Social:

 

A Ordem dos Enfermeiros reuniu hoje com as organizações sindicais da Enfermagem, num encontro que resulta do trabalho iniciado a 7 de novembro de 2013.

 

Depois da contestação à portaria que estabelece uma nova rede hospitalar, o Ministério da Saúde garante que não fecham maternidades e que até há hospitais que vão novas especialidades.


Os enfermeiros do Serviço de Ortopedia do Hospital de Aveiro entregam esta quinta-feira um abaixo-assinado ao conselho de administração da unidade hospitalar. Estes profissionais queixam-se de exaustão física e psicológica pelo excesso de trabalho a que estão sujeitos há alguns meses.


 

Ouvido pela Antena 1, José Tavares, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, alerta que “o cansaço pode ser um fator que ponha em risco os cuidados”. Há oito pessoas de baixa no serviço, o que sobrecarrega quem permanece em funções.

“Isso tem feito com que a sobrecarga de dias de trabalho seja maior, ou seja, fazem mais horas do que têm no seu contrato de trabalho. Chegam a fazer 50 e mais horas. Além disso, neste momento não têm o mapa de férias aprovado”, refere, acrescentando que o enfermeiro-chefe diz que não tem possibilidade de dar férias nesta situação.

O presidente do Conselho de Administração do Hospital de Aveiro, José Afonso, mostra compreender o cansaço dos enfermeiros e refere à Antena 1 que para que todos possam gozar férias as cirurgias vão ser aceleradas, sem prejuízo dos doentes.

(com Sandra Henriques)

 

Os preços definidos nas tabelas do Serviço Nacional de Saúde (SNS) são inferiores aos cobrados pelos hospitais privados, à excepção das diárias de internamento que são mais caras no sector público.

 "Os diretores clínicos vão passar a ter a responsabilidade direta de coordenar as Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER). A notícia foi avançada, esta quarta-feira, pelo secretário de Estado Leal da Costa no Fórum da TSF.

A crise está a reflectir-se nos hábitos alimentares dos portugueses, com quebras no consumo de carne, peixe, vinho, cerveja, laticínios e fruta, mas o consumo per capita de calorias cifrava-se, em 2012, nas 3.963 kcal, o que corresponde a 1,6 a duas vezes o consumo diário recomendado para adultos, revelam os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) vai pagar mais 10,6 milhões de euros pelas colonoscopias com sedação ao sector convencionado, segundo estimativas da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

À excepção do ano de arranque, nunca o número de seringas distribuídas foi tão baixo como no ano passado