Social:
Presidente da Entidade Reguladora da Saúde aponta as cativações e a imposição de valores máximos à aquisição de serviços como razões para os constrangimentos à actividade do regulador neste e no ano passado.
Quem voltou a colocar a questão do sal na mesa do debate político foi o líder do PSD, Rui Rio, ao defender a taxação de produtos com sal e açúcar em excesso. Governo prefere, por enquanto, a auto-regulação da indústria agro-alimentar.
José Correia Azevedo, do Sindicato dos Enfermeiros, afirma que os motivos da greve não são económicos: prendem-se, antes, com o incumprimento do acordo colectivo de trabalho que "diz que os enfermeiros têm direito a um horário normal de 35 horas".
Conselho Geral e de Supervisão vai pedir reunião aos ministros da Saúde e das Finanças para que dêem prioridade ao processo. Há 64 mil trabalhadores à espera da decisão.
A greve dos enfermeiros, segundo o pré-aviso, abrange todos os profissionais que excedam as 35 horas semanais de trabalho ou as 42 no caso de horário acrescido.
No final das jornadas parlamentares, João Oliveira anunciou 16 iniciativas legislativas com as quais vai confrontar as políticas do Governo nos próximos tempos. E conta com a “luta dos trabalhadores” nesta estratégia de pressão.