Social:

Trabalhos académicos

Trabalhos académicos

Artigos de apoio à prática de investigação científica e trabalhos desenvolvidos por membros da comunidade (e enviados pelos mesmos) no âmbito da Licenciatura, Pós-graduação, Mestrado e Doutoramentos de Enfermeiros. Os trabalhos de Mestrado e Doutoramento incluem os realizados em áreas afins da Enfermagem, como a Psicologia, Ciências da Educação, Sociologia, Gestão, entre outros

"A justificação da análise das teses de doutoramento em enfermagem em Portugal com a finalidade de identificar os seus objetos de estudo e facilitar a reflexão, foi o tempo já decorrido desde o início da oferta desta qualificação. Partiu-se do conceito de cuidados de enfermagem inspirado em Meleis (2010) e de uma matriz formada por dois eixos - transições ao longo da vida e dimensões do cuidar. Foram analisados 60 resumos de teses de um total de 64, finalizadas entre 2002 e 2011, utilizando um desenho de estudo descritivo, com recurso à análise estatística para caracterizar as teses e à análise do discurso para identificar os conceitos centrais, os fenómenos estudados, os resultados e sugestões e a reflexão sobre os contributos das teses para a
disciplina e prática de cuidados por um grupo focal, constituído por enfermeiros."

Artigo de Rodrigo Cardoso, João Manuel Garcia de Nascimento Graveto, Ana Maria Correia Albuquerque Queiroz
Publicado na Rev. Latino-Am. Enfermagem vol.22 no.1 Ribeirão Preto Jan./Feb. 2014

http://dx.doi.org/10.1590/0104-1169.3144.2394


OBJETIVO:
Descrever a cobertura noticiosa da profissão de enfermagem nas mídias portuguesas - sítios informativos da Internet e imprensa escrita.

MÉTODOS:

Foram colhidas 1.271 notícias de saúde nos meses de setembro e outubro de 2011 (956 notícias online e 325 provenientes da resenha de imprensa da Ordem dos Enfermeiros Portugueses) e recorreu-se à análise estatística para caracterizar as variáveis definidas.

RESULTADOS:

Os enfermeiros constituíram-se como fontes de informação em 6,6% dos casos, o que sugere baixa visibilidade mediática. As notícias de saúde colhidas são caracterizadas por produção noticiosa baseada em fontes de informação pouco variadas, oficiais e de gênero masculino, em informação divulgada por agências noticiosas e focada em questões econômicas e políticas da saúde.

CONCLUSãO:

A presença dos enfermeiros nas notícias de saúde é reduzida. Sugere-se que esses desenvolvam competências de comunicação pública, que visem a divulgação da importância da profissão para a sociedade e a relação com as mídias.

 

Pesquisar