Social:

Onco.news

Pretende-se com o presente artigo realizar uma análise reflexiva sobre a temática do sobrevivente de Cancro de Cabeça e Pescoço, analisando o impacto do cancro na pessoa e família (pessoa significativa) e as alterações da qualidade de vida daí decorrentes, para a melhoria da prestação de cuidados de enfermagem a estes doentes.

O cancro da mama e tratamentos acarretam para a mulher uma série de alterações físicas e psicológicas vastamente descritas pela literatura. Políticas nacionais e europeias ao nível da conceção da saúde, identificam o cidadão como parceiro ativo na saúde e recuperação.

É hoje inegável que o cancro, por ser um problema de saúde essencialmente crónico, condiciona a abordagem e atendimento do doente e família

Revistas

Artigos de Autor

 Revista Nursing

Revista Sinais Vitais

 

Revista Investigação em Enfermagem

PUBLICIDADE