Social:

Do Silêncio à Voz

Escrito por  Prof. Ana Queiroz

Na minha opinião, a actuação dos enfermeiros portugueses precisa de ser reforçada no trabalho que dê significativos contributos para uma vida melhor do povo português

  

Depois do sucesso da 1.ª edição, esgotada em 3 meses, surge a 2.ª edição deste livro de Bernice Buresh e Suzanne Gordon, já considerado em Portugal como leitura imprescindível para enfermeiros, professores e estudantes de enfermagem. O Forumenfermagem pediu à Prof. Ana Albuquerque Queiroz, autora do pósfacio deste livro, para brevemente apresentar o livro:

 

 

Prof. Ana Albuquerque Queiroz

Na altura em que se prepara esta segunda edição quero transmitir aos seus leitores alguns dos meus pensamentos que me levaram a considerar esta obra com fundamental para os Enfermeiros Portugueses. Penso que no nosso país existem muitos enfermeiros competentes e que dão consistência à profissão. A história da enfermagem Portuguesa está feita de desafios e de conquistas.

 

 

 

Eu penso que o livro Do Silêncio à Voz é uma ferramenta imprescindível para todos os jovens profissionais e para todos os enfermeiros que já hoje assumem atitudes de liderança nos processos de cuidados e sendo capazes de usar a sua voz vão alimentando as suas convicções tornando-se mais afirmativos e poderosos na profissão que escolheram.

O livro é também essencial para todos os enfermeiros que vivendo a profissão de formas mais isoladas, isto é, em que o sentido de comunidade de grupo profissional e de interdisciplinaridade é precário e por vezes constrangedor, precisam de contar e recontar as suas experiências, as suas histórias, de forma a escutarem-se a si próprios e também a fazerem-se ouvir. Muitas vezes são estes enfermeiros mais velhos que garantem o sentido apurado do rigor técnico e de gestão de cuidados, no sentido global, pois eles próprios desenvolveram uma sabedoria que enforma os seus actos profissionais. Estes profissionais têm no livro uma base orientadora para potenciarem as suas energias e para interiorizarem de uma forma mais confiante o poder que possuem e que na realidade e no quotidiano faz a diferença nos cuidados aos doentes e utentes dos serviços de saúde.

Aprender a usar a Voz da Enfermagem é aprender a escutar verdadeiramente o sofrimento dos que estão lá, nas camas dos hospitais ou nas salas de espera dos centros de saúde, ou ainda nos lares de idosos, ou em habitações, por vezes sozinhos e com poucos recursos. Eu sei que os conhecimentos existem, que muitas vezes a vontade também está presente, falta talvez a força física para que os profissionais falem alto. Sei que muitas vezes há muito ruído à nossa volta e outras vezes, quando começamos a falar, viram-nos as costas. É por isso que digo, mais ou menos metaforicamente, que precisamos ter força física para falar alto, para tornarmos audível o que é a prática de enfermagem e como ela faz a diferença nos cuidados de saúde.

Do Silêncio à Voz é uma ferramenta imprescindível para alimentar o crescimento de competências de todos os enfermeiros que querem que o público aprenda a usufruir, ainda mais, dos seus direitos a cuidados de saúde acessíveis, eficazes e de qualidade. Em Portugal isto refere-se tanto aos cuidados de saúde na doença aguda grave como aos cuidados de acompanhamento nas situações crónicas, mas de forma especial na actuação de prevenção e promoção de saúde visando o crescimento e desenvolvimento saudável de pessoas e comunidades.

Na minha opinião, a actuação dos enfermeiros portugueses precisa de ser reforçada no trabalho que dê significativos contributos para uma vida melhor do povo português, porque nós temos, no momento actual, tudo de bom e de mau de um país em desenvolvimento e de um país com uma diversidade cultural enorme. Para que se concretize uma tal actuação reforçada, os profissionais de enfermagem precisam ter voz.

O contributo deste livro será tanto maior quanto os enfermeiros, os professores de enfermagem e os estudantes, usarem efectivamente a sua voz, criando renovadas energias para que possamos contribuir para todos os nossos concidadãos usufruam de uma vida mais saudável e harmoniosa. Fica aqui o link para a editora http://www.ariadne-editora.com.

 

 

 

Artigo elaborado pela Prof. Ana Albuquerque Queiroz,

Professora Coordenadora na Escola Superior

de Enfermagem Dr. Bissaya Barreto, Coimbra.

 

Editoras

Prata & Rodrigues Publicações, Lda

Formasau

Livros de Autoria

PUBLICIDADE