Social:

A Clínica do Piolho inaugurou recentemente em Algés para pôr fim ao maior pesadelo de pais e filhos. O primeiro centro especializado na eliminação dos piolhos de forma profissional em Portugal, dispõe de uma tecnologia americana desenvolvida especificamente para o tratamento da pediculose, pessoal especializado e entretenimento para os mais pequenos (livros, tablets).
Com a chegada do Natal e do Ano Novo regressam os excessos alimentares associados a estas épocas festivas, uma situação que pode provocar ansiedade e preocupação com o controlo de peso. O alerta é da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa que deixa algumas recomendações para que possa desfrutar dos prazeres desta época sem consequências para a saúde.
Os doentes oncológicos tratados no Centro Hospitalar de Lisboa Norte (CHLN) vão realizar exames altamente diferenciados no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, no valor de 500 mil euros anuais, deixando assim de recorrer ao setor privado.
As autoridades japonesas ordenaram hoje o abate de 4.000 frangos no oeste do país, após a confirmação de um novo surto de gripe das aves, o primeiro desde abril.
O surto de legionella, registado a partir de 07 de novembro no concelho de Vila Franca de Xira, causou 12 mortos e 375 doentes, encontrando-se ainda hoje hospitalizadas oito pessoas, segundo o relatório final do surto.
A fundação Gulbenkian vai promover a união de esforços de investigadores portugueses e dos países africanos de língua portuguesa para conseguir financiamento comunitário para trabalhos que visam procurar soluções para doenças como SIDA, malária ou tuberculose.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou hoje em Genebra que novos testes de diagnóstico do vírus Ébola vão estar disponíveis nos próximos meses nos mais países afetados pela epidemia.
Os cigarros electrónicos surgiram como um possível aliado para ajudar quem quer deixar de fumar. A segurança desses equipamentos, porém, ainda não está clara, no entanto estão a tornar-se tão populares que há até uma nova geração de jovens «viciada» nos produtos, mesmo sem nunca ter sido dependente do tabaco. É o que mostra uma pesquisa realizada no Centro de Cancro da Universidade do Havai.