos devemos participar!!!  :D
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: mariamariamaria January 18, 2010, 21:42:46
Então, vamos TODOS para a greve ou não?

Só com todos vamos conseguir o que é importante para nós, não só hoje, mas para o futuro mais próximo (cerca de dez anos).

Querem ser licenciados com retribuição adequada ou serve um duplo emprego, cada vez mais precário e inexistente?

Vamos todos desta vez! Alguns serão despedidos por algum tempo, mas não terão grande futuro se ficarem quietos.

Muitos vão beneficiar desta luta, até aqueles que, aparentemente, podem ser prejudicados.

Lutemos, pois esta é uma luta em extremo.

Abraço.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Luffy January 18, 2010, 21:46:11
Os autocarros estão disponíveis para profissionais e alunos de Enfermagem.

e eu voltava a acrescentar: e a familiares e amigos solidários com a causa, capazes de fazer nr e mostrar visibilidade!!


Informem todos os alunos de enfermagem, pois será graças às alterações do diploma que vocês (alunos) terão mais vagas para entrar na profissão e muito melhor remuneração quando começarem a trabalhar, por isso seja de que ano forem, venham todos à manif!

e fica o apelo igualmente a quem trabalha na privada, pois só depois de subirem os preços praticados pelo público, o privado poderá reagir aumentando os seus ordenados!!!

aquele abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: xukuru January 19, 2010, 00:18:08
Pode ser que sirva de exemplo para nós.

A greve vitoriosa
das enfermeiras da Irlanda

Por Pina Gonçalves

«…estamos em greve porque os políticos não querem ouvir as nossas reivindicações.»
Ao fim de 9 dias de greve, que foram descritos pelas enfermeiras como «os mais duros da sua vida», o governo irlandês aceitou satisfazer várias das reivindicações apresentadas por estas trabalhadoras. A greve foi suspensa em 27 de Outubro, após reunião em que se formalizou o acordo e se discutiram os detalhes da sua aplicação imediata.

A já considerada maior greve alguma vez realizada na Irlanda, iniciada pelos enfermeiros em 19 de Outubro de 1999, tem as suas raízes na política governamental para com este sector da área da saúde.
Em Fevereiro de 1997, o Sindicato dos Enfermeiros Irlandeses – Irish Nurses Organization, (INO), suspendeu uma greve quando o governo garantiu a criação de uma comissão para a enfermagem, tendo por objectivo a análise dos problemas da profissão, incluindo a estrutura da sua carreira profissional, condições de trabalho, formação e qualificação profissional, tendo ainda prometido disponibilizar 85 milhões de libras irlandesas para aumentos salariais.
Na Irlanda existem cerca de 28 000 enfermeiros no serviço público, na sua grande maioria mulheres. Este sector profissional é também «novo» no sindicalismo, uma vez que a INO só foi reconhecida como sindicato em Janeiro de 1990. As enfermeiras irlandesas também nunca tinham realizado uma greve.
Uma recomendação do tribunal de trabalho propôs a fixação do aumento salarial, das 20 023 libras irlandesas anuais propostas pelo governo, para 27 522. O sindicato reivindicava mais 7000 libras além deste último valor.
Actualmente uma enfermeira na Irlanda vence 17 747 £i anuais em média. Mas, o governo pretendeu que o rendimento das trabalhadoras fosse «resolvido» através do aumento do número de horas extraordinárias, obrigando-as a fazer turnos mais longos, a realizar mais trabalho nocturno e em dias de descanso normal.
O governo recusou-se ainda a comparecer às reuniões arbitrais no tribunal de trabalho e renegou os acordos estabelecidos com o sindicato em Fevereiro de 1997. Em suma, não cumpriu a sua palavra.

Cortes nos salários… aumentos para os cargos políticos

O governo de coligação entre o Fianna Fail e os Democratas Progressistas, receando o alargamento do movimento de luta dos trabalhadores da administração pública, optou por não satisfazer as reivindicações das enfermeiras, argumentando com o elevado custo financeiro das melhorias no sistema de saúde e dos salários reivindicados, e sem assomo de vergonha tentou ainda acusar o sindicato de não «honrar os compromissos». Neste quadro ilustrativo do conceito de palavra e de honra desse governo, a maioria parlamentar em que se apoia decidiu aumentar os rendimentos dos deputados das 34 000 £i anuais que detinham para 44 000 em Dezembro de 1997.
Este aumento foi justificado por, como disse um deputado da maioria, «…não ser justo que os deputados trabalhem seis dias por semana e trabalhem no duro por 34 000£i…».
Pelos vistos o mesmo critério não serve para os trabalhadores.

A maior greve de sempre na Irlanda

Na manhã de 19 de Outubro de 1999, os piquetes de greve começaram a comparecer e a organizar-se à porta de cerca de 1000 hospitais e outras instituições de saúde da República da Irlanda, dando início à primeira greve nacional na história das cerca de 30 000 enfermeiras irlandesas, contando com mais de 90% de adesão.
Esta greve efectua-se num quadro de anos de verdadeira «hemorragia» do pessoal de enfermagem na Irlanda, que fruto das políticas governamentais tem optado por outras actividades e tem inclusivamente emigrado, sobretudo para os EUA e Grã Bretanha.
Esta situação sucede-se, enquanto os governantes irlandeses se gabam dos recordes económicos do "Tigre Celta", durante a década de oitenta.
Os trabalhadores irlandeses começam agora a iniciar acções reivindicativas, acompanhadas de greve, exigindo a justa parte da riqueza produzida.
Lenore Mrkwicka, secretária geral adjunta da INO descreve assim o estado de espírito dos associados do sindicato: «…claro que estão muito preocupados. É novo território, mas temos comités de greve apertadamente organizados e nos locais.».
Tem também uma palavra para o público utente: «O público deve retirar daí, (da presença dos piquetes de greve), conforto, porque apesar de todas as dificuldades que as enfermeiras enfrentam nesta terrível terça feira negra, nós vamos assegurar que seja dada cobertura de emergência.»
De facto, os comités de greve do sindicato assumiram a responsabilidade pela determinação dos cuidados de urgência em cada um dos locais de trabalho.
A INO não tem fundo de greve para os seus 26 000 associados, e sobre isto Lenore Mrkwicka é clara ao dizer: «Eu penso que a determinação e resolução dos nossos associados é evidenciada ainda mais pelo facto de nós não termos fundo de greve, e no entanto eles estão determinados a permanecer lá, (nos locais de trabalho), até que se alcance uma conclusão satisfatória e ao mesmo tempo providenciarem cuidados de emergência gratuitamente, dando garantias de que os cuidados a prestar aos pacientes são centrais.».

Crescimento económico, igual a desenvolvimento e justiça social?

Os governantes irlandeses gabam-se sempre que podem do crescimento económico verificado no seu país e por serem os melhores a cumprir as regras ditadas pelo tratado de Maastricht. Cá na nossa terra compete-se com eles a ver quem é o melhor aluno.
A outra face, a face que tentam ocultar, é a política privatizadora, retirar o direito à saúde aos mais desfavorecidos, e o resultado tem sido o encerramento de alas em hospitais públicos, e a saída dos profissionais de saúde do próprio país. Conclusão, os êxitos económicos apregoados não têm beneficiado o povo e os trabalhadores. Outros haverá, concerteza, a poderem dizer que estão a beneficiar de tal política.
O pessoal de enfermagem na Irlanda, predominantemente feminino - razão porque me tenho referido a esses trabalhadores também no feminino -, durante décadas só foi olhado como merecedor de tarefas consideradas menores, num país onde o sector tem vindo a ser controlado tanto pelo Estado como pela Igreja. Ao invés, a educação, formação profissional, reconhecimento social e, claro está, a prática lucrativa da medicina, ficaram reservadas para os homens da «elite» do sector.
Estas mulheres têm trabalhado arduamente para ultrapassar esta herança e conseguirem ser reconhecidas como as profissionais qualificadas, competentes e dedicadas que são.
As enfermeiras estão revoltadas na Irlanda. De facto têm razões para isso. É que não foram os governantes que passaram e passam pela angústia de ter que recusar doentes ou pelo drama de os ver sofrer e até a morrer por causa da sua política desumana. São as enfermeiras que estão na primeira linha, com os seus doentes.
Esta luta é por isso uma greve de revolta contra uma política de saúde injusta, muito para além das questões salariais. Por essa razão tem merecido o apoio crescente do povo irlandês.

Governo cede após nove dias de greve

Ao fim de 9 dias de greve, que foram descritos pelas enfermeiras como «os mais duros da sua vida», o governo irlandês aceitou satisfazer várias das reivindicações apresentadas por estas trabalhadoras. A greve foi suspensa em 27 de Outubro, após reunião em que se formalizou o acordo e se discutiram os detalhes da sua aplicação imediata.
As 1250£, em média, para revalorização dos salários, com retroactivos desde 1 de Agosto de 1998, os 2 por cento de aumento salarial com retroactivos desde Julho deste ano, as mais de 2350 promoções acordadas, o aumento do quadro de enfermeiras, o pagamento de 5 por cento de suplemento salarial por antiguidade, o direito a mais três ou quatro dias de férias de acordo com o tipo de função exercida e a categoria profissional, só foram alcançados pela determinação e combatividade demonstradas pelas enfermeiras nesta luta. Mas, como disse Liam Doran, Secretário Geral da INO, numa carta que dirigiu a todos os associados, saudando-as(os) pela sua combatividade e explicando o acordo: «No fim de contas, e isto deve ser compreendido, é apenas o fim do começo.»
Estas trabalhadoras escreveram uma das mais belas páginas da sua história e no entanto, que me tenha apercebido, não houve qualquer notícia divulgada na nossa comunicação social sobre esta luta. Ficam registados, mais uma vez, os critérios jornalísticos da nossa comunicação social.

«Avante!» Nº 1360 - 23.Dezembro.1999

http://www.pcp.pt/avante/1360/6003h5.html (http://www.pcp.pt/avante/1360/6003h5.html)
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: R_M_R January 19, 2010, 09:06:18
VAMOS TODOS FAZER GREVE E VAMOS TODOS PARA A MANISFESTAÇÃO EM LISBOA.

Os doentes precisam de cuidados minimos nos dias de Greve, mas a Enfermagem está a precisar de CUIDADOS MÁXIMOS, com muita urgência.

Um grande Abraço a todos, vemo-nos em Lisboa..... :)
: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: ndp January 19, 2010, 10:08:36
Olá colegas,

venho aqui também deixar a minha indignação para com esta negociação e resultados que temos obtido  >:(
Contudo acho extremamente relevante unirmo-nos todos e fazermos barulho para chamar a devida atenção à nossa causa...
Para além de aderir à greve venho também aqui pedir a quem tem FACEBOOK onde foi lançada uma causa NO MORE ABUSE TO THE PORTUGUESE NURSES! onde deixo aqui o link: http://apps.facebook.com/causes/434197/80325388

Agradeço a vossa colaboração :)
cumprimentos dizendo aos responsáveis políticos: «Fiquem vocês com a farda e prestem cuidados se souberem!»
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: dani_c_a_7 January 19, 2010, 10:41:02
eu concordo plenamente com os ideais defendidos nesta greve. sei k se trabalhasse numa instituição pública também estaria os 3 dias em lisboa. porém trabalho numa instituição privada... então akilo por k se vai lutar nestes dias em nada vai melhorar a minha carreira neste sítio...  :(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf Tatiana January 19, 2010, 11:28:24
Bom dia colegas..Sendo recém-licenciada pertenço ao grupo de centenas de enfermeiros desempregados que existem no nosso país...como tal a greve não está ao meu alcance, embora pretenda manifestar o meu desagrado pelo rumo que a profissão está a tomar...apelo a todos os colegas que têm o privilegio (sim, porque hoje em dia acabar o curso de enf e trabalhar na profissão é um privilegio não ao alcance de todos) de estar a trabalhar que façam greve, por 3/4/5/...20/... dias....só uma paragem total e indeterminada, que cause estragos, desculpem a franqueza, que cause mortos se for preciso pode ter resultados...se isso significa um rombo no ordenado de um mês, pensem nos beneficios sociais e financeiros que pode trazer o resto da vida na profissão...

Obrigada desde já a todos que tenham a coragem de lutar a sério...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Luffy January 19, 2010, 11:30:02
eu concordo plenamente com os ideais defendidos nesta greve. sei k se trabalhasse numa instituição pública também estaria os 3 dias em lisboa. porém trabalho numa instituição privada... então akilo por k se vai lutar nestes dias em nada  vai melhorar a minha carreira neste sítio...

DAni_c_a_7:

ora lá está. Com toda a certeza a greve não vai ter efeito directo no sítio onde trabalhas. Mas se pensares que, apesar da concorrência e excesso de oferta de trab. de enfermagem, os preços pagos por esse trab. sobem primeiro no público para depois serem acompanhados pelo sector privado, fazeres greve faz todo o sentido!!!

Além do mais, és uma das que devia fazer greve acima de tudo, pois se o teu privado for como a maioria, grassa a exploração e aproveitamento dos enfermeiros, logo deveriam ser estes os primeiros a indignar-se e revoltarem-se contra o sistema. Como a maioria também, deves ter muitos colegas a fazer duplos ou triplos com "a corda ao pescoço", da montanha de dívidas que têm decorrentes do nível de vida que escolheram.

Esse nível pode ser alcançado, sem exploração, se todos nos revoltarmos contra o sistema! Especialmente nas privadas!

Só lá trabalha quem quer, mas se fizessem todos greve certamente que iriam repensar as suas políticas!! "sonda" os teus colegas pra saber a sua vontade de adesão!

Fora isso, podes sempre incentivar outros colegas, empregados e desempregados, alunos de enfermagem a participar activamente na greve e principalmente na ida à manif!

aquele abraço
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Lipa85 January 19, 2010, 11:48:29
Uma questão a algum colega que esteja mais ligado ao sindicato e caso este não me responda atempadamente.
Um serviço necessita que um enfermeiro faça noite extra dia 28 num serviço novo...esse extra é p assegurar o mínimo de enfermeiros. Posso fazer o extra e estar de greve??? É uma situação complicada...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: falupo January 19, 2010, 18:45:27
Temos que nos mobilizar e porque não levar gente connosco. Vamos abarrotar aquelas ruas, VAMOS ENCHER A PRAÇA DE GENTE e gritar bem alto que NÃO QUEREMOS SER HUMILHADOS! Os nossos companheiros estudantes DEVEM ir! Trata-se também do vosso futuro.
Pela CARREIRA, pela DIGNIDADE, pela VALORIZAÇÃO, pela EQUIDADE... PELA NOSSA RAZÃO!!!!! VAMOS À LUTA!!!!

YES!!!!! WE CAN!!!!! >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D >:D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: falupo January 19, 2010, 18:49:52
: Enf Tatiana
Bom dia colegas..Sendo recém-licenciada pertenço ao grupo de centenas de enfermeiros desempregados que existem no nosso país...como tal a greve não está ao meu alcance, embora pretenda manifestar o meu desagrado pelo rumo que a profissão está a tomar...apelo a todos os colegas que têm o privilegio (sim, porque hoje em dia acabar o curso de enf e trabalhar na profissão é um privilegio não ao alcance de todos) de estar a trabalhar que façam greve, por 3/4/5/...20/... dias....só uma paragem total e indeterminada, que cause estragos, desculpem a franqueza, que cause mortos se for preciso pode ter resultados...se isso significa um rombo no ordenado de um mês, pensem nos beneficios sociais e financeiros que pode trazer o resto da vida na profissão...

Obrigada desde já a todos que tenham a coragem de lutar a sério...

É por mim, porti e por tantos outros que vou à manif. E tu também deves lá estar!!!!! .... leva gente contigo
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Eumesmo January 19, 2010, 19:55:34
No seguimento de toda esta mobilização, surgiu-me aqui uma dúvida.

Será que os nossos "ricos" chefes já perceberam as implicações que esta carreira tem para o seu querido "estatuto"??

É que não sei da vossa experiência, mas os que tenho tido ao longo de já alguns anos de profissão parece-me acharem que já não são enfermeiros e esta coisa das greves e lutas da classe não são para eles. Isto referindo-me apenas aos que não lutam mas também não se intrometem e esquecendo os que gostam de "chamar a atenção" dos colegas (especialmente contratados) para os "perigos" de aderirem a greves!!! 
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 19, 2010, 20:04:38
Os chefes e supervisores já acordaram...pelo menos na minha instituição!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 19, 2010, 20:18:56
Pois acordaram... isto também os afecta!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: moutinho January 19, 2010, 22:38:38
Dia 29, após um turno da noite (cuidados mínimos), lá farei a viagem de honra, de Braga a Lisboa para a manifestação, porque um enfermeiro calado e mil a sofrer!
: 2010: Revisão da Carreira
: ndp January 19, 2010, 23:21:49
Olá pessoal,
é para dizer que cansei de estar aqui a me sentir impotente, pelo que venho dizer que acabei de enviar um email de protesto e de pedido de apoio a TODOS os partidos da oposição! Peço a todos que façam o mesmo pois quantos mais formos melhor!

Também estou a divulgar a causa que está a circular na rede social Facebook intitulada NO MORE ABUSE TO THE PORTUGUESE NURSES!. Peço que também se juntem à causa: http://apps.facebook.com/causes/434197/80325388 pois, pelo que temos visto na comunicação social até coisas destas, quando no número certo, tem impacto e passa a ser notícia!

Cumprimentos e mais uma vez digamos: «Fiquem vocês com a farda e prestem cuidados se souberem»

AJUDEM A DIVULGAR!!!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: SolGomes January 20, 2010, 01:42:32
Vou fazer greve os 3 dias assim como quase a totalidade do meu serviço...e vamos alguns à manifestação a lx...agora poe-se uma questao delicada nisto das adesoes à greve e na nossa "comparação" com os professores...

Constou-me que aos professores os sindicatos pagam os dias de greve em que o ministerio nao paga...ora assim nao me espanta adesoes de 100%!!! Ficam em casa e ganham na mesma com a ajuda de que essa greve lhes confere melhor qualidade de vida...depois dao-se ao luxo de ir a lisboa a manifestaçoes e alguns ate aos saldos nos centros comerciais vao...têm o dia pago...:S
Enfim...gostaria que me confirmassem esta informação se fosse possivel...

Cumps
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ January 20, 2010, 01:56:06
: Eumesmo
Será que os nossos "ricos" chefes já perceberam as implicações que esta carreira tem para o seu querido "estatuto"??
É que não sei da vossa experiência, mas os que tenho tido ao longo de já alguns anos de profissão parece-me acharem que já não são enfermeiros e esta coisa das greves e lutas da classe não são para eles. Isto referindo-me apenas aos que não lutam mas também não se intrometem e esquecendo os que gostam de "chamar a atenção" dos colegas (especialmente contratados) para os "perigos" de aderirem a greves!!! 

Aos que não aderem e ainda fazem chantagem, não os rendam e vão ver como eles deixam logo de vos chatear quanto a essa matéria. Falo por experiência própria. A minha chefe andava sempre a dizer que não podia fazer greve, porque isto, porque aquilo, pela má imagem (ela já a tem, não sei bem o que ela queria dizer com aquilo) e que os contratados isto e aquilo (vocês sabem muito bem, os chefes dizem todos a mesma coisa). Numa greve aqui há 2 anos mais ou menos eu não rendi, ou seja, só apareceu uma colega minha na passagem de turno, porque tinhamos combinado que desta é que era. E ela a perguntar à colega se sabia de mim e ela que não , não sabia nada. Agarrou-se ao telefone e ligou-me praí umas 20 vezes e eu a rir a olhar para o telemóvel. E ela lá ficou até ao fim da tarde.
No dia seguinte perguntei-lhe se tinha sido dificil e ela nem me respondeu. Até hoje não a ouvi mais falar de greves. É certo que em dia de greve não aparece, mete compensação de horas e agora já meteu 3 dias de férias para esta greve, mas ao menos não a temos lá a chatear.
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: AZ January 20, 2010, 02:03:59
: SolGomes
Constou-me que aos professores os sindicatos pagam os dias de greve em que o ministerio nao paga...ora assim nao me espanta adesoes de 100%!!!

Isso não corresponde a verdade. Tenho um primo que é professor, acabou o curso na mesma altura que eu e sei que não ganham os dias de greve. Aliás, não conheço nenhum exemplo em que isso aconteça noutras profissões. Quanto à luta recente dos professores, eles não fizeram um único dia de greve, só grandes manifestações.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R January 20, 2010, 08:26:50
Bom dia pessoal.

Hoje é dia 20!! Vamos lá ver qual vai ser a "anedota" que o MS nos vai contar hoje!!!!!

Quando souberem novidades, coloquem aqui no Forum.

PS: As chefes não são todas iguais, a minha por exemplo é um espetaculo, e está sempre pronta a ajudar o pessoal.

Dito isto,
Cumprimentos para todos, tenham um bom dia de trabalho.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 20, 2010, 08:57:59
Esta tarde p governo apresentará uma proposta ainda melhor que a dos sindicatos, que vai entrar em vigo de imediato com o Orçamento de Estado para 2010 e compensará todos os enfermeiros pelas perdas dos últimos 10 anos...UPS...bati com a mão na mesa de cabeceira...e acordei... >:D >:D >:D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfarfr January 20, 2010, 09:34:42
: SandroMelo
Esta tarde p governo apresentará uma proposta ainda melhor que a dos sindicatos, que vai entrar em vigo de imediato com o Orçamento de Estado para 2010 e compensará todos os enfermeiros pelas perdas dos últimos 10 anos...UPS...bati com a mão na mesa de cabeceira...e acordei... >:D >:D >:D

Por uns segundos acreditei no que estava a ler... Talvez fruto de ter feito noite... lol
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: jinkxy January 20, 2010, 12:52:31
vou investir no meu futuro, eu faço greve!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: MafaldaM January 20, 2010, 13:57:28
: AZ
: SolGomes
Constou-me que aos professores os sindicatos pagam os dias de greve em que o ministerio nao paga...ora assim nao me espanta adesoes de 100%!!!

Isso não corresponde a verdade. Tenho um primo que é professor, acabou o curso na mesma altura que eu e sei que não ganham os dias de greve. Aliás, não conheço nenhum exemplo em que isso aconteça noutras profissões.  Quanto à luta recente dos professores, eles não fizeram um único dia de greve, só grandes manifestações.

Eu conheço... mas acho que não se pode comparar!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: enfsergio January 20, 2010, 14:01:38
Nos dias 27 e 28 estarei de folga e no dia 29 em princípio estare a assegurar cuidados mínimos no turno da tarde...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Vitor A. January 20, 2010, 14:14:01
Algum colega do forum pode falar da Greve dos Enfermeiros de 1976? Que tenha passado por ela?

O Que os colegas da altura pretendiam, o que fizeram, as persiguições e ameaças realizadas aos enfermeiros e os conseguiram!

Ainda há uma % de pessoas indecisas sobre se vão ou não aderir á greve!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 20, 2010, 14:17:51
Sandro quem bateria com a cabeça na mesinha era o ministério para tal coisa... mas é para acreditar smp
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: enfermeiredo January 20, 2010, 15:06:02
: J.Ribeiro
eu queria ver a bastonária, os corpos dirigentes, todos os enfermeiros directores e supervisores, e chefes na manifestação, e a fazer greve...

enfermagem sofre de uma partição insanável no actual quadro: o nós e os eles...

enquanto um tipo que é chefe, supervisor, ou director hoje, amanha não possa estar a prestar cuidados, é para esquecer.

depois de passada a barreira da prestação de cuidados para o lado da getão, a luta passa a ser outra, por isso, a par da luta pelos salários, quebrar com essa partição, por todos em comissão de serviço, e com a real possibilidade de passar de um bloco para outro, sendo que o que interessa é pôr quem tem poder na enfermagem e tem o lugar garantido, a lutar ao lado dos outros.

perguntam-se como é que os professores fizeram... foi assim. pondo todos no mesmo saco.


saudações
Concordo. Pode ser que se veja lá a sra. EnfªÂ  bastonária e os directores hospitalares e chefes. A greve também diz respeito a eles!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Enfmb January 20, 2010, 15:16:15
Colega tb trabalho numa instituição privada e não é por isso que vou deixar de fazer greve...aliás ainda sinto mais necessidade de me juntar à manifestação de forma a ser mais UM a lutar pelos NOSSOS DIREITOS E DIGNIFICAÇÃO DA PROFISSÃO...

Espero que uma das conquistas desta manifestação seja a tabelação dos preços para que finalmente se acabe com a exploração por parte dos privados. Não é o meu caso mas conheço colegas que ganham menos à hora que uma empregrada de limpeza.

A srª ministra da saúde tem que deixar finalmente de brincar com os enfermeiros como se estes fossem crianças, se pretende continuar a brincar que volte para a direcção do serviço de pediatria do Garcia da Horta e brinque com essas crianças ou então com os seus colegas de profissão...PARA OS ENFERMEIROS CHEGA DE BRINCADEIRA...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: dani_c_a_7 January 20, 2010, 17:13:34
na instituição privada onde trabalho não tenho nada a dizer das minhas condições. sinto-me uma priveligiada nesse sentido pois tomara mtos de nós terem a nossa remuneração e as nossas condições de trabalho, além de que os nossos superiores hierárquicos a maior parte das vezes pedem o nosso parecer sobre a nossa área de actuação com o objectivo sp de melhorar em todos os sentidos...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: dani_c_a_7 January 20, 2010, 17:16:34
desculpem mas eskeci-me de uma coisa...

penso k seria penalizar injustamente a instituição onde trabalho...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 20, 2010, 18:40:27
Então? Já há novidades da ronda de hoje?
Qual foi o "presente" desta vez?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: EME January 20, 2010, 19:21:02
Escrito por um colega nosso... Para reflexão!
 
HORA DA VERDADE
 
"Caro Colega
 

É verdade que a Enfermagem já viveu melhores tempos e que neste momento andamos todos muito desanimados e com razão. Já lá vão quase 10 anos de negociações e nada de que nos possamos orgulhar. No entanto penso ter chegado a hora da saturação e dizer basta. Temos de demonstrar que estamos unidos e não permitir que sejamos amordaçados e humilhados publicamente. Não podemos permitir que num país dito democrático coabitam licenciados de primeira e licenciados de segunda.

Há anos atrás, a Enfermagem conseguiu impor-se porque era composta de colegas de fibra, lutadores, com o 25 de Abril ainda presente na memória. Tudo o que a Enfermagem consegui até hoje foi à custa de muito esforço e dedicação.

Hoje com quase 20 anos de exercício, podia sentar-me confortavelmente no meu sofá e pouco me importar com a Enfermagem, no entanto, não sou egoísta suficiente e penso nos colegas recém licenciados e nas condições humilhantes e precárias em que alguns deles trabalham, bem como, na dignificação de uma profissão à qual me orgulho de pertencer. Para colher é preciso semear, é preferível perder algum dinheiro agora do que muito para sempre. È preferível abandonar o conforto das nossas casas e a companhia da nossa família e filhos agora, do que hipotecarmos o seu futuro e o nosso para sempre.

Quando ouço colegas afirmar que os Sindicatos e a Ordem nada fazem pela Enfermagem, dá-me vontade de lhes perguntar E TU O QUE JÁ FIZESTE PELA ENFERMAGEM, provavelmente nada, a não ser, dizer mal de tudo e de todos, e ficar à espera que outros façam o teu trabalho, mas quando é hora de recolher os louros são os primeiros a aparecer.

Nas minhas muitas viagens a Lisboa, os colegas de viagem são quase sempre os mesmos, poucas são as caras novas. Será que nós, os que lutamos, não gostamos de ganhar dinheiro e estar com a nossa família no conforto dos nossos lares? Claro que sim, mas estamos disposto a sacrificar tudo por uma causa em que acreditamos, a Enfermagem.

É verdade, que tanto Sindicatos como a Ordem por mais que trabalhem e negoceiem, se não tiverem o apoio de todos nós por detrás dificilmente conquistam alguma coisa. Sindicatos e Ordem são nossos representantes, mas não são a nossa força. É preciso que todos nos capacitemos que temos que nos mobilizar em prole de uma luta que não é só dos Sindicatos e da Ordem, mas de todos nós.

Se numa negociação, a Ministra chega à janela e ver meia dúzia de gatos-pingados, sente poder para levar a sua avante, mas sim em vez disso ver 50.000 enfermeiros de certo pensará duas vezes nas propostas a oferecer. Significa isto, que o poder negocial não está nos Sindicatos nem na Ordem, está na união e na demonstração de força de todos nós. Temos que demonstrar que o SNS precisa dos enfermeiros e que não funciona sem os enfermeiros.

Temos de deixar de ser os bons samaritanos da saúde, como infelizmente vejo alguns colegas que em período de greve se esforçam ao máximo para fazerem sozinhos o trabalho que normalmente é feito por 4 enfermeiros, estes colegas em nada dignificam a Enfermagem, não passam de uns atávicos que se comportam como se desconhecessem a lei da greve, e o que são serviços mínimos, que lembro, são apenas aqueles que se não sendo prestados, colocam em risco a vida dos utentes.

Caro colega adere à greve e participa na concentração em Lisboa no dia 29 de Janeiro, vamos todos demonstrar à ministra a NOSSA FORÇA E UNIÃO."

Achei por bem partilhar...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 20, 2010, 20:13:40
BAAAAH! Nada mais que o esperado!
http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=Enfermeiros-mantem-greve-para-final-do-mes.rtp&article=312276 (http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=Enfermeiros-mantem-greve-para-final-do-mes.rtp&article=312276)

Venha de lá essa GREVE!!!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: EME January 20, 2010, 20:35:18
Realmente...... :o :o :o :o
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Parreira January 20, 2010, 20:49:27
Acho que anunciar uma greve de 3 dias ainda é pouco para pressionar o governo a ceder nas nossas reindivicações. Por uma greve no minimo de 6 dias nos turnos da manhã e seria o colapso das instituições lideradas por este Ministério da Saúde.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 20, 2010, 21:47:39
M.Saúde recua um pouco mas: 1. transição s/ revalorização e para que não haja injustiças(?) o ingresso será = 1020 e SÓ daqui a 3,4 anos será os 1201, ou seja, ainda temos que esperar mais 4 anos para sermos licenciados no que ao dinheiro diz respeito; CAROS COLEGAS, O MS QUER SABER A NOSSA FORÇA. VAMOS FAZÊ-LOS SENTIR. TEMOS MAIS RAZÕES PARA FAZER GREVE. VAMOS A ELES!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Vitor A. January 20, 2010, 22:44:20
Greve mantem-se:

http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=Enfermeiros-mantem-greve-para-final-do-mes.rtp&article=312276 (http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=Enfermeiros-mantem-greve-para-final-do-mes.rtp&article=312276)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 20, 2010, 22:51:38
O MS não está a levar a sério esta greve decretada.

Lá estarei!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfmb January 20, 2010, 23:06:35
Os sindicalistas estiveram reunidos esta tarde com o Ministério da Saúde, mas a tutela recusa subir os salários dos enfermeiros em início de carreira alegando dificuldades orçamentais.

http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46 ... cle=312276 (http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=Enfermeiros-mantem-greve-para-final-do-mes.rtp&article=312276)

As dificuldades orçamentais quando existem penso que sejam para todos. Mas pelos vistos não!!

Foi noticiado aqui à dias no telejornal que a ministra da saúde pretendia distinguir ou oferecer um bónus aos administradores hospitalares que conseguissem reduzir o endividamento dos hospitais!!E eu questiono-me o porque disto. Será que os administradores já não ganham o suficiente??Eles já não são pagos precisamente para gerir os hospitais??Ou será lá por receberem incentivos já conseguem fazer milagres??Se é o caso estamos a falar de maus profissionais!!

A ministra anunciou tb algum tempo que iria oferecer uma bolsa de 750euros de incentivo aos médicos que quisessem exercer a sua profissão no interior. 750euros quase que dá para pagar um ordenado a um enfermeiro. E os enfermeiros que estão a trabalhar no interior srª ministra?? Nós já nem lhe pedimos isso. Tudo bem que estamos a falar de realidades profissionais distintas.

E já não falo noutras medidas porque a minha ignorância me impede.

Não estou contra nenhuma destas medidas pensadas pela srª ministra. No entanto, não aceito que utilize o argumento das dificuldades orçamentais porque quando existem são para todos e não tem que ser "o peixe miúdo" da saúde a ter sempre que pagar com isso.

Não estamos a exigir nada mais, apenas que se faça justiça!!

Apenas falei nesta situação pk já vi comentários de vários colegas dizendo que não podemos estar com exigências neste momento de crise ao qual eu concordava se acontecesse com todas as classes profissionais. Agora sendo só o "peixe miúdo" a sofrer com a crise é que não podemos aceitar!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy January 20, 2010, 23:07:43
Quer então dizer, transições que é bom, ZERO  e para além disso, "devolve os 15€ da proposta anterior, como SE FOSSE UMA GRANDE COISA!!

Então e é em 2014 que passamos a ganhar 1200€? QUE EU SAIBA, O VENCIMENTO DE LICENCIADO É DE 1400€ PRA CIMA!

VAMOS À GREVE! TODOS E EM FORÇA!

aquele abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R January 20, 2010, 23:34:59
Manif, aqui vou eu...
Confesso que estava com algumas expectativas em relação à reunião negocial de hoje, mas pelos vistos foram por água abaixo....
Sinceramente é de perder a paciência... Chega um individuo a casa a esta hora, no final de um longo dia de trabalho a dar o seu melhor e é isto... Realmente, é caso para dizer "fiquem vocês com as fardas e prestem cuidados se souberem"... Não há direito...

E no meio de tanta injustiça ainda querem que uma pessoa ande a trabalhar com um sorriso para os Utentes.. Eu sei que eles não têm culpa, mas a verdade é que não se podem prestar cuidados de qualidade quando se está a ser constantemente humilhado...

Foi um desabafo...

COLEGAS, adiram à greve... É agora ou nunca... Enough is Enough...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 21, 2010, 01:01:34
As minhas expectativas relativamente à reunião de hoje foram perfeitamente satisfeitas...esperava zero e obtivemos nada!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 21, 2010, 09:37:51
Também não tinha expectativas quanto a esta reunião.

No meu serviço, vamos parar o bloco operatório durante os dias todos. "Demos" algumas folgas aos não grevistas:)

Não esqueçam a marcha lenta no Porto, no dia 28 (2do dia da Greve). Infelizmente foi necessário chegar a este ponto para ter visibilidade!

Lisboa,dia 29, lá estarei! Com farda por cima, e de Luto por baixo!


PS: Gostei da ideia dada anteriormente, se houver nova greve, fazer durante 5 ou 6 dias, apenas no turno da manha. Tem impacto, com menos prejuízo económico para a equipa de enfermagem. Tem que ser bem coordenada, e se calhar englobar os serviços onde se possa parar sem necessidade de cuidados mínimos (Blocos, Consultas e Centros de Saúde). Os restantes serviços poderiam funcionar  normalmente, e até entre todos criar um fundo que compensa-se algum do perjuízo economico dos colegas grevistas.
Ao fim de uma semana, teríamos as urgências sobrelotadas (centros de saúde fechados), e os internamentos e cuidados intensivos de cirurgia programada vazios (blocos fechados)
O impacto para o Ministério da saúde seria maior, e a revolta das pessoas teria de ser mesmo noticiadana abertura dos telejornais.


Abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Eumesmo January 21, 2010, 10:23:21
Acho piada a esta lenga-lenga das transições. Se não estou enganado, as primeiras licenciaturas (na altura bi-etápicas) surgiram em 1999/2000 e desde então como curso de base. Fazendo as contas, são 10 anos.

O que eu pergunto a esta Srª Ministra é se 10 anos não foi já um periodo de transição bem jeitoso????
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 21, 2010, 10:47:38
: ENFA.J.


[align=center:3i7nero2](http://img188.imageshack.us/img188/7245/injustica2.gif)[/align:3i7nero2]



: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 21, 2010, 14:14:20
: ENFA.J.
: ENFA.J.


[align=center:2kywbvw8](http://img188.imageshack.us/img188/7245/injustica2.gif)[/align:2kywbvw8]




Adorei a Imagem. Pode ser um dos slogans para se fazer ouvir no MS.

Começo a pensar que o MS não cede, não só por causa do MFinanças, mas também, por causa de eventuais pressões das administrações hospitalares e de grupos privados por causa da margem de "lucro"/dividendos poderem diminuir drasticamente. (lembrem-se que grupo profissional dos Enfermeiros são dos maiores a nivel hospitalar)
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Nhécu January 21, 2010, 15:56:26
Sou RL e no desemprego....e claro que marcarei a minha presença na manifestaçao, a par de mais uns quantos amigos! Estamos a tentar mobilizar os alunos da nossa escola tambem.

dani_c_a_7 
 
Desculpa, apesar de compreender o teu privilegio, penso que o problema de enfermagem está aí.... olharmos apenas para o nosso bem pessoal e não para o bem comum.

Cumprimentos =)
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: moutinho January 21, 2010, 20:32:00
Eu faço os 3 dias de greve. Nos 2 primeiros asseguro cuidados mínimos, porque estou a fazer noite. E no dia 29 lá estarei! Espero que vá muita gente de Braga...
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: pequenita January 21, 2010, 20:48:53
Faço greve os três dias, mas também já disse que depois desta greve não faço mais greves de um ou dois dias. Porque se esta não resultar só vou concordar com medidas drásticas. Estou disponível para uma semana de greve, duas ou quantas forem precisas, porque sinceramente estou a ver o cenário negro, não acredito que cedam, mas nunca baixarei os braços.
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: nici January 21, 2010, 23:27:39
Concordo com a colega pequenita!

desistir é que nunca!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 22, 2010, 00:11:06
: Vitor A.
: ENFA.J.
: ENFA.J.


[align=center:3t22uoxj](http://img188.imageshack.us/img188/7245/injustica2.gif)[/align:3t22uoxj]




Adorei a Imagem. Pode ser um dos slogans para se fazer ouvir no MS.

Começo a pensar que o MS não cede, não só por causa do MFinanças, mas também, por causa de eventuais pressões das administrações hospitalares e de grupos privados por causa da margem de "lucro"/dividendos poderem diminuir drasticamente. (lembrem-se que grupo profissional dos Enfermeiros são dos maiores a nivel hospitalar)

Obrigado colega Vitor. Também gostei do resultado final  hehe    8)

Deixo ainda um novo link bem sugestivo e que também já circula na net...


[align=center:3t22uoxj]http://www.youtube.com/watch?v=nDbiCVddU-4[/align:3t22uoxj]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 22, 2010, 00:28:47
Alguém sabe se já há nova reunião agendada?

Quer-me parecer que o MS está a "empaliar" a negociação para depois da aprovação do orçamento de estado!
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: Zeus-electro January 22, 2010, 00:32:24
Curioso com existem enfermeiros que nesta votação dizem que não vão fazer greve, ou que só fazem 1 dia ou ainda que não têm opinião formada, mas nenhum expõe as suas motivações.

Partilhem com os demais!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 22, 2010, 00:32:37
Bora lá a divulgar pelo pessoal conhecido...

[align=center:gnojiah0]http://www.youtube.com/watch?v=nDbiCVddU-4[/align:gnojiah0]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R January 22, 2010, 10:11:24
   ==== Enfermeiros: sindicatos entregam milhares de cartas no MS  =====

http://www.esquerda.net/content/view/15009/1/ (http://www.esquerda.net/content/view/15009/1/)

Acham que as previsões do SEP estarão correctas??? 15 mil a 17 mil enfermeiros na manif?? Isso seria excelente...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Red Fish January 22, 2010, 12:17:18
Não cabíamos todos na avenida bloqueávamos o transito todo de Lisboa! Tou Desertinho pa la estar e gritar! O pessoal todo fardado e andarmos pela ruas vai ser algo para entrar na revista de final de ano de 2010.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R January 22, 2010, 12:24:36
Ontem estava a passar na Praça da Republica no Porto e estava uma manifestação de trabalhadores da Metalurgia com o Delegado Geral da CGTP em frente ao Governo Civil do Porto...

Uma ideia interessante de protesto pensei eu... Descentralizada mas provavelmente eficaz porque abrange todo o país...

Poderiamos pensar nisso... manifestaçoes em frente aos Governos Civis das grandes cidades, assim haveria influencia a nivel nacional... É uma ideia...

Cumps.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: NunoUKnurse January 22, 2010, 12:44:31
Cumprimentos a todos,

embora fora e sem grandes intencoes de regressar, preocupa-me a situacao da enfermagem em Portugal e queria apenas deixar algumas consideracoes, pedindo desde ja perdao pela ausencia de acentuacao:

- Sera uma constatacao mas esta situacao em que nos encontramos tem raizes bem profundas que vao desde a representatividade social que temos, a forca que outras profissoes tem comparativamente com a nossa, a clara falta de uniao e corporativismos existentes (que sao de esperar numa classe tao grande e heterogenea como a nossa - a nossa maior forca e certamente a nossa grande fraqueza).
- A isto tudo nao veio certamente ajudar o fenomeno a que Marx designava de "exercito de reserva", com a proliferao de escolas e respectivos profissionais dispostos a trabalhar por tuta e meia.

Tudo isto nos coloca numa situacao muito dificil quando se tratra de exigir os nossos direitos e quanto a mim, o argumento do licenciado nao pode valer por si mesmo - se ha dez anos atras ser licenciado em enfermagem era provavelemente uma mais valia, agora e uma "normalidade" na nossa profissao. E se e certo que ha licenciados que ganham mais que nos, ha outros que nao...e certamente ha nao licenciados que ganham muito mais que nos (basta ver o Ronaldo).
Bourdieu dizia que o peso social duma profissao reside em dois pontos fundamentais - o prestigio e a importancia que a Sociedade reconhece a essa mesma profissao. Dai se percebe que jogadores de futebol ganhem mais que medicos e controladores aereos mais que enfermeiros (so para dar alguns exemplos).

Logo, a solucao nao passara por greves e "buzinoes" (entao esta ultima parece-me de rir!). a historia diz-nos que somente aas greves mais radicais surtem efeito (e exemplar os episodios dos mineiros no Reino Unido ou em enfermagem as situacoes da Filandia e Australia). As greves que temos tido servem quanto a mim para afrontar os nossos pricipais aliados (os doentes) e dar argumentos aos administradores (se dois enfermeiros a cumprir servicos minimos trabalham tanto como os habituais 4 ou 5 para que ter 5?)
 A solucao passaria por uma posicao extrema de greve total (resultou na Finlandia e na Australia) com apoio financeiro e institucional dos Sindicatos (tambem e para isso que eles servem e que lhes pagamos) e da Ordem. Se enquanto profissionais estamos claramente a ser subalternizados, desvalorizados e desrespeitados, entao nao podemos ter em consciencia condicoes para desempenhar as nossas funcoes!!!

A longo prazo e necessario tambem mudar a consciencia social e promover a nosso prestigio e importancia enquanto profissao fundamental na Saude ( e paradigmatico que lidemos com algo que e do mais valorizado pelo individuo e tenhamos tao pouca relevancia social - Os medicos sao quem sao enquanto classe sobretudo porque se apresentam como "curadores de doenca". Aqui no Reino Unido, por exemplo, muito do prestigio dos enfermeiros advem sobretudo do papel que os especialistas desempenham enquanto promotores da Saude e facilitadores de tratamento.

Para isso e necessario A OE deixar os seus gabinetes de Marmore Italiano, as suas revistas tipicas da America Latina (ja contaram quantas xs aparece a foto da Bastonaria e dos outros membros em cada revista?) e investir em meios de comunicacao social, em publicidade institucional, em programas de promocao para a Saude, premios de Investigacao (vem me a mente tantas ideias!). So assim, os cidadaos enquanto Sociedade (Ja que enquanto Individuo que lida connosco no quotidiano ja o fazem) nos poderao Valorizar, e se a Politica nao e nada mais nada menos que uma forma de resposta e formalizacao dos anseios da Sociedade!!!

Tenho dito e perdoem-me se vos enfadei!

Nuno
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: CarinaJ January 22, 2010, 16:27:24
Como estudante de enfermagem vou-me juntar à manifestação.

Apesar de ainda não ter ingressado na profissão acho muito importante apoiar a classe. Pelo presente dos profissionais e pelo meu futuro!

Parece-me que os estudantes de enfermagem no geral estão sensibilizados para a situação e desejam juntar-se à luta. Na minha Escola vários colegas meus já decidiram ir.

Fala-se de os estudantes irem à manifestação fardados ou com o traje académico. O que acham os enfermeiros disto?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 22, 2010, 16:57:26
@Carina


Os estudantes devem vir (é o vosso futuro que está em causa), de preferência fardados.Em alternativa, devem vir de preto em Luto pela Enfermagem.

Combinem, e contactem o dirigente sindical da vossa região, caso necessitem de transporte gratuito. Fica aqui os contactos:

PARA ALCANÇARMOS OS OBJECTIVOS  TEMOS QUE CONTINUAR A LUTAR!
       A  DISPONIBILIDADE DE TODOS PARA VIREM À MANIFESTAÇÃO NACIONAL DE  ENFERMEIROS, EM FRENTE AO MINISTÉRIO DA SAÚDE, É DE CRUCIAL  IMPORTÂNCIA. ESTE É O MOMENTO E PERANTE ELE  NÃO PODEMOS FICAR PASSIVOS.
       OS SINDICATOS DISPONIBILIZAM  AUTOCARROS PARA QUE O DIA 29 SEJA UM GRANDE DIA DE MANIFESTAÇÃO DO  DESCONTENTAMENTO QUE SENTIMOS.
       VEM!  ESTA É UMA LUTA DE TODOS E PARA TODOS
       O  FUTURO SERÁ O QUE HOJE SOUBERMOS CONQUISTAR!
       INSCREVE-TE  JUNTO DOS DIRIGENTES SINDICAIS OU NAS DELEGAÇÕES.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               

               DELEGAÇÕES

CONTACTOS

DIRIGENTES

Minho

253 21 78 67/8

Enf. Tiago Subtil – 91 486 90 19 (V. Castelo)
               Enf. Nuno Zambujal – 91 473 06 60

Porto

22 339 25 10

Enf. Fátima Monteiro – 91 868 21 16

Trás - os - Montes

259 32 34 17

Enf. Antónia Alves – 91 665 02 58

Beira Alta

232 42 97 81

Enf. Alfredo Gomes -  91 230 24 13

Aveiro

234 38 11 08

Enf. Carlos Neves – 91 605 12 04

Coimbra

239 85 33 60

Enf Paulo Anacleto – 91 938 57 64

Castelo Branco

272 32 67 01

Enf. Conceição Rodrigues – 91 665 02 56

Santarém

243 30 96 71

Enf. Helena Jorge – 91 230 05 24

Leiria

244 82 75 45

Enf. Dina Mendonça - 91 665 02 57

Lisboa

21 355 87 51

Enf. Isabel Barbosa – 91 214 50 79

Setúbal

265 53 17 97

Enf. Teresa Faria – 91 617 15 32

Alentejo

284 32 32 49

Enf. Edgar Santos – 91 879 05 07

Faro

289 80 32 11

Enf. Nuno Manjua– 91 868 21 40

       

ESTE  É O MOMENTO!
         PELA  VALORIZAÇÃO DA PROFISSÃO!
         NÃO  FALTES!
Cumprimentos, Pedro

: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. January 22, 2010, 17:01:18
: CarinaJ
Como estudante de enfermagem vou-me juntar à manifestação.

Apesar de ainda não ter ingressado na profissão acho muito importante apoiar a classe. Pelo presente dos profissionais e pelo meu futuro!

Parece-me que os estudantes de enfermagem no geral estão sensibilizados para a situação e desejam juntar-se à luta. Na minha Escola vários colegas meus já decidiram ir.

Fala-se de os estudantes irem à manifestação fardados ou com o traje académico. O que acham os enfermeiros disto?

Parabens pela V. Decisão em irem, pois tb o V. futuro está a ser decidido.
Se puderem fardados com enfermeiros na minha opinião pois estais a vos manifestar por isso, se não puderem ir fardados, O IMPORTANTE É IR! TODOS, TODOS, TODOS, TODOS, TODOS
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 22, 2010, 18:45:54
Até vai ser interessante ver o que sai daqui:

"  Saúde
Médicos exigem aumento salarial na ordem dos 1.700 euros

Denise Fernandes 
21/01/10 00:05

[align=center:1bn1ymad]Ministra insiste em alargar horário das 35 para as 40 horas. Sindicatos estão abertos a negociar mas primeiro querem ver a nova tabela salarial.

As negociações entre os sindicatos dos médicos e o Ministério da Saúde para a conclusão do acordo colectivo de trabalho arrancaram terça-feira ao final do dia, com a ministra a insistir no alargamento do horário dos médicos das 35 para as 40 horas semanais. Os dirigentes sindicais estão dispostos a negociar este ponto mas querem esperar para ver primeiro a nova tabela salarial que está a ser ultimada pela ministra Ana Jorge. Os médicos exigem salários idênticos aos dos juízes e dos professores universitários.

Na prática, isso significaria uma subida salarial para os médicos em início de carreira da ordem dos 1.700 euros. É que, comparando as tabelas salariais dos médicos e dos professores universitários referentes a 2009, verifica-se que, enquanto um médico especialista a trabalhar no Estado (assistente) em início de carreira ganha 1.854 euros brutos, um professor universitário na mesma situação (professor associado sem agregação) recebe 3.601 euros, indica o sindicato.

A nova tabela salarial dos médicos ainda está a ser ultimada pelo Ministério da Saúde e, segundo Paulo Simões, do Sindicato dos Médicos Independentes (SIM), a ministra Ana Jorge garantiu, na reunião de terça-feira, que estaria pronta para discussão no final do mês.[/align:1bn1ymad]


Link:   http://economico.sapo.pt/noticias/medic ... 79311.html (http://economico.sapo.pt/noticias/medicos-exigem-aumento-salarial-na-ordem-dos-1700-euros_79311.html)

Algo me diz que mais uma vez o constrangimento Orçamental, vai ser apenas para os mesmos de Sempre!!!

A.J.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: persepolis January 22, 2010, 20:28:24
: CarinaJ

Fala-se de os estudantes irem à manifestação fardados ou com o traje académico. O que acham os enfermeiros disto?

Atenção se o irem fardados com as fardas da escola não vos irão causar problemas disciplinares ou outros afins... Informem-se primeiro



Não estarei na manif pk estou away de portugal mas estou solidária com os colegas
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 22, 2010, 21:08:52
Penso que nenhuma escola de enfermagem poderá processar alunos que enverguem a sua farda.

Isso seria escandaloso à luz do que está em causa.

Apesar de não haver nenhuma posição oficial de estruturas de Ensino Superior da Enfermagem (o que já vem sendo habitual e bizarro), não há margem para se tomarem posições que possam ser entendidas como hostis à defesa da profissão.

Por isso, colegas e futuros colegas, alinhem com quem quer lutar pela Dignificação da Enfermagem.

Se existir algum tipo de atropelo na vossa instituição, o Forumenfermagem terá todo o prazer em divulgar e denunciar.

Não é tempo para comportamentos típicos dos invertebrados. É tempo para os determinados e corajosos!

Cumprimentos, Pedro Silva
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfmb January 22, 2010, 21:38:16
: ENFA.J.

[/size][/color]

"  Saúde
Médicos exigem aumento salarial na ordem dos 1.700 euros



Se realmente se vier a verificar que esta noticia é verdade, é de deixar qualquer pessoa REVOLTADO...caso aconteça declaro o meus ADEUS à profissão ou então abandono este pais da TRETA, onde as desigualdades são cada vez maiores...

Quanto à utilização das fardas pelos estudantes de enfermagem aconselho a tapar o símbolo e o nome caso esteja na farda (utilizando adesivo do branco)...não custa nada prevenir...de qualquer maneira informem-se junto dos responsáveis das vossas instituições.

MARQUEM PRESENÇA NESTA MANIFESTAÇÃO...TRATA-SE TAMBÉM DO VOSSO FUTURO!!!

ENCONTRAMO-NOS DIA 29!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: ndp January 23, 2010, 12:27:31
Olá pessoal,
como disse anteriormente, e incentivei o pessoal a fazer o mesmo, enviei mails de propesto a contar a nossa situação, eis que obtive resposta do deputado do Bloco de Esquerda:

"Meu caro:
Agradeço a sua mensagem e exprimo a solidariedade política do Bloco de Esquerda com a luta em curso dos enfermeiros. Trata-se de uma luta justa, com objectivos inteiramente justos. O Bloco continuará a manifestar o seu apoio a este processo e empenhar-se-á no esclarecimento e mobilização da opinião pública em torno do processo conduzido pelos enfermeiros.
Amigáveis cumprimentos,
joão semedo
(deputado do BE)"


é por isto que reitero que, para além dos meios de luta já evidenciados, acho extremamente importante PRESSIONAR TODOS OS PARTIDOS POLÍTICOS DE MODO A TERMOS VISIBILIDADE, INCLUSE NA COMUNICAÇÃO SOCIAL e isto só será obtido se o número de pessoas a o fazerem for grande, pois admito que sozinho sou inútil, mas se o fizermos em conjunto, venceremos. Deixei a carta que enviei a título pessoal, juntamente com os contacto a enviar, na causa que estou a encabeçar juntamente com um colega meu, na rede social Facebook, intitulada NO MORE ABUSE TO THE PORTUGUESE NURSES! que já tem membros de diversos países: http://apps.facebook.com/causes/434197/80325388.

espero sinceramente que colaborem nesta acção,
vamos TODOS LUTAR PELO QUE TEMOS DIREITO
Lisboa no dia 29, todos juntos!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ January 23, 2010, 23:44:12
: CarinaJ
Fala-se de os estudantes irem à manifestação fardados ou com o traje académico. O que acham os enfermeiros disto?

Os estudantes devem naturalmente participar, assim como todos os familiares e amigos de enfermeiros.
O apelo que está a ser feito é para que vamos TODOS FARDADOS ou de BRANCO.
Os estudantes não vão participar numa manifestação por políticas de ensino, mas sim por uma causa dos profissionais, que também serão daqui a pouco tempo. Pode ser mal interpretado pelo Governo ou mesmo pela comunicação social que os enfermeiros sejam poucos e tenham que recorrer aos estudantes para aumentar o número. Não joga a nosso favor.
Portanto, não levem os trajes académicos mas sim de BRANCO.
: Destruição das carreiras- consequência das políticas de direita
: HONORATO January 24, 2010, 02:25:48
Se estão à espera que com as intenções de luta, o governo cede estão enganados!

O percurso histórico da enfermagem está intimamente ligado às conquistas no decurso de processo de luta.

o nosso papel social está também na defesa do Serviço Nacional de Saúde.

Essa função está intrisecamente ligada á defesa dos direitos dos utentes e dos enfermeiros.

As alterações legislativas nas políticas de saúde tiveram apenas um intuito- a destruição do SNS e as carreiras dos profissionais de saúde, onde nós, enquanto enfermeiros sentimo-lo directamente este factor neoliberal de ímpeto privatizador na saúde.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 25, 2010, 00:09:16
Enfermeiro Português - Dia 29 Manifestação

http://en.tackfilm.se/?id=1264377776414RA72 (http://en.tackfilm.se/?id=1264377776414RA72)

[align=center:54yk3dhz][/align:54yk3dhz]

Divulgem.

 :)

Código para embutir em sites e blogs:

: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 25, 2010, 00:22:29
Roten...está simplesmente fantástico...
: Primeira Batalha!
: Luffy January 25, 2010, 13:27:14
Antes de mais, desejo congratular todos os visitantes e colaboradores deste fórum  :), pelo trabalho que têm desenvolvido na divulgação da situação actual da profissão, assim como da sensibilização de outros colegas e da população para a mesma! Pelo movimento que tenho observado na internet (blogues, reenvio de mails, etc) e na comunicação social, encontro-me mais esperançado na possibilidade destas iniciativas terem mais impacto sobre o Governo, suas políticas e população em geral.  ;D Puxando a sardinha à brasa, congratulo-vos por o vídeo da Discriminação na Enfermagem ter já 17 000 visualizações! Só demonstra a revolta que impulsiona todos os contactos e reenvios deste mail!  ;D

Contudo, há algo que ainda não foi dito!

Apesar de, e muito bem, todos os esforços estarem a ser canalizados para os próximos dias de luta, não nos podemos esquecer que estamos envolvidos numa guerra!
E quando digo GUERRA, refiro-me a um continuum constituído por DIVERSAS BATALHAS, SENDO QUE VAMOS TRAVAR APENAS UMA DELAS! Isto é, qualquer que seja o resultado teremos inevitavelmente de pensar: "Venci/perdi a batalha, mas não perdi a guerra!" É fundamental termos consciência disto, uma vez que, na eventualidade de os resultados não serem tão positivos quanto esperamos (independentemente da eficácia das medidas de luta), não caiamos todos em depressão, O QUE JÁ VEM SENDO HABITUAL! Ou seja, uma guerra é desgastante, dificil, árdua, custosa, mas só a paciência, perseverança, teimosia e inteligência poderão dar justiça à nossa "razão"!

Sabemos, e bem, que a partir daqui só podemos endurecer as formas de protesto! Porque quanto mais teimoso for o governo, mais teimosos teremos de ser nós, se queremos adquirir o que nos é justo por natureza e se queremos evitar ser mais espezinhados e escravizados que actualmente!

Preparem-se então, porque daqui para a frente teremos de estar de corpo e alma, unidos como nunca antes, e imbuídos de uma coragem sem precedentes,POIS SÓ ASSIM PODEREMOS MOSTRAR DO QUE SÃO FEITOS OS ENFERMEIROS PORTUGUESES E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA O PAÍS! VAMOS DEIXAR DE SER "OS BONZINHOS DO COSTUME"!


VITAL É,igualmente, salvaguardar o que temos de fazer "em paralelo", isto é, não são apenas as greves e outras lutas que nos levarão onde merecemos estar, temos de ter a consciência que numa "guerra" tão dificil, muito mais é preciso fazer:

- Visibilidade dos cuidados ao nível da gestão hospitalar: empreender estudos e iniciativas que permitam transformar os dados que produzimos diariamente (chamados registos) em informação que traduza os ganhos de saúde decorrentes dos cuidados de enfermagem, só possível através da estandardização da linguagem, acompanhada por evolução dos registos do chamado nivel I (descritivos) para nivel II (informaticos), que permitam agrupar e transformar essa informação em indicadores de saúde sensiveis aos cuidados de enfermagem! E porquê? porque a administração de saúde só contabiliza na sua maioria ACTOS MÉDICOS, i.e., consultas, operações e afins e nós somos apenas vistos como um gasto! temos de alterar este paradigma por forma a sermos vistos como um recurso altamente benéfico para os serviços de saúde e tal só se fará quando o que chegar à mesa do gestor forem indicadores de ENFERMAGEM!
- Visibilidade social:Mais iniciativas públicas, bastante publicidade (qua não existe nenhuma, a nivel institucional ou extra! - VERGONHOSO), iniciativas individuais, DA ORDEM E DOS SINDICATOS, que progressivamente demonstrem a importância do nosso papel na sociedade! Envolvimento mais acentuado na política, por forma a influenciar decisões.
- Papel activo e irredutível dos ENFERMEIROS GESTORES NA DEFESA DOS SEUS ENFERMEIROS E DA SUA CLASSE, através da promoção da melhoria de cuidados de enfermagem e abandono da gestão (indirecta) e tarefas que cabem aos médicos e que estes não fazem por considerarem insignificante. Defesa dos profissionais face à instituição e à perda de competências por parte dos enfermeiros;
- Aposta na investigação e desenvolvimento do conhecimento no seio da profissão: fundamental à definição e agrupamento das competências da disciplina e promotoras do reconhecimento social dos enfermeiros!


Se este "trabalho de fundo" não for sendo feito ( e é cada vez mais urgente), então poderemos esquecer quaisquer ganhos, ainda que justos, porque

"O prestígio de uma classe é directamente proporcional ao rendimento monetário que a sociedade lhe reconhece como lícito e justo..."


aquele abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 25, 2010, 18:52:57
[align=center:h7lecv5d]Orientações para Serviços Mínimos[/align:h7lecv5d]

http://www.forumenfermagem.org/newslett ... aneiro.htm (http://www.forumenfermagem.org/newsletter/newsletter-dedicadas-greve29janeiro.htm)



Caros Colegas,

O Forumenfermagem.org DIVULGA (obrigado colega Margarida Barros - SE)  informação sobre a decisão do Tribunal Arbitral emitida no dia 22 de Janeiro de 2010, sobre a Greve de enfermeiros nos dias 27 a 29 de Janeiro de 2010 – pedido de arbitragem obrigatória para determinação de serviços mínimos na área de Oncologia. [url=http://www.forumenfermagem.org/imagens_publicas/minutaservicosminimos.doc" target="_blank]CLICAR AQUI[/url].

Reencaminhamos as orientações de greve e Cuidados Mínimos que o SEP fez chegar por e-mail. Os colegas podem fazer download deste documento e caso queiram imprimi-lo. CLICAR AQUI

: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy January 25, 2010, 20:04:56
Então quê? Segundo esse parecer, quem trabalhar numa consulta externa, sendo que faça parte das suas atribuições fazer pensos, isso terá de contar como mínimos??

Na grande maioria dos casos isso é RIDÍCULO, E PARECE-ME UMA TENTATIVA DE CONTENÇÃO DOS EFEITOS COLATERAIS DA GREVE :-X :-X :-X :-X :-X :-X :-X, i.e., vamos obrigá-los a fazer os pensos todinhos!

Estão a brincar?? Não fazer a grande maioria dos pensos, que eu saiba, não põe em risco a vida de NINGUÉM!

ISTO É PRA SER LEVADO EM CONTA? OU ELES NÃO TÊM COMPETÊNCIA LEGAL?? :o >:(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 25, 2010, 22:01:21
Então quê? Segundo esse parecer, quem trabalhar numa consulta externa, sendo que faça parte das suas atribuições fazer pensos, isso terá de contar como mínimos??

O acordão só fala em pensos e antibioterapia, como exemplo, quando se trata de sessões de quimioterapia e radioterapia, e tratamentos planeados em doentes oncológicos. Está em causa um risco elevado de agravamento do estado ou morte para os doentes caso não se satisfaça as necessidades em cuidados de enfermagem. Penso que isto é consensual.

O número de enfermeiros para assegurar estas necessidades é o mesmo que num turno da noite.

Quanto às cirurgias consideradas prioritárias, desconheço o diploma que o acordão faz referencia, mas penso que sejam urgências/emergências oncológicas que estão descritas na legislação pré-existente. Portanto, não se trata de nada de novo.

De resto, como mandam as Orientações de Cuidados Mínimos que o SEP enviou, são os enfermeiros perante o seu diagnóstico e autonomia vão determinar o que é cuidado mínimo, caso a caso.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ January 25, 2010, 22:15:31
A decisão do tribunal arbitral é só para o H. S. João e IPO do Porto.
Não é nada de novo, porque já em anteriores greves pelo menos o IPO veio sempre contestar os serviços mínimos decretados pelo SEP e levou sempre "sopa".
A realização de tratamentos oncológicos de ciclos em curso e outro tipo de tratamentos a doentes oncológicos que não possam ser adiados, fazem parte dos mínimos do SEP desde 1994.
Não devem ser iniciados tratamentos/ciclos novos a não ser os classificados de nivel IV, mas só nestas 2 instituições. Em todas as outras instituições sempre foram aceites os mínimos que estão definidos. Não altera em nada aquilo que habitualmente os colegas destes hospitais não assegurem já.
: Precisam-se Enfermeiros
: Enf.Joca January 25, 2010, 23:35:37
PRECISAM-SE ENFERMEIROS ATENTOS E MOBILIZADOS, Temos o Dever de com O Contributo de Todos e De cada Um  Efectuar Uma Greve e Manifestação EXEMPLARES.

Espero Uma Elevada Adesão à Greve nos dias 27, 28 e 29.

Acredito que a MANIFESTAÇÃO DO DIA 29 Será Histórica.

O FUTURO DEPENDE DE TODOS: Enfermeiros com Contrato de Trabalho em Funções Publicas; Enfermeiros com Contrato Individual de Trabalho; Enfermeiros Em Prestação de Serviços/ Recibos Verdes; Enfermeiros à Procura do Primeiro Emprego e Estudantes do Curso de Enfermagem, TODOS TEMOS INUMERAS RAZÕES PARA ADERIR À MANIFESTAÇÃO DA ENFERMAGEM Portuguesa. Para quem não Sabe o TRANSPORTE É GRATUITO PARA TODOS OS INTERESSADOS, Inscrevam-se junto dos Sindicatos da Classe. O Tempo é de Acção. Só todos unidos poderemos conseguir.

Vamos DEMONSTRAR ÀQUELES que há muito nos Tramam e pretendem continuar a tramar (sucessivos Governos: Ministérios da Saúde e Finanças) a Força da Enfermagem e dos Seus Profissionais. Vamos ganhar a luta, esta é sem dúvida uma Batalha Importantissima, O FINAL DE JANEIRO FICARÁ NA HISTÓRIA DA PROFISSÃO, Assim O QUEIRAM TODOS OS ENFERMEIROS.

Colegas a Greve terá que ter repercussões a nivel dos cuidados de saúde, os utentes dos cuidados de Enfermagem terão que sentir na pele a falta que fazemos nas Instituições de Saúde, de forma a exigirem ao Governo melhores condições para a Enfermagem. Jamais poderemos permitir que alguém (e acreditem serão muitos) tire visibilidade às nossas acções de luta. Após uma das nossas recentes greves veio a público que a qualidade dos cuidados de Enfermagem foi superior em dia de greve. Não podemos permitir colegas, alguma coisa tem que mudar na atitude de todos nós, além de aderirmos à Greve, devemos, na minha opinião, SER MUITO CRITERIOSOS NA SELECÇÃO DOS CUIDADOS MÍNIMOS A PRESTAR.

Apelo a Todos OS COLEGAS A PRESTAR CUIDADOS MINÍMOS NOS DIAS DE GREVE NOS DIFERENTES SERVIÇOS que se UNÃO E APOIEM NA Definição daquilo que são Cuidados Mínimos em cada Serviço. Espero que TODOS NÓS TENHAMOS A CAPACIDADE PARA NÃO CRITICAR O COLEGA DA Manha por ter entendido que determinado cuidado não era Minímo. Quem nos Trama vai Ter a Resposta que Pediu.


Deixo-vos a informação de um Mail do Coordenador do SEP, José Carlos Martins

ESTAMOS AGORA A 2 DIAS DA PARALIZAÇÃO QUE SE INICIA ÀS 8H DE DIA 27.

A reunião e Proposta do MSaúde entregue no dia 20/1 só acrescentam razões para nos mobilizarmos ainda mais. O MSaúde ficou de entregar nova Contraproposta à Proposta da CNESE e agendar reunião.

 Perspectivando-se uma enorme adesão dos colegas, com impacto no normal funcionamento dos serviços, poderá ser esperado, para além dum “maior controle da CSocial”, a emersão de boatos e informações que tentem “minar” a unidade dos enfermeiros, “descredibilizar”, perturbar ….

Apelamos a cada um dos colegas que se ajude na mobilização de outros para as diferentes

ACÇÕES INSTITUCIONAIS E REGIONAIS QUE VÃO OCORRER A 27 E 28/1 por todo o País

e para a MANIFESTAÇÃO NACIONAL DE 29/1 – PELAS 14H30 – Junto ao Ministério da Saúde



 

ESTAR ATENTO, ALERTA, INFORMADO E MOBILIZADO É DETERMINANTE

Acompanha a Informação em www.sep.org.pt (http://www.sep.org.pt)
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: BlueGirl January 26, 2010, 00:00:37
Estou empenhada na luta a 200%.

Fiquei muito contente quando hoje, ao dar a lista de pessoas para a manifestação, fui informada que de coimbra irao sair, pelo menos, 6 autocarros!

Vamos mostrar a nossa força!
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: Ninol January 26, 2010, 00:10:47
Parabens colega pelo Texto.

Sou Recém-Licenciado e vou sem dúvida participar na manifestação. Espero ver a Enfermagem Inteira a Exigir Respeito e Dignidade.

Sei de alguns estudantes de enfermagem (futuros colegas) interessados em participar, no geral estão atentos para a situação e desejam contribuir para o futuro da profissão.

ESPERO VER MAIS DESEMPREGADOS E COLEGAS COM CONTRATOS PRECÉRIOS (SOMOS MUITOS, MAS ONDE ANDAMOS NESTAS ALTURAS???)

Colegas, DECIDAM-SE e inscrevam-se: É AGORA. TODOS SOMOS PRECISOS. TODOS FICAREMOS A PERDER SE NÃO FIZERMOS NADA.

VAMOS COMPARECER TODOS FARDADOS OU VESTIDOS DE BRANCO (pela Enfermagem).


Combinem, e contactem o dirigente sindical da vossa região, caso necessitem de TRANSPORTE GRATUITO. Ficam aqui os contactos:

PARA ALCANÇARMOS OS OBJECTIVOS TEMOS QUE CONTINUAR A LUTAR!
A DISPONIBILIDADE DE TODOS PARA VIREM À MANIFESTAÇÃO NACIONAL DE ENFERMEIROS, EM FRENTE AO MINISTÉRIO DA SAÚDE, É DE CRUCIAL IMPORTÂNCIA. ESTE É O MOMENTO E PERANTE ELE NÃO PODEMOS FICAR PASSIVOS.
OS SINDICATOS DISPONIBILIZAM AUTOCARROS PARA QUE O DIA 29 SEJA UM GRANDE DIA DE MANIFESTAÇÃO DO DESCONTENTAMENTO QUE SENTIMOS.
VEM! ESTA É UMA LUTA DE TODOS E PARA TODOS
O FUTURO SERÁ O QUE HOJE SOUBERMOS CONQUISTAR!
INSCREVE-TE JUNTO DOS DIRIGENTES SINDICAIS OU NAS DELEGAÇÕES.


DELEGAÇÕES CONTACTOS
 DIRIGENTES
 
Minho
 253 21 78 67/8
 Enf. Tiago Subtil – 91 486 90 19 (V. Castelo)
Enf. Nuno Zambujal – 91 473 06 60
 
Porto
 22 339 25 10
 Enf. Fátima Monteiro – 91 868 21 16
 
Trás - os - Montes
 259 32 34 17
 Enf. Antónia Alves – 91 665 02 58
 
Beira Alta
 232 42 97 81
 Enf. Alfredo Gomes - 91 230 24 13
 
Aveiro
 234 38 11 08
 Enf. Carlos Neves – 91 605 12 04
 
Coimbra
 239 85 33 60
 Enf Paulo Anacleto – 91 938 57 64
 
Castelo Branco
 272 32 67 01
 Enf. Conceição Rodrigues – 91 665 02 56
 
Santarém
 243 30 96 71
 Enf. Helena Jorge – 91 230 05 24
 
Leiria
 244 82 75 45
 Enf. Dina Mendonça - 91 665 02 57
 
Lisboa
 21 355 87 51
 Enf. Isabel Barbosa – 91 214 50 79
 
Setúbal
 265 53 17 97
 Enf. Teresa Faria – 91 617 15 32
 
Alentejo
 284 32 32 49
 Enf. Edgar Santos – 91 879 05 07
 
Faro
 289 80 32 11
 Enf. Nuno Manjua– 91 868 21 40
 

ESTE É O MOMENTO!
PELA VALORIZAÇÃO DA PROFISSÃO!
NÃO FALTES!
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: Enf.RuiPedro January 26, 2010, 00:25:13
Lá Estarei Colegas. Acompanhado de um Grupo de 6 colegas do meu Serviço.

Aos indecisos DIGO: Alguns hão de querer contribuir quando a Negociação Já Tiver Terminado, Acordem ENQUANTO É TEMPO.

AS RAZÕES DA NOSSA LUTA SÃO ENORMES, TODOS AS CONHECEMOS SENTINDO-AS NA PELE DIÁRIAMENTE, VAMOS MANIFESTÁ-LAS PUBLICAMENTE PARA QUE TODOS SAIBAM.

O que agora ficar aprovado será para vigorar durante um tempo considerável, quiçá +- 20 Anos. Será que estamos bem conscientes de tudo isto?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf Eu January 26, 2010, 12:01:50
Caros colegas, de acordo com o tenho percbido com os enfermeiros que falei, esta greve vai ter uma grande adesão, no entanto para a mesma ter impacto nao se esqueçam que quem precisa sentir a nossa falta são os Utentes e os outros profissionais de saúde que conosco trabalham.... São eles que tem que perceber que os cuidados de Enfermagem que nos realizamos diariamente são essencias a saude dos utentes....

Portanto colegas vamos fazer so CUIDADOS MINIMOS ... "Essenciais à vida do doente"


Tenho dito. Cumprimentos a todos. Vamos lutar e mostrar o que valemos, nao fazendo nada mais do que aquilo que ponha em causa a vida do doente...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Dani_ January 26, 2010, 13:50:34
Mas será que anda tudo assim tão satisfeito?!

Ninguém entende que 'os sindicatos não têm capacidade de planeamento, estratégia e visão de longo prazo..'
Ninguém entende que greves de 3 dias servem apenas para 'aproveitar feriados e paródias sindicais' E que assim nada avança!
Porque não estabelecemos comparações com outros países europeus que ameaçam despedimentos colectivos, exigindo de forma inegociável ?!

SOU PROFISSIONAL DE SAÚDE E EXIJO SER TRATADA COMO TAL!!!

Destaco palavras usadas por colegas e que sublinho a um negro mais que negrito: "Proponho fazer sim, e já que nos andam a fecundar há imenso tempo e já que estamos 'perdidos por 1000, perdidos por 1000', uma GREVE COM UM ÍNÍCIO PRÉ-DEFINIDO E SEM FIM MARCADO!!!!  A greve só seria terminada por TODOS os enfermeiros a actuar em Portugal quando houvesse cedência e TODAS as exigências fossem cumpridas!!!! "
Não há dúvidas de que uma  "ideia de ameaça de despedimento colectivo era capaz de causar mossa e alguma noção da NOSSA FORÇA!!!!!!
Nós TEMOS e PODEMOS usar a nossa FORÇA!!!
Acho que já é mais que altura para NOS MOSTRARMOS UNIDOS!!!!
Nem que tenhamos de ameaçar com um DESPEDIMENTO COLECTIVO!!!
NÓS CONSEGUIMOS PARAR O PAÍS SE QUISERMOS!!!! "

Estou farta de que sejamos tratados como 'forcados' do SNS , em que técnicos, médicos e afins, não passam de cavaleiros com bandeirolas que não sabem o que é passar 24/24h com os doentes, que não sabem lidar com os mesmos em dias de cuidados mínimos, que exigem e obtém o exigido sem qualquer tipo de negociações, que têm (ou não) Licenciaturas como nós..
Nós corremos riscos,
Nós não sabemos o que são feriados, nem conseguimos planear actividades sociais sem termos recebido as escalas/horários mensais das quais estamos dependentes;
Nós somos encarados como escravos de outras classes,
Nós não recebemos viagens por Prescrições de certos fármacos,
...
Nós sabemos quais os nossos deveres, mas há mais de 10 anos que não conseguimos reinvindicar um simples Direito!!!

 É uma vergonha que a nossa revolta tenha origem na representatividade social que temos, na força que outras profissões têm comparativamente com a nossa...
 Infelizmente, " e se é certo que há Licenciados que ganham mais do que nós, é igualmente certo de que há não licenciados que ganham muito mais que nós (basta ver o Ronaldo). Bourdieu dizia que o peso social de uma profissão reside em dois pontos fundamentais - o prestígio e a importância que a Sociedade reconhece a essa mesma profissão. Daí se percebe que jogadores de futebol ganhem mais que do que médicos e controladores aéreos mais do que enfermeiros (só para dar alguns exemplos). Logo, a solução não passará por greves e "buzinões" (então esta ultima parece-me de rir!).
 A História diz-nos que somente as greves mais radicais surtem efeito. A solução passaria por uma posição extrema de greve total com apoio financeiro e institucional dos Sindicatos e da Ordem (também é para isso que eles servem e que lhes pagamos). Se enquanto profissionais estamos claramente a ser subalternizados, desvalorizados e desrespeitados, então não podemos ter em consciência condições para desempenhar as nossas funções!!!"

Sim às adesões em massa!
Sim a uma greve com início e apenas fim quando nos derem o que realmente merecemos!!!

Não é o povo quem deve temer o Governo, mas sim o Governo quem deve temer o povo!!!

E é esta a minha REVOLTA!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy January 26, 2010, 16:30:07
Dani_

Concordo parcialmente contigo! É certo que não somos levados a sério, que não temos o prestígio ou a influência de outras profissões e que não merecíamos a humilhação de que fomos vítimas! Mas também é certo que, apesar de ainda não sabermos a verdadeira adesão dos enfermeiros, só o movimento gerado à volta desta greve parece fantástico! E digo fantástico porque as últimas greves não têm tido a adesão desejada, ficando muito àquem do esperado! E ISTO ACONTECE PORQUE UM TERÇO ESTÁ BEM ACOMODADINHO E UM TERÇO ESTÁ COMPLETAMENTE INDIFERENTE, APÁTICO E CEGO AO QUE SE PASSA NA PROFISSÃO!

Estranhamente, parece que conseguimos acordar todos esses agora! No entanto, como disse num post anterior, isto é uma guerra, e esta é a primeira batalha! E como deves igualmente compreender, os sindicatos não podiam chamar todos para a "batalha final" quando nas anteriores batalhas a adesão foi tão fraca. Era suicídio da classe!

Por isso, tenho a noção (espero enganar-me) que depois de uma proposta impensável como a de 8 de Janeiro e dadas as pressões "ocultas" a que a nossa negociação está sujeita, o MS não vai alterar grandemente a sua proposta só por causa de uma greve de 3 dias! E digo só, porque dada a teimosia e tendência destrutiva da classe que se tem observado ultimamente, 3 dias não chegam, tem de ser algo bem mais forte!

Assim, estes 3 dias serão vistos como um teste: teste da verdadeira revolta que os enfermeiros sentem e da sua disponibilidade para lutar! Só depois deles, se continuar tudo mais ou menos na mesma e se o pessoal estiver mesmo mesmo mesmo revoltado, poderemos partir para a luta mais dura!

No entanto, não te esqueças que muitos vão ainda ficar de fora desta onda de revolta, muitos consideram ainda que auferem um bom ordenado, muitos continuam bem favorecidos pelas funções que desempenham actualmente. A esses, o panorama crítico ainda não afectou!

 Será preciso uma proposta do MS a sugerir os 500€/mês e passagem da gestão pra prestação de cuidados para eles acordarem? É possível, só que nessa altura já será tarde demais...

aquele abraço
: Re: Vão fazer Greve? Todos os dias da Greve apenas 1 ou 2 dias?
: dani_c_a_7 January 26, 2010, 17:32:16
: Nhécu
Sou RL e no desemprego....e claro que marcarei a minha presença na manifestaçao, a par de mais uns quantos amigos! Estamos a tentar mobilizar os alunos da nossa escola tambem.

dani_c_a_7 
 
Desculpa, apesar de compreender o teu privilegio, penso que o problema de enfermagem está aí.... olharmos apenas para o nosso bem pessoal e não para o bem comum.

Cumprimentos =)

penso k devem ter recebido um e-mail remetido pelo forum de enfermagem com as orientações para os serviços mínimos...
onde diz...

2 – E os que trabalham no Sector Privado, também podem fazer Greve?

Os Enfermeiros do Sector privado não podem fazer esta greve.



As matérias em negociação com o MSaúde e respectivos instrumentos legais não são aplicáveis ao Sector Privado (Hospitais Privados, IPSS e Misericórdias em geral, COM EXCEPÇÃO dos CTFP da SCM). Logo, estes Enfermeiros não estão “cobertos” por este Pré-Aviso de Greve. Os Instrumentos de Regulamentação de Carreira e Condições de Trabalho (Acordo de Empresa - AE; Contrato Colectivo de Trabalho – CCT; etc) são negociados directamente entre o SEP e as respectivas Entidades Privadas. É no contexto destes processos negociais que os respectivos Enfermeiros deverão fazer Greves pela defesa dos seus direitos.
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: Blue bird January 26, 2010, 18:47:28
: BlueGirl
Estou empenhada na luta a 200%.

Fiquei muito contente quando hoje, ao dar a lista de pessoas para a manifestação, fui informada que de coimbra irao sair, pelo menos, 6 autocarros!

Vamos mostrar a nossa força!

6 autocarros? Tendo em conta que cada um leva cerca de 50 pessoas, isso dá um total de 300... Esperava um pouco mais para Coimbra.

Mas pronto, espero que do resto do país vá muita, muita gente... a ver se desta vez somos 10 mil (já que em Maio passado fomos 5 mil) :P
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: lightover January 26, 2010, 19:33:34
Eu sou RL, ainda sem emprego.. alguem me pode dizer onde e a que horas apanhar o bus na 6ª para a manif no Porto ou em Sta Mªa da Feira?
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: Caldas January 26, 2010, 20:25:10
Lightover, basta veres o Site do Sindicato dos Enfermeiros, ou o Site do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses

www.sep.pt (http://www.sep.pt)
www.sindicato.enfermeiros.pt (http://www.sindicato.enfermeiros.pt)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 26, 2010, 20:27:24
Greves com percentagem superior a 70% estão aquém do desejado?

Falta é impacto mediático...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: tarina January 26, 2010, 20:54:54
alguem sabe se os enfermeiros das unidades de cuidados continuados estão incluidos na greve? visto q a gestão é privada ms  pertencemos à rede de cuidados continuados que recebe fundos do estado???
: Re: Precisam-se Enfermeiros
: lightover January 26, 2010, 21:22:32
: Caldas
Lightover, basta veres o Site do Sindicato dos Enfermeiros, ou o Site do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses

www.sep.pt (http://www.sep.pt)
www.sindicato.enfermeiros.pt (http://www.sindicato.enfermeiros.pt)

Obrigado..
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 26, 2010, 21:58:30
: "Dani_"
Mas será que anda tudo assim tão satisfeito?!

Ninguém entende que 'os sindicatos não têm capacidade de planeamento, estratégia e visão de longo prazo..'
Ninguém entende que greves de 3 dias servem apenas para 'aproveitar feriados e paródias sindicais' E que assim nada avança!
Porque não estabelecemos comparações com outros países europeus que ameaçam despedimentos colectivos, exigindo de forma inegociável ?!

SOU PROFISSIONAL DE SAÚDE E EXIJO SER TRATADA COMO TAL!!!

Destaco palavras usadas por colegas e que sublinho a um negro mais que negrito: "Proponho fazer sim, e já que nos andam a fecundar há imenso tempo e já que estamos 'perdidos por 1000, perdidos por 1000', uma GREVE COM UM ÍNÍCIO PRÉ-DEFINIDO E SEM FIM MARCADO!!!!  A greve só seria terminada por TODOS os enfermeiros a actuar em Portugal quando houvesse cedência e TODAS as exigências fossem cumpridas!!!! "
Não há dúvidas de que uma  "ideia de ameaça de despedimento colectivo era capaz de causar mossa e alguma noção da NOSSA FORÇA!!!!!!
Nós TEMOS e PODEMOS usar a nossa FORÇA!!!
Acho que já é mais que altura para NOS MOSTRARMOS UNIDOS!!!!
Nem que tenhamos de ameaçar com um DESPEDIMENTO COLECTIVO!!!
NÓS CONSEGUIMOS PARAR O PAÍS SE QUISERMOS!!!! "

Estou farta de que sejamos tratados como 'forcados' do SNS , em que técnicos, médicos e afins, não passam de cavaleiros com bandeirolas que não sabem o que é passar 24/24h com os doentes, que não sabem lidar com os mesmos em dias de cuidados mínimos, que exigem e obtém o exigido sem qualquer tipo de negociações, que têm (ou não) Licenciaturas como nós..
Nós corremos riscos,
Nós não sabemos o que são feriados, nem conseguimos planear actividades sociais sem termos recebido as escalas/horários mensais das quais estamos dependentes;
Nós somos encarados como escravos de outras classes,
Nós não recebemos viagens por Prescrições de certos fármacos,
...
Nós sabemos quais os nossos deveres, mas há mais de 10 anos que não conseguimos reinvindicar um simples Direito!!!

 É uma vergonha que a nossa revolta tenha origem na representatividade social que temos, na força que outras profissões têm comparativamente com a nossa...
 Infelizmente, " e se é certo que há Licenciados que ganham mais do que nós, é igualmente certo de que há não licenciados que ganham muito mais que nós (basta ver o Ronaldo). Bourdieu dizia que o peso social de uma profissão reside em dois pontos fundamentais - o prestígio e a importância que a Sociedade reconhece a essa mesma profissão. Daí se percebe que jogadores de futebol ganhem mais que do que médicos e controladores aéreos mais do que enfermeiros (só para dar alguns exemplos). Logo, a solução não passará por greves e "buzinões" (então esta ultima parece-me de rir!).
 A História diz-nos que somente as greves mais radicais surtem efeito. A solução passaria por uma posição extrema de greve total com apoio financeiro e institucional dos Sindicatos e da Ordem (também é para isso que eles servem e que lhes pagamos). Se enquanto profissionais estamos claramente a ser subalternizados, desvalorizados e desrespeitados, então não podemos ter em consciência condições para desempenhar as nossas funções!!!"

Sim às adesões em massa!
Sim a uma greve com início e apenas fim quando nos derem o que realmente merecemos!!!

Não é o povo quem deve temer o Governo, mas sim o Governo quem deve temer o povo!!!

E é esta a minha REVOLTA!
Faço minhas as tuas palavras! Já atrás o tinha dito e quando agora foram ao meu serviço, os gajos do sindicato, lhes disse que a única forma VIÁVEL de conseguirmos concretizar as nossas pretensões seria iniciar uma greve com início predeterminado sendo que a sua desmobilização aconteceria quando houvesse cedências da parte do governo!!!
Mas agora é o que está programado e vamos à luta com o que temos.

Já agora uma ideia safada!...
À imagem das escolas fechadas com correntes pelos prof's ...
E se quem está de greve inundasse as entradas dos hospitais e impedisse a entrada das visitas!???  >:D

Cumpts
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 26, 2010, 21:58:43
URGENTE - RTP em directo amanha (27Jan às 7h45) em frente ao Hospital de São João para a Praça da Alegria LOGO NO PRIMEIRO DIA DE GREVE
 
REPASSAR URGENTE A TODOS OS COLEGAS
 
NOMEADAMENTE DO hOSPITAL DE sÃO jOÃO
 
COMPAREÇAM COM BATA BRANCA
 

 
TEMOS DE APROVEITAR TODOS OS MOMENTOS DE VISIBILIDADE
 
SE NÃO PUDER ESTAR PELO MENOS PASSE PALAVRA
 
 
NÃO ESQUECER 28JAN MARCHA LENTA - 8H30 NO PARQUE DE ESTACIONAMENTO DO NORTESHOPPING À BEIRA DAS BOMBAS GASOLINA DA GALP
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: BOB January 26, 2010, 22:38:12
hum tbm esperava mais para coimbra...

Têm alguma estimativa da quantidade de enf na manif???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 26, 2010, 22:52:33
Face às sucessivas propostas apresentadas pelo Ministério da Saúde/Governo que continuam a “empurrar” os enfermeiros para uma situação profundamente discriminatória comparativamente a outros profissionais pertencentes a carreiras especiais da Adm. Pública, prevê-se uma adesão à greve agendada para os dias 27, 28 e 29 sem precedentes. O mesmo acontecerá relativamente às diferentes iniciativas agendadas para o dia 28, nas diferentes regiões. PARTICIPEM E MOBILIZEM OS COLEGAS:

AÇORES – 28 Jan – Concentração de enfermeiros, porta do Hospital Divino Espírito Santo e conferência de imprensa às 13 horas – Enfº Branco – 91 953 54 48

SANTARÉM – 28 Jan – Concentração de Enfermeiros à porta do Hospital e Conferência de Imprensa às 11h. Estão ainda previstas concentrações de enfermeiros à porta dos hospitais de Tomar, Abrantes e Torres Novas no dia 27 de Jan. – Enfª Helena Jorge – 91 230 05 24

LISBOA – 28 de Jan – Concentração de Enfermeiros junto à Central de Consultas do Hospital de Santa Maria e conferência de Imprensa às 9,30 junto à rampa de acesso ao Hospital– Enfª Isabel Barbosa – 91 214 50 79

COIMBRA – dias 27 e 28 Jan – Concentração de Enfermeiros nos HUC e conferência de imprensa nos dois dias às 11,30 – Enfº Paulo Anacleto – 91 938 57 64

SETÚBAL – dia 27 Jan – Conf.Imprensa às 11h à porta do Hospital de Setúbal - Enfª Teresa Faria – 91 617 15 32 e, também às 11h à porta do Hospital Garcia de Orta – Enfª Margarida Costa – 91 239 20 50

FARO – dia 28 Jan – Concentração de Enfermeiros, com distribuição de comunicados à população, junto às rotundas do Hospital de Faro e do Hospital de Portimão, com Conferência de Imprensa nos dois hospitais às 11,30 – Enfº Manjua – 91 868 21 40

ALENTEJO – dia 28 Jan – Concentração de enfermeiros, porta do Hosp. Évora e conf.Imprensa às 11 horas – Enfª Céu – 96 641 80 23

CASTELO BRANCO – dia 28 Jan – Conferência de Imprensa às 11h à porta do Hospital Amato Lusitano – Enfª São Rodrigues – 91 665 02 56

PORTO – 28 Jan – Marcha Lenta na VCI com inicio às 8,30 no Norte Shopping e conferência de imprensa às 10h, em frente ao Hospital de São João - Enfª Fátima Monteiro – 91 868 21 16

BEIRA ALTA – 27 e 28 Jan – Concentração de Enfermeiros junto ao Governo Civil, Viseu, das 11 às 12,30 e dia 29 de Jan, às 9h, concentração de enfermeiros para posterior saída nos autocarros para a manifestação em Lisboa – Enf. Alfredo – 91 230 24 13

MINHO – 28 de Jan - Marcha Lenta, concentração junto à rotunda do Feira Nova às 7h45. Enf

TRÁS OS MONTES – 28 Jan – Concentração de Enfermeiros, ao Centro de Saúde nº1, Vila Real, e conferência de Imprensa às 11 horas – Enfª Paula Pinto – 91 665 02 58

AVEIRO –  28 Jan - Conferência de Imprensa à porta do Hospital de Aveiro – Enfº Carlos Neves – 91 605 12 04
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Trancinhas January 27, 2010, 00:16:34
E na Madeira??

Não percebo porque não se organiza uma concentração de Enfermeiros também na Madeira!
Existem muitas pessoas motivadas em participar.

Enfim
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: SandrinhaT January 27, 2010, 00:16:37
ola a todos!!

eu gostava de saber se sempre vai haver a marcha lenta no dia 28 no porto!!

Eu quero participar mas n sei pormenores!!

Sabem quais são os cartazes para usar?
podem postar aki para eu imprimir ou la o sindicato fornece?

Obrigada
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandrinhaT January 27, 2010, 00:27:25
ola a todos!!

eu quero participar na marcha lenta no dia 28 no Porto!!

mas queria saber pormenores!!

Sempre é as 8.30? é para levar alguma cor alusiva. algum cartaz?

postem aki o cartaz pk eu n sei kal é e o que enviaram para o meu mail n consigo abrir!!

Obrigada
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Caldas January 27, 2010, 01:18:05
Vai haver marcha lenta em Braga e no Porto...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 27, 2010, 01:22:21
SandrinhaT está no site do SEP e no Cogitare...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: moutinho January 27, 2010, 09:40:41
Como estamos de números de adesão à greve, minha gente?
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: enfermeiredo January 27, 2010, 10:09:50
: Borb
hum tbm esperava mais para coimbra...

Têm alguma estimativa da quantidade de enf na manif???
Estima-se 15 a 17 mil, mas só se cada um de nós não faltar...  :-
Eu vou!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Caldas January 27, 2010, 10:16:01
No meu Hospital no período da manhã: 82%.

Não fizeram greve 4 enfermeiros do Bloco e 1 da Consulta. Num total de cerca de 82 enfermeiros escalados.

Há tarde prevê-se adesão de 100%.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: _oRiOn_ January 27, 2010, 11:18:21
Digo-vos caros colegas que cada vez mais me apetece mudar de profissão.
No meu serviço quase ninguém fez greve...
Os colegas mais velhos, e passo a citar,referem que "esta luta já não é nossa é vossa".
Assim não dá!Estão à espera que nós os mais novos que iniciamos as nossas carreiras à pouco tempo lutemos por eles....Estou muito desiludida...Desculpem o desabafo.... :(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Boiler January 27, 2010, 11:24:22
Alguém sabe a que horas é essa conferência de imprensa em Aveiro?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfarfr January 27, 2010, 12:44:47
: _oRiOn_
Digo-vos caros colegas que cada vez mais me apetece mudar de profissão.
No meu serviço quase ninguém fez greve...
Os colegas mais velhos, e passo a citar,referem que "esta luta já não é nossa é vossa".
Assim não dá!Estão à espera que nós os mais novos que iniciamos as nossas carreiras à pouco tempo lutemos por eles....Estou muito desiludida...Desculpem o desabafo.... :(

É uma decisão pessoal... Mas que critico.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: sanbokan January 27, 2010, 13:05:32
: SandrinhaT
ola a todos!!

eu quero participar na marcha lenta no dia 28 no Porto!!

mas queria saber pormenores!!

Sempre é as 8.30? é para levar alguma cor alusiva. algum cartaz?

postem aki o cartaz pk eu n sei kal é e o que enviaram para o meu mail n consigo abrir!!

Obrigada


Convém estar à porta do Norteshoping às 7:30!! às 8:30 é para começar a marcha lenta...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: nurse_neia January 27, 2010, 13:34:30
Quando é a marcha lenta em BRAGA?

Quero participar!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Virgulina Inácia January 27, 2010, 13:44:15
É mesmo triste o que nos fazem :(
Dia 29 asseguro cuidados mínimos mas terão o meu apoio psicológico na manif espero (e desespero) que muita gente adira...
Levem familiares, amigos tudo...afinal penso que não esta de forma nenhuma errada as pessoas que compreendem e apoiam esta greve irem elas também manifestar a sua solidariedade ;)
Estou ansiosa por ver os resultados!!!!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Blue bird January 27, 2010, 13:50:47
Estive a ver as notícias acerca da greve agora nos telejornais e achei um pouco triste que apenas tenham falado acerca dos salários. É verdade que é um ponto muito imprtante na nossa greve, mas não é de forma alguma o único... Há outros também muito importantes...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Caldas January 27, 2010, 14:48:44
: nurse_neia
Quando é a marcha lenta em BRAGA?

Quero participar!

7h45m no estacionamento junto a rotunda das piscinas. Marcha lenta pela cidade de Braga. Dia 28 de Janeiro.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 27, 2010, 14:52:47
: _oRiOn_
Digo-vos caros colegas que cada vez mais me apetece mudar de profissão.
No meu serviço quase ninguém fez greve...
Os colegas mais velhos, e passo a citar,referem que "esta luta já não é nossa é vossa".
Assim não dá!Estão à espera que nós os mais novos que iniciamos as nossas carreiras à pouco tempo lutemos por eles....Estou muito desiludida...Desculpem o desabafo.... :(

Colega, há Enfermeiros e há pessoas que trabalham em Enfermagem. Sinta-se como um de nós, Enfermeiro. Nestes dias mostramos ao país e aos colegas quem são os Enfermeiros Portugueses.



Acompanhem também no grupo do Forumenfermagem do facebook ( http://www.facebook.com/group.php?gid=161925831156 (http://www.facebook.com/group.php?gid=161925831156) ) os últimos links de vídeos e notícias sobre a Greve. Estamos a ter Destaque Principal nos jornais online mais conhecidos e com bastante tempo de antena nos telejornais. Um obrigado e um abraço aos colegas que se disponibilizaram para os movimentos marcados para hoje e aos demais em greve.


Um aparte: Para os membros do Forumenfermagem, no final da manifestação de dia 29 em Lisboa, não desmobilizem logo, juntem-se connosco na escadaria do Ministério da Saúde para uma foto de grupo.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: SandroMelo January 27, 2010, 14:58:37
: Blue bird
Estive a ver as notícias acerca da greve agora nos telejornais e achei um pouco triste que apenas tenham falado acerca dos salários. É verdade que é um ponto muito imprtante na nossa greve, mas não é de forma alguma o único... Há outros também muito importantes...

Vou fazer 10 anos como enfermeiro esta ano...se tiveres em linha de conta 300€ a menos todos os meses...é simples...300€ x 14 meses x 10 anos = 42 000€...para mim é suficiente para a greve...

O resto, sinceramente nesta altura, são detalhes...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 27, 2010, 15:18:22
: _oRiOn_
Digo-vos caros colegas que cada vez mais me apetece mudar de profissão.
No meu serviço quase ninguém fez greve...
Os colegas mais velhos, e passo a citar,referem que "esta luta já não é nossa é vossa".
Assim não dá!Estão à espera que nós os mais novos que iniciamos as nossas carreiras à pouco tempo lutemos por eles....Estou muito desiludida...Desculpem o desabafo.... :(

.../... "esta luta já não é nossa é vossa"... .../...

  Sem dúvida que é uma postura completamente errónea! Não é vossa! Mas sim nossa de todos nós! Basta perguntar-lhes se todos receberem um aumento de X%  se eles também não o recebem? E já agora, se preferem reformar-se com X, ou com X mais Y??

Esta nossa luta é completamente transversal e abrangente que de um modo ou de outro toca e diz respeito a todos!  Desengane-se quem por mero comodismo intelectual ou monetário imediato, não consegue ou não quer ver mais além. Pois as injustiças que conjuntamente não consigamos eliminar ou rebater, acompanhar-nos-ão para o resto da vida.

É inegável que as Chefias e demais lideres de equipa têm um importantíssimo papel na motivação e mobilização de todos os colegas. Porém, não se pode resumir a estes esse papel. Já que estamos todos no barco, só nos compete remar no mesmo sentido rumo à justiça e dignidade que a profissão e todos merecemos!

Felizmente nem todos têm o mesmo desfecho, e, testemunho casos de mobilização que vão desde os mais novos no serviço, até ao mais antigo e próximo da aposentação. Conseguindo assim adesões de 100% à greve e de "mãos dadas" remarão dia 29 à luta que nos espera.

Toca a mobilizar e a fazer com que muitos mais partilhem esta visão de partilha e JUSTIÇA, defendendo os nossos direitos, os dos nossos filhos, netos ou outros familiares, pois nada nos garante que os mesmos não possam vir a ser enfermeiros.

 Para os que ainda pensam que  "esta luta já não é nossa é vossa"..., acho que vale bem a pena pensar nisto.

Abraço a todos os Colegas ENFERMEIROS.

Desmobilizar NUNCA!!!

A.J.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Blue bird January 27, 2010, 15:20:59
: SandroMelo
: Blue bird
Estive a ver as notícias acerca da greve agora nos telejornais e achei um pouco triste que apenas tenham falado acerca dos salários. É verdade que é um ponto muito imprtante na nossa greve, mas não é de forma alguma o único... Há outros também muito importantes...

Vou fazer 10 anos como enfermeiro esta ano...se tiveres em linha de conta 300€ a menos todos os meses...é simples...300€ x 14 meses x 10 anos = 42 000€...para mim é suficiente para a greve...

O resto, sinceramente nesta altura, são detalhes...

Eu acho que é um ponto importante... mas só acho que não é o único...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Vitor A. January 27, 2010, 15:50:37
Todos os pontos são importantes. A soma deles todos é o Motivo desta Greve e das manifestações.

As contas que o colega fez, eu já as fiz há muito e tenho alertado para que cada um faça as suas contas. Para os casais em que ambos são enfermeiros, então nem se fala do prejuizo financeiro.

Ps: O que aconteceu a este topico? Foi alterado!!!?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 27, 2010, 18:11:23
[align=center:1s6dr9es]Dados da Greve[/align:1s6dr9es]

Começa a guerra do costume, Sindicatos dizem que houve uma adesão entre 90-95%, e o MS diz 77%.
Pelo que vos posso assegurar pois estive no piquete de greve no CH VNG, no turno da manha a adesao esteve nos 90%.
A Maior parte dos serviços esteve a 100% de adesão, implicando a paralização dos Blocos e inúmeras consultas.

Remeto aqui uma listagem rápida das notícias até agora.
Cliquem nas imagens para ver as notícias.


[align=center:1s6dr9es]                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                
[url=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2010/1/varios-centros-de-saude-sem-enfermeiros-na-regiao-do-porto--27-01-2010-16432.htm]Clicar para ver[/url]
   
[url=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2010/1/enfermeiros-cumprem-tres-dias-de-greve27-01-2010-16045.htm]Clicar para ver[/url]
   
[url=http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Enfermeiros-humilhados-com-proposta-salarial-do-Governo.rtp&article=314081&visual=3&layout=20&tm=2&video_id=314138]Clicar para ver[/url]
   
[url=http://ww1.rtp.pt/acores/index.php?article=12802&visual=3&layout=10&tm=7]Clicar para ver[/url]
   
   
   
[url=http://www.guimaraesdigital.com/index.php?a=noticias&id=40018]Clicar[/url]
[/align:1s6dr9es]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf.Kat January 27, 2010, 23:42:22
Olá pessoal!!
Para quem ainda está indeciso se vai ou não à manifestação...a decisão sópode ser uma: IR ;D
Desmobilizar nunca! não se esqueçam... a união faz a força ;D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 28, 2010, 01:52:47
Ao fim do 1º dia só posso dizer...Parabéns enfermeiros...vamos continuar...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 28, 2010, 10:58:40
"Os Enfermeiros dos blocos operatórios poderão entrar em greve prolongada nas intervenções programadas, se o Governo não der resposta às reivindicações que estão na base da greve iniciada esta quarta-feira." link

"A hipótese está em cima da mesa, avançou à Renascença José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

“Na hipótese que tem sido discutida pelo conjunto dos colegas é os Enfermeiros do bloco operatório, durante vários dias ou semanas, poderem paralisar, isto é, tudo quanto é cirurgia programada de rotina não se realizar, sendo apenas feitas as cirurgias de urgências”, explica o sindicalista."


Esta acção mete o dedo na ferida! Não sei qual a vossa opinião mas o SEP e os outros sindicados poderiam começar já a mobilizar o pessoal no sentido de contribuírem monetariamente para um fundo que permita ajudar os colegas dos blocos operatórios a ficarem em greve durante vários dias, para não desmobilizarem.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 28, 2010, 11:05:56
Vem aí a medida que todos queriam...

Ou o Governo cede ou os enfermeiros unidos vão fazer a diferença...

http://www.rr.pt/informacao_detalhe.asp ... &did=89164 (http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=92&did=89164)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 28, 2010, 11:32:45
A greve dos enfermeiros nos Blogs:

http://www.precariosinflexiveis.org/201 ... desao.html (http://www.precariosinflexiveis.org/2010/01/greve-dos-enfermeiros-com-90-de-adesao.html)

http://sociologias-com.blogspot.com/201 ... gar-o.html (http://sociologias-com.blogspot.com/2010/01/enfermeiros-ameacam-prolongar-o.html)

http://ascousinseoblog.blogspot.com/201 ... mundo.html (http://ascousinseoblog.blogspot.com/2010/01/aos-enfermeiros-desse-mundo.html)

http://kafekultura.blogspot.com/2010/01 ... eiros.html (http://kafekultura.blogspot.com/2010/01/solidariedade-para-com-os-enfermeiros.html)

http://paraqcadadiaconte.blogspot.com/2 ... 1-dia.html (http://paraqcadadiaconte.blogspot.com/2010/01/ecos-da-greve-dos-enfermeiros-1-dia.html)

http://www.aventar.eu/2010/01/27/enferm ... evoltados/ (http://www.aventar.eu/2010/01/27/enfermeiros-revoltados/)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 28, 2010, 11:58:13
: Roten_Boy
"Os Enfermeiros dos blocos operatórios poderão entrar em greve prolongada nas intervenções programadas, se o Governo não der resposta às reivindicações que estão na base da greve iniciada esta quarta-feira." link

"A hipótese está em cima da mesa, avançou à Renascença José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

“Na hipótese que tem sido discutida pelo conjunto dos colegas é os Enfermeiros do bloco operatório, durante vários dias ou semanas, poderem paralisar, isto é, tudo quanto é cirurgia programada de rotina não se realizar, sendo apenas feitas as cirurgias de urgências”, explica o sindicalista."


Esta acção mete o dedo na ferida! Não sei qual a vossa opinião mas o SEP e os outros sindicados poderiam começar já a mobilizar o pessoal no sentido de contribuírem monetariamente para um fundo que permita ajudar os colegas dos blocos operatórios a ficarem em greve durante vários dias, para não desmobilizarem.

Há mais de 1 ano que ando a dizer que esse é o caminho da GREVE!
Finalmente parece que vamos lutar a sério. De qualquer forma, eu acrescentaria aos colegas dos blocos, os dos Centro de saúde, Consultas externas e todos onde não haja serviços mínimos.

Não me importo de ceder 1 ou 2 dias do meu vencimento para que esses colegas paralisem o SNS.

E já agora, PARABÉNS a todos.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 28, 2010, 12:24:55
Também já digo que o caminho para a greve é exactamente este...
Parar Blocos, consultas externas e CSP.

No entanto, por questões de prejudicar economicamente as administrações hospitalares que depois farão pressão no governos, pois perderão imenso dinheiro, é realmente a paralização das cirurgias...

Lá se vai a redução das listas de espera que tanto gaba o governo...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Red Fish January 28, 2010, 12:30:27
Ministra apela ao «bom senso» dos enfermeiros

Com aquele discurso que transborda hipocrisia, fazendo que com os culpados disto tudo somos nós e que o governo esta a fazer de tudo para que as negociações vão a bom porto, esta entrevista ate parece que nos somos os injustos, os utopistas e os exagerados. No final da entrevista o jornalista perguntou:Quem vai ceder?? e após aquele sorriso idiota que a ministra fez, só me apetece é...


A ministra da Saúde, Ana Jorge, apela ao «bom senso» dos enfermeiros, que estão a realizar uma greve de três dias, para continuarem as negociações com o Governo sobre a carreira profissional.

À margem das VII Jornadas de Doenças Infecciosas, a decorrer em Lisboa, Ana Jorge lembra que o país vive «um período difícil» do ponto de vista económico e financeiro.

A greve de três dias dos enfermeiros começou quarta-feira e está a paralisar dezenas de hospitais e algumas maternidades, de acordo com o secretário-geral do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), José Carlos Martins, citado pela Lusa.

«Todos os hospitais tiveram uma adesão de entre 85 e 100 por cento, sendo que metade desse número teve uma adesão total», garante, referindo-se ao turno entre as 00:00 e as 08:00.

José Carlos Martins adianta ainda que estão convocadas cerca de 17 concentrações de enfermeiros em frente a hospitais, «por todo o país e ao longo do dia». O objectivo é «manifestarem o seu descontentamento» face à proposta do Governo de ingresso na carreira com um salário de 995 euros.

O Ministério da Saúde ainda não se pronunciou em relação aos números de hoje desta greve.

Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/saude ... -4071.html (http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/saude-greve-negociacoes-enfermeiros-ana-jorge-tvi24/1134970-4071.html)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 28, 2010, 13:04:20
Enfermeiros estão abrir os telejornais das 13h, fardas e cartões de licenciados queimados em directo. Amanhã todos juntos em Lisboa!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf.Eli January 28, 2010, 15:16:31
Fiquei mm satisfeita com o que vi nos jornais das 13h.. Finalmente estamos a mostrar a Portugal a nossa revolta e indignação.
Acho que estamos finalmente a perder o medo de lutar por aquilo em que acreditamos!
Mas o que me revoltou foram as palavras da ministra "bom senso", mas afinal não é isto que fizemos sempre, ter "Bom senso"???
E amanhã em Lisboa temos de ser mts. Até amanhã.. ;D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 28, 2010, 15:37:38
Bom senso não tem ela, não vamos ter nós também...

Mas está de parabéns a ministra, conseguiu com tão poucas páginas (3 ou 4) unir os enfermeiros todos...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 28, 2010, 15:40:17
: Caldas
Bom senso não tem ela, não vamos ter nós também...

Mas está de parabéns a ministra, conseguiu com tão poucas páginas (3 ou 4) unir os enfermeiros todos...
Nem mais!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro January 28, 2010, 15:48:42
Ora, estas ideias de prolongar a greve só vêm dar resposta à sugestão que tinha dado ao ppl do sindicato de apenas desmobilizar a greve apenas quando houvesse cedência por parte do MS.
Essa do "bom senso dos enfermeiros"... irónica....
Isto de sermos sempre os bonzinhos tem de acabar pq andam sempre a fazer de nós o "punch bag" do SNS!!!
É agora!, ou nunca mais temos mão nisto!

Estamos todos de parabém!
Finalmente "aquela senhora" conseguiu fazer com que nos uníssemos!!! Há que reconhecer o seu mérito!!!  ;D

Cumpts
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 28, 2010, 17:49:48
Enfermeiros abrem sessão plenária da Assembleia da República.

http://www.youtube.com/profile?user=blo ... Fcva5qJTQQ (http://www.youtube.com/profile?user=bloconoparlamento#p/u/0/KFcva5qJTQQ)

Intervenção de outro partido da oposição acerca da temática em resposta ao tema introduzido pelo deputado João Semedo

http://www.psd.parlamento.pt/news_v.asp?id=344 (http://www.psd.parlamento.pt/news_v.asp?id=344)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf.Kat January 28, 2010, 17:56:28
Estou mt contente... finalmente parece k tamos todos a lutar pelo mesmo ;D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 28, 2010, 18:27:59
220 enfermeiros concentrados em Ponta Delgada...seguiram depois em marcha lenta expontânea pelas ruas da cidade...
As palavras de ordem foram: Sócrates Escuta! Os Enfermeiros Estão em Luta! e Igualdade Sim! Descriminação Não!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 28, 2010, 18:43:34
: Caldas
Enfermeiros abrem sessão plenária da Assembleia da República.

http://www.youtube.com/profile?user=blo ... Fcva5qJTQQ (http://www.youtube.com/profile?user=bloconoparlamento#p/u/0/KFcva5qJTQQ)

Intervenção de outro partido da oposição acerca da temática em resposta ao tema introduzido pelo deputado João Semedo

http://www.psd.parlamento.pt/news_v.asp?id=344 (http://www.psd.parlamento.pt/news_v.asp?id=344)
FANTÁSTICO!!!

e a resposta do governo?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 28, 2010, 18:46:24
O governo nada disse, não estava no parlamento, devia estar o ministro dos assuntos parlamentares.

Procurei no Grupo Parlamentar do PS mas nem site têm.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: eagleyes January 28, 2010, 19:07:16
gostei mto de ouvir os deputados. Finalmente parece que nos entendem
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: xukuru January 28, 2010, 19:10:49
: eagleyes
gostei mto de ouvir os deputados. Finalmente parece que nos entendem

Não sei quanto a vocês, mas a mim, só o Bloco de Esquerda é que respondeu aos mails. E curiosamente foram eles que iniciaram a discussão na assembleia.
Fiquei espantado com o PCP, que por norma, "abraça" este tipo de lutas. Mas nem uma resposta automática tive.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: XXICENTURY January 28, 2010, 19:23:04
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: XXICENTURY January 28, 2010, 19:26:45
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pequenita January 28, 2010, 19:38:48
Pois olhe, sou enfermeira há anos e o meu salário com descontos fica-se pelos 900 euros e quando chega a esse valor. Por isso não compreendo a razão de estar tão indignado com a nossa luta. Bom senso já eu estou farta de ter há muitos anos.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 28, 2010, 19:56:03
DIA 28 DE JANEIRO:

O PAÍS ACORDOU PARA O NOSSO PROTESTO!

 

RUMO A LISBOA!

[url=http://www.publico.clix.pt/Sociedade/medicos-tentaram-fazer-trabalho-dos-enfermeiros-para-mascarar-efeitos-da-greve_1420127]Clicar para ver[/url]

[url=http://www.youtube.com/profile?user=bloconoparlamento#p/u/0/KFcva5qJTQQ]Clicar para ver[/url]        Â         [url=http://rd3.videos.sapo.pt/8aacJZOPDlZi8paEzzog]Clicar para ver[/url]                        Bloco Esquerda interpelou        Â         PSD solidário                        [url=http://www.tvi24.iol.pt/artmedia.html?id=1134970&pagina_actual=1&tipo=2]Clicar para ver[/url]                        Porto: Marcha Lenta provocou caos        Â         Ministra pede "bom senso"                        [url=http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=22109]Clicar para ver[/url]                        Lisboa,Porto + Radicalização protesto        Â         Braga: Marcha lenta                        [url=http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=34513]Clicar para ver[/url]                        Â         Â         Concentração Faro                        [url=http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn01013001280110&id_user=]Clicar para ver[/url]                        Madeira: 92% adesão        Â         Vila Real                                                              

 

 

: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Caça Coelho January 28, 2010, 20:01:44
Vamos á luta, é agora ou nunca
Perdemos um pouco, para ganharmos a dignidade que a profissão merece
Lutamos para salvar vidas, agora precisamos que salvem a nossa
: "Slogans" para a manif 29/01/2010
: enfermeiredo January 28, 2010, 20:01:45
Alguém tem ideias de slogans para a manif de amanhã às 14h30 junto ao Ministério da Saúde (junto ao Saldanha). São esperados 15 a 17 mil enfermeiros, mas só se cada um de nós for!!! Pode ser que tenhamos uma muito agradável surpresa pela afluência dos colegas.

E slogans, alguem propõe?
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: enfsergio January 28, 2010, 20:34:51
: XXICENTURY
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.



E quanto é o teu salário base sem descontos??? Isso é que interessa...que eu saiba os enfermeiros pedem os 1510€ como base sem descontos...depois com os descontos não será esse o valor certo???

Diz lá o teu base sem descontos...
: Re: "Slogans" para a manif 29/01/2010
: libelinha January 28, 2010, 21:36:15
"lutamos por nos...lutamos por vos!"
"enfermeiros respeitados ...melhoria dos cuidados"

"sociedade evoluida...sociedade cuidativa"
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: rjckarddo January 28, 2010, 21:41:21
Eu trabalho num Centro de Saúde, ou como lhe chamam agora, UCSP e o meu vencimento de Janeiro já com os descontos nem chegou aos 900€, ou seja, menos 240€ que o XXICENTURY e que saiba também sou licenciado.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf.Joca January 28, 2010, 23:00:50
: XXICENTURY
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.


A solução para a Sua Dúvida:

Existem Técnicos Superiores e Técnicos Superiores de Saúde, parece-me que você pertence ao Grupo Profissional dos Tecnicos Superiores, daí não auferir aqueles valores
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 28, 2010, 23:14:48
: Zeus-electro
: Roten_Boy
"Os Enfermeiros dos blocos operatórios poderão entrar em greve prolongada nas intervenções programadas, se o Governo não der resposta às reivindicações que estão na base da greve iniciada esta quarta-feira." link

"A hipótese está em cima da mesa, avançou à Renascença José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

“Na hipótese que tem sido discutida pelo conjunto dos colegas é os Enfermeiros do bloco operatório, durante vários dias ou semanas, poderem paralisar, isto é, tudo quanto é cirurgia programada de rotina não se realizar, sendo apenas feitas as cirurgias de urgências”, explica o sindicalista."


Esta acção mete o dedo na ferida! Não sei qual a vossa opinião mas o SEP e os outros sindicados poderiam começar já a mobilizar o pessoal no sentido de contribuírem monetariamente para um fundo que permita ajudar os colegas dos blocos operatórios a ficarem em greve durante vários dias, para não desmobilizarem.

Há mais de 1 ano que ando a dizer que esse é o caminho da GREVE!
Finalmente parece que vamos lutar a sério. De qualquer forma, eu acrescentaria aos colegas dos blocos, os dos Centro de saúde, Consultas externas e todos onde não haja serviços mínimos.

Não me importo de ceder 1 ou 2 dias do meu vencimento para que esses colegas paralisem o SNS.

E já agora, PARABÉNS a todos.

Para grandes males, Grandes Remédios! Também subscrevo e colaboro na ajuda!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Vitor A. January 28, 2010, 23:22:01
Uma questão que queria colocar era a seguinte:

Os Que não fazem greve, estão a ser substituidos nos turnos?

Gostava de saber o porquê de alguns colegas não aderirem á Greve.

Quanto há questão do " Bom senso" que o Sr. Tecnico faz referencia, acho a A Enfermagem já o Demonstrou bem que o teve durante 10 anos. Agora os Enfermeiros Tiveram o Bom Senso de Lutar por aquilo que é justo. O Bom senso ainda ditava mais. O pagamento dos Rectroactivos!!!! Faça as contas, Já sou licenciado há 10 anos e nunca me pagaram esse valor. Trabalho há 15 anos e o meu ordenado é pouco acima do seu (+/- 100€), já com os descontos e voce está em incio de carreira é eu Não!!! Tenho feito valorização profissional sem ver qualquer incentivo monetário, pelo contrário.

Amanhã estarei em LIsboa.

Um agradecimento Especial a todos os Colegas que ficam a assegurar os minimos para que outros se manifestem por uma causa comum. Força e um Bem Haja para eles.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 28, 2010, 23:25:03
: Enf.Joca
: XXICENTURY
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.


A solução para a Sua Dúvida:

Existem Técnicos Superiores e Técnicos Superiores de Saúde, parece-me que você pertence ao Grupo Profissional dos Tecnicos Superiores, daí não auferir aqueles valores

Pois bem...   e se fica em 1140€ líquidos, o seu vencimento não pode andar longe dos 1510€ ilíquidos que os Sindicatos agora justamente defendem.

Tente pois não confundir o que está em causa e em discussão sobre a mesa.

Nós não queremos o mal dos outros, apenas queremos o que justamente nos deve ser reconhecido (pois não somos, nem aceitamos que nos tratem como Licenciados de segunda).
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: lightover January 28, 2010, 23:30:22
: XXICENTURY
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.

Tem de ver o que está definido nas tabelas salariais. de qq forma eu axo que o que têm falado é q 1200 é o que qq licenciado ganha e que eu saiba nós enfermeiros somos licenciados e nao tecnicos. e aquilo que pedimos é 1500 sim... se um professor ganha isso pq nao podemos nos ganhar isso sendo que a nossa profissao acarreta riscos bem maiores?!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 28, 2010, 23:33:19
: XXICENTURY
Sou técnico superior e registei-me neste vosso site pelo seguinte motivo:

Tenho lido e ouvido diversos enfermeiros, entre os quais responsáveis sindicais, dizendo que querem que os enfermeiros em início de carreira ganhem tanto quando um técnico superior na mesma condição. Até aqui tudo bem.

Pior foi quando li e ouvi que os técnicos superiores ganhavam em início de carreira 1500€ e até 1600€, como já li.

Ora eu estou precisamente em princípio de carreira e não é isso o que ganho. O meu salário base com os descontos, fica a rondar os 1140€ (índice remuneratório 400, 1.º escalão). Para ganhar o que vocês dizem que ganhamos em princípio de carreira, teria já de ser Técnico Superior de 1.ª Classe e estar no 3.º ou 4.º escalão.

Por isso não percebo onde se basearam para escrever, inclusivamente em documentos oficiais, que o nosso salário em início de carreira é de 1500 ou 1600€.

E estranhei mais ainda quando de repente ouvi responsáveis do vosso sindicato defender uma subida do vosso salário base até 1510€.

Não admira, então, que a Sra. Ministra da Saúde tenha apelado ao bom senso.

Ora o colega diz que com descontos o seu salário fica a rondar os €1140 e está precisamente em início de carreira, pois meu caro, o meu salário BRUTO é precisamente €1145 (sem descontos). O único senão, é que não estou em início de carreira!!! Já conto com 13 anos de profissão. Mas ainda lhe digo mais, sem contar com horas de qualidade e outro tipo de abonos, o seu salário rondará muito provavelmente os €1450 a €1500 de base. Procure no seu recibo de vencimento o valor que vem à frente de BASE!!!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Vitor A. January 28, 2010, 23:34:58
Comentário de um Jurista sobre a Greve dos Enfermeiros

SITE DO JORNAL PÚBLICO:
 
 
Enfermeiros, classe profissional ostracizada
Não sou enfermeiro. Sou jurista. Enfermeiros, classe ignorada De há uns tempos a esta parte temos vindo a assistir ao envolvimento quase messiânico da imprensa e, naturalmente, dos visados, na questão do estatuto dos docentes e, ultimamente, da sua avaliação, com evidentes consequências nas respectivas carreiras. Não se questiona a legitimidade nem a oportunidade de tais empenhos, muito menos o relevo social de tal classe profissional que, de resto, alcançou recentemente os seus objectivos. O que curamos aqui de advogar é evidenciar uma classe profissional esquecida e, ultimamente, explorada sob vários prismas, a qual, pelos vistos, e como a mais recente imprensa reconheceu, corre o risco de ser prejudicada com aquele sucesso. Referimo-nos aos enfermeiros. Constatamos, antes de mais, uma aparente contradição: tratar-se de classe profissional reconhecida e acarinhada casuisticamente quando confrontada em ambiente hospitalar ou similar e à qual se reconhece a dedicação, o carinho, a entrega até à exaustão e com forte componente emotiva, percebendo-se o desgaste profissional, com cargas horárias exageradas e, na maioria das vezes, com horários descontinuados, com noites sofridas. Em contraponto constatar-se que é uma classe profissional a que não é conferida uma digna contrapartida estatutária. Estes profissionais são licenciados, alguns com mestrado, academicamente ao nível de todos os outros profissionais licenciados (docentes, licenciados em história, psicologia, biologia, filologias, etc… etc…). Porém, o Estado, na perspectiva dos diversos serviços, ainda não interiorizou que os enfermeiros têm de ter idêntico tratamento aos demais licenciados, desde logo ao nível remuneratório e evolução de carreira. Não se compreende como o Ministério da Saúde e outras entidades continuem a equiparar, na prática, os enfermeiros a meros bacharéis e não licenciados que são e a permitir que estes profissionais, trabalhando 40 horas semanalmente, a que acrescem sempre turnos diferenciados onde se incluem os nocturnos, aufiram salários singelos, sem acréscimos dignos e, pior, sem um horizonte de evolução de carreira, particularmente quanto aos jovens enfermeiros, curiosamente, os academicamente mais habilitados. Bastará atentar mensalmente na listagem dos aposentados do Estado e comparar as pensões dos enfermeiros (em fim de carreira, note-se!) com os demais licenciados, particularmente com os docentes (educadores de infância e professores do ensino secundário), para se concluir quão injustiçados aqueles têm estado. Não se trata de censurar o que se atribui aos demais profissionais referidos, longe disso, mas tão somente usá-los como termo de comparação próximo para alicerçar a afirmação de que os enfermeiros têm sido efectivamente o parente mais pobre dos licenciados, e, na prática, não reconhecidos como tal, sobretudo, há que dizê-lo sem constrangimentos, quando são os que têm uma função física e psicológica mais desgastante comparativamente com os demais, à excepção dos médicos. Só quem não conhece o meio hospitalar pode não estar de acordo. Veja-se o tratamento do Estado a estes profissionais neste simples exemplo que me foi transmitido: consta que nas forças armadas os enfermeiros licenciados são os únicos licenciados que enquadram a classe dos sargentos enquanto todos os demais (seja qual for a licenciatura) enquadram a classe dos oficiais. Porquê? Pergunto: a licenciatura em enfermagem, com forte componente científica, merece menor qualificação que outra qualquer licenciatura (história, psicologia, filologia, etc… etc…?). Porque não se lhe atribui, como aos demais licenciados, idêntica qualificação? Estamos, sem dúvida, num Estado/sociedade onde complexos socioprofissionais se mantêm como há 40 anos, com uma agravante: Há 40 anos ao enfermeiro bastava a formação pouco mais do que básica. Hoje, além do 12º ano da área de ciências, como para qualquer licenciatura em ciências, exige-se uma licenciatura técnico/científica. Exige-se dedicação plena e exige-se elevada responsabilidade profissional. Em contrapartida uma mão cheia de muito pouco e infelizmente cheia de desilusão. Esta intervenção é apenas um contributo para que uma classe profissional (dos enfermeiros) obtenha a mesma atenção e reconhecimento atribuídos a outras classes profissionais que têm dominado o espectro político e jornalístico. Especialmente neste momento em que os responsáveis políticos não só não efectivam uma justa revisão da respectiva carreira, no mínimo equiparando-a às carreiras de técnicos licenciados e docentes, como, pasme-se, apresenta uma nova proposta que mais não é senão uma diminuição daquilo que se apresenta actualmente injusto e indigno para estes profissionais LICENCIADOS. Isto deve-se, quiçá, ao facto desta classe profissional não ter elementos seus ocupando lugares no poder político ou dele próximos e influentes nem servir de objecto jornalístico apetecível (?). Mas é também por estes motivos que o dever de cidadania efectiva numa democracia também efectiva e não meramente formal me impõe este dever de intervir por esta via, além de outras que assumi. jjunior
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: XXICENTURY January 28, 2010, 23:39:33
A remuneração dos técnicos superiores de saúde corresponde ao índice 100 cuja base salarial estabelece à volta de 1350€ brutos. Logo é uma remuneração equivalente à da minha carreira, pelo menos em termos de base.

http://www.dgo.pt/circulares/ca1347.pdf (http://www.dgo.pt/circulares/ca1347.pdf)

Mas quer saber o que diz no meu recibo? Eu digo: 1373.12€.

Por isso continuo a não perceber onde foram buscar esses valores de 1500€ e 1600€.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: XXICENTURY January 28, 2010, 23:52:17
Lightover, os enfermeiros não são técnicos, nem os técnicos enfermeiros. E daí? O que está a querer insinuar? Que os técnicos SUPERIORES são menos importantes? Que são menos habilitados? Estamos a falar de profissões - as que integram a carreira de técnico superior - que possuem habilitação académica de licenciado há bastantes mais anos que os enfermeiros. Mas repare, não está em causa a equiparação dos enfermeiros a esta carreira. Isso significaria que um enfermeiro passaria a ganhar à volta de 1370€ brutos, que é o vencimento dos técnicos superiores. Se já são licenciados, penso que se trata de algo normal.

http://www.dgap.gov.pt/upload/TabelasLV ... TORIAS.pdf (http://www.dgap.gov.pt/upload/TabelasLVCR/TAB_LVCR_POSICOES_REMUNERATORIAS.pdf)

Apenas não percebo onde vão buscar os 1500€...
: Re: "Slogans" para a manif 29/01/2010
: Andreia Silva January 29, 2010, 00:05:12
"Cuidem de quem vos cuida"
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: lightover January 29, 2010, 00:05:57
: XXICENTURY
Lightover, os enfermeiros não são técnicos, nem os técnicos enfermeiros. E daí? O que está a querer insinuar? Que os técnicos SUPERIORES são menos importantes? Que são menos habilitados? Estamos a falar de profissões - as que integram a carreira de técnico superior - que possuem habilitação académica de licenciado há bastantes mais anos que os enfermeiros. Mas repare, não está em causa a equiparação dos enfermeiros a esta carreira. Isso significaria que um enfermeiro passaria a ganhar à volta de 1370€ brutos, que é o vencimento dos técnicos superiores. Se já são licenciados, penso que se trata de algo normal.

http://www.dgap.gov.pt/upload/TabelasLV ... TORIAS.pdf (http://www.dgap.gov.pt/upload/TabelasLVCR/TAB_LVCR_POSICOES_REMUNERATORIAS.pdf)

Apenas não percebo onde vão buscar os 1500€...


Eu nao estou a dizer isso. Sabe qual foi uma das propostas da sra ministra? Passar o salario dos enfermeiros dos actuais 1020€ para os 995€! e numa seguinte continuava a propor baixar os salarios. Nós nao estamos contra os valores que os outros ganham, ate pq o achamos merecidos.. isso nao está em questao. Agora porque nao podemos começar uma negociação com valores por baixo, caso contrario vao continuar a baixar... é isso que acontece em negociaçoes.. uma parte dá um valor, a outra dá outro valor e acabam por ficar com um valor intermedio. Mas já agora, porque nao 1500? nao é isso que os professores ganham? Entao diga-me porque menos para um enfermeiro?
alem disso nao é só isso que reivindicamos... estamos a falar de horas extras que nao têm sido pagas, precariedade, etc..
Colega eu nao me meto nakilo que voce ganha que mesmo assim é bem mais do que a ministra nos quer dar e do que aquilo que ja ganham os enfs, porque raio voce vem para aqui dizer que nao o merecemos? Dê-me uma razao para eu sentir que nao o merecemos?
Quando os profs andavam a reinvindicar melhor salario quando ja ganhavam bem mais do que nós, você ia a foruns deles dizer que eles nao o mereciam? é que eu nao.. ate axu mto bem que lutem pela sua profissao. pq axa voce que nao podemos nos o fazer pla nossa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
nao o percebo
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 29, 2010, 00:25:36
O índice 100 era a base de cálculo para os vencimentos da função pública. Tudo isso foi alterado pela TRU http://dre.pt/pdf1sdip/2008/12/25204/0043000431.pdf (http://dre.pt/pdf1sdip/2008/12/25204/0043000431.pdf)
O seu escalão já não será o 100 ou 1xx, mas eventualmente o 18 ou 19.

Para sua consulta:
http://www.dre.pt/pdf1sdip/2008/07/14700/0515505157.PDF (http://www.dre.pt/pdf1sdip/2008/07/14700/0515505157.PDF)
http://www.dgaep.gov.pt/upload/TabelasLVCR/TAB_LVCR_POSICOES_REMUNERATORIAS.pdf (http://www.dgaep.gov.pt/upload/TabelasLVCR/TAB_LVCR_POSICOES_REMUNERATORIAS.pdf) - define as posições remuneratórias para as carreiras GERAIS da função pública. (Não sabemos se a sua é geral ou especial, como é o caso da carreira dos enfermeiros, com a particularidade de ser de grau de complexidade 3)

a título comparativo deixo-lhe alguns exemplos de outros licenciados:
http://www.fnam.pt/smzs/images/stories/2009/tabelamedica2009.pdf (http://www.fnam.pt/smzs/images/stories/2009/tabelamedica2009.pdf)
http://www.spm-ram.org/conteudo/ficheiros/Tabela_IRS_ACTUALIZADAS_2009_final2.pdf (http://www.spm-ram.org/conteudo/ficheiros/Tabela_IRS_ACTUALIZADAS_2009_final2.pdf)
e há mais...
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: mafias January 29, 2010, 01:24:40
Ora entao, aqui vai o que eu penso acerca da greve: mais uma vez, os Enfermeiros sao obrigados a remeter-se a sua "insignificancia" de classe, relativamente a quem realmente manda la no sitio. Passo a explicar o que todos ja devem ter percebido...
Trabalho num hospital onde em dia de greve:
1 - quase tudo passa a ter caracter urgente, logo, nao pode o enfermeiro alegar que estando em greve, a assegurar cuidados minimos nao deve realizar determinada actividade - prescrição medica;
2 - determinado doente com cirurgia programada nao seria operado visto que o enfermeiro grevista nao leva doente de cirurgia programada e nao oncologica ao bloco, logo, alguem faz o pedido de bloco pela urgencia e la tem o enfermeiro que levar o doente ao boloco e ir buscar - prescrição medica;
3 - os pensos do doente internado nao seriam para realizar, mas há alguem que decide que hoje, hoje é que vai ver aquela ferida que nao vê desde que operou o doente porque nos outros dias ate confia nos enermeiros, mas hoje eles estao em greve... quem é? exacto, o médico. obviamente que depois fica a ferida exposta, eventualmnte a babar para a cama, e como pensamos sempre mais no doente que em qualquer cuidado minimo, contrariados, mas fazemos o penso;
4 - e talvez o mais serio indicador de quem manda... ha um doente numa unidade de cuidados intermedios, que tem condicoes para regressar a enfermaria. O clinico da alta da ao doente. Dada a forte adesao do pessoal de Enfermagem a greve, em ambos os serviços, o doente deveria permanecer no local onde se encontrava pois nao se coloca em risco a saude do doente por este permanecer numa unidade de cuidados intermedios por mais um dia além do necessario... Atrevo-me q questionar se ja viram determinado doente nao ter alta de determinado serviço, no sentido de guardar a cama para aquele outro que apenas dará entrada no dia seguinte... adiante. Voltando ao doente que estava relaxadamente nos cuidados intermedios. Faz-se o seguinte: leva-se um doente ao bloco e pede-se uma vaga na unidade de cuidados intermedios. Ora, dado que é prioritário escoar a unidade para receber este doente do bloco, la tem o Enfermeiro do internamento que ir buscar o doente. Mal ele sai, os assistentes operacionais limpam imediatamente a unidade, preparando-a para receber o doente. O enfermeiro da unidade monta o material necessario para receber o doente que vem do Bloco. Pouco tempo depois, questionado o cirurgiao que acabara de deixar o doente no recobro, sobre se o doente estaria muito instavel ele responde: - não, aliás está tao bem que os seus colegas do internamento n devem demorar a ir busca-lo para a enfermaria  ??? ??? ???. Entao nao estava previsto ele ir do recobro para os intermedios? Nao.
Compreenderam quem manda aqui? Ou é preciso fazer um desenho?
Até é bonito gozar com os enfermeiros, mostrar que tem o braçõ mais forte... Mas uma coisa eu posso garantir, e sou Enfermeiro ha poucos anos:
 - Mais cedo do que se espera, todos acabam por cais numa cama de hospital, indefesos, dependentes, e sabem quem vaos vai cuidar, quem vos vai chegar aquele copo de agua, quem vos vai dar a mão, lançar um sorriso de esperança, lembrar o medico que a analgesia nao será suficiente, e ficava aqui a enumerar um sem fim de mimos... Pois é, vai ser o Enfermeiro. MAIS NINGUEM.
Vale a pena pensar nisto....
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: BlueGirl January 29, 2010, 06:46:47
É hoje colegas! Vamos escrever uma nova página na história da nossa profissão!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 29, 2010, 08:31:38
Vou a Lisboa ver se me pagam os mais de 12000e que me roubaram em 2 anos de trabalho...
: 2010: Revisão da Carreira
: Chloe January 29, 2010, 11:34:08
Ontem ao jantar o meu pai comentou comigo-  "A greve está a ter uma enorme adesão, a opinião pública está revoltada por não haver enfermeiros." - ao qual eu respondi: "Afinal fazemos falta!" lol e o meu pai afirmou com a cabeça e respondeu: "Tem que ser mesmo assim, o ministério tem que sentir!" *VIVA NÓS*
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: SandroMelo January 29, 2010, 16:59:10
Eu entendo as questões do colega mafias, mas discordo de muitas delas.
Se não vejamos: não tem como enfermeiro competência para questionar a razão de determinada prescrição ser urgente, quando nada indica que o seja? O médico quer ver o penso...óptimo...retira-o e volta a fazê-lo...ou não terá competência para fazer um penso? O enfermeiro vai levar o doente ao bloco para uma cirurgia programada, que repentinamente passa a urgente? Não sabe questionar a razão de passar a urgente? Se considera que há motivos aceita, se não protesta, regista, etc.
Passamos por muitas situações por culpa nossa...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 29, 2010, 17:02:32
: Caldas
Vou a Lisboa ver se me pagam os mais de 12000e que me roubaram em 2 anos de trabalho...

Traz-me os meus 42 000€ dos quase 10 anos de trabalho... >:D ;D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 29, 2010, 18:03:09
A opinião pública não está toda contra nós...

alguns comentários:
"Anónimo, Localidade, País. 29.01.2010 14:33
Enfermeiros
Os "governos Sócrates" têm o condão de pôr toda a gente conta eles ! Conseguirá alguém explicar-me porque técnicos com curso superior e com uma profissão que cada vez é mais exigente em termos técnicos e físicos não aufere dos mesmos vencimentos que outras categorias profissionais? Convem explicar que não sou enfermeiro nem tenho qualquer interesse na áreas!"

"fernando, Pinhal Novo. 29.01.2010 13:54
professores
deram aos professoreso que não merecem, agora têm os enfermeiros a perna:grandes governos pior que os dos paises africanos, Os enfermeiros trabalham, e os professores será que trabalham ? é que eu moro em frente a uma escola 2ª e vejo o que se passa, bicas ao intervalo férias quanto tempo, e mais pagam o mesmo que um aluno, o que esta errado o professor devia pagar a totalidade do que recebe para almoço."

e há muitos mais por aí!!!!!
PARABÉNS A TODOS!

Desta vez ou vai ou racha!!!  ;D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: XXICENTURY January 29, 2010, 18:20:45
O escalão dos técnicos superiores corresponde ao 18.

É esse que os enfermeiros querem? Mas esse não corresponde a 1510€. Esse corresponde ao 21. E a que propósito querem ganhar mais que os técnicos superiores? Só por serem uma carreira especial? Ser Carreira especial não tem a ver com salários, parece-me.
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: XXICENTURY January 29, 2010, 18:30:14
Os professores também não merecem ganhar mais que um técnico superior e de facto também não ganha. Um professor em início de carreira ganha relativamente o mesmo que um técnico superior. Também não sei onde foram buscar os 1500€ para os professores. Também digo que o facto de se ser carreira especial não tem nada a ver com salários. Não é por se integrar uma carreira especial que tem de obrigatoriamente ganhar mais. Nem mais, nem menos.

Outra coisa: acabei de ouvir na tv uma enfermeira a berrar (sim porque berrou mesmo) que os enfermeiros são insubstitíveis. Ora na vida não há ninguém insubstituível. Cuidado com isso. Mas mais grave foi dizer que para além de serem insubstituíveis, podiam substituir qualquer outro profissional! Até assistentes sociais, psicólogos, dietistas, e sei lá o que mais.

Não acham isso um argumento que pode descredibilidar a vossa luta, sobretudo perante outros profissionais? E se fosse ao contrário? Se outros aparecessem a dizer que vos podiam substituir? Tipo os auxiliares? Acho que deviam ser mais comedidos na vossa luta e sobretudo não atacar outras classes.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 29, 2010, 18:34:21
Não, mas tem a ver com RISCO, PENOSIDADE E INSALUBRIDADE, por exemplo! Com o facto de termos horários nocturnos, Fins-de-semana, feriados e festas. Corrermos riscos de contaminação biológica, radioactiva, etc... etc..., por exemplo.

Mas de todo, ainda não sabemos qual é a sua carreira superior, e já sabe qual é a nossa, o que o coloca em vantagem!
De qualquer forma, fico sem saber se está contra os enfermeiros virem a auferir um ordenado compatível com as habilitações que possuem e justo para as funções que desempenham, ou se simplesmente concorda?
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: lightover January 29, 2010, 19:41:59
: XXICENTURY
Os professores também não merecem ganhar mais que um técnico superior e de facto também não ganha. Um professor em início de carreira ganha relativamente o mesmo que um técnico superior. Também não sei onde foram buscar os 1500€ para os professores. Também digo que o facto de se ser carreira especial não tem nada a ver com salários. Não é por se integrar uma carreira especial que tem de obrigatoriamente ganhar mais. Nem mais, nem menos.

Outra coisa: acabei de ouvir na tv uma enfermeira a berrar (sim porque berrou mesmo) que os enfermeiros são insubstitíveis. Ora na vida não há ninguém insubstituível. Cuidado com isso. Mas mais grave foi dizer que para além de serem insubstituíveis, podiam substituir qualquer outro profissional! Até assistentes sociais, psicólogos, dietistas, e sei lá o que mais.

Não acham isso um argumento que pode descredibilidar a vossa luta, sobretudo perante outros profissionais? E se fosse ao contrário? Se outros aparecessem a dizer que vos podiam substituir? Tipo os auxiliares? Acho que deviam ser mais comedidos na vossa luta e sobretudo não atacar outras classes.



Por acaso nesse ultimo caso, dou-le razão. Eu nao quero substituir nenhum outro profissional de saúde. So quero continuar a ser enfermeira... o q nos dias  q correm cada vez é mais dificil em Portugal.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 29, 2010, 22:54:18
Caro XXICENTURY...antes da discussão continuar, qual a tua profissão?
É que é uma real vantagem que tem em relação a nós...
Atacar e criticar negativamente é fácil ... até dá um certo gozo! Tendo em conta que consegue por detrás de um nick não dar a cara e simplesmente mandar postas de bacalhau! E no final pode rever e reler para ver se conseguiu mandar a mensagem se ela encontra bem escrita...
Antes de dizeres mais alguma coisa diz-me...qual a tua profissão?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: BlueGirl January 29, 2010, 23:40:27
Numa palavra apenas resumo o dia de hoje: PARABÉNS!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: NunoA January 30, 2010, 00:18:52
: XXICENTURY
Os professores também não merecem ganhar mais que um técnico superior e de facto também não ganha. Um professor em início de carreira ganha relativamente o mesmo que um técnico superior. Também não sei onde foram buscar os 1500€ para os professores. Também digo que o facto de se ser carreira especial não tem nada a ver com salários. Não é por se integrar uma carreira especial que tem de obrigatoriamente ganhar mais. Nem mais, nem menos.

Outra coisa: acabei de ouvir na tv uma enfermeira a berrar (sim porque berrou mesmo) que os enfermeiros são insubstitíveis. Ora na vida não há ninguém insubstituível. Cuidado com isso. Mas mais grave foi dizer que para além de serem insubstituíveis, podiam substituir qualquer outro profissional! Até assistentes sociais, psicólogos, dietistas, e sei lá o que mais.

Não acham isso um argumento que pode descredibilidar a vossa luta, sobretudo perante outros profissionais? E se fosse ao contrário? Se outros aparecessem a dizer que vos podiam substituir? Tipo os auxiliares? Acho que deviam ser mais comedidos na vossa luta e sobretudo não atacar outras classes.



Caro amigo...seja o mais profissional possível na sua profissão, lute por ela, seja ela qual for. Se acha que 1500 euros é muito dinheiro para a nossa classe, relativamente ao que aufere na sua profissão, pode seguir este exemplo e lutar então por melhores ordenados para si e para a sua classe profissional. O seu discurso assemelha-se a um tipo de atitude perante a vida que, em vez de um individuo lutar para acompanhar os outros na sua caminhada ascendente, prefere puxá-los para baixo para ficarem ao mesmo nível....mas na miséria! Alinhe a sua fasquia perante a vida, mas por cima. Aproveito para lhe fazer um pedido...abstenha-se de fazer comentários neste forum pois, os seus comentários, além de pouco elegantes, apenas servem para destabilizar. Certamente que na sua área profissional, haverá algum forum onde o meu amigo possa dar azo às suas dúvidas e indignações relativamente a esta profissão maravilhosa que é a Enfermagem e a todas as nossas exigências. Cumprimentos
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: SandroMelo January 30, 2010, 00:36:49
Caro XXICENTURY

Ao contrário de todos os outros que aqui andam e que sabemos ser enfermeiros, nem sabemos ao certo que tipo de técnico superior você é.
Eu não quero ser técnico superior de nada...Sou enfermeiro e orgulho-me disso!

Relativamente aos colegas que afirmaram que somos insubstituíveis, lamento desiuidi-lo, mas somos efectivamente insubstituíveis no sistema de saúde em Portugal.

Se conhecer um pouco a realidade dos serviços de saúde, a maioria deles não tem psicólogos, poucos têm assistentes sociais, alguns até nem médico têm, mas em todos eles existem enfermeiros.

Claro que todos os outros fazem falta ao sistemam que se pretende pluri-disciplinar para bem dos nossos utentes, e ninguém se queixa deles auuferirem 1300€, 1400€ ou 1500€. A nossa luta é pelo nosso salário e pela dignificação da nossa profissão!
Agora se você trabalha-se efectivamente 35 horas (quando não mais apenas porque é necessário, sem qualquer retribuição), tivesse a responsabilidade da saúde das pessoas nos seus ombros e no fim do mês levasse para casa 950€...o que diria???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 30, 2010, 00:38:52
Pelo nick...XXICENTURY ...é consultor imobiliário... >:D ;D

Falar de Risco, Penosidade, Insalubridade para quem não os sente no corpo...é perder tempo dprocha...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 30, 2010, 01:40:42
Perdi prai 2 anos de vida hoje...


Mas tenho a dizer:


HISTÓRIA!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: moutinho January 30, 2010, 08:07:22
Digo-vos que foi lindo!

Não há mais nada a dizer!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R January 30, 2010, 09:10:09
Eu estive lá... Foi espetacular... FIZEMOS HISTÓRIA!!!!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: Mauro Germano January 30, 2010, 11:04:32
Acho que a manifestação de ontem, mais do que mostrar a indignação dos enfermeiros para o exterior, mostrou para o "interior" que estamos unidos na luta.

Mais do que manifestar um estado de revolta, aprofundamos o sentido de união da classe em torno dum objectivo.

Mostramos que aquilo de que todos nos queixamos, que somos desunidos(todos dizemos o mesmo) afinal pode não ser bem assim, é só preciso acreditar!

Levar a indignação para os nossos locais de trabalho é o próximo passo e unir-mo-nos também nesses locais da mesma forma que o fizemos ontem.

O medo que temos de fazer algo e a maioria não nos seguir tem de se esbater, pois afinal o nosso próximo pode pensar o mesmo que nós e só precisa de alguém que o faça em primeiro lugar. Como ontem vimos... o próximo (o nosso colega enfermeiro) também pensa como nós. Não estamos sozinhos!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: pedrojosesilva January 30, 2010, 11:32:25
@Mauro

Não posso estar mais de acordo.
Ontem às 22h comentava isso mesmo com um colega que encontrei na estação de serviço da Mealhada no regresso de Lisboa.

O que aconteceu nestes 3 dias foi importante para dentro da profissão.

Quando TODOS os enfermeiros fazem o que é preciso ser feito, conseguimos impacto.

Quando pensamos que as organizações profissionais t~em a responsabilidade de fazer a luta por nós,pensamos mal, porque a força das nossas organizações é proporcional ao nosso envolvimento e participação.

Apenas um reparo para os colegas da docência (e desde já afirmo que não se aplica a todos):

Existem os enfermeiros e existem as pessoas que trabalham em Enfermagem

Recebi inúmeros feedbacks de que centenas de alunos não puderam unir-se a nós seus futuros colegas de profissão, nesta luta que é também deles e do seu futuro.
Isto deveu-se ao facto que muitas das instituições de ensino superior onde se lecciona a licenciatura e as especialidades de Enfermagem não o permitiu. Marcando provas de avaliação para o dia da manifestação.
Esta atitude, a ser verdade, demonstra falta de solidariedade desses colegas docentes com o grosso dos seus pares de profissão. Ou será que já não se consideram enfermeiros?
Além de não existir uma posição formal do ensino da Enfermagem de solidariedade com a luta pela Dignificação da profissão, ainda há estas tristes notícias de indiferença e bloqueio.

Colegas, fica aqui um avanço daquilo que será o conteúdo da newsletter do Forumenfermagem (formatada durante a madrugada pelo nossos administrador Pedro Machado) sobre o 3º dia de Greve. (ainda está incompleta, pois há várias notícias que vamos incluir):


27, 28 e 29 de Janeiro de 2010

 

Maior Manifestação de Enfermeiros de Sempre!

+ de 15.000

 

Enfermeiros Unidos

                                                                                       

                                                                                                                                     

                               
 
 
 

                                           

  • [url=http://www.publico.clix.pt/Sociedade/ministra-da-saude-diz-que-proposta-em-cima-da-mesa-coloca-inicio-de-carreira-dos-enfermeiros-ao-nivel-tecnico-superior_1420423] Ministra da Saúde diz que proposta "em cima da mesa" coloca início de carreira dos enfermeiros ao nível técnico superior [/url]

  • [url=http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10611104.html] Enfermeiros/Greve: Francisco Louçã junta-se a manifestantes pela "razão" da sua luta[/url]

  • [url=http://www.esquerda.net/content/view/15112/1/] Manifestação juntou 15.000 enfermeiros [/url]

 

Batas Queimadas

 

 

Alguns Vídeos da Manifestação:

 

[url=http://www.youtube.com/watch?v=9JyCPwtKu9Y" style="text-decoration: none]     Vídeo[/url][url=http://www.youtube.com/watch?v=1a0qeZAUEJ4" style="text-decoration: none]     Vídeo[/url]

 

 

 

Algumas Fotos da Manifestação:

 

[url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03630.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03655.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03662.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03673.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03679.JPG] [/url]
[url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03683.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03685.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03688.JPG] [/url]  [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03690.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03692.JPG] [/url]
[url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03694.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03700.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03702.JPG] [/url]  [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03706.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03708.JPG] [/url]
[url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03720.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03731.JPG] [/url] [url=http://www.forumenfermagem.org/newsletter/images/manif29/DSC03737.JPG] [/url]      

   

: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: pedrojosesilva January 30, 2010, 11:35:08

 

Destacamos a solidariedade do Coordenador do BE Francisco Louçã e do Líder Parlamentar do PCP Bernardino Soares, demonstrada com presença física na manifestação.

 

                                           [url=http://videos.sapo.pt/NoE6Thf7roDNRrGm9uvr" target="_blank] Clicar para ver[/url]

O PCP registou em vídeo com entrevistas o momento da Manifestação e divulgou no seu site

[url=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2010/1/cerca-de-20-mil-enfermeiros-avisaram-o-governo-de-que-podem-voltar-a-greve29-01-2010-211329.htm] [/url] [url=http://www.tvi24.iol.pt/galeria_nova.html?mul_id=13213661] [/url] [url=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/Primeiro+Jornal/2010/1/edicao-de-28-01-2009-1-parte-greve-dos-enfermeiros-e-ainda-o-orcamento-do-estado28-01-2010-145258.htm] Clicar para ver[/url] [url=http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=22109] Clicar para ver[/url] [url=http://videos.sapo.pt/fFWf7zHn74N9lNU18zNn] Clicar para ver[/url] [url=http://www.tvi24.iol.pt/artmedia.html?id=1134970&pagina_actual=1&tipo=2] Clicar para ver[/url] [url=http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1481441] Clicar para ver[/url]

 

 

 

Recordamos em vídeo a solidariedade nas intervenções da Oposição na

Assembleia de República no dia 28 de Janeiro de 2010:

 

[url=http://www.youtube.com/profile?user=bloconoparlamento#p/u/0/KFcva5qJTQQ] Clicar para ver[/url]   [url=http://rd3.videos.sapo.pt/8aacJZOPDlZi8paEzzog] Clicar para ver[/url]

 

Na declaração política proferida pelo Deputado Miguel Tiago do PCP no passado dia 27 de Janeiro no Plenário da Assembleia da República sobre a Empresa Parque Escolar, começa por saudar a luta que os enfermeiros travam neste momento. Pode ler aqui.

 

: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI January 30, 2010, 12:08:56
Ontem a Enfermagem Portuguesa transcendeu-se... Porquê? Porquê?

Sim perguntam Porquê?... porque ontem só mesmo visto e vivido. De Norte a Sul, ou se preferirem de Sul a Norte e Centro Claro! Os colegas souberam dizer PRESENTE! Se dúvidas havia, para os indecisos, incrédulos ou que tentam desviar as atenções, aí fica um registo histórico e inequívoco da nossa determinação.

PARABÉNS a todos os Colegas.

Podemos não ter ganho ainda a "guerra" mas sem dúvida que esta batalha foi nossa. A Luta continua.

A.J.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: eagleyes January 30, 2010, 12:28:27
Ver a avenida da liberdade cheia de Enfermeiros foi... nem sei. Ainda tou eufórica. Estamos todos de parabéns. Finalmente os enfermeiros uniram-se. Colegas estamos todos de parabéns. Foi a manifestação mais espectacular a que fui he he he
: manif de lisboa
: eagleyes January 30, 2010, 12:30:20
Quais os vossos sentimentos ou opinião em relação à manif?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas January 30, 2010, 13:41:37
Uma colega com alguns anos de prática (mais de 20) disse-me olhando para uns alunos que foram connosco: é algo que nunca lhes vai sair da memória e também não irá sair da minha.
: Re: manif de lisboa
: Enf.Eli January 30, 2010, 14:42:26
A melhor e maior Manif  ;D
Fizemo-nos ouvir... Mostramos ao país a nossa indignação e revolta!
Mostramos que também nós nos sabemos unir!
Provocamos impacto! Já ouvi reações de pessoas k viram as noticias e que disseram k não imaginavam ver tanto enfermeiro junto, e mais não tinham noção de que somos tanto!! perceberam as nossas razões de luta e apoiam!
Agora não podemos desistir! :D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: CarinaJ January 30, 2010, 14:44:55
Sou estudante de enfermagem e marquei presença na manifestação de ontem!

Foi incrível! Nunca tinha visto os enfermeiros tão unidos e a lutar com tanto espirito!

Cheguei a casa cansada e engripada, mas com um grande orgulho no peito. Parabéns a todos pelo grande esforço ao longo destes dias!
: Re: Greve : 27, 28 e 29 de Janeiro
: pedrojosesilva January 30, 2010, 15:21:52
Fotos da manif na fotogaleria do BE:

http://www.flickr.com/photos/bloco_de_esquerda/sets/72157623309687894/show/ (http://www.flickr.com/photos/bloco_de_esquerda/sets/72157623309687894/show/)
: Re: "Slogans" para a manif 29/01/2010
: prim0 January 30, 2010, 15:27:01
E ninguém pára
Esta roubalheira
Rouba a ministra, rouba o governo
De qualquer maneira!  :p
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 30, 2010, 16:03:52
Algumas alterações efectuadas hoje neste subfórum:

- Passa a ser visível apenas a membros registados.
- Procedeu-se á fusão dos tópicos Tópicos: 2010:Revisão da Carreira e o dedicado à Greve de 27, 28 e 29 de janeiro.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: jornalista January 30, 2010, 17:08:20
Aliás, a Ministra da Saúde, pediu desculpa publicamente atraves da Tv, mas os enfermeiros tem que pensar que o pais atravessa momentos de crise...
A ser verdade, os aumentos de todos os profissionais de saude e não só, vão acontecer, e nós...
Lutar e continuar..., é a palavra de ordem dos enfermeiros, porque por esta senhora MiNISTRA, nós nem recebiamos, aliás parece que ainda inhamos que pagar... como já vai acontecendo alguns casos pelo Porto e não só...

Cumprimentos
Mário Nunes
Ponta Delgada
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo January 30, 2010, 20:46:48
Vamos aproveitar o efeito bola de neve...temos tudo a ganhar e nada a perder...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: paionense January 30, 2010, 23:49:15
Olá, colegas!

Estive lá com a minha mulher e muitos colegas de Coimbra. Caminhámos e gritámos pela Enfermagem e por um reconhecimento justo da nossa qualificação e por uma transição adequada da nossa carreira! Essa é a minha principal luta!

É com muito prazer que vejo espalhados pelos blog, jornais, paginas web, vídeos e pela TV os cartazes que eu com mais 2 colegas fizemos. Ainda bem que não passaram despercebidos e captaram a atenção de muitos. Geraram muitos sorrisos! Na próxima estão prometidos mais ainda! Se quiserem dicas de como os fazer podem-me contactar. Imprimir tamanho A0 na Staples custa 1,57€ a preto e branco e depois é só colorir.

@pedrojosesilva
è óbvio que os professores já não se consideram Enfermeiros, até porque já não o são! São docentes do Ensino Superior com carreira própria. Quem lhes paga não é o Ministério da Saúde! Eles têm de "abdicar" quando entram para a Escola, pelo menos até há uns anos era assim.

No dia 28 marchava pelas ruas de Coimbra e encontrei um prof. da Escola Superior de Coimbra (Prof. José Manuel Pinto) e perguntei-lhe onde estavam os alunos porque aquela luta também era deles. A sua resposta foi contundente! "Estão a trabalhar!" Ou seja, os alunos estão ocupados e assim os irão manter para impedir que eles se revoltem contra a Escola como o deveriam fazer! Têm de manter palas no seu ganha pão! Eles querem é o deles ao fim do mês e para isso precisam de carne para canhão! Acham que se importam em formar bons Enfermeiros? Ou que se importam sequer com os alunos? Eles querem o deles ao fim do mês e mais nada e vale tudo meus amigos, nem que seja mantê-los com umas palas no olhos entretidos! (São raras e honrosas as excepções a esta situação)

Outra coisa! Fala-se muito na comunicação social que o que motiva os enfermeiros é a preço de entrada na carreira. Querem os 1200euros já! Eu falo por todos os colegas com quem fui para Lisboa! Todos querem um reposionamente que lhes permita chegar aos 65 anos no topo da carreira! Essa é a nossa luta. Agora se isso implica o inicio da carreira no 1200, 1500, 1020 isso para mim tem pouca importância e terá também para muitos enfermeiros que lá foram manifestar-se. Se eu for para a base da carreira e ela for para os 1200 euros eu efectivamente vou ganhar mais 53@ e vou demorar 55 anos a chegar ao topo. Ou seja aos 85 anos!

Fiquem
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro January 31, 2010, 00:02:03
: paionense

Outra coisa! Fala-se muito na comunicação social que o que motiva os enfermeiros é a preço de entrada na carreira. Querem os 1200euros já! Eu falo por todos os colegas com quem fui para Lisboa! Todos querem um reposionamente que lhes permita chegar aos 65 anos no topo da carreira! Essa é a nossa luta. Agora se isso implica o inicio da carreira no 1200, 1500, 1020 isso para mim tem pouca importância e terá também para muitos enfermeiros que lá foram manifestar-se. Se eu for para a base da carreira e ela for para os 1200 euros eu efectivamente vou ganhar mais 53@ e vou demorar 55 anos a chegar ao topo. Ou seja aos 85 anos!

Fiquem
Nem mais!
Se assim não acontecer, considero isto tudo uma derrota incomensurável.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enf.AndreMendes January 31, 2010, 03:54:57
Até la fora fomos falado!!!

http://vidaenfermeiro.blogspot.com/2010 ... eiros.html (http://vidaenfermeiro.blogspot.com/2010/01/enfermeiros.html)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 31, 2010, 12:04:43
A Foto-video-reportagem da manifestação foi actualizada e está a seguir em mailling: http://www.forumenfermagem.org/newslett ... -manif.htm (http://www.forumenfermagem.org/newsletter/newsletter-dedicadas-greve29janeiro-manif.htm)


Alguém conseguiu o vídeo ou filmar os Homens da Luta frente ao Ministério da Saúde e a queimar chouriças na queima das fardas?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfarfr January 31, 2010, 12:36:39
Muito boa a newsletter.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: FJ January 31, 2010, 17:02:49
: Roten_Boy
A Foto-video-reportagem da manifestação foi actualizada e está a seguir em mailling: http://www.forumenfermagem.org/newslett ... -manif.htm (http://www.forumenfermagem.org/newsletter/newsletter-dedicadas-greve29janeiro-manif.htm)


Alguém conseguiu o vídeo ou filmar os Homens da Luta frente ao Ministério da Saúde e a queimar chouriças na queima das fardas?

Vídeo, só um muito curto e de má qualidade com o telemóvel, mas consegui umas fotos no arranque da MANIF.

(http://img171.imageshack.us/img171/9910/dsc5039640x480.jpg)

(http://img192.imageshack.us/img192/2176/dsc5007640x480.jpg)

(http://img46.imageshack.us/img46/3459/dsc4999640x480.jpg)

"LUTA LUTA, CAMARADA LUTA" hehehe
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Roten_Boy January 31, 2010, 17:50:19
Aqui o vídeo da reportagem que uns colegas fizeram da manifestação em que também aparecem os homens da luta e o líder da FENPROF aplaudir a nossa manifestação.

Atrás da entrevista a Bernardino Soares aparecem os administradores do Forumenfermagem  ;D :P

LINK CORRIGIDO: http://www.youtube.com/watch?v=jP0i6_TdgtU (http://www.youtube.com/watch?v=jP0i6_TdgtU)

O0
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva January 31, 2010, 22:10:26
Recebido via e-mail:

[align=center:3qqsvbgv](http://www.cm-pvarzim.pt/groups/staff/conteudo/imagens-gerais/cultura/correntes2008/dossie/dossie04.jpg/image_preview)[/align:3qqsvbgv]

Marcelo Rebelo de Sousa, figura de renome do panorama académico ,  mediático e político
reconhecido pela qualidade, rigor e isenção na sua análise política e da actualidade
reconheceu, em directo na RTP 1, no seu espaço de cometário semanal "As escolhas de Marcelo Rebelo de Sousa",  que as reivindicações dos Enfermeiros têm razão de ser e que se prendem com a disparidade de tratamento salarial comparativamente com a dos outros licenciados da função pública, a começar nos médicos, que tiveram o seu problema resolvido ao contrário dos Enfermeiros.  Marcelo diz também que espera que este problema seja resolvido, para não se tornar em mais um elemento de uma bola de neve que se quer evitar.
Esta é mais uma das várias personalidades públicas que reconheceram a justiça da luta dos Enfermeiros.
De recordar que ainda esta semana foram várias as forças políticas de vários quadrantes que se colocaram ao lado
dos Enfermeiros.
O acordo com os professores formado há duas semanas pode jogar a favor da Enfermagem, como parece ser o caso, uma vez que
tem funcionado como a "Unidade de medida" da atitude do governo nas negociações com as carreiras especiais e da função pública colocando a descoberto a insustentável dualidade de princípios usados pelo mesmo.

Vai-se tornando cada vez mais difícil a manutenção da posição "petrificada" da Ministra da Saúde em relação
às negociações com os Enfermeiros, sendo que os seus argumentos parecem-se ter desboroado de vez na última semana.

Uma nova greve dos Enfermeiros iria trazer consequências políticas incontornáveis para o governo, algo que por certo este último quer evitar a todo o custo.

O sinal é portanto o de manter o pressing  e a mobilização, pois pela primeira vez os ventos sopram a nosso favor...mas ainda não é tempo de baixar as velas, pois ainda existe muita navegação a fazer !



O vídeo de "As escolhas de Marcelo rebelo de Sousa" desta semana pode ser visto em http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=18524&idpod=34990&formato=flv (http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=18524&idpod=34990&formato=flv)  segmento 11:30 a 12:30 do vídeo
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 01, 2010, 09:22:26
A semana começou, vamos agora ver que novas surpresas nos esperam no decorrer das negociações com o MS...!!!!!

Vamos lá ver se é desta...

Ou não...

Cumps.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva February 01, 2010, 10:31:39
Ainda vídeos da cobertura televisiva no dia manifestação:

[align=center:1ke3yfhc]                  
                                                                 
                                                                 
[/align:1ke3yfhc]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 01, 2010, 11:23:03
Eu até gostava de saber e ver qual foi a proposta que os Sindicatos entregaram ao Ministério da Saúde e ao Ministério das Finanças.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro February 01, 2010, 22:24:19
: R_M_R
Eu até gostava de saber e ver qual foi a proposta que os Sindicatos entregaram ao Ministério da Saúde e ao Ministério das Finanças.
X2  ;)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: ndp February 01, 2010, 22:30:56
Oi pessoal  ;D,
bem, para além de querer parabenizar todos pela luta feita em todo país, venho aqui mais uma vez deixar a resposta à carta que mandei a todos os partidos e que tinha pedido para outros fazerem o mesmo. Desta vez eis a resposta que recebi do PSD:

Caro Amigo:
Desculpe-me o atraso na resposta ao seu mail, que agradecemos, O seu assunto é sério e pede raciocínio avaliativo claro e racional, com as emoções de lado.
Os vossos sindicatos são o melhor interlocutor com o Governo; e a v/ acção de rua e outras formas de luta, a melhor pressão.
Por seu lado, o PSD está empenhado no Parlamento (na Comissão de Saúde) em apoiar a posição dos enfermeiros, que consideramos terem sido tratados, anti-democraticamente, como diferentes ou “inferiores”.

Receba, com os nossos cumprimentos, um abraço social-democrata
Luis Rodrigues

Pelo PSD


Assim, para além da Causa que ajudo a divulgar no Facebook "NO MORE ABUSE TO THE PORTUGUESE NURSES!" (http://apps.facebook.com/causes/434197/80325388), acho que é assim que se conseguem as coisas... Em vez de se limitar a dizer que as coisas não estão bem, mas depois na hora da verdade estarmos calados, é LUTAR! Pois só com lutas como a que encetámos na semana passada que conseguiremos alguma coisa.

Cumprimentos e muita força a todos os que lutam pela Enfermagem!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfarfr February 02, 2010, 18:23:01
Mais um contributo para a nossa luta: http://www.youtube.com/watch?v=VWi4_osIDzE (http://www.youtube.com/watch?v=VWi4_osIDzE)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro February 03, 2010, 15:56:41
A nossa luta causou impacto!!!
http://www.tvi24.iol.pt/sociedade-nacio ... -4555.html (http://www.tvi24.iol.pt/sociedade-nacional/sangue-enfermeiros-greve-reservas-ips-tvi24/1136484-4555.html)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Virgulina Inácia February 04, 2010, 08:17:23
: enfarfr
Mais um contributo para a nossa luta: http://www.youtube.com/watch?v=VWi4_osIDzE (http://www.youtube.com/watch?v=VWi4_osIDzE)


Muito bom mesmo...Parabéns Ricardo e parabéns aos que lá estiveram a lutar por todos....
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: rsmar959 February 06, 2010, 08:34:48
Olá colegas

A nossa luta provocou e ainda continua a provocar impacto.

No programa Antes pelo contrario do dia 5/02 da RTP1 a nossa luta foi considerada mais do que justa e feita de forma fantastica, segundo o comentador.

Vejam o video aqui.

http://ww1.rtp.pt/blogs/programas/antes-pelo-contrario/?k=1-parte-do-Antes-Pelo-Contrario-de-2010-02-05.rtp&post=6223 (http://ww1.rtp.pt/blogs/programas/antes-pelo-contrario/?k=1-parte-do-Antes-Pelo-Contrario-de-2010-02-05.rtp&post=6223)

Temos que continuar a luta para não deixar que as pessoas se esqueçam de nós.

Cumps
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 08, 2010, 19:14:03
Reunião com o MS agendada para dia 26 de Fevereiro de 2010...

Vamos a ver o que sai desta.... :)

Cumps
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo February 09, 2010, 18:41:09
: R_M_R
Reunião com o MS agendada para dia 26 de Fevereiro de 2010...

Vamos a ver o que sai desta.... :)

Cumps

Mais um sinal de falta de respeito...só um mês depois de uma greve brutal nos recebem?
Não me parece bom sinal...espero estar enganado...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: artur_gaio February 11, 2010, 17:01:16
pois, visto dessa perspectiva não fascina ninguem...
Mas acredito que depois do que vi naquela manifestação, o governo comece a pensar seriamente em pagar o minimo aceitavel aos enfermeiros e nao é em 2014...
O que for, tem de ser já, e preferencialmente com retroactivos desde o inicio do ano...
Para ja nem dizer com retroactivos dos ultimos dez anos...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo February 11, 2010, 18:15:41
: artur_gaio
pois, visto dessa perspectiva não fascina ninguem...
Mas acredito que depois do que vi naquela manifestação, o governo comece a pensar seriamente em pagar o minimo aceitavel aos enfermeiros e nao é em 2014...
O que for, tem de ser já, e preferencialmente com retroactivos desde o inicio do ano...
Para ja nem dizer com retroactivos dos ultimos dez anos...

Meu caro...sei que o sonho comanda a vida...mas vivemos em Portugal, onde um enfermeiro não vive...sobrevive!
Se nos deram algo em 2011 já será uma vitória...
: Enfermeiros do INEM confirmam greve a 25 de fevereiro
: pedrojosesilva February 12, 2010, 15:15:18
Um dia antes da reunião com o MS, os nossos colegas do pré-hospitalar irão estar de greve.
http://www.google.com/hostednews/epa/ar ... 5hQsiqkwoA (http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5jG3YX8wnhvmQg8rIK55hQsiqkwoA)

Entramos assim, numa fase de "batalhas selectivas", que já se pronunciava com a possibilidade da greve nos BOs.

[align=center:21jsuxux](http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/02/120210ci1p.gif) (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/02/120110ci1.JPG)[/align:21jsuxux]

[align=center:21jsuxux](http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/02/120110CONFIMPRENSAINEM.gif)  (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/02/120110CONFIMPRENSAINEM.pdf)(http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/02/120110PREAVISOGREVEinem.gif) (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/02/120110PREAVISOGREVEinem.pdf)[/align:21jsuxux]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo February 12, 2010, 19:01:08
Os meus "velhos camaradas" das SIV contam com todo o meu apoio...embora só moral.
A "minha SIV" em Odemira é assegurada apenas por dois enfermeiros, dois que como eu iniciaram o projecto, depois de lá já terem passado alguns bons elementos, que por falta de condições e estabilidade sairam para outros locais.
As SIV têm todas as condições para serem o melhor meio pré-hospitalar, mas desde o seu início tem sido pouco acarinhado, apesar das inúmeras demonstrações de competência, eficácia e sacrifício.
No Verão de 2008...assegurei a SIV sozinho com um velho camarada, entretanto já fugido para Londres, funcionando sem folgas ou num esquema de 24h dentro, 24h fora...

Pode ser que esta luta particular nos ajude a todos...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: artur_gaio February 14, 2010, 14:08:41
sandro melo, é verdade que nós estamos habituados a sobreviver, mas porque?
Quanto a mim, porque temos a mania que somos a madre teresa de calcutá...
No caso específico da SIV, será que se vocês dissessem que nao iam estar a trabalhar 24h sobre 24h, nao teriam arranjado alguem para fazer turnos?
O nosso grande problema é que somos politicamente demasiado correctos, coitadinho do doente e coitadinha da familia, etc...
Só um exemplo: no SO onde trabalho existem macas para 26 pessoas, mais o corredor...
Recebemos uma media de 30 doentes por dia...
Como em qualquer serviço de urgencia, o maior volume é a partir do turno da tarde...
Temos administrativo das 8-20h...
A partir dessa hora, o enfermeiro, madre teresa de calcutá, é que pede as transferencias...
Se nao tivesse sido feito isso durante a greve, aquilo ficava tudo entupido...
Mas nao, coitados dos doentes, ficarem aqui a noite toda à espera...
Por mim, radicalizava mais a nossa posiçao...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo February 14, 2010, 17:28:30
Caro Artur
Até concordo com a maioria das coisas que dizes...e essa nossa mania, aliada a uma certa dose de mania que somos insubstuíveis conduzem a situações deste tipo.
No entanto, no caso das SIV, um enfermeiro de SIV "demora pelo menos 6 semana a fazer" e não podem ser siusituidos à pressa.
O problema foi a falta de condições de estabilidade que não se deu aos que foram formados, que seriam mais que suficiente para cobrir as necessidades...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 20, 2010, 08:53:39
Concentração de Enfermeiros
Dia 24/02/2010 às 11h em frente ao Governo Civil do Porto.
Quem vai?
Eu vou lá estar!!!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva February 20, 2010, 11:59:02
quem organiza? é exclusiva de enfermagem?
vai ter comunicação social?

Desconhecia.

Abraço, Pedro
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 20, 2010, 12:18:20
É o SEP Porto.

Recebi mail de um colega.

Pediram para passar palavra.

Anexo PDF que me enviaram.

É esta a informação que tenho. Se alguém souber algo mais, por favor, comunique

Cumprimentos a todos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI February 20, 2010, 21:15:26
Aparentemente anda tudo com o discernimento ébrio.

Não se vislumbram atitudes de liderança firmes, as estruturas ameaçam ruir de caducidade ou inoperância. Perdeu-se o sentido de unidade, falando um pouco por todas as organizações  cada um a seu grado, sem sentido de oportunidade nem estratégia global, mais parecendo pequenos estilhaços à busca de protagonismos.

Qual será a vantagem dum mero respingar a apenas dois dias da prevista Reunião?? Após ter passado praticamente um mês sem nada...

Enfim, espero estar redondamente enganado... mas parece-me que alguém deve estar em regozijo, já que até agora sempre conseguiu manter Enfermeiros e suas estruturas ébrias (pelos vistos nem com tamanha onda de revolta saíram da letargia...), e, paulatinamente vai levando água ao seu moinho (lei-a-se ao do Governo...)...

Tenho dito,

A.J.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ February 20, 2010, 22:29:45
: ENFA.J.
Aparentemente anda tudo com o discernimento ébrio.

Qual será a vantagem dum mero respingar a apenas dois dias da prevista Reunião?? Após ter passado praticamente um mês sem nada...


Tudo o que fosse feito antes, não ia alterar a data da reunião, que foi marcada para 26/2 exactamente para "acalmar" aquela onda de indignação após a greve e a manifestação.
Agora está na altura de chamar novamente a atenção dos media, para quando for a reunião estarem bem atentos ao que se irá passar e darem informação. Por isso estão marcadas várias iniciativas para esta semana.
Só a pressão social poderá virar a posição do Governo a nosso favor. Precisamos de fazer passar a mensagem, mas para isso ser eficaz tem que se usar alguma estratégia. O SEP está atento.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: artur_gaio February 24, 2010, 16:55:09
um reparo engraçado...
Este topico foi aberto com um comentario meu, totalmente irónico em que dizia, "com a lata que este governo tem, ainda nos vai propor que baixemos o salário"...
Achava eu que seria uma coisa completamente irrisória, escrevi-o só para demonstrar a indignação com a morosidade deste processo...
Agora, por acaso, ao abrir o tópico, reparo nele e realmente, chegámos a esse ridiculo...
Ao que isto chegou...
Incrível...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 25, 2010, 09:06:38
A tão esperada reunião negocial com o MS é já amanhã...

Vamos lá ver se desta vez o ordenado não desce para os 800€!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Será que vamos ter surpresas agradáveis ou mais dissabores???

Cumprimentos.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo February 25, 2010, 11:29:30
Para mim só será surpresa se sair alguma coisa que se aproveite... >:D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R February 26, 2010, 20:55:59
Alguém sabe algo sobre a reunião negocial de hoje???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro February 26, 2010, 22:31:38
Ainda nada?
Avanços ou recuos?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas February 27, 2010, 02:26:05
Mais do mesmo, empatar...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo February 27, 2010, 02:30:13
Olha...não me surpreendeu a evolução da reunião...entramos com uma mão cheia de nada e saímos com duas mãos vazias...
Se calhar tenho mesmo que pensar noutra vida! >:D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. February 27, 2010, 11:18:20
....e a novela continua......
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird February 27, 2010, 13:24:26
O que é que aconteceu na reunião? É que eu ainda não tive nenhuma notícia...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas February 27, 2010, 13:25:52
Nota a comunicação social do SEP:


Nota à Comunicação Social
Enfermeiros – reunião negocial de 26.Fev
MINISTÉRIO NÃO ENTREGOU CONTRAPROPOSTA GLOBAL. NOVA REUNIÃO AGENDADA PARA DIA 16 DE MARÇO
INEM - MINISTRA DA SAÚDE ASSUME COMPROMISSOS
Na sequência da proposta anteriormente apresentada pela CNESE, o Ministério da Saúde tem vindo a reafirmar, que sendo o Regime da Lei-12-A/2008 aplicável à Enfermagem, ela não permite várias soluções que propomos, nomeadamente no que diz respeito à transição.
A CNESE, para além de reapresentar a proposta integral apresentada na passada reunião de 20 de Janeiro, entregou, também, um parecer onde sustenta juridicamente que a Lei 12-A/2008 não é uma “Lei de valor reforçado” e que o regime da Lei 12-A/2008 não é de aplicação directa e, consequentemente, não existem constrangimentos jurídico-constitucionais às propostas apresentadas pela CNESE, ou seja, não existem razões legais para que as possíveis contrapropostas do Ministério da Saúde se subordinem àquela Lei.
Mais, para além desta questão, agora sustentada juridicamente, caso o Ministério da Saúde e o Governo mantenham este entendimento, vão ter que explicar as razões pelas quais esta mesma Lei 12-A/2008 não condicionou outras mesas negocias, nomeadamente a dos professores.
Neste contexto, o Ministério da Saúde ficou de enviar até ao dia 16 de Março o seu entendimento sobre o parecer jurídico hoje entregue e uma contraproposta global e integral à proposta reapresentada pela CNESE.
Sobre as questões do INEM a Ministra da Saúde assumiu os seguintes compromissos:
1 - Não há qualquer intenção/projecto de afastar Enfermeiros da Área do Pré-Hospitalar;
2 – O número de Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV) é para manter e aumentar;
3 – As SIV integrarão sempre Enfermeiros;
4 – Vai ser discutido com o SEP a forma de exercício de funções dos Enfermeiros nesta Área, no sentido de garantir estabilidade e desenvolvimento de competências.
5 – Dia 1 de Março informará a data de reunião entre o SEP e o Secretário de Estado.

SEP reúne a sua Direcção Nacional no próximo dia 2 de Março.


Lisboa, 26 de Fevereiro de 2010                   A Direcção


Contacto: Enfª Guadalupe Simões – 91 945 89 83
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. February 28, 2010, 04:03:30
Haverá algum enredo por detrás destas negociações?? ??? ???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird February 28, 2010, 11:11:16
Isto é completamente frustrante :-[
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro February 28, 2010, 12:08:43
Sugestão:
Na próxima reunião levem ARMAS DE FOGO ou contratem um bombista suicida!

Deixo um contacto:
"Suicide bombist, inc.
Kabul, Afghanistan.
blasting results guaranteed.
We put up a hell of a show!"
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI March 04, 2010, 22:43:04
Carta muito bem elaborada, vale mesmo a pena ler e divulgar.

Parabéns aos autores!

A.J.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI March 06, 2010, 19:33:04
Quem será esta Ovelha??

[align=center:3d1evxpd](http://img31.imageshack.us/img31/6439/ovelhalobo.jpg)[/align:3d1evxpd]


Ia jurar que já a vi por aí!!!...  (http://img51.imageshack.us/img51/1539/images3zr.jpg) ??   :o
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ March 06, 2010, 19:42:29
O SEP enviou carta à ministra a dar um prazo até 10/3 para envio da contraproposta.
http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... icadoE.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/03/040310comunicadoE.pdf)

CASO O MINISTÉRIO DA SAÚDE NÃO CUMPRA COM OS
COMPROMISSOS OU, CASO A CONTRAPROPOSTA NÃO
MATERIALIZE AS MAIS QUE JUSTAS REIVINDICAÇÕES
DOS ENFERMEIROS, CONCRETIZAREMOS UMA GREVE,
AINDA DURANTE ESTE MÊS DE MARÇO.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro March 07, 2010, 19:24:55
: AZ
O SEP enviou carta à ministra a dar um prazo até 10/3 para envio da contraproposta.
http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... icadoE.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/03/040310comunicadoE.pdf)

CASO O MINISTÉRIO DA SAÚDE NÃO CUMPRA COM OS
COMPROMISSOS OU, CASO A CONTRAPROPOSTA NÃO
MATERIALIZE AS MAIS QUE JUSTAS REIVINDICAÇÕES
DOS ENFERMEIROS, CONCRETIZAREMOS UMA GREVE,
AINDA DURANTE ESTE MÊS DE MARÇO.

Greves?
O que "eles" (governo) querem é greves!!!... para encher os cofres à nossa custa!
Eu proponho uma ameaça de despedimento colectivo como colegas de outros países fizeram!
Não nos podemos deixar enrolar com os sucessivos adiamentos!!!
Temos de ser DUROS! Esta moleza de 10 anos já demorou tempo demais!!!

Cumpts
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI March 10, 2010, 23:18:24
Pois o SEP...

Ainda não li na totalidade...  mas parece-me mais uma grande argolada, na precisa altura em que a pública está a ser negociada. Primeiro deveria ser aprovada a pública, para referência de elevação da privada e não o contrário...  para referência de nivelação por baixo.

Vejam da página 33 à 43 e se quiserem comentem.

Bom senso continua a precisar-se urgentemente...

A.J.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: PedroDinis March 11, 2010, 12:11:38
boas

Pois este acordo vem deitar por terra muitas das coisas que estamos a reivindicar....
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas March 11, 2010, 19:57:35
Só por acaso viram a data do acordo?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Red Fish March 11, 2010, 22:11:25
8 de Outubro 2009
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Parreira March 11, 2010, 22:26:32
: Red Fish
8 de Outubro 2009
Sim, foi assinado em 8 de Outubro de 2009, para vigorar durante 3 anos renovaveis e 2º a clausula 3ª entra em vigor no dia 1 seguinte ao da sua publicação em Boletim de Trabalho que aconteceu em 8/1/2010, portanto mais que actual e já em vigor pelo menos durante 3 anos.
Só o Sep podia acordar uma m..... destas.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: AZ March 12, 2010, 00:05:29
Para quem não tinha regulação nenhuma e ganhava 700 euros, pode não ser o ideal , mas é melhor do que o que tinha. Estive a ler e tem coisa melhores do que no Código do Trabalho. Tem que se ver que um ACT é um documento global onde se pode compensar com algumas condições o facto de os patrões não darem ordenado muito altos. No sector privado não há grande força reivindicativa e a maioria é assegurada por enfermeiros em duplo emprego que não investem nada do seu esforço para as condições de trabalho serem melhores.
Penso que cabe aos enfermeiros que agora podem usar este documento como base, pensarem em como podem fazer para o melhorar daqui a 3 anos. Se não usarem os direitos que ali estão, dificilmente os patrões vão ceder para melhorar e darem mais. Então nos vencimentos, nem se pode falar, porque basta abrirem a boca e têm enfermeiros que aceitam bem menos do que estes que lá têm agora. Têm que fazer valer a sua competência para que possam ser valorizados.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro March 12, 2010, 10:47:37
Além do mais no documento prevê que ao fim de 6 anos passem a ganhar 1300€, que é bem mais do que eu ganho ao fim de 13 anos!!!
: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: enfarfr March 12, 2010, 18:40:51
Fica o pré-aviso em anexo.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 12, 2010, 18:50:59
Esta Greve será mais uma forma de pressão para as negociações que vão decorrer no dia 26 de Março.

Espero que não se venha a concretizar. Seria Bom sinal, acho. Sinal de que o MS e MF estariam dispostos a ceder em muita coisa, o que duvido que cedam em muito, acredito que alguma coisa o vão fazer!

Sugeria ao colega Ricardo, para anexar a este topico, uma votação/sondagem tal como se fez na ultima, para averiguar as intenções dos colegas sobre se vão ou não aderir á Greve um ou dois, ou trés ou os 4 dias de Greve. Deixo a Sugestão.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: enfarfr March 12, 2010, 19:10:14
: Vitor A.
Esta Greve será mais uma forma de pressão para as negociações que vão decorrer no dia 26 de Março.

Espero que não se venha a concretizar. Seria Bom sinal, acho. Sinal de que o MS e MF estariam dispostos a ceder em muita coisa, o que duvido que cedam em muito, acredito que alguma coisa o vão fazer!

Sugeria ao colega Ricardo, para anexar a este topico, uma votação/sondagem tal como se fez na ultima, para averiguar as intenções dos colegas sobre se vão ou não aderir á Greve um ou dois, ou trés ou os 4 dias de Greve. Deixo a Sugestão.

Sugestão recebida e concretizada  ;D
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Parreira March 12, 2010, 19:15:42
valha ao menos isso
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 12, 2010, 19:21:09
E agora, esperar pelos resultados.

Acho que vamos ter surpresa
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Caldas March 12, 2010, 21:56:47
Apesar de serem vários dias, o facto de ser fraccionada não irá condicionar a adesão... Temos de estar motivos para adesão máxima... Se nos meandros correr que a adesão vai ser total a pressão maior.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: pedrojosesilva March 12, 2010, 23:41:45
Greve com estratégia diferente. Vamos lá gerir o horário para ter 100% de eficácia  ;)

O trabalho começa já com a divulgação via e-mail a todos os colegas.

Importa não ceder e reforçar a energia e força da contestação.

Abraço
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: nurse in training March 13, 2010, 00:19:50
infelizmente quem esta pela empresa nao pode fazer greve.... :-[
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo March 13, 2010, 08:27:17
E agora? Greve de 4 dias!
Será desta?
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SolGomes March 13, 2010, 15:43:50
Antes de mais cumprimentos a todos!!
Sou recem licenciada, tenho 1 ano de serviço. Na minha primeira semana de trabalho aderi à primeira greve...e tenho aderido a todas indiscutivelmente...

Desloquei-me no meu carro, depois de ter feito tarde e noite, 200km para estar presente na manifestação de dia 29 de Janeiro...mas...começo a concordar com algumas opinioes exteriores que oiço...

Duvido que isto la va desta forma...com este tipo de greve o governo so agradece...poupa nos vencimentos, poupa no material e garante os serviços mininos pretendidos...( que em alguns casos nao sao assim tao mininos...:S)

Ha dias ouvi alguem falar na greve à "japonesa"...uma especie de "greve de zelo"...ou seja...imaginem, o caos que nao seria se fizessemos tudo, e reforço mesmo tudo o que é suposto fazer-se sem pressas nem correrias??

Imaginem uma historia completa de um doente, que vem À urgencia so porque tem uma dor abdominal, a historia segundo as actividades de vida da Nancy Rooper...

Imaginem uma higiene com todo o preceito, a alimentação dada exclusivamente pelos enfermeiros, sem pressas, sem demoras...

Ninguem nos poderia acusar de incompetencia, nem de lucrarmos fins de semana prolongados com as greves...as pessoas esperariam horas, muitas horas para serem atendidos...mas seriam de tal maneira que nao conseguiriam apontar um unico defeito senao o evidente - Nao somos suficientes para o que fazemos nem nos pagam respeitosamente...

Gostaria somente de partilhar isto convosco...

Cumps
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SkyLine March 13, 2010, 15:57:21
"Teixeira dos Santos avisa que pode pedir mais sacrifícios"... Da maneira como isto está... Com a UE a cair-nos em cima... De maneira nenhuma seremos aumentados... Pelos vistos só há dinheiro para os "boys"... A factura tem de ser sempre os mesmos a pagar...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: AZ March 13, 2010, 21:44:38
A sondagem não permite que eu responda. Nos 4 dias só tenho 2 turnos e se responder que vou fazer 2 turnos, parece que me estou a baldar a não fazer greve total.
Quanto à greve de zelo, é boa ideia mas não é exequível. Enquanto se prestam cuidados a um doente com todo o rigor, outros apelam pelos nossos cuidados. Temos que estabelecer prioridades, mas muito não teria resposta, por sermos insuficientes. É praticamente a prestação de mínimos, atender só o que é prioritário. E o que dizer aos doentes que não teriam a sua higiene feita ou a medicação a horas? Nos utentes teria o mesmo impacto que as greves que agora fazemos. E a produção do hospital, donde vem o dinheirinho, não parava. Recebiam pelos internamentos, cirurgias, consultas, exames e não teria impacto em quem tem o poder de mudar as coisas.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R March 14, 2010, 01:59:36
Eu vou fazer greve... Sempre fiz e sempre farei, mas honestamente não creio que seja desta...
Vamos a mais uma batalha... :)
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SolGomes March 14, 2010, 20:18:02
[/quote]Enquanto se prestam cuidados a um doente com todo o rigor, outros apelam pelos nossos cuidados. Temos que estabelecer prioridades mas muito não teria resposta, por sermos insuficientes.[/quote].

A mim parece-me que esta é uma das questoes que se coloca com estas greves, os enfermeiros dos serviços nao chegam para os utentes que atendem, nao se executarmos as nossas funçoes com o maximo rigor.


 [quote/] É praticamente a prestação de mínimos, atender só o que é prioritário. E o que dizer aos doentes que não teriam a sua higiene feita ou a medicação a horas?[quote/]

Diriamos simplesmente que nao somos omnipresentes, nao temos seis maos, nem quatro olhos, que nos alimentamos e temos necessidades fisiologicas normais e, que fazendo juz à nossa formação academica praticamos todos os nossos actos com o maximo rigor e qualidade, nao sendo possivel dar resposta a 30 utentes em simultaneo. Neste momento, em quantos serviços de internamento a medicação é dada "a horas"?? O antibiotico das 11 muitas vezes é colocado em curso as 12h , simplesmente porque andamos a correr atendendo 30 pessoas, unicas e com as suas necessidades individualizadas em simultaneo.



[quote/] Nos utentes teria o mesmo impacto que as greves que agora fazemos.[quote/]

Colega, permita-me que discorde, os utentes nao iriam "bater com a cara na porta", iriam esperar horas, interminaveis por um serviço de qualidade, que deve ser prestado dessa forma e que condicionado ao numero de profissionais nem sempre o é. Os utentes, que sendo atendidos desta forma iriam perceber a complexidade da nossa profissao, nao teriam o que apontar. Perceberiam que a falha nao parte de nós, parte do sistema actualmente instituido.


[quote/] E a produção do hospital, donde vem o dinheirinho, não parava. Recebiam pelos internamentos, cirurgias, consultas, exames e não teria impacto em quem tem o poder de mudar as coisas.
[/quote]

Novamente, terei de discordar, os tempos de espera seriam aumentados exponencialmente gerando uma sucessão de reclamaçoes justas e concretas. Recebiam pelos exames mas, teriam tambem de pagar o vencimento do profissional ali presente, neste momento, as nossas greves "poupam" dinheiro ao hospital alem de lhes manter o funcionamento. Os utentes sao avisados das greves e ha consultas "reprogramadas" para que os utentes nao as percam, ha cirurgias "reprogramadas" para que as pessoas nao as percam logo, posto isto, nao entendo que impacto têm tido as nossas greves senão nos utentes que necessitando de um cuidado nao urgente nao o veem a ser prestado.


Como, disse no anterior post, e peço imensa desculpa por me alongar, é uma opiniao minha, que tem o valor que tem, a verdade é que andamos queixamo-nos de um vencimento que mal paga as nossas contas e estas greves, que nenhum efeito têm surtido, fazem com que ele seja mais reduzido ainda.
Ha familias, casas e filhos que dependem dos 100 euros que eventualmente se podem vir a perder.


A adesão nao vai aumentar, pelo menos assim o creio, penso que nos estamos a limitar a "bater contra uma parede" sem abrirmos hipotese a "percorrer essa parede em busca de uma janela".

Existem varias formas de luta e, penso que temos adoptado a mais viavel para o governo, a pouco confortável para os profissionais e a  menos credivel para os utentes.


Cumprimentos a todos
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: AZ March 14, 2010, 20:52:32
A demora no atendimento, não retira o valor que a instituição recebe pelos cuidados prestados. As greves causam grande prejuízo porque não há produção.
As nossas greves não são contra os utentes mas contra o ministério. Acho que devem existir reprogramações para que as pessoas não batam com a cara na porta. Não ganhamos nada colocando a população contra nós. É muito melhor aceite que lhe digam para não vir no dia da greve mas sim noutro dia. As reclamações justas e concretas teriam sempre como alvo os enfermeiros.
A sensação de que as greves não se notam, é porque nos internamentos se continuar a fazer tudo. Mas na greve não é para fazer tudo. Existem muitas coisa que se não forem feitas, tem consequências no financiamento. Temos é que nos organizar e discutir entre a equipa, o que devemos deixar de fazer.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo March 14, 2010, 23:37:50
Com esta greve em força...paralisamos o SNS durante uma semana inteira...vão ver a falta que fazem os enfermeiros...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Caldas March 15, 2010, 14:43:20
Aumentar a qualidade dos cuidados prestados em 4 dias será bonito para a imagem dos enfermeiros, mas em termos práticos é pouca coisa.

Impacto da greve em termos salarial:
- 3 turnos da noite (não há perda de dinheiro, porque os mínimos são assegurados por o total dos enfermeiros que fazem turno);
- 3 Turnos da Tarde a perde de dinheiro é maior para alguns e marcará impacto.
- 2 turnos da manha, o turno em que mais enfermeiros perdem dinheiro.

fazendo contas apesar dos 4 dias, são 8 turnos de greve, o que se formos a ver com a greve anterior é exactamente o mesmo. Porém, os objectivos desta greve são claros:
- Marcar a agenda;
- Pressionar o governo;
- evitar ao máximo a perda de dinheiro pelos enfermeiros;
- Parar a produção efectiva do SNS.

Parece-me que a marcação destes dias de greve nesta semana serve perfeitamente estes 4 objectivos. Marca a agenda obviamente pois vai transmitir informação na Comunicação Social e na semana a seguir a: aprovação do PEC, e a eleição do novo lider do PSD. Logo, será importante para este (qualquer que ele seja) que as legitimas preocupações dos enfermeiros entrem na agenda deste. Pressionar o governo, este sabe que se não der uma proposta aos enfermeiros na reunião, já têm uma greve marcada e se nada for proposto a adesão vai ser gigante e ainda mais forte. Evitar as perdas, já expliquei em cima. Para a produção do SNS, são 5 dias em que apenas se vai fazer cirurgia de urgência, visto que sexta feira é feriado. O turno da tarde de segunda implica que estando em greve não se recebe doentes de cirurgia programada, logo na manhã não poderá ser realizada. Os dois dias seguintes igualmente. Havendo preparação para cirurgia de quinta de manhã, depende da preparação do turno da tarde de quarta (greve) e noite de quinta (greve) também. Logo, não estará preparado o doente, não podendo ser operado.

É importante alertar os colegas para isto e mobilizar. Os efeitos da greve anterior fizeram-se sentir durante semanas, houve cirurgia programada que não foi feita por falta de reservas de sangue. Quem causou a diminuição? Foi a oferta das pessoas ou a falta de enfermeiros durante 3 dias que destabilizou totalmente a colheita?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas March 15, 2010, 14:44:32
Desmontei a estratégia desta greve no tópico especifico da greve e a qual apoio totalmente. A adesão tem de ser total e durante algumas semanas isso vai-se repercutir no impacto da saúde.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Virgulina Inácia March 15, 2010, 22:05:17
Talvez possa ser uma pergunta estúpida mas como posso eu aderir à greve estando de férias? E que desvantagem me pode isso trazer (se trouxer) Obrigada...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Caldas March 15, 2010, 22:10:47
Se está de férias faz greve apoiando os colegas... Faz greve quem está escalado...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SandroMelo March 16, 2010, 09:01:41
Além da greve é fundamental participar em iniciativas locais ou eventualmente nacionais.
Fazer ouvir a nossa voz, mesmo contra os nossos clientes, porque são esses que podem efectivamente pressionar o poder politico ao sentirem-se afectados.
Espero que muitos deles apresentem reclamações formais nos livros de reclamações das instituições...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: pedrojosesilva March 16, 2010, 11:19:42
Recebido por e-mail (Obrigado Colega Bruno Maurício):



Na sequência das audiências solicitadas pelo SEP a todos os grupos parlamentares:

Sócrates e Ana Jorge respondem sobre os enfermeiros na AR na quinta.
 
http://www.esquerda.net/media/socrates% ... 0jorge.pdf (http://www.esquerda.net/media/socrates%20e%20ana%20jorge.pdf)
 
http://www.esquerda.net/content/view/15666/1/ (http://www.esquerda.net/content/view/15666/1/)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva March 16, 2010, 11:23:08
Podem, falar da greve no tópico próprio.

Depois de 1 de Abril, os moderadores irão fundir esse tópico neste mais geral, de forma a concentrar todos os acontecimentos da negociação neste tópico.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SolGomes March 16, 2010, 13:42:09
Curioso, tanta explicação por uma simples opiniao.

Colegas, as reclamaçoes justas e concretas seriam contra os enfermeiros??? :) nao o são nas greves que estamos a fazer?? Uma pergunta retorica, nao necessita resposta...

De facto as greves nao sao contra os utentes, sao contra o Ministerio... Ministerio esse que "vive" às custas dos impostos dos utentes/contribuintes, Ministerio esse tutelado por alguem cuja eleição foi pelos utentes/contribuintes... Ministerio esse que têm de dar resposta às listas de espera de Utentes para cirurgia para constar dos melhores rankings europeus...

Os Utentes, que sao as pessoas que vos veem trabalhar todos os dias, sao os primeiros a achar que ganhamos demasiado para nos queixarmos...Ora como queremos que o "Ministerio" pense diferente??

Os Utentes sao os primeiros a achar que não ha assim tanta falta de enfermeiros..."fazem greve e somos atendidos na mesma, os que existem chegam bem..."...

Volto a reforçar, é apenas uma opiniao...e como um forum de debate parece-me pertinente que possamos expor diferentes opinioes...

Cumps
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Blue bird March 16, 2010, 19:03:30
Isto para quem só faz manhãs é um rombo mto grande no orçamento... em janeiro foram 3 dias... no início do mês mais um dia... e agora no final do mês mais 2 dias... :-X
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SandroMelo March 16, 2010, 19:48:50
: Blue bird
Isto para quem só faz manhãs é um rombo mto grande no orçamento... em janeiro foram 3 dias... no início do mês mais um dia... e agora no final do mês mais 2 dias... :-X

Entendo perfeitamente colega...
Mas as perdas de hpje podem ser ganhas num mês de pagamento justo e que nos é devido à demasiado tempo...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Luffy March 17, 2010, 03:11:29
Hummmm .... Confesso que não estou muito crente ... Há muita gente que, em Janeiro, para aderir à greve, perdeu mto € ... Agora, depois de ontem terem negociado e não terem, mais uma vez(http://doutorenfermeiro.blogspot.com/2010/03/resultados-da-ronda-negocial-de-16-de.html (http://doutorenfermeiro.blogspot.com/2010/03/resultados-da-ronda-negocial-de-16-de.html)), chegado a conclusão alguma, querem fazer este tipo de greve novamente??? Para quê? Para depois esperarmos mais um mês e tal por nova negociação? Para depois o resultado ser o mesmo??

Das duas uma: esta técnica de estar spr parados ou nos desgasta por estarmos spr a fazer formas de luta que já estão mais que ultrapassadas e de eficácia altamente duvidosa ou nos desgasta pelo ministério que constantemente adia a nossa agenda.

Se é pra jogar assim, vamos todos morrer na praia... ou vá, ainda em alto mar!

Senão vejamos:

- Temos a "crise" do demo (mto conveniente para o Governo), temos um PEC que nos está a pedir um sacrifício muito maior do que esperávamos, temos um País no qual os "mafiosos" se escapam sempre e têm o que querem e os "pequenos interesses" ardem facilmente.

- Temos uma enfermagem minada, amorfa, na qual os grandes interesses individuais se sobrepoem aos das massas.

- Temos sindicatos que ou não vêm ou não entendem.


Meus amigos, das duas uma:

- ou é para lutar, e se assim é vamo-nos deixar de brincadeiras e fazer coisas a sério, porque encher chouriços é na Beira Alta

- ou então vamos lá refrear os ânimos, esperar por uma "maré melhor" e aí sim voltar a conjugar esforços



Agora, se depois da GREVE BRUTAL que fizemos, o GOVERNO CONTINUA NA MESMA, não será decerto ESTA greve, igual ou de pior impacto que a anterior, QUE OS VAI FAZER MUDAR DE IDEIAS

Por mais que tente acreditar  no contrário, NÓS NÃO TEMOS a tolerância e paciência para aguentar este marasmo ... OU É AGORA E É A SÉRIO, ou então "nous sommes toutes tramés"  LOL

aquele abraço
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Zeus-electro March 17, 2010, 10:09:39
Subscrevo!
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Luffy March 17, 2010, 12:49:59
Digo ainda mais:

"Terminou ontem mais uma ronda negocial com o ministério, na qual se verificaram avanços (muito) pouco significativos ... http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=415323 (http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=415323), tendo os sindicatos agendado mais uma greve de 4 dias.

Posto isso, aqui fica a minha reflexão sobre o assunto ...

Uma nódoa cai numas calças. Toda a Dona de casa usa um qualquer detergente de lavar a roupa, mas verifica que, no final da primeira lavagem, a nódoa se mantém igual. Depois volta a lavar e verifica que saiu ligeiramente, mas nada de significativo. Então que fazer??

- Uma Dona de casa continuará a lavar as calças na máquina de lavar, vezes e vezes sem conta, porque é o único método que conhece e porque até lhe parece mais económico.

- Já outra Dona de casa, decidindo que a lavagem não é suficiente, ou muda de detergente ou adquire o Supergel (um tira-nódoas à venda no mercado) e aplica-o directamente sobre a nódoa.

Resultados?

- A 1ª Dona de casa lavará as calças até à exaustão e estas acabarão por rasgar-se;
- A 2ª Dona de casa, à 3ª lavagem, tem as calças como novas, totalmente imaculadas;

E nós ?? Quando é que vamos parar de lavar somente as calças na máquina ???

aquele abraço"

(texto publicado em essenciasdaenfermagem.blogspot.com (http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com))
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Ana Rita Cavaco March 17, 2010, 13:00:11
Continuo a achar o mesmo desde o início. Começava desde já a greve pelos blocos (com o correspondente apoio salarial dos Sindicatos a estes colegas, porque o podem fazer) e encerrava hospital a hospital, centro de saúde a centro de saúde, todas as semanas, em todo o País e com concentrações à porta de cada um.

O MS admitiu à mesa das negociações que a opção que toma é política, nada tem a ver com a justiça das reivindicações.

Perante os cenários prováveis não é altura para repetir uma greve nos mesmos moldes que anterior, mas esta é só a minha modesta opinião.

Participarei, como é óbvio, mas discordo da estratégia.

Ana Rita Cavaco
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: J.Ribeiro March 17, 2010, 17:56:14
8)

Saudações


Como é do conhecimento de todos... o país está mal, o Governo está na corda bamba... e os nossos sindicalistas de meia tijela mas com o olho da próxima legislatura... sim, porque ninguém acredita que o sr engenheiro se mantenha á frente do Governo durante muito tempo... já se estão a alinhar para o próximo que aí virá.

Os sindicatos não querem fazer nada agora... porque mais uma vez querem esperar... não querem ser protagonistas...

Mas sabem... os enfermeiros são os únicos que apesar de toda a contestação que possa vir, com toda a argumentação pré-fabricada que os srs do ministério possam trazer... são os únicos que usam um argumento que é inatacável: igualdade.

Temos todo um passado de subserviencia em todos os aspectos. Mostrar um pouco de raça, podia fazer milagres pela moral dos milhares de enfermeiros descrentes e desmotivados que pagam quotas e percentagens do seu salário para sindicatos de brincar...


Em vez de fazer uma espécie de greve de 2 dias e meio... de 2 em 2 meses... e que tal processar o estado português e as EPE com milhares de horas em atraso para com os enfermeiros ?

E que tal mostrar na comunicação social os milhares de horas em divida em todos os hospitais ?

E que tal mover processos judiciais a todos os enfermeiros directores, supervisores e chefes que ameaçarem e colocarem horas a mais nas escalas dos enfermeiros ?

E que tal não pagar ao sindicato ?? Já que não fazem porra nenhuma ??

E que tal em vez de fazer greve... paralisar ? Sim, paragem absoluta e completa durante o tempo minimo necessário até começar a morrer gente ?? Sim, morrer gente mas que se note! Porque certamente que já morrem alguns mais, á espera de cuidados de saúde (mais vulgarmente cirurgias).

Enquanto não doer... ninguém quer saber...

Saudações
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 17, 2010, 18:43:56
Já fizeram as contas ao €€€ que perdemos neste tempo todo neste empata de negociações  e congelamentos?

Nós já contribuimos para pagar uma parte do defice.

Avançava sim para Tribunal Europeu.

Manifestações á porta das Embaixadas. Se o Governo Português nao nos liga, os outros ligam pelo Incidente diplomático que iria provocar...

As greves por si só, já não tem o resultado esperado... Há que fazer mais..... temos de inivar as formas de luta
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SandroMelo March 17, 2010, 20:10:29
Apoio totalmente as manifestações no estrangeiro...
O governo actual cairá em 6 meses é certo, mas nada nos garante que quem se seguir seja mais justo...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Ana Rita Cavaco March 18, 2010, 11:22:37
Vítor

Infelizmente não é possível avançar para o Tribunal Europeu sem esgotar todas possibilidades nos Tribunais nacionais, o que é uma pena mas não é possível.

Os Sindicatos podem sim processar o Estado Português e isso já deveria ser uma realidade.

Cumprimentos

Ana Rita Cavaco
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: pedrojosesilva March 18, 2010, 23:01:14
Situação dos Enfermeiros no SNS: Ministra da Saúde e Secretário de Estado da Saúde confrontados pelo BE no parlamento

Ficam os dois vídeos:


No final do video, reparem na postura da Sra. Ministra (cabeça baixa) e do Sr. Secretário de Estado (zangado)...

João Semedo, fala dos enfermeiros a partir do minuto 5:50
Semedo refere na sua intervenção as alterações às regras de aposentação que originaram uma corrida à reforma antecipada, a falta de enfermeiros, o crescimento de hospitais privados e o apoio do Governo aos mesmos, a entrega da gestão dos hospitais públicos a entidades privadas e a recusa do Governo numa remuneração justa para os enfermeiros.

: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Caldas March 19, 2010, 00:37:19
Se noutras matérias o governo se mostra ridiculo, em matéria da saúde o governo é uma nulidade. Não existe propostas concretas, não há nada a oferecer a quem trabalha na saúde. Temo que dificilmente se consiga alguma coisa enquanto aquele duo lá continuar.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Caldas March 19, 2010, 21:18:12
Ministério da Saúde marca reunião com CNESE para dia 24 de Março, pelas 18h30

 

A Greve de 29 de Março a 1 de Abril mantém-se

 

A contra-informação está e vai ser “mais que muita” no sentido de quebrar a UNIDADE DOS ENFERMEIROS.

Apelamos a que se mantenham atentos e informados … pela informação do SEP (www.sep.org.pt (http://www.sep.org.pt))

 

Abraço

Pel’ O SEP;

José Carlos Martins
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Zeus-electro March 23, 2010, 20:11:14
Alguma novidade da reunião de hoje com a FENSE?
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SandroMelo March 24, 2010, 18:38:24
: Zeus-electro
Alguma novidade da reunião de hoje com a FENSE?

A reunião está marcada para as 18h30...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Caldas March 24, 2010, 18:58:27
Mal tenha novidades colocarei aqui...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 25, 2010, 19:25:59
Um quinto dos enfermeiros desta sondagem Não faz greve.

Porque será?
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Blue bird March 25, 2010, 19:37:32
Não há notícias em relação à reunião de ontem com o ministério da saúde? ???
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 25, 2010, 23:01:42
Nos comentários do Blog Doutor Enfermeiro, denota-se que o clima está ao rubro com a possibilidade de os Sindicatos terem cedido para os 1200€.
Aguarda-se Noticias "Oficiais" por parte dos Sindicatos e do MS.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Zeus-electro March 25, 2010, 23:14:23
Claro que estão ao rubro, depois do que o DE publicou no seu blog e que rapidamente decidiu retirar.

É um tipo incediário. Ateia o fogo e gosta de ver tudo a arder.
Numa fase em que se deveria estar ao rubro contra as políticas do governo, o que o DE conseguiu foi lançar a confusão, a discórdia e a desunião.

Acho-lhe piada quando fala da CIPE, do tempo que faz lá fora, etc., mas não tem o direito de lançar boatos e confusão sobre um tema que define a vida de 40.000 enfermeiros nos próximos tempos.
Se sabe tanto quanto diz que sabe, então exponha, que se digne fazer alguma coisa, caso contrário, devia remeter-se ao silêncio.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: AZ March 25, 2010, 23:41:31
Acerca da reunião de ontem o SEP tem uma nota no site:
http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... 310ncs.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/03/250310ncs.pdf)
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Blue bird March 25, 2010, 23:42:01
O que está no site do SEP é o seguinte:

Nota à Comunicação Social

MANTÉM?SE a GREVE dos ENFERMEIROS a 29, 30 e 31 de Março e 1 de Abril!

Após mais uma reunião negocial concretizada ontem, dia 24 de Março, e depois de não haver, por parte do Ministério da Saúde a apresentação de uma proposta de alteração das grelhas salariais que ponha termino à discriminação salarial dos Enfermeiros relativamente aos restantes Licenciados da Administração Pública, a Direcção Nacional do SEP reunida hoje, dia 25 de Março, decidiu manter a greve agendada para os dias acima referidos.
O SEP continua a exigir que o Ministério da Saúde/Finanças e Governo justifiquem a razão pela qual, por exemplo, um licenciado em Direito, um Técnico Superior, etc, que sejam admitidos num qualquer serviço do Estado o sejam com uma remuneração de 1201 euros (a lei determina que não há nenhuma entidade empregadora pública que possa oferecer menos a um licenciado) e os enfermeiros vão continuar a ser admitidos por 1020 até daqui a 3 anos, 2013….
Neste quadro, os Ministérios da Saúde e Finanças e Governo “empurram” os Enfermeiros para uma nova Greve de 4 dias, sendo que, tal como afirmou na citada reunião, a CNESE está sempre disponível a equacionar a sua realização caso o
Ministério da Saúde apresente uma proposta que ponha termo a esta intolerável discriminação que é sentida pelos enfermeiros no que diz respeito ao reconhecimento das suas qualificações.

Lisboa, 2010?03?25

A Direcção
Contacto: Enfª Guadalupe Simões – 91 945 89 83
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: pedrojosesilva March 26, 2010, 09:54:38
                                         

 

                         
Colegas Participem!

 

Clicar na imagem para ver o vídeo:

[url=http://www.forumenfermagem.org/imagens_publicas/ResumoReuniaoNegocialCNESEeMS24Marco10.pdf" target="_blank]Clicar[/url]

   

Clicar na imagem abaixo para aumentar:  

     

[url=http://www.forumenfermagem.org/imagens_publicas/GreveBuzinaoSetubal30Marco.pdf" target="_blank]accao de protesto[/url]

Clicar na imagem abaixo para aumentar:

accao de protesto

         
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: pedrojosesilva March 26, 2010, 11:55:29
Na Segunda Feira, dia 29/3, às 8h00

Na RTP1, no Programa “Bom dia Portugal”

Vai estar o SEP/CNESE (Zé Carlos Martins) e Ministra da Saúde

 

“A Greve dos Enfermeiros”
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 26, 2010, 16:55:19
: pedrojosesilva
Na Segunda Feira, dia 29/3, às 8h00

Na RTP1, no Programa “Bom dia Portugal”

Vai estar o SEP/CNESE (Zé Carlos Martins) e Ministra da Saúde

 

“A Greve dos Enfermeiros”

É Bom esta visibilidade, mas poderiam apostar num Prós e Contras.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: AZ March 26, 2010, 18:36:46
: Vitor A.

É Bom esta visibilidade, mas poderiam apostar num Prós e Contras.
Não são os sindicatos que fazem a programação dos órgãos de comunicação social, colega!
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: persepolis March 29, 2010, 12:46:17
: AZ
: Vitor A.

É Bom esta visibilidade, mas poderiam apostar num Prós e Contras.
Não são os sindicatos que fazem a programação dos órgãos de comunicação social, colega!

Mas podem sempre mexer os cordelinhos e fazer algo mais!! E se a Tv acha que a situação da enfermagem em Portugal ( e refiro-me a greves sucessivas, vir a público problemas existentes, a emigração as injustiças dos concursos e muitas outras coisas....) merece destaque público não duvido que eles ponham um contra e mais uma panóplia de programas. Agora está nas nossas mãos fazer " a festa" e mostrar a nossa situação! Eles não adivinham o que se passa até serem confrontados com as coisas!
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: SEI March 29, 2010, 17:50:47
: *PerséPolis*
: AZ
: Vitor A.

É Bom esta visibilidade, mas poderiam apostar num Prós e Contras.
Não são os sindicatos que fazem a programação dos órgãos de comunicação social, colega!

Mas podem sempre mexer os cordelinhos e fazer algo mais!! E se a Tv acha que a situação da enfermagem em Portugal ( e refiro-me a greves sucessivas, vir a público problemas existentes, a emigração as injustiças dos concursos e muitas outras coisas....) merece destaque público não duvido que eles ponham um contra e mais uma panóplia de programas. Agora está nas nossas mãos fazer " a festa" e mostrar a nossa situação! Eles não adivinham o que se passa até serem confrontados com as coisas!

Nem mais...  (http://img229.imageshack.us/img229/6485/aplaude.gif)

Quem fala assim não é gago, é sim quem quer continuar a não "ouvir"...   e aí??  Só pode ser gago dos ouvidos...

Já começa a não haver pachorra...   para mais do mesmo!
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: pedrojosesilva March 29, 2010, 18:35:12
Começou a greve. Algumas notícias já começam a circular. A Ordem já se pronunciou, o Sec. de Estado da Saúde também, e já levou resposta de Guadalupe Simões (SEP).

A Guerra da Informação e da Contra-informação está aí para durar...

                             

[url=http://www.forumenfermagem.org/forum/http://forumenfermagem.org/phpbb3/viewtopic.php?t=8" target="_blank]RTP(vídeo): Manuel Pizarro contra a greve.A favor da substituição de enfermeiros[/url]

                             

[url=http://www.forumenfermagem.org/forum/http://forumenfermagem.org/phpbb3/viewtopic.php?t=6" target="_blank]Público: Discriminação salarial leva enfermeiros a fazerem nova greve[/url]

                             

[url=http://www.forumenfermagem.org/forum/http://forumenfermagem.org/phpbb3/viewtopic.php?t=4" target="_blank]Governo de Sócrates é o mais contestado de sempre pelos enfermeiros[/url]

                             

Algarve: Enfermeiros entregam os seus Diplomas à Governadora  Civil de Faro

: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Vitor A. March 29, 2010, 23:22:14
: *PerséPolis*
: AZ
: Vitor A.

É Bom esta visibilidade, mas poderiam apostar num Prós e Contras.
Não são os sindicatos que fazem a programação dos órgãos de comunicação social, colega!

Mas podem sempre mexer os cordelinhos e fazer algo mais!! E se a Tv acha que a situação da enfermagem em Portugal ( e refiro-me a greves sucessivas, vir a público problemas existentes, a emigração as injustiças dos concursos e muitas outras coisas....) merece destaque público não duvido que eles ponham um contra e mais uma panóplia de programas. Agora está nas nossas mãos fazer " a festa" e mostrar a nossa situação! Eles não adivinham o que se passa até serem confrontados com as coisas!
Subscrevo.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Red Fish March 30, 2010, 00:17:50
Informações do SEP:
GREVE atinge os 91% neste turno da tarde.
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: crybaby March 30, 2010, 00:35:32
: Red Fish
Informações do SEP:
GREVE atinge os 91% neste turno da tarde.


A imagem que passou não foi essa, nem perto disso...
: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Red Fish March 30, 2010, 01:13:57
O governo apontou pelos 50% porque os espertos fizeram a contagem com os elementos da manha
: Vídeos do dia 30
: pedrojosesilva March 31, 2010, 07:58:40
Colocados no site http://www.sep.org.pt/ (http://www.sep.org.pt/)

: Re: Greve 29, 30 e 31 de MArço e 1 de Abril
: Mauro Germano April 01, 2010, 00:48:42
Queria deixar aqui uma nota para um "comentário" do blogue saudesa ( http://saudesa.blogspot.com (http://saudesa.blogspot.com) ), blogue pouco dado a comentar assuntos de saúde relacionados com a classe de enfermagem:
Para quem lê frequentemente , como eu, saberá do que estou a falar.
O "comentário", apesar de impreciso como poderão ler, pelo menos vê alguma justiça nas nossas reivindicações.




"Não poderia ficar indiferente aos comentários que li neste blog referentes à greve dos enfermeiros. Muito menos à colagem que se tenta fazer ao movimento corporativo recente dos professores.

A causa fundamental desta greve é justa, por demasiadas razões:

1. Há mais de uma década que os enfermeiros têm uma formação académica baseada na licenciatura, sendo que a TRU define como base de vencimento cerca de 1200 euros aos funcionários titulares desta formação, dentro da AP.

2. Os enfermeiros, muito por culpa do que creio ser um erro histórico da sua representação sindical, nunca acederam a esta premissa. Ao contrário, por ex., dos professores, automaticamente promovidos à medida que faziam o complemento de licenciatura ou se licenciavam.

3. O papel dos enfermeiros, quer na prestação de cuidados, quer na organização de serviços é absolutamente estrutural num SNS público que se queira eficiente. Muitos destes atritos surgem por muitos médicos não o saberem reconhecer e não conseguirem perceber algo muito simples: se o cérebro pode ser considerado funcionalmente um órgão mais nobre que o fígado, um determinado hepatócito pode ser muito mais importante no funcionamento orgânico que um determinado neurónio.

4. Os papéis funcionais dos diversos intervenientes no SNS estão em constante mutação. Os médicos de hoje não actuam nem se comportam como há 50 anos, tal como os enfermeiros. Seria tempo, creio mesmo, destes últimos assumirem um papel muito mais relevante nos CSP, assumindo o cerne da Medicina Preventiva, permitindo uma organização mais eficiente dos CS, com os médicos actuando em Prevenção secundária, terciária ou Medicina Terapêutica.

5. É tempo de desmistificar o preconceito moral, mais que deontológico ou ético, das greves dos profissionais de saúde. É perfeitamente natural que estes a ela recorram para que acedam a melhores condições remuneratórias, estruturais ou organizativas. Obviamente que há sempre repercussão na população doente. Se esta não existisse a greve não faria sentido. É tempo de terminar este imperativo moral, a meu ver verdadeiramente intolerável e profundamente discriminatório em relação a outros profissionais da AP.

6. Os enfermeiros têm, ainda assim, de prestar cuidados mínimos (um resquício, mas claramente mais consensual, do imperativo descrito). Se assim não fosse bastaria 1 dia de greve para as exigências serem acomodadas. Além disso, pelo facto dos enfermeiros fazerem greve, os Hospitais não fecham. Os médicos, porteiros, auxiliares, cozinheiros, continuam a laborar, mais ou menos de forma condicionada, mas continuam. Se assim não fosse, bastaria 1 dia de greve. Estas são mais 2 diferenças em relação à classe docente (não tem serviços mínimos e as escolas fecham quando fazem greve).

7. Os condicionalismos referidos deveriam levar a uma interpretação cautelosa de um descontentamento tão significativo. A obrigatoriedade de prestar cuidados mínimos é a prova de que o seu labor é essencial. E como tal deveria ser reconhecido e, se descriminado, devê-lo-ia ser de forma positiva.

8. A reivindicação base, que nem deveria ser necessária por decorrer da Lei 12A/2008, obrigaria o estado a actualizar o vencimento de 6000 enfermeiros em cerca de 200 euros, o que perfaria um total de 15 milhões de euros por ano (o vencimento conjunto de um qualquer CA de uma EP).

9. Por que é de actualizar que estamos a falar, não é de aumentar o vencimento, como o MS quer fazer crer. Estes enfermeiros já deveriam auferir este vencimento há muitos anos.

10. Se consigo perceber, ainda mais sendo médico, que haja diferença de vencimentos entre os enfermeiros e os médicos, não consigo perceber, nem aceitar, que aqueles recebam menos que os terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, etc., com os quais trabalham, com similitude de formação académica e profissional. Mais que isso: neste país é possível um enfermeiro, após a licenciatura, 2 anos de trabalho e uma especialização de 2 anos em Medicina Física e Reabilitação, vencer menos que um fisioterapeuta no início da carreira, para tal bastando não ter sido colocado como especialista.

11. Se tudo isto não é motivo para fazer uma greve, não sei, francamente, o que seja.

AM
"

in http://saudesa.blogspot.com/2010/03/cau ... e-nao.html (http://saudesa.blogspot.com/2010/03/causas-conheco-as-justas-e-nao.html)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. April 26, 2010, 16:45:32
Há novidades sobre a evolução da negociação da carreira/tabelas salariais?

Haverá alguma movimentação nos bastidores entre sindicatos e o ministério(s) ou estão em estado de Hibernação!? ???

Alguém sabe algo?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R April 26, 2010, 23:23:21
Boas, li hoje num fax que o SEP enviou para o serviço, a proposta de grelha salarial com vencimentos faseados até 2012.

Assim, o SEP propõe:

2010 - inicio de carreira para enfermeiro pelo nivel 15 (1201€)
2011 - actualização para nivel 19 (aprox. 1300€)
2012 - actualização para nivel 21 (1510€).

Os restantes niveis que compõem a carreira, confesso que não tomei muita atenção, por isso não os sei de cabeça.

A categoria de enfermeiro principal inicia no nivel 49 (não sei o montante pecuniário correspondente)

Acho que não me enganei nos valores nem na informação que vos transmito, mas se errei, peço desculpa e por favor, corrijam.

Cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Eumesmo April 27, 2010, 00:07:32
Apesar de tudo, parece-me uma proposta "sensata". Falta saber como serão feitas as transições(para quem como eu já tem uns anitos de trabalho em cima), isso são valores para início de carreira, óbviamente preferiria transições imediatas mas tenho infelizmente de reconhecer que esse é um objectivo irrealista. Agora assumindo a hipótese desse acordo que o colega refere, que fique tudo assinado, preto no branco, sem quaisquer dúvidas. Não esquecer que esse foi o grande erro de há dez anos atrás, tudo ficou na base das promessas e conversas, não se tendo exigido a negociação e assinatura de revisão de uma carreira, mesmo que fosse para entar em vigar daí a uns anos(que seria agora).
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R April 27, 2010, 08:28:30
Eu concordo plenamente. Tem que ficar tudo assinado, preto-no-branco, para não existir margem para dúvidas...

Confesso que esta também me parece uma proposta sensata, mas vamos a ver o que diz o MS...

Em relação às transições, não sei como vão ser efectuadas...

O que sei é que houve uma cedencia por parte do SEP para o rácio de enf principais.. Antes era 40% e agora passa a 35%..

Quando tiver mais informações, eu transmito... E peço o mesmo a todos os colegas... Assim que tiverem novidades, divulguem...

ENFERMAGEM UNIDA ... JAMAIS SERÁ VENCIDA!!!!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird April 27, 2010, 10:07:01
Esta proposta de transições salariais faseadas até 2012 também me parece boa...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro April 27, 2010, 20:31:07
Não me parece boa nem má!
O que eu sei é que andamos a fazer greves este tempo todo e agora vamos propor uma tabela salarial faseada, inferior ao que o próprio MS propunha a 7 de Set/2009.
Lembram-se que em Setembro, o MS propunha que o início da carreira fosse pelos 1.201 já e 1407,45 em 2011. in Enfermagem em Foco, n.º 78, p. 4

Mas voltamos ao mesmo! E as transições? Como ficam os colegas (como eu) que já cá andam há uns bons anos e ainda auferem menos que os 1201? E a valorização para os especialistas? etc...

E agora? Como andam as negociações? Nunca mais se ouviu falar em nada?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Red Fish April 27, 2010, 23:52:24
Os Sindicatos andam de Instituição em Instituição a informar o reestruturamento da nova proposta e ao mesmo tempo recolhem a opinião dos enfermeiros com o objectivo de definir o próximo passo...  Em anexo esta a proposta
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird April 28, 2010, 08:52:48
Só não estou a perceber uma coisa nesta proposta... A primeira fase de trasição salarial seria em janeiro deste ano... então como fica esta situação? Recebe-se retroactivos, é?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro April 28, 2010, 14:04:54
Esta contraproposta já foi enviada para o MS?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Eumesmo April 28, 2010, 22:40:54
http://saudesa.blogspot.com/2010/04/pobre-futuro.html

Gostaria de "chamar" a atenção para este link. Corresponde a um post colocado no blogue Saude SA que tentou "provar" que os enfermeiros ganham muito. Como o autor partiu de pressupostos errados e utilizou informação que não soube analisar ou analisou tendo em conta o fim a que queria chegar, obteve respostas que me parece objectivamente contradizerem a sua conclusão. Mas para quem estiver interessado, leiam o post e as respostas e reparem que mesmo com argumentação clara, objectiva, baseada em dados e que articula diferentes áreas do saber tanto o/a autor/a como alguns leitores se mantêm irredutíveis na sua convicção(mesmo que errada). É também contra isto que nós lutamos, as ideias estereotipadas e preconceituosas em relação não só aos enfermeiros mas também aos trabalhadores da administração pública.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R April 29, 2010, 09:17:30
Creio que o SEP aguarda reunião com o MS para entregar esta proposta.

Mas de certeza que não é desta que levamos a água ao nosso moinho.... Esta luta ainda vai durar...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: fmago April 29, 2010, 21:18:39
tenham vergonha. mas o que é isto? andam a brincar ? acham isto bom ? venderem-se por isto? numca digam que são enfermeiros que é uma vergonha. O que é que está na lei? então as leis é só para alguns? qual crise qual caraPUÇA. OS MESMOS CONTINUAM SEMPRE A ENCHER-SE e trabalham mesmo ao vosso lado. Limpem o dito cujo com esta proposta.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pedrojosesilva May 01, 2010, 10:53:24
: Zeus-electro
agora vamos propor uma tabela salarial faseada, inferior ao que o próprio MS propunha a 7 de Set/2009.
Lembram-se que em Setembro, o MS propunha que o início da carreira fosse pelos 1.201 já e 1407,45 em 2011. in Enfermagem em Foco, n.º 78, p. 4


Vamos ser objectivos e rigorosos, esta contraproposta implica que em 2011 o inicio de carreira esteja nos  1407,45 que é o indice 19 da tabela remuneratória única, Portaria 1553-C/2008 (fazer download aquihttp://www.unl.pt/pessoal-nao-docente/legislacao_tabelaremuneracoes (http://www.unl.pt/pessoal-nao-docente/legislacao_tabelaremuneracoes) )

Em 2012 propõe actualização para os 1510,43 que é o índice 21.

Portanto não há recuo quanto aos valores em 2011, e apenas o faseamento até 2012 para atingir os 1510,43 como inicio de carreira.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro May 01, 2010, 14:18:56
Certo Pedro!
O que queria salientar é que há 8 meses atrás, isso não servia. Fizémos mais greves, protestos e manifestações e agora estamos dispostos a aceitar praticamente o mesmo (é certo que a proposta prevê que se atinja os 1500).

A julgar pela evolução do MS, não vejo que esta proposta possa por fim às negociações de uma forma que nos venha a beneficiar e a repor a justiça a que temos direito. Pelo contrário, as propostas do MS têm vindo a piorar sucessivamente e actualmente ainda conseguem reunir melhores condições para piorar ainda mais.

No meu entender, os sindicatos são a única parte envolvida que tem criado esforços para alcançar um entendimento, e note-se que têm cedido em muita coisa e continuam a ceder. Por oposição a esta iniciativa, o MS tem puxado para baixo todas as propostas que apresenta. Ora numa negociação, a aproximação de posições, no meu entender, implica cedências de ambas as partes no sentido convergente, ou seja, a proposta mais alta baixa, e a mais baixa sobe (não me refiro apenas a valores pecuniários, mas também a condições de trabalho, transições, etc...). Neste caso, ambas as partes têm baixado as suas propostas, portanto, num sentido divergente!

Pergunto-me a mim próprio, quanto mais vamos nós aceitar baixar a nossa proposta? Quanto tempo mais vamos nós esperar pelo fim das negociações, sendo que neste ano, dificilmente vamos ter qualquer tipo de aumento, o que já se traduz em ganho para o MS, uma vez que propunha 1200 para 2010 e isso não aconteceu. Continua a pagar 1020. Além disso, a passagem a 35h/semana dos CIT, que também não aconteceu, mantém mais uns quantos no desemprego e mantém mais uns €€ nos cofres do estado. Mais um ponto para o MS. E poderia continuar a enumerar um sem fim de situações que têm sido vantajosas para o Governo.

Enfim, o MS e o governo já levam muitos pontos de avanço e dificilmente vejo forma de ganharmos este campeonato!

Mas tens razão Pedro. A proposta da CNESE efectivamente não baixa em termos pecuniários em função do inicialmente proposto... apenas adia.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R May 08, 2010, 12:07:28
alguém tem novidades sobre próximas reuniões negociais ou sobre qualquer progresso??
Estou a ver isto muito parado!!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. May 09, 2010, 21:20:10
Estarão as negociações a Hibernar?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro May 17, 2010, 17:44:38
: Vitor A.
Estarão as negociações a Hibernar?
Só pode!  ???
Agora que já passou a história do PEC, da vitória do Benfica e da vinda do Papa, já era altura de ver alguma coisa!!!
Cumpts
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy May 17, 2010, 20:39:03
Infelizmente remeto-vos para uma notícia recente....

http://sic.sapo.pt/online/noticias/dinheiro/governo+vai+congelar+a+admissao+de+medicos+enfermeiros+e+professores.htm (http://sic.sapo.pt/online/noticias/dinheiro/governo+vai+congelar+a+admissao+de+medicos+enfermeiros+e+professores.htm)

Não querendo com isto dizer que deveremos desistir da "luta" propriamente dita, será que seremos vistos com bons olhos pela população, ao pedir mais isto e mais aquilo, quando o que se ouve (independentemente de ser verdade ou não) é cada vez mais desemprego, miséria, crise, desgraça?

Não acham que esta é a altura de dirigir esforços noutro sentido? Do reconhecimento social e político da profissão?  Preparar a "cama", para quando for possível nos deitarmos nela?

Ou vamos manter o marasmo e a indecisão de nada fazer, de continuar a nada mostrar do nosso trabalho à população e a quem gere os serviços de saúde, esperando por dias melhores???

Fica a sugestão....   http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com/2010/05/biblia.html (http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com/2010/05/biblia.html)

Lutem pela profissão, e terão óptimos resultados!  ;D ;D

aquele abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R May 22, 2010, 12:17:40
houve ontem reunião com MS. Alguém sabe de algo?? Novidades ou mais do mesmo?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: sanbokan May 25, 2010, 18:03:14
Vai haver a tal greve de 2 semanas alternando entre serviços, atingindo ainda assim 4 dias em cada um.

Gostaria mais de uma grve por tempo indeterminado, mas esta opção parece-me bastante razoável.

Boa sorte para nós.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI May 25, 2010, 18:31:44
Cara(o) Colega
A LUTA PELA CARREIRA DE ENFERMAGEM CONTINUA!
O SEP decretou GREVE NACIONAL para os dias 9, 11, 14, 15, 16, 17 e 18 de Junho / 2010, com
uma Grande Manifestação no dia 18 de Junho, último dia de Greve.
Estão abrangidos todos os Enfermeiros que trabalham no Serviço Nacional de Saúde,
independentemente do seu vínculo laboral (à excepção dos contratados por empresas de
prestação de serviços).
Inclui Instituições do Sector Público Administrativo (SPA), Hospitais EPE e Parcerias Público-
Privadas, Administrações Regionais de Saúde, Unidades Locais de Saúde, IDT, INEM, IPS e
Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (Ver Pré-Aviso de Greve).
VAMOS REALIZAR UMA GREVE DIFERENTE
O Pré-Aviso de Greve não “cobre” os colegas de TODOS OS SERVIÇOS ABRANGIDOS na
TOTALIDADE DOS DIAS DE GREVE. Vamos fazer uma Greve por “Serviços” que designamos por
“Greve Escalonada”: Uns dias fazem Greve os colegas dos Blocos Operatórios, outros dias
fazem Greve os colegas de todos os “Serviços Restantes”.

SINDICATO DOS ENFERMEIROS PORTUGUESES
O Modelo de Greve que vamos realizar é um pouco diferente do habitual.
A decisão da maioria dos Enfermeiros que participaram nas reuniões promovidas pelo SEP nas
instituições foi no sentido de realizar uma “GREVE ESCALONADA”, visando perturbar os
serviços num período mais alargado de tempo, com menor esforço financeiro por parte dos
colegas.
Concretiza-se da seguinte forma:
• Nos dias 9, 14 e 15 FAZEM GREVE, estão “cobertos” pelo Pré-Aviso de Greve,
EXCLUSIVAMENTE, os colegas que trabalham nos referidos BLOCOS OPERATÓRIOS.
Os colegas dos Serviços Restantes não estão “cobertos” pelo Pré-Aviso.
• Nos dias 11, 16 e 17 FAZEM GREVE, estão “cobertos” pelo Pré-Aviso de Greve,
EXCLUSIVAMENTE, os colegas de todos os SERVIÇOS RESTANTES. Os colegas dos
referidos Blocos Operatórios não estão cobertos pelo Pré-Aviso.
• No dia 18 FAZEM GREVE, estão “cobertos” pelo Pré-Aviso de Greve, os colegas de
TODOS OS SERVIÇOS abrangidos, para participação na Manifestação Nacional.
As propostas e contrapropostas negociais de ambas as partes bem como o ponto de situação
sobre o processo negocial são sobejamente conhecidos. Os motivos que nos levam a fazer esta
Greve são claros.
Cara(o) Colega
O Governo “auto-obrigou-se” legalmente a negociar e publicar as Carreiras Especiais até
Setembro de 2008. Nada fez neste sentido. Em função da análise da situação concreta, de
todos os dados que em cada momento deste processo detínhamos e perspectivávamos, fomos
decidindo e concretizando as diferentes formas de pressão e de luta ajustadas.
Todos temos consciência da situação complexa e difícil da fase em que nos encontramos, da
responsabilidade do Governo e M. da Saúde e para a qual nada contribuímos. Contudo,
estamos na fase final da negociação destes determinantes instrumentos legais sobre Grelhas
Salariais, Transições, Rácios, Direcção de Enfermagem, etc…fundamentais para o futuro.
VAMOS PARALISAR OS SERVIÇOS NOS DIAS E NOS TERMOS REFERIDOS
Este é mais um momento de luta por uma grelha salarial digna e por direitos e
condições de trabalho para todos os Enfermeiros.
MANIFESTAÇÃO NACIONAL DE ENFERMEIROS
18 DE JUNHO – 14.30 H – LISBOA (SEP organiza transportes)
Concentração: Campo Pequeno; –» M. Saúde –» Primeiro-Ministro
NOTA: Está em curso a Campanha de Valorização da Enfermagem.
PARTICIPA. USA O AUTOCOLANTE QUE JUNTO ENVIAMOS
Maio / 2010 A Direcção
GREVE NACIONAL DE
ENFERMEIROS, EM JUNHO
9 – 11 – 14 – 15 – 16 – 17 - 18

Fonte:  web Oficial do SEP

Podem visualizar a totalidade do conteúdo baixando o respectivo anexo.

Bora lá a mobilizar o pessoal... eu vou participar e estar na Manif. é agora ou nunca!!
Cumprimentos a todos os colegas.  A.J.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: artur_gaio June 04, 2010, 14:42:58
O timing pode nao ser o melhor por ter um feriado no meio, onde iremos ouvir que fizemos greve para ficar com um fim de semana prolongado, mas concordo com este modelo. Começámos com um ou dois dias, a seguir uma greve de tres dias, agora uma de sete dias. Esperemos nao ter de chegar ao ponto de termos greve por tempo indeterminado, mas é bom que o governo perceba que se for preciso, irá ser feito.

Será que desta vez ha desenvolvimentos sérios?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfarfr June 04, 2010, 16:54:55
MS marca reunião negocial para dia 7 de Junho

http://doutorenfermeiro.blogspot.com/ (http://doutorenfermeiro.blogspot.com/)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Herodes June 05, 2010, 04:56:38
Alguém ainda acredita nesta ministra da saúde ou no José Sócrates?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Caldas June 05, 2010, 07:41:53
o que ele disser, é o contrário do que vai ser feito.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 05, 2010, 12:53:52
(http://img190.imageshack.us/img190/2907/cnese.gif)  CNESE INTERVÉM
 JUNTO do PRIMEIRO-MINISTRO (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/06/040610CartaCNESEaPrimMin.pdf)

http://www.sep.org.pt/ (http://www.sep.org.pt/)

http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... rimMin.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/06/040610CartaCNESEaPrimMin.pdf)


http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... 0ncs01.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/06/020610ncs01.pdf)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro June 07, 2010, 16:05:48
Desconvocada parcialmente a greve!
Nova reunião na próxima 2ª-feira!

http://www.publico.pt/Sociedade/enfermeiros-suspendem-tres-dos-nove-dias-de-greve-ate-proxima-reuniao-com-ministerio_1440906 (http://www.publico.pt/Sociedade/enfermeiros-suspendem-tres-dos-nove-dias-de-greve-ate-proxima-reuniao-com-ministerio_1440906)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird June 07, 2010, 16:27:13
: Zeus-electro
Desconvocada parcialmente a greve!
Nova reunião na próxima 2ª-feira!

http://www.publico.pt/Sociedade/enfermeiros-suspendem-tres-dos-nove-dias-de-greve-ate-proxima-reuniao-com-ministerio_1440906 (http://www.publico.pt/Sociedade/enfermeiros-suspendem-tres-dos-nove-dias-de-greve-ate-proxima-reuniao-com-ministerio_1440906)

"Relativamente às grelhas salariais da carreira de enfermagem, uma das questões em cima da mesa, Guadalupe Simões afirma haver “pouca disponibilidade do Ministério da Saúde para alguma evolução”.

Se o ministério está com pouca disponibilidade para a evolução, então porquê desconvocar 3 dos 7 dias de greve?
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro June 07, 2010, 16:33:20
Ao que parece, a ministra colocou em cima da mesa uma proposta, e agora a CNESE vai apresentar nova contra-proposta até 2ª-feira.

Realmente se não há disponibilidade por parte do MS, então para quê mais uma contra-proposta? O que será que vão baixar ainda mais???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: sanbokan June 07, 2010, 17:00:09
Realmente, se não há alterações (ou pelo menos dignas de registo) relativamente às grelhas salariais, estar a desconvocar parcialmente esta greve é destruir o poder reivindicativo da mesma.. Outra greve parcial de 4 dias não tem interesse para ninguém. Devia sim, ser totalmente desconvocada e marcada uma nova, ou então continuar com esta. O MS sabe muito bem o que é que os enfermeiros querem...

Não queria acreditar em negociatas por parte do sep, mas esta é a prova evidente...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: rsmar959 June 07, 2010, 19:04:11
Boas

Já dizia o Jorge Palma ... "Deixem-me rir".

Claro que rir apenas para não chorar.

Isto é uma autentica tristeza.

Afinal são todos contra os enfermeiros .... ministerio, sindicatos, ordem e até a opinião pública.

Vergonhoso.

Cumps a todos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Red Fish June 08, 2010, 00:37:57
Olá a todos

Este JÁ FOI para Conselho Nacional e é de divulgação geral

 

Terminada a Reunião Negocial de hoje, 7/6, e a reunião de Direcção Nacional, seguem-se as seguintes informações (nesta reunião esteve, pela 1.ª vez o Sec. Estado das Finanças):

1 – Questões prévias colocadas pelo SEP

1.1   – Situação dos CTFPTCerto (DL 276-A/2007) que cessam a 31.Julho.10

Os Min. da Saúde e das Finanças reafirmaram a solução decidida e “em andamento”: Todos os Enfermeiros nesta circunstância verão o seu Contrato renovado por mais 1 ano (31.Julho.2011). Neste período serão abertos os Concursos para passarem a CTFPTIndeterminado.

Esta solução será publicada na “Lei de Execução Orçamental” que está para promulgação do P.República e a ACSS tem os “Avisos de Abertura” (para uniformizar) prontos. Foi feita informação junto das ARSs e vai sair informação para IDToxicodepência (que já enviou cartas de cessação do CTFPTC – DRLisboa) e IPSangue.

SEP: “mais um remendo” que não vai ser solução para Enfermeiros/Serviços, nem para todos.

 

1.2    - Admissão de Enfermeiros

SEP: Inadmissível a aplicação do plano de contenção aos enfermeiros. Somos poucos nos Serviços, a generalidade fazem HExtra que depois não pagam. Agora, vêm congelar as Admissões e exigirem na redução das HExtra. Só vai ampliar a contratação através de Empresas, que constitui uma ilegalidade, um roubo ao erário público e que o Governo diz que ia combater.

Min. Saúde/Finanças: A admissão de enfermeiros não está congelada. As Finanças/Saúde reconhece que é um sector deficitário e por isso a lei prevê excepções. Há mais centralização na decisão de admitir e exige-se mais fundamentação. Está inclusive em andamento um trabalho, com a OEnfermeiros, de definir algumas coisas sobre Dotações Seguras. Vamos tomas medidas em relação às Empresas(?!?!).

 

1.3   Parceria Público-Privada – Hospital de Braga

O Min. Saúde diz que mantém o mesmo entendimento, para a PPPBraga, do que o que foi assumido para a PPPCascais, e que coincide com o entendimento do SEP (A Entidade Gestora está legalmente obrigada a levar a totalidade dos Enfermeiros e a manter-lhe a relação jurídica de emprego. Contudo, esta semana, ainda haverão reuniões sobre esta matéria com algumas entidades. Em próxima reunião com o SEP, o Min. Saúde informará mais detalhes.

 

2        – Carreira de Enfermagem

Os Min. Saúde e Finanças, apresentaram um Novo Documento com os dois domínios de matérias exigidos:

1.º domínio – Conjunto de Princípios sobre Avaliação de Desempenho, ACT/Organização de Trabalho, Direcção de Enfermagem e Concursos;

2.º domínio: Projecto de Diploma relativo a Grelhas Salariais, transições e Rácios.

Os Ministérios, no mesmo dia em que apresentaram um novo Documento, quiseram impor a cessação do processo negocial relativo a este Diploma. Era para encerrar negociações hoje.

 

Nota: Nos termos legais, O Governo pode encerrar as negociações (é diferente na Contratação Colectiva) sem acordo das partes, quer quanto ao conteúdo quer quanto ao processo negocial. Ou seja, o Governo pode impor unilateralmente o encerramento de processos negociais.

 

O SEP, pronunciou-se sobre o Documento:

 - Relativo ao conjunto de Princípios sobre as várias matérias, temos propostas de alteração e acrescento;

 - Relativo ao Projecto de Diploma, pronunciou-se em oposição às soluções preconizadas, defendendo as propostas discutidas e já apresentadas. Entretanto, tem ainda Contrapropostas a apresentar e quer continuar a negociação.

 

Ministérios referem não ser possível com a greve em “andamento”. Face às questões colocadas pelo SEP, há de facto, algumas coisas que podem ser melhoradas.

Contudo, nas questões salariais a margem é extremamente reduzida, face ao contexto do país.

 

Neste cenário ficaram claras as alternativas:

1 – Ou suspendíamos uma parte da Greve para termos mais uma reunião.

2 – Ou não suspendíamos parte da Greve, não havia mais nenhuma reunião, os Ministérios/Governo encerrava hoje as negociações … a Greve a realizar era simplesmente de protesto … não haveria resultados … porque não havia mais nenhuma reunião … o projecto de diploma seguiria para Conselho de Ministros.

 

Neste quadro:

1 - Decidimos suspender a greve, SÓ, nos dias 9, 11 e 14/Junho

2 – Dia 9/Junho, a CNESE entregará nova Contraproposta

3 – Dia 14/Junho, pelas 10h00, haverá nova reunião negocial

 

VAMOS MANTER A MOBILIZAÇÃO PARA A GREVE,

a partir de 15/Junho

 

VAMOS FAZER A INSCRIÇÃO PARA A

MANIFESTAÇÃO DE DIA 18/Junho

 

VAMOS ESTAR ATENTOS À INFORMAÇÃO

DE DIA 14/Junho ao final da tarde

 

Abraço

Pel’ O SEP;

José Carlos Martins
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro June 14, 2010, 21:55:09
O que já se esperava:

"O Ministério da Saúde "impôs" hoje o fim do processo negocial com os enfermeiros sem responder a todas as exigências do sindicato dos enfermeiros. O SEP decidiu assim desconvocar os próximos três dias de greve, mantendo apenas o último (sexta-feira), por achar que os enfermeiros "já não ganham nada com isso", explicou Guadalupe Simões ao Negócios."
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SandroMelo June 14, 2010, 22:35:04
Claro...e o sindicato apercebeu-se da baixissima adesão que se previa à greve...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Boiler June 14, 2010, 22:48:02
"Em declarações à TSF, a presidente do SEP disse que a «categoria de enfermeiro principal» passou para uma nova posição remuneratória e o Ministério «aproximou posições no que diz respeito aos rácios de enfermeiros que poderão atingir a categoria de enfermeiro principal»"
in http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portug ... id=1593305 (http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1593305)

E eu pergunto-me: E que é feito dos Enfermeiros? Que são a maioria... Só os Enfermeiros Principais (que já ganham pouco  >:D e que devem ser todos esses sindicalistas de "meia-tigela") é que passarão para uma nova posição remuneratória?!
Ainda bem que do meu bolso nunca viram um cêntimo, e continuarão a não o ver!

Cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha June 14, 2010, 23:15:01
Andei a fazer greves para depois ficar tudo na mesma...a auferir menos que um enfermeiro veterinário!?!?!
Sinceramente é mudar de profissão e prontos...

Cumprimentos...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird June 14, 2010, 23:16:52
: Zeus-electro
O que já se esperava:

"O Ministério da Saúde "impôs" hoje o fim do processo negocial com os enfermeiros sem responder a todas as exigências do sindicato dos enfermeiros. O SEP decidiu assim desconvocar os próximos três dias de greve, mantendo apenas o último (sexta-feira), por achar que os enfermeiros "já não ganham nada com isso", explicou Guadalupe Simões ao Negócios."

Estes próximos dias de greve foram desconvocados??

Faltam menos de 9 horas para inciar a greve e no site do SEP não têm nenhum comunicado sobre isto. Lá apenas diz:

"Sindicato dos Enfermeiros Portugueses
Negociações da Carreira de Enfermagem       
REUNIÃO no MINISTÉRIO da SAÚDE
ainda está a decorrer..."

Como é que os colegas do BO vão saber, atempadamente, se há greve ou não amanhã? ???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird June 14, 2010, 23:29:37
Acabou de ser colocado no site do SEP:

http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... euniao.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/06/140610notareuniao.pdf)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Eumesmo June 14, 2010, 23:52:45
Hoje foi finalmente declarado o óbito da enfermagem em Portugal.

Tenho a informar que aguentei os últimos dez anos, mas começa aqui oficialmente o meu processo de abandono desta profissão!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. June 15, 2010, 00:05:47
: Boiler
"Em declarações à TSF, a presidente do SEP disse que a «categoria de enfermeiro principal» passou para uma nova posição remuneratória e o Ministério «aproximou posições no que diz respeito aos rácios de enfermeiros que poderão atingir a categoria de enfermeiro principal»"
in http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portug ... id=1593305 (http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1593305)

E eu pergunto-me: E que é feito dos Enfermeiros? Que são a maioria... Só os Enfermeiros Principais (que já ganham pouco  >:D e que devem ser todos esses sindicalistas de "meia-tigela") é que passarão para uma nova posição remuneratória?!
Ainda bem que do meu bolso nunca viram um cêntimo, e continuarão a não o ver!

Cumprimentos

O que realmente se passou naquela sala? Mais uma vez os grandes passam para f****** os pequenos.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: crybaby June 15, 2010, 11:21:11
Já deu para os 3 ou 4% que mandam, os outros que se lixem...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird June 15, 2010, 14:57:59
Em mail que recebi:


A GREVE FOI SUSPENSA NOS DIAS 15, 16 e 17 de JUNHO.

 

MANTÉM-SE A GREVE NACIONAL NO DIA 18/6 (SEXTA) E MANIFESTAÇÃO (Concentração em Lisboa, Campo Pequeno, às 14h30)

 

NÃO HOUVE QUALQUER ACORDO entre a CNESE e o MSAÚDE

 

A – SOBRE A SUSPENSÃO DA GREVE

Tal como já pretendia na última reunião e informámos, o MSaúde/Finanças impôs hoje o encerramento do processo negocial sobre o Projecto de Diploma relativo a Grelhas Salariais, Rácios e Transições. Legalmente pode fazê-lo independentemente de acordo/vontade/desejo dos Sindicatos.

Neste quadro, manter os 4 dias de Greve, era levar os Enfermeiros a perder mais vencimento sem qualquer possibilidade real de obter algum ganho. Porquê? Porque, sobre esta matéria, o MSaúde encerrou a negociação, não há mais reuniões sobre esta matéria, não há realisticamente a possibilidade de obter o que quer que seja.

A proposta que o MSaúde/Finanças impôs não é Inadmissível e Intolerável? É

Não estamos Revoltados? Estamos

Não estamos Indignados? Estamos

E não fazemos nada? Fazemos. Por isso, mantemos Greve Geral e Nacional do Dia 18/6 e Manifestação para Protestar

E não fazemos mais nada? Fazemos. Vamos intervir nas diferentes instâncias, que podem intervir sobre esta matéria (designadamente, 1.º Ministro, Presidente da República, Assembleia da República)

Mas porque é que não fazemos os 4 dias de Greve? Porque eram 4 dias de puro Protesto. Não haveria nenhum retorno. Não haveria nenhum ganho. Isto porque o MSaúde/Finanças, sobre esta matéria, não reúne mais. E não reúne mais porque impôs o encerramento das negociações. Agora o Projecto de Diploma segue para Conselho de Ministros e depois para a Presidência da República.

 

B – SOBRE A REUNIÃO NEGOCIAL – CARREIRA DE ENFERMAGEM

 

B1 – Processo

Agendada para as 10h00, teve o seu início às 12h00. Interrupção das 13h00 às 14h00. Terminou às 20h30.

Estiveram presentes, para além das habituais Assessorias, a Ministra e o Secretário de Estado da Saúde e o Secretário de Estado das Finanças e Administração Pública.

 

B2 – Conjunto de Princípios sobre a Avaliação de Desempenho, ACT/Organização do trabalho, Direcção de Enfermagem e Concursos.

O conjunto destes Princípios serão integrados nos diferentes Instrumentos Legais a negociar.

B2.1 – Avaliação de Desempenho

Até 15 de Julho MSaúde apresenta Proposta de Diploma e haverá reunião até final de Julho.

A Proposta de Diploma deve reflectir, designadamente, os seguintes princípios:

·Â         A Avaliação é anual e feita inter-pares

·Â         Concretizará a forma de valorizar a atribuição do Título de Enfermeiro Especialista

B2.2 – ACT/Organização do trabalho

A Proposta de ACT deve reflectir, designadamente, os seguintes princípios:

·Â         Serão desenvolvidas/ajustadas as funções das Categorias às diferentes Áreas de Exercício Profissional (art.º 6º, DL 248/2009)

·Â         Ficaram consagrados vários princípios sobre a Organização do Tempo de Trabalho que hoje temos na Carreira

·Â         As Horas de Qualidade, Extra e Prevenção são regulados por legislação especial tendo como base de partida/referência o DL 62/79

B2.3 – Organização dos Serviços de Enfermagem

B2.3.1 – Direcção de Enfermagem (n.º 5, art.º 18, DL 248/2009)

Até 23 de Julho MSaúde apresenta Proposta de Diploma e haverá reunião até final de Julho.

A Proposta de Diploma deve definir a composição, competências e forma de funcionamento;

B2.3.2 – Categorias Subsistentes

MSaúde clarificou o conjunto de princípios que a CNESE vem divulgando e que decorrem da lei publicada (DL 248/2009). Designadamente:

·Â         O conteúdo funcional de Chefes e Supervisores é o previsto no DL 437/91

·Â         A sua Avaliação de Desempenho é feita pelo Sistema Específico dos Enfermeiros

·Â         Os CA estão legalmente proibidos de recrutar ou a recorrer a instrumentos de mobilidade para o exercício de funções que correspondam a Chefes e Supervisores

·Â         Os Chefes e Supervisores, se exercerem as funções previstas nas al. e) a r), n.º 1, art.º 10º do DL 248/99, fazem-no em comissão de serviço e têm direito à remuneração correspondente aos cargos de chefia e direcção

B2.4 – Concursos

MS vai apresentar proposta de diploma.

 

B3 – Projecto de Diploma

B3.1 – Estrutura da Grelha

·Â         MSaúde/Finanças impuseram a Grelha já conhecida.

·Â         Apenas aceitaram que a Posição 1 de Enfermeiro Principal passasse do 48 para 49

B3.2 – Mudança de Posição Remuneratória

·Â         MSaúde/Finanças impuseram que se faça nos termos dos art.ºs 46 a 48 da Lei 12-A, mas na consideração do Sistema Específico da Avaliação de Desempenho.

B3.3 – Rácios de Enfermeiro Principal

·Â         MSaúde/Finanças impuseram:

·Â         Os Mapas de Pessoal devem prever, no que respeita ao número de Postos de Trabalho para Enf. Principal, um mínimo de 10 e um máximo de 25% do número total de enfermeiros;

·Â         A previsão acima dos 20% carece de proposta fundamentada e parecer dos MSaúde/Finanças

·Â         No cômputo destas percentagens é considerado o actual n.º de Chefes e Supervisores (actualmente cerca de 6%)

B3.4 – Transições

B3.4.1 – Área Funcional

·Â         Mantém-se a transição prevista no DL 248/2009

·Â         É reafirmado que nenhum Enf.º Chefe e Supervisor Transita para Enf.º Principal

B3.4.2 – Económica

·Â         MSaúde/Finanças impuseram a Transição sem ganho económico para a generalidade dos Enfermeiros

·Â         MSaúde/Finanças impuseram a já conhecida transição faseada, até 1.1.2013, dos colegas que hoje recebem menos de 1 200 euros

·Â         MSaúde/Finanças aceitaram retirar a sua proposta de não contagem do tempo de serviço após transição

B3.5 – Remuneração de “Chefias e Direcção”

·Â         MSaúde/Finanças impuseram que o exercício das funções de chefia e direcção (al. e) a r), n.º 1, art.º 10º) confere (e também aos que se encontram em categoria Subsistente no exercício daquelas funções) um acréscimo remuneratório, respectivamente, de 200 e 300 euros.

 

C – OUTROS ASPECTOS

C1 – PPP BRAGA

MSaúde mantém o mesmo entendimento legal relativamente ao que fixou para a PPP Cascais: A Entidade Gestora do Estabelecimento (Escala Braga) está legalmente obrigada, na Transição para o Novo Hospital:

·Â         A levar a totalidade doa actuais Enfermeiros

·Â         A manter a actual relação jurídica de emprego da totalidade dos enfermeiros (CTFPTIndeterminado)

 

C2 – INEM

MSaúde/Finanças mantém a afirmação:

·Â         O Plano de Contenção/”ganhos de eficiência” das Instituições não pode colocar em causa a prestação de cuidados/respostas às pessoas e muito menos a sua qualidade e segurança.

·Â         Não será encerrado nenhum meio INEM

·Â         As SIVs são para manter e inclusive aumentar, no desenvolvimento da reforma das “urgências”

·Â         Os Concursos, designadamente o do INEM que visa estabilizar os CTFPTI em regime de mobilidade, será aberto provavelmente ainda esta semana.

 

SOBRE ESTA E OUTRAS MATÉRIAS HAVERÁ NOVA REUNIÃO

COM A MINISTRA DA SAÚDE - DIA 23 DE JUNHO – 10H00

 

 

PARTICIPA NA MANIFESTAÇÃO – 18/JUNHO

 

 

 

14 de Junho de 2010

 

Pel´ A DIRECÇÃO

 

José Carlos Martins
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: opereira June 15, 2010, 18:52:32
Só uma curta mensagem: O problema central na questão das carreiras é DISCRIMINAÇÃO de um tipo de profissionais em relação a outros. Este tipo de discriminação é crime: Já alguém se lembrou de colocar em tribunal os empregadores que discriminam emfermeiros em relação aos outros licenciados? Se calhar é prec iso também fazer isso. As outras manobras todas já as conhecemos. Por agora fico por aqui
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: pirilampoverde June 15, 2010, 22:22:31
Isto tudo está a ser uma palhaçada tal que quem não contribui para as greves (chefes e supervisores) e gostava que alguem com eles no sitio fizesse um levantamento de quantos é que fizeram greves, são os UNICOS a ganhar com tudo isto....
Mais, expliquem-me qual a motivação de um enfermeiro graduado com 14 anos de profissão que andou 1 ano a gastar dinheiro, tempo e cabelos brancos para tirar uma licenciatura para agora daqui a 3 anos ficar a ganhar praticamente o mesmo que um enfermeiro recem licenciado com todo o respeito que estes me merecem.... mas por favor não me f..... mais, por isso as greves vão passar a ser de zelo e se todos o fizermos vão começar a reparar que isto, sem o nosso zelo e a nossa eterna preocupação com tudo e mais alguma coisa, não funciona. Meus amigos comecem a fazer unica e exclusivamente o vosso trabalho e deixem de tapar buracos e vão ver como vão sentir a vossa falta, deixem de colar as coisas com adesivos e até as paredes vão começar a cair.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: El Nacho70 June 15, 2010, 23:17:23
Só quero dizer que tenho pena de ter um sindicato assim, sem coragem. Não querem negociar... Eu também não. o SEP deveria desde o início ter coragem e ter dado um aviso sério ao governo. Como? É simples: 1 semana de greve nos BO e CS. Com o dinheiro que desconto, eu e os outros enfermeiros, dava de certeza para pagar aos grevistas. De seguida: 1 semana BO e CS, seguido de 1semana nos internamentos. E assim sucessivamente. Até chegar a 1 mês de greve nos BO e CS. E 1 mês nos internamentos. Vão me dizer temos contas para pagar. Olha eu também, mas se para conseguir teria de perder 1 ou 2 mês do meu vencimento porque não? Abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Deylson June 16, 2010, 16:23:48
Olá, sou estudante do 3º ano universitário de enfermagem no Brasil, e tambem aqui sofremos muita discriminação. A enfermagem aqui, como em muitos outros lugares, é desvalorizda. É importante que manifestações como essas sejam feitas para mostrarmos que não temos medo ou receio de lutar pelos nossos direitos. Não sei como aconteceu aí e nem quais foram as reais conquistas, mas o importante, apesar da aparente derrota, é que a chama da vitória continue acesa, pois a classe já superou outras crises, e persistiu no seu ideal para melhoras constantes. Se toda a classe se unir, podemos sim, conquistar nosso espaço. No Brasil os enfermeiros, incluindo técnicos e auxiliares não são unidos a ponto de realizar manifestações nessa proporção. A nossa luta é para unir a classe. Os enfermeiros portuqueses estão na nossa frente quanto a isso.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird June 16, 2010, 20:51:47
Estou a pensar muito seriamente em reaver o 1% do ordenado que desconto todos os meses para o sindicato!!!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: R_M_R June 17, 2010, 01:37:11
e eu estou muito sériamente a pensar em mudar de profissão... estou farto disto... :(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfsergio June 17, 2010, 23:19:42
A Ministra da Saúde, Ana Jorge, estará amanhã, sexta-feira às 12h00, na Universidade de Aveiro, para presidir à cerimonia de encerramento do II Congresso Nacional sobre Estilos de Vida Promotores de Saúde que está a decorrer na Universidade.




Uma boa altura para mostrarmos o nosso descontentamento...pena só ter descoberto a esta hora...e a mobilização ser dificil para amanha...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 18, 2010, 12:19:59
Caros Colegas,

Acabei de ler e assinar a petição online: «Enfermeiros Repudiam Discriminação»

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVe ... pi=ERD2010 (http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=ERD2010)

Eu concordo com esta petição e acho que também podem concordar. Subscrevam a petição e divulguem-na pelos vossos contactos.

Obrigado
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfsergio June 18, 2010, 13:58:11
: ENFA.J.
Caros Colegas,

Acabei de ler e assinar a petição online: «Enfermeiros Repudiam Discriminação»

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVe ... pi=ERD2010 (http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=ERD2010)

Eu concordo com esta petição e acho que também podem concordar. Subscrevam a petição e divulguem-na pelos vossos contactos.

Obrigado



tb já vi e assinei...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy June 18, 2010, 16:35:45
MAS será que vocês ainda não se convençeram que com petições não vamos lá?????

Pelo amor da Santa! isto sim deve ser feito:

"1.Aos colegas sindicalizados, abandonem imediatamente o sindicato (afinal sobem logo o salário em 1%) obrigando estes iluminados sem visão nenhuma a irem trabalhar no duro para a bela carreira que pseudo negociaram! Ao mesmo tempo criar um movimento de cidadãos enfermeiros revoltados com isto para passar à acção, SÓ PRECISAMOS DE NÓS PRÓPRIOS!
2.Devemos ficar muito contentes pelas pseudo negociações terem FINALMENTE acabado!!! Com os professores foi a mesma coisa, acabaram unilateralmente com as negociações, aprovaram os diplomas e depois de toda a contestação tiveram que voltar atrás (e não tinham o poder que temos de parar o SNS). Agora podemos agir e partir a loiça toda mostrando a revolta que sentimos com actos concretos:
3.Queixa ao Tribunal Europeu do Trabalho baseado na discriminação salarial entre licenciados e também ao Constitucional (os licenciados não podem ganhar menos de 1200 Euros e não é atribuído faseadamente, é já e com retroactivos)
4. Vaquinha nacional para parar a cirurgia programada por tempo indeterminado
5.Greve mínimo de 15 dias podendo ser consertada desde que crie impacto na cirurgia programada e consultas com o mínimo de perda de salário
6.Parar o SNS é a melhor forma de conseguir tudo o que temos direito, nem sabiam onde se haviam de meter com uma paralisação dessas!
7.Demissão em bloco a nível nacional com o abandono do SNS de imediato (penso até que bastava a ameaça concreta a nível temporal) já viram a catástrofe que era? Pensam que os políticos iam arriscar isso depois do exemplo Finlandês?
Não tenham medo, é também chegar à OE e renunciar (também iam ficar afelitinhos), sem cédula profissional de um dia para o outro não podíamos exercer e assim apresentava-mos a demissão em bloco...
Abram os olhinhos!!! TEMOS UM PODER IMENSO, BASTA USÁ-LO, já que os cobardes sindicalistas nada fizeram em posição determinada de força!"
Era um dos comentários que foi escrito por um colega no blogue dr enfermeiro!

E querem mais? Agora já não dá muito, mas era manif na embaixada de Portugal em Madrid, era queixa ao trib europeu como descrito acima e era isto
Porque não organizamos um "funeral da enfermagem"?? eu explico: uma cerimónia simbólica, cortejo fúnebre, com a presença da comunicação social, em que se participe de oculos escuros, com dramatização de muito choro e muita tristeza, carro fúnebre incluído. Giro giro é que, no final, vem-se a descobrir que quem está no caixão não é a enfermagem, mas sim a verdadeira saúde em Portugal na medida em que na homília final (também ela simulada) será dito, entre muitas outras coisas que, com o desinvestimento na enfermagem, o governo está a matar a saúde em portugal!

Fácil, relativamente barato e que com a participação de 100 a 200 pessoas já fazia história!

MENOS QUE ISTO é andar a brincar por aí! E calma com os salários, que o que é preciso é negociar todas as condições mas daqui a uns anos! quer dizer, daqui  pro ano vamos dar 100 M€ aos médicos, e nós, em 3 anos, só nos dão 6 M€? quantos são eles e quantos somos nós?

http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com/2010/06/numbers.html (http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com/2010/06/numbers.html)

aquele abraço
: 200 enfermeiros na manifestação?
: pedrojosesilva June 18, 2010, 16:40:21
Cerca de uma centena de enfermeiros estão concentrados na praça do Campo Pequeno, Lisboa, para se dirigirem ao Ministério da Saúde, onde entregarão uma moção "de total repúdio e veemente protesto" por causa da tabela de remunerações da classe.

Em causa está a imposição por parte da tutela de um diploma sobre remunerações, que prevê que os enfermeiros em início de carreira continuem a ganhar 1020 euros até 2013, altura em que passarão a receber 1200.

O coordenador nacional do sindicato dos enfermeiros portugueses, José Carlos Martins, lembrou que com este diploma a remuneração imposta é "inferior ao que o Governo se auto-obrigou legalmente" a pagar aos outros licenciados da Administração Pública.

O sindicalista lembrou ainda que a carreira de enfermagem tem um estatuto especial, como o dos professores, no qual se começa por ganhar 1500 de euros de salário.

Mesmo com as negociações encerradas neste capítulo, o dirigente sindical afirmou "que vale sempre a pena protestar porque se há de conseguir".

Os enfermeiros vão agora recorrer ao primeiro ministro, à Presidência da República e ao Parlamento, mas "a forma e o tempo" ainda vão ser determinados.

"Há outras formas de poupar no Serviço Nacional de Saúde e remunerar de forma mais justa e incentivar os profissionais, em que estão incluídos os enfermeiros", afirmou José Carlos Martins.

Como exemplo de cortes para poupar que podiam ser feitos, o dirigente exemplificou com o recurso a funcionários de empresas externas, os gastos em sistemas de informação ou as horas extraordinárias que o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) está a pagar ao ter de deslocar enfermeiros para locais onde são necessários.

Esta tarde, os enfermeiros vão concentrar-se durante algum tempo junto ao Ministério da Saúde e reafirmar "que havia condições para se ir mais longe nas negociações".

O sindicalista afirmou esperar a adesão de cerca de 200 enfermeiros numa manifestação que integra apenas dirigentes, ativistas, representantes de piquetes de greve e delegados.

Sem ter números concretos acerca da adesão à greve de hoje no turno da tarde, estimou à Lusa que a percentagem de profissionais em greve ronda 80 por cento na maior parte das unidades.

Encerradas as negociações sobre salários, vão decorrer agora as conversações sobre a avaliação de desempenho, com a tutela a ter de apresentar uma proposta de diploma até 15 de julho.

Até 23 de Julho, a tutela também terá de apresentar a sua visão sobre a regulamentação da direção de enfermagem. Estes dois assuntos farão parte da agenda de uma reunião entre sindicatos e Ministério da Saúde até final de julho. Para mais tarde, ficam as rondas sobre o acordo coletivo de trabalho e concursos.

Mas já na próxima quarta feira haverá um encontro com a ministra da Saúde, Ana Jorge, com o INEM na agenda, cuidados de primários de saúde e a parceria público-privada de Braga.

http://www.ionline.pt/conteudo/65209-en ... s-salarios (http://www.ionline.pt/conteudo/65209-enfermeiros-concentram-se-mostrar-repudio-e-protesto-ao-diploma-dos-salarios)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 18, 2010, 17:12:34
: Luffy
MAS será que vocês ainda não se convençeram que com petições não vamos lá?????

Pelo amor da Santa! isto sim deve ser feito:

"1.Aos colegas sindicalizados, abandonem imediatamente o sindicato (afinal sobem logo o salário em 1%) obrigando estes iluminados sem visão nenhuma a irem trabalhar no duro para a bela carreira que pseudo negociaram! Ao mesmo tempo criar um movimento de cidadãos enfermeiros revoltados com isto para passar à acção, SÓ PRECISAMOS DE NÓS PRÓPRIOS!
2.Devemos ficar muito contentes pelas pseudo negociações terem FINALMENTE acabado!!! Com os professores foi a mesma coisa, acabaram unilateralmente com as negociações, aprovaram os diplomas e depois de toda a contestação tiveram que voltar atrás (e não tinham o poder que temos de parar o SNS). Agora podemos agir e partir a loiça toda mostrando a revolta que sentimos com actos concretos:
3.Queixa ao Tribunal Europeu do Trabalho baseado na discriminação salarial entre licenciados e também ao Constitucional (os licenciados não podem ganhar menos de 1200 Euros e não é atribuído faseadamente, é já e com retroactivos)
4. Vaquinha nacional para parar a cirurgia programada por tempo indeterminado
5.Greve mínimo de 15 dias podendo ser consertada desde que crie impacto na cirurgia programada e consultas com o mínimo de perda de salário
6.Parar o SNS é a melhor forma de conseguir tudo o que temos direito, nem sabiam onde se haviam de meter com uma paralisação dessas!
7.Demissão em bloco a nível nacional com o abandono do SNS de imediato (penso até que bastava a ameaça concreta a nível temporal) já viram a catástrofe que era? Pensam que os políticos iam arriscar isso depois do exemplo Finlandês?
Não tenham medo, é também chegar à OE e renunciar (também iam ficar afelitinhos), sem cédula profissional de um dia para o outro não podíamos exercer e assim apresentava-mos a demissão em bloco...
Abram os olhinhos!!! TEMOS UM PODER IMENSO, BASTA USÁ-LO, já que os cobardes sindicalistas nada fizeram em posição determinada de força!"
Era um dos comentários que foi escrito por um colega no blogue dr enfermeiro!

E querem mais? Agora já não dá muito, mas era manif na embaixada de Portugal em Madrid, era queixa ao trib europeu como descrito acima e era isto
Porque não organizamos um "funeral da enfermagem"?? eu explico: uma cerimónia simbólica, cortejo fúnebre, com a presença da comunicação social, em que se participe de oculos escuros, com dramatização de muito choro e muita tristeza, carro fúnebre incluído. Giro giro é que, no final, vem-se a descobrir que quem está no caixão não é a enfermagem, mas sim a verdadeira saúde em Portugal na medida em que na homília final (também ela simulada) será dito, entre muitas outras coisas que, com o desinvestimento na enfermagem, o governo está a matar a saúde em portugal!

Fácil, relativamente barato e que com a participação de 100 a 200 pessoas já fazia história!

MENOS QUE ISTO é andar a brincar por aí! E calma com os salários, que o que é preciso é negociar todas as condições mas daqui a uns anos! quer dizer, daqui  pro ano vamos dar 100 M€ aos médicos, e nós, em 3 anos, só nos dão 6 M€? quantos são eles e quantos somos nós?

http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com/2010/06/numbers.html (http://essenciasdaenfermagem.blogspot.com/2010/06/numbers.html)

aquele abraço

"Pelo amor da Santa! isto sim deve ser feito .../..."

Sim por Amor da Santa…  de acordo! Consegues colocar tudo isso no terreno? Não basta sugerir, é necessário que alguém operacionalize!

Já agora…  e que tal um passo de cada vez? No imediato acho de suma importância vincar muito bem o nosso repúdio a quem de direito, mostrando claramente que o mesmo não passará em claro! E para mim sem dúvida que uma ”Santa” de 20 mil subscritores terá muito mais poder junto de “Deus” que uma ou duas centenas de tristes manifestantes sindicais vendidos, junto do ministério…  muito longe dos mais de 20 mil de 29 de Janeiro!

O passo seguinte, certamente surgirá a seu tempo…  quem tiver pressa e condições para fazer mais e melhor que avance determinadamente com actos… e não com meras palavras, pois se as medidas tiverem o acolhimento dos colegas, certamente também acolherão o apoio dos mesmos.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy June 19, 2010, 01:16:36
Consegues colocar tudo isso no terreno? Não basta sugerir, é necessário que alguém operacionalize!

Já agora…  e que tal um passo de cada vez?

Consigo, excepto a parte da queixa ao tribunal europeu, que não percebo mto disso, e os sindicatos que existam que o façam, que têm dinheiro e know-how!

Farto estou eu de expressar a minha indignação, especialmente sempre das MESMAS maneiras. Aposto, sim, aposto, que as petições quando lá chegam ou são destruídas ou dadas à secretária para as arrumar no canto mais fundo da estante.

Ainda bem que concordas, já somos 2 então, já se pode começar!

Ao resto do pessoal:

Jovem, és dinâmico, criativo e queres enveredar por novas formas de reivindicação? Estás cansado das mesmas fórmulas de há 20 anos atrás? Tens amigos dinâmicos como tu? Tens um tio numa funerária que empreste uma carrinha?  ;D Então manda mail!

ehehe
aquele abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 19, 2010, 12:10:17
: Luffy
Consigo, excepto a parte da queixa ao tribunal europeu, que não percebo mto disso, e os sindicatos que existam que o façam, que têm dinheiro e know-how!

Farto estou eu de expressar a minha indignação, especialmente sempre das MESMAS maneiras. Aposto, sim, aposto, que as petições quando lá chegam ou são destruídas ou dadas à secretária para as arrumar no canto mais fundo da estante.

Ok colega Luffy então sejamos pragmáticos quanto à exequibilidade, pois ainda quero ver como vais conseguir planear, mobilizar os colegas e executar o ponto 7. “7.Demissão em bloco a nível nacional com o abandono do SNS de imediato (penso até que bastava a ameaça concreta a nível temporal) já viram a catástrofe que era? Pensam que os políticos iam arriscar isso depois do exemplo Finlandês?”, sem uma grande plataforma Sindical de apoio alargado, jurídico e logístico. Estás preparado para pedir a tua demissão?
O que achas que aconteceria se apenas mil ou 2 mil Colegas se demitissem (2 ou 3 por alguns serviços)? Processos disciplinares? Expulsão definitiva (com tantos a querer o 1º emprego…)?
Já a ideia de “Porque não organizamos um "funeral da enfermagem"??”, é perfeitamente exequível e é mais uma chamada de atenção que pode ser feita. Se terá mais impacto e consiga mudar mais do que uma manifestação de 20 mil não conseguiu…  duvido, mas sempre é mais uma manifestação de revolta, pelo que se estás empenhado em fazê-lo, Força nisso! Não basta de expressares a tua indignação, dares sugestões e esperares que as mesmas se realizem sozinhas. É preciso “meter as mãos na massa” para a poder transformar!

Aposto, sim, aposto, que as petições quando lá chegam ou são destruídas ou dadas à secretária para as arrumar no canto mais fundo da estante.

Talvez fosse melhor leres um pouco sobre petições.

[align=center:f4t17plv]
VII REVISÃO CONSTITUCIONAL [2005]
Artigo 52.º
Direito de petição e direito de acção popular
1. Todos os cidadãos têm o direito de apresentar, individual ou colectivamente, aos órgãos de soberania, aos órgãos de governo próprio das regiões autónomas ou a quaisquer autoridades petições, representações, reclamações ou queixas para defesa dos seus direitos, da Constituição, das leis ou do interesse geral e, bem assim, o direito de serem informados, em prazo razoável, sobre o resultado da respectiva apreciação.
2. A lei fixa as condições em que as petições apresentadas colectivamente à Assembleia da República e às Assembleias Legislativas das regiões autónomas são apreciadas em reunião plenária.
3. É conferido a todos, pessoalmente ou através de associações de defesa dos interesses em causa, o direito de acção popular nos casos e termos previstos na lei, incluindo o direito de requerer para o lesado ou lesados a correspondente indemnização, nomeadamente para:
a) Promover a prevenção, a cessação ou a perseguição judicial das infracções contra a saúde pública, os direitos dos consumidores, a qualidade de vida, a preservação do ambiente e do património cultural;
b) Assegurar a defesa dos bens do Estado, das regiões autónomas e das autarquias locais.[/align:f4t17plv]


7. Tramitação das petições dirigidas à Assembleia da República
•   A admissibilidade de uma petição é decidida, nos termos legais, pela comissão parlamentar competente para a sua apreciação em razão da matéria. Admitida a petição, essa informação é comunicada ao peticionante ou, no caso das petições colectivas, ao primeiro subscritor. Simultaneamente à admissibilidade é nomeado, pela Comissão, um Deputado relator a quem caberá elaborar relatório sobre a mesma, propondo as diligências julgadas necessárias.
•   Ultrapassada a fase da admissibilidade, a comissão competente deve apreciar as petições no prazo de 60 dias a contar da reunião em que a petição foi admitida. Porém, se o peticionante tiver sido convidado a completar a petição, aquele prazo só começa a correr na data em que se mostrem supridas as deficiências verificadas.
•   No âmbito da apreciação da matéria em causa, “a comissão pode ouvir os peticionantes, solicitar depoimentos de quaisquer cidadãos e requerer e obter informações e documentos de outros órgãos de soberania ou de quaisquer entidades públicas ou privadas, sem prejuízo do disposto na lei sobre segredo de Estado, segredo de justiça ou sigilo profissional, podendo solicitar à Administração Pública as diligências que se mostrem necessárias" e poderá solicitar, que as entidades competentes tomem posição sobre a matéria.
•   A comissão pode ainda, se tal se julgar justificado, realizar uma diligência conciliadora, em que o presidente da comissão convidará a entidade em causa no sentido de poder corrigir a situação ou reparar os efeitos que deram origem à petição.
Tratando-se de uma petição subscrita por mais de 1000 cidadãos, é obrigatória a udição dos peticionantes.
•   Findo o exame da petição é elaborado um relatório final, que deverá ser enviado ao Presidente da Assembleia da República com a proposta das providências julgadas adequadas, se for caso disso. As petições que devam ser agendadas para apreciação em Plenário da Assembleia da República (as que sejam subscritas por mais de 4000 cidadãos ou, independentemente do número de subscritores, aquelas relativamente às quais seja aprovado relatório nesse sentido, devidamente fundamentado) devem sê-lo no prazo máximo de 30 dias após o seu envio pela Comissão ao Presidente da Assembleia da República.
•   Do debate é dado conhecimento ao primeiro signatário da petição, com reprodução do número do Diário da Assembleia da República em que o mesmo se mostre reproduzido, a eventual apresentação de qualquer proposta com ele conexa e o resultado da respectiva votação.
8. Publicidade das petições Tratando-se de uma petição subscrita por um mínimo de 1000 cidadãos, a mesma é obrigatoriamente publicada no Diário da Assembleia da República.


E porque não passares por aqui?   http://www.parlamento.pt/EspacoCidadao/ ... ticao.aspx (http://www.parlamento.pt/EspacoCidadao/Paginas/ProcedimentosApresentacaoPeticao.aspx)

Abraço
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Luffy June 19, 2010, 12:55:54
ehehe Basta os sindicatos trabalharem como estão a trabalhar, desunidos e com medo de avançar por mais 10 anos, a ver se não nos queremos despedir todos! :p

eu até queria mandar um mail aos sindicatos, perguntar porque não se unem numa única plataforma, mas os pormenores são mais que muitos, fora os "ódios de morte" que há lá no meio. O orgulho e teimosia nunca ajudaram ninguém, mas aí não posso fazer nada. Quer fazer um novo sindicato? Catita. Diga-me as suas propostas e depois conversamos.

Peço desculpa se estou a menosprezar a ideia da petição, mas é como as greves. Quando são muitas, banalizam-se. Acho que era mais importante entregar algum documento (como p. ex. o livro que está referenciado num post neste tópico, Nursing: a world of care) para sensibilizar os srs políticos do que somos e fazemos, que a maioria deles não faz a mínima ideia. Lêem a petição e com os conhecimentos que têm dizem: "sim, sim, está bem, pró que eles andam a fazer...."

E depois, está a ver a cara do Jaime Gama quando receber a petição não está? Eu estou: eh pá, estes chatos outra vez... Mas sim ok, confesso que a estratégia da "água mole" tem de ser mantida.

Pra queixa no tribunal europeu, sei e não sei porque os sindicatos não avançam... É o tal "medinho" que eles têm, de chatear o MS. Coitadinho do MS que até faz birra depois...

Querem os sindicatos dar um sinal de credibilidade??? Juntem-se todos, organizem para já essa queixa. Sem medo. Temos muito a perder, mas muito mais a ganhar. É assim, nas lutas que valem a pena.

Finalmente, dizer-lhe que a ideia do funeral não pode ser levada a cabo sozinho. Fazia de padre, então e depois, se me faltava todo o cortejo fúnebre?? Fico à espera de voluntários! Digo-lhe, a mensagem, se bem escrita e estruturada, é brutal em termos políticos. A forma, inovadora, é o suficiente para chamar os jornalistas!

É com iniciativas deste calibre, sem medo de ferir susceptibilidades , que temos de agir. E se eles agravarem, saibamos mostrar que somos ainda piores, dentro dos limites que nos reserva o nosso código ético-deontológico. É possível fazer mil coisas sem colocar em risco os utentes? É. É possivel fazer mil coisas com pouca gente e muito impacto? É, se houver vontade e organização. Deixemo-nos de coisas, porque pra pior estamos a ir cada vez mais. Se eu (e cada colega) não fizer nada, e acredite que já fiz (e tenho muito mais para fazer ainda), então é que vamos todos por ali abaixo.

aquele abraço!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 19, 2010, 15:23:39
Mais uma vez estamos de acordo na grande generalidade.

Se quero formar mais um Sindicato...  essa é a última coisa que quero, pois até acho que já temos a mais, e, mesmo muito a mais se tivermos em conta a real inoperância que temos verificado nos últimos anos.

Ideias tenho, o 2º passo já vem a caminho para muito breve (mas de momento o "segredo" é a alma do negócio" lol), e, se para as concretizar tiver que ter o apoio firme de um Sindicato determinado... então tudo farei para o concretizar. Como já disse algures, não pretendo "tacho" (até porque o que gosto mesmo de fazer é ser Enfermeiro no terreno, ou já estaria como muitos numa Escola) nem pretendo liderar esse projecto, assim apareçam outros com capacidade para o fazerem, mas também não me escuso a fazê-lo se mais ninguém o fizer.

Boas iniciativas e bons projectos de todos e para todos precisam-se, numa dinamização de união forte e proactiva da Enfermagem e dos Enfermeiros.

Como dizes amigo Luffy, aquele Abraço.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 20, 2010, 19:40:28
[align=center:g6gk6cz0](http://img718.imageshack.us/img718/3883/petio.png) (http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=ERD2010)

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVe ... pi=ERD2010 (http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=ERD2010)[/align:g6gk6cz0]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: SEI June 21, 2010, 17:27:01
[align=center:ifrjq9rd]2º Passo Em Acção

Petição Enfermeiros - Vamos Unir-nos E Contar As “Espingardas” Para Greves Em Sectores Vitais Do SNS

Para ver e participar passar SFF por aqui:


http://www.peticaopublica.com/PeticaoVe ... pi=EVU2010 (http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=EVU2010)[/align:ifrjq9rd]
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: enfsergio June 28, 2010, 00:11:48
Marcelo Rebelo de Sousa hoje à noite na TVI

- «Os enfermeiros têm razão na sua luta?» Artur Caldas
 
«Têm razão quanto a carreiras profissionais da administração pública que recebem mais. Têm razão porque em 2009 o Governo prometeu uma coisa que não fez. Têm alguma razão porque, ao que parece, a nova fórmula favorece as chefias e não tanto os enfermeiros. Não tenho a certeza que tenham razão noutro aspecto, porque não há dinheiro e o Governo não tem coragem de o dizer. Só haverá dinheiro se tirarem de outro sítio para darem aos enfermeiros».
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Blue bird June 28, 2010, 16:52:18
: enfsergio
Marcelo Rebelo de Sousa hoje à noite na TVI

- «Os enfermeiros têm razão na sua luta?» Artur Caldas
 
«Têm razão quanto a carreiras profissionais da administração pública que recebem mais. Têm razão porque em 2009 o Governo prometeu uma coisa que não fez. Têm alguma razão porque, ao que parece, a nova fórmula favorece as chefias e não tanto os enfermeiros. Não tenho a certeza que tenham razão noutro aspecto, porque não há dinheiro e o Governo não tem coragem de o dizer. Só haverá dinheiro se tirarem de outro sítio para darem aos enfermeiros».
[/u]



Pois, mas não é muito justo sermos nós a "levar" com essa razão da falta de dinheiro há 10 anos!!! É mais que justa a nossa reinvindicação de actualizações remuneratórias.
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro July 02, 2010, 20:49:13
Acabado de publicar no site do SEP:
http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/07/020710comunicadoJ.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/07/020710comunicadoJ.pdf)

Depois disto fico logo motivado e mobilizado...  >:(


Já deixei de acreditar no Pai Natal há muitos anos!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha July 03, 2010, 10:51:04
: enfsergio
Marcelo Rebelo de Sousa hoje à noite na TVI

- «Os enfermeiros têm razão na sua luta?» Artur Caldas
 
«Têm razão quanto a carreiras profissionais da administração pública que recebem mais. Têm razão porque em 2009 o Governo prometeu uma coisa que não fez. Têm alguma razão porque, ao que parece, a nova fórmula favorece as chefias e não tanto os enfermeiros. Não tenho a certeza que tenham razão noutro aspecto, porque não há dinheiro e o Governo não tem coragem de o dizer. Só haverá dinheiro se tirarem de outro sítio para darem aos enfermeiros».




Já anteriormente o governo para conseguir calar os professores tira dos enfermeiros para dar aos professores...e ninguém disse nada, ninguém refilou, ficou tudo impávido e sereno a assistir tamanha tramóia...IMPRESSIONANTE!!!

: Zeus-electro
Acabado de publicar no site do SEP:
http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/07/020710comunicadoJ.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/07/020710comunicadoJ.pdf)

Depois disto fico logo motivado e mobilizado...  >:(


Já deixei de acreditar no Pai Natal há muitos anos!


O governo não irá dar nada do que nós queremos! Apenas está a dar-nos rebuçados para nos entreter! E mesmo assim os rebuçados são de mentol!
A meu ver a solução mais viável é um despedimento colectivo ou então ameaça disso...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Enfermeyro July 05, 2010, 02:29:11
: dprocha

O governo não irá dar nada do que nós queremos! Apenas está a dar-nos rebuçados para nos entreter! E mesmo assim os rebuçados são de mentol!
A meu ver a solução mais viável é um despedimento colectivo ou então ameaça disso...
X2  >:(
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro July 18, 2010, 14:59:20
...a caminho do tópico: "2011: Revisão da Carreira".  :-X

Isto faz-me lembrar a saga do Sexta-feira 13. Fizeram 12 sequelas e nós ainda só vamos na 3ª!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha July 24, 2010, 18:05:17
Alguém sabe alguma novidade em relação à nossa carreira?
É que estamos perto do mês de agosto! E nessa altura o país pára!

: Zeus-electro
...a caminho do tópico: "2011: Revisão da Carreira".  :-X

Isto faz-me lembrar a saga do Sexta-feira 13. Fizeram 12 sequelas e nós ainda só vamos na 3ª!

Realmente estamos a avançar para o próximo capítulo da nossa eterna e tribulada saga...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. July 25, 2010, 23:07:08
Isto é pior que uma novela mexicana...

Nunca se sabe quando acaba e nunca acaba bem...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: herys August 13, 2010, 02:45:15
Soube que o diploma da carreira de enfermagem foi para promulgação em Diário da Republica e que provavelmente entra em vigor em Setembro…não sei se é verdade ou não…alguém sabe mais novidades???

herys ???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha August 16, 2010, 13:16:53
: herys
Soube que o diploma da carreira de enfermagem foi para promulgação em Diário da Republica e que provavelmente entra em vigor em Setembro…não sei se é verdade ou não…alguém sabe mais novidades???

herys ???

Não ouvi falar disso! Mas também não se falou mais sobre esse diploma! E se a pressão dos sindicatos sobre o presidente da república, primeiro ministro e partidos com assento parlamentar surtiu algum efeito...
Está tudo "em águas de bacalhau"!
Se alguém souber de alguma novidade...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Mauro Germano August 20, 2010, 10:42:25
"As igualdades sociais no socialismo.           
17-Aug-2010
Neste fim-de-semana, contemplando as ondas dos nossos sonhos, na praia do Castelo do Queijo, entre Matosinhos e a Foz do Douro, veio ter comigo uma garrafa da Madeira, lançada no Funchal, das que portam mensagens, que, por entre muitas coisas, assim dizia...

«A 23 de Julho  os Sindicatos, SIM e FNAM, assinaram com a Secretaria Regional dos Assuntos Sociais e o SESARAM 2 Acordos de Contratação Colectiva que regularão o trabalho médico, qualquer que seja o vínculo que o médico possua na instituição.Assim, um contrato aplica-se aos médicos anteriormente ditos “funcionários públicos”, (agora designados médicos em funções públicas).E o outro, aos contratados sob o direito privado, segundo o Código do Trabalho (os médicos em contrato individual de trabalho). Estes 2 Contratos são essencialmente iguais, de forma que não haja discriminação entre os dois grupos, possibilitando que os jovens médicos (em contrato individual de trabalho) tenham as mesmas regalias e os mesmos direitos dos restantes colegas “funcionários públicos”.

Carreiras médicas: Os médicos progridem nos graus (especialista e especialista consultor) e nas categorias (assistente, assistente graduado e assistente graduado sénior), em igualdade de circunstâncias.Se não tivéssemos lutado por isto a carreira médica acabava: os médicos funcionários públicos reformavam-se e os restantes médicos nunca passariam de especialistas com a categoria de assistentes.A progressão em graus faz-se em concursos nacionais.

Direitos e deveres: exactamente os mesmos que os colegas “funcionários públicos”.As garantias são reforçadas com o SESARAM obrigado a “proporcionar boas condições de trabalho, tanto do ponto de vista físico, como moral”. De igual modo, “respeitar a autonomia e competência técnica e científica, bem como a deontologia profissional do trabalhador”.Em caso de violação destes e outros princípios devem reportar-se ao SIM e FNAM, que agirão judicialmente, felizmente, por agora, já no Direito de Trabalho, domo Advêm destes contratos.

Formação profissional: 22 dias úteis anuais e não 5 como determinava o Código de Trabalho.Para os médicos em funções públicas, o mesmo. Anteriormente estes tinham 30 dias dias não úteis.

Férias: para todos 25 dias anuais, acrescidos de 1 dia de férias ao trabalhador médico, após completar 39 e até aos 49 anos de idade; mais 1 dia até aos 59 anos de idade, passando para 28 dias úteis a partir dos 59 anos, e adiantando mais 1 dia de férias por cada 10 anos de serviço prestado. Na prática, em em vez de 22 dias terão de 25 a 31 dias anuais.

Suplemento remuneratório (699€): o acordo SIM-SRAS de 1999 passa a integrar definitivamente estes contratos, sendo atribuídos aos médicos de todos os regimes contratuais.

Subsídios de medicina geral e familiar: os subsídios de concelho(10 a 30%) e de fixação ficam inalterados e permanecem nestes acordos colectivos de trabalho.

Horas extraordinárias: o acordo especial sobre tempos de trabalho assinado pelo SIM e SESARAM em Julho de 2009, permanece e integra os acordos. O limite obrigatório é de 200h-ano.

ADSE: também os médicos em contrato individual de trabalho beneficiarão da ADSE, desde que tal seja legalmente possível em cada caso, o que será, certamente, na grande maioria.

Liberdade de exercer medicina privada: ao contrário do desejado pelas administrações, o médico que não esteja em exclusividade, pode exercer a actividade privada em regime autónomo (consultório e clínicas, bastando para tal de afirmar que não há incompatibilidades.

Folgas: passam a ser direito do médico e que qualuqer director de serviço não poderá negar: 24 horas urgência durante a semana: descanso em todo o dia seguinte, sem reposição.12 horas de urgência durante a semana: descanso de 4 horas no dia seguinte.24 horas de urgência em fim de semana: descanso de um dia inteiro na semana seguinte.Regulamento interno: estes acordos determinam que o Regulamento Interno do SESARAN é obrigatoriamente objecto de negociação com os representantes dos trabalhadores”.

Local de trabalho: os médicos de especialidades hospitalares trabalham nos hospitais.

Os médicos de MGF trabalham nos centros de saúde do concelho de colocação. Podem fazer urgências dentro do agrupamento. O trabalho fora deste, acontecerá com o seu consentimento.

Tempo de trabalho semanal: os médicos “funcionários públicos” mantêm-se em 35 ou, 42 horas semanais, em exclusividade. Os “médicos em contrato individual de trabalho” trabalham 40 horas. Será negociada no SNS a transição (facultativa) dos “funcionários públicos” para as 40 horas.(Atenção, Colegas Enfermeiros a esta transição facultativa para as 40 horas pelos médicos ex-funcionários: ela esconde a manobra de negociar uma tabela e acrescentar-lhe mais 40% ou +).

A quem se aplicam estes acordos?Tal como no Continente e tal como previsto no Código do Trabalho, os benefícios destes acordos aplicam-se aos sócios dos sindicatos signatários destes acordos (SIM  e FNAM). Assim respeita-se e honra-se o esforço e a determinação dos médicos que querem ser sócios dos sindicatos médicos.A título precário e gracioso os SESAEAM pode estender algumas regalias aos médicos não sócios. No caso de incumprimento por parte do SESARAM, não poderão estes reclamar desse incumprimento.

O que falta negociar na Madeira?

Na contratualização de jovens médicos, apesar de o salário mensal, no SNS ser de cerca de 3.500€ , o Sr. Director Clínico afirmou só disponibilizar 2.500€.Uma palavra de apreço ao Sr. Secretário da SRAS, Dr. Francisco Jardim Ramos que, com o seu empenho, foi possível a assinatura destes acordos. Um muito obrigado aos colegas que, sem vergonha de defender a classe, ajudaram nestas negociações (quem serão e em que postos estarão colocados na hierarquia do Ministério da Saúde?...).Acima de tudo! Com estes acordos evita-se haver 2 tipos de médicos: os de 1ª, os funcionários públicos” e os de 2ª, os médicos em contrato individual de trabalho” ». Para quem se interessar por estas coisas deixamos alguns reparos e interrogações:

1 – por que têm os Sindicatos Médicos uma mesa negocial (SIM-FNAM) para negociar uma carreira comum e o Ministério da Saúde continua a obrigar os Sindicatos dos Enfermeiros a duas mesas negociais (FENSE) e (CNESE)?

2 – por que são tão céleres e tão de acordo com os sindicatos médicos as negociações e tão difíceis e constantemente alteradas as negociações com os enfermeiros?

3 – por que se pretende acabar com as categorias e graus dos enfermeiros e por que se aumentam as categorias dos médicos, como muito bem se glorificam? Quando começamos as ler os princípios enformadores das carreiras especiais da saúde com destaque para a dos médicos e a dos enfermeiros, não pensávamos que em igualdade de circunstâncias se ia tirar a uns para aumentar a outros. Como as evidências não mentem, temos de afirmar que é isso que está a acontecer.

Colegas, meditem nisto e não se esqueçam de responder à chamada, quando precisarmos de vós para com toda a força de que dispomos com o nosso trabalho, dar uma lição a estes socialistas “sui generis”.

A próxima greve não pode ser paliativa, para consolo de moribundos; terá de ser forte e demolidora de molde a demonstrar ao governo e aos utentes que o elegem o peso e o valor real dos enfermeiros no SNS.

Que nenhum enfermeiro esteja à espera de que este reconhecimento seja tácito, por parte deste governo que já demonstrou quanto despreza os enfermeiros, ao ponto de benditas almas se condoerem com tanto desprezo que nos tributa.

Só os enfermeiros podem forçar o governo a corrigir a forma desprezível como nos tem tratado. Naquilo que depender de nós, é uma questão de honra e de carácter tudo fazer, do que estiver ao nosso alcance, para o derrubar"

Retirado de : http://www.enfermeiros.pt/content/view/871/1/ (http://www.enfermeiros.pt/content/view/871/1/)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: herys August 27, 2010, 20:38:04
Eu não disse que essa "aberração da natureza" já estava na AR.
Agora é que estamos tramados...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Mauro Germano August 30, 2010, 10:01:32
Independentemente de se gostar ou não de sindicatos os sindicatos não lutam por sindicatos, lutam por enfermeiros…

Se algum de nós tem uma opção melhor (neste preciso momento e não depois, mais tarde , sabe-se lá quando) do que a proposta por este (o SE ou antigo SEN para os menos informados) que a exponha caso contrário est
a apenas a contribuir que continuemos no marasmo e a levar que a fritura em lume brando dos enfermeiros continue…

Que exemplo queremos dar aos nossos filhos? Que somos resignados? Que nos queixamos mas somos uns moles? Que somos aquele exemplo mais rasca de português que nada faz para sair do fosso em que está?

(machismos à parte) Somos homens ou somos ratos?

http://saudeeportugal.blogspot.com (http://saudeeportugal.blogspot.com)
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Joanalar September 22, 2010, 20:41:16
SEP entrega, amanhã, na Presidência da República uma carta para exigir a não promulgação da proposta de decreto de Lei das grelhas salariais.

http://www.sep.org.pt/images/stories/se ... 10ncs1.pdf (http://www.sep.org.pt/images/stories/sep/accaosindical/2010/09/220910ncs1.pdf)

Resta-nos aguardar...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Zeus-electro November 11, 2010, 16:45:34
Após todos estes anos e promessas de lutas "como nunca antes se tinha visto", eis o resultado final:
http://dre.pt/pdf1sdip/2010/11/21900/0509905101.pdf (http://dre.pt/pdf1sdip/2010/11/21900/0509905101.pdf)

Obrigado sindicatos!!! Agora sou um "técnico superior"!
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: Vitor A. November 11, 2010, 23:02:47
: Zeus-electro
Após todos estes anos e promessas de lutas "como nunca antes se tinha visto", eis o resultado final:
http://dre.pt/pdf1sdip/2010/11/21900/0509905101.pdf (http://dre.pt/pdf1sdip/2010/11/21900/0509905101.pdf)

Obrigado sindicatos!!! Agora sou um "técnico superior"!



Li e nem acreditei...

Muita Luta, muito investimento de varias formas.... e para não alcançar aquilo que tanto desejavamos e há tanto tempo....

Está na altura de os Sindicatos reverem a sua estrategia..... e de lideres....
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: EME January 04, 2011, 21:51:32
:o :o :o :o
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: herys January 07, 2011, 11:48:37
Alguém sabe alguma coisa da carreira???
Quando será aplicado a nova carreira???
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 20, 2011, 19:19:09
Queria relançar um debate...até que ponto a OE tem culpa da nossa nova carreira?
Que para quem não sabe entrou em vigor dia 1 de Janeiro...
Sei que não negociaram, nem tiveram mão na negociação, mas em que medida é que a OE tem culpa no cartório?
Andei hoje a discutir isso com um colega mas gostava de saber as vossas opiniões...
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: vitorefo January 20, 2011, 23:41:01
Enf. Rocha sou novo nestas andanças assumo, mas por exemplo penso que é nosso dever saber (consultando) alguma legislação da instituição que é a Ordem dos Enfermeiros e que representa os enfermeiros portugueses em variadas situações. Eu propriamente não consegui perceber como se desenvolveu este processo da criação da nova carreira, mas é fácil de se perceber que muita coisa se passou.

Pegando no documento que enuncia os estatutos da ordem, observa-se no Artigo 3.º que:
 
"A Ordem tem como desígnio fundamental promover a defesa da qualidade dos cuidados de enfermagem prestados à população, bem como o desenvolvimento, a regulamentação e o controlo do exercício da profissão de enfermeiro, assegurando a observância das regras de ética e deontologia profissional."

Zelar pela função social, dignidade e prestígio da profissão de enfermeiro, promovendo a valorização profissional e científica dos seus membros;

d) Definir o nível de qualificação profissional dos enfermeiros e regulamentar o exercício da profissão;

q) Colaborar com as organizações de classe que representam os enfermeiros em matérias de interesse comum, por iniciativa própria ou por iniciativa daquelas organizações.

O que é fácil de todos saberem é que pagamos cotas que nos ficam bem caras (para a maioria) e constantemente observamos noticias e informações que denegrirem a nossa profissão, que aumentam a precariedade na nossa classe, e medidas politicas que muitas das vezes colocam em causa a nossa prestação de cuidados e a qualidade dos mesmos por nós realizados. Penso que é fundamental os enfermeiros serem parte activa na ordem, participando nas AGE, expondo as situações anteriormente enunciadas e questionar o papel da mesma instituição (e observar os comunicados emitidos). Agora, também constato que a maioria dos enfermeiros não têm uma "Vida" propriamente facilitada (estão condicionados), ou que aparentemente estão satisfeitos com o panorama que é por todos conhecidos em diversas frentes, o que leva muitas vezes os mesmos a passarem ao lado das necessárias intervenções.

Mas melhor do que eu, sei que existem neste fórum milhares de enfermeiros que podem dar um contributo para a sua pergunta de uma forma muito mais eficaz.

Cumprimentos,

Vítor
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: dprocha January 25, 2011, 16:29:58
Pelo que estou a verificar mais ninguém tem opinião...

: vitorefo
Mas melhor do que eu, sei que existem neste fórum milhares de enfermeiros que podem dar um contributo para a sua pergunta de uma forma muito mais eficaz.

Acho que já foste eficaz o suficiente e tocas-te, a meu ver, num ponto fundamental!

A OE é que nos representa, é que realmente tem a força necessária para, perante os políticos e a população em geral, mostrar o que Enfermagem é realmente! Claro que a OE "somos todos nós", como estou sempre a ouvir, mas no entanto de que serve estarem a realizar AGE com o intuito de discutir o sexo dos anjos? Porquê não falarem de assuntos mais concretos, de matéria prima que consiga-se trabalhar com o intuito de mostrar que somos realmente GRANDES no SNS! E não apenas empregados dos médicos, como somos vistos pela sociedade.
Como é que os sindicatos poderiam negociar uma carreira em que a profissão que representa não é reconhecida como importante para a sociedade. "Os médicos é que são!" Como é que a OE deixou criar tantas e tantas escolas de enfermagem (já parecem lojas do chinês), criando tantos e tantos enfermeiros, tudo para pararem ao desemprego ou para à precariedade!
O aumento do numero de enfermeiros era sinal de mais cotas a entrar!?!? Com tanta oferta a procura nem precisa de se mexer...eles são às resmas e paletas a pedinchar um emprego...
Estou realmente revoltado e desiludido com os sindicatos e OE...

Se alguém tem uma opinião, favor de partilhá-la...

Cumprimentos
: Re: 2010: Revisão da Carreira
: artur_gaio March 24, 2011, 10:52:36
alguém me sabe explicar uma coisa?

Segundo fui acompanhando, nao se chegou a acordo entre o sindicato e a ministra da saúde, tendo sido aprovada unilateralmente a revisao da carreira pela ministra, certo?

supostamente, nessa revisão, nós seríamos progressivamente aumentados até um base de 1200 euros, nao sei de que forma, mas até final de 2012 estaríamos a ser pagos a esse valor, certo?

A minha questão é se realmente vamos ser aumentados e a ser, qual é a dita forma progressiva que a ministra legislou?