Social:

Portugal criou um "dispositivo de coordenação" que está em alerta e "mobilizará e ativará recursos que sejam adequados a cada situação" de infeção pelo vírus do Ébola que venha a ser identificada, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS). 

Apesar de o número de embalagens comercializadas ter aumentado ligeiramente nos últimos dois anos, as vendas de medicamentos nas farmácias de Portugal continental ascenderam a um total de 2489 milhões de euros, o que representa uma queda de 4,3% face a 2012.

Segundo o Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST), nos primeiros seis meses do ano realizaram-se 395 transplantes, mais 57 do que em igual período de 2013, quando foram efetuados 338.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) tem equipas específicas e material com um grau de protecção elevado para actuar no socorro e transporte de casos suspeitos de infecção pelo vírus do ébola até aos hospitais de referência.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) denunciou hoje a «extrema carência» destes profissionais no distrito de Viana do Castelo, defendendo a contratação de mais 400 para fazer face às necessidades da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM).

Os dirigentes do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) estão dispostos a continuar com greves nos próximos tempos e, para este mês, já marcaram mais três paralisações, uma das quais no Centro Hospitalar de Lisboa Central, enquanto aguardam pela reunião já pedida ao ministro da Saúde.

Uma ex-aluna da Universidade do Minho criou um site que pretende pôr em contacto pessoas com a mesma doença, para que estas possam partilhar experiências e desabafos e se ajudem mutuamente.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses decidiu hoje avançar para uma greve dos profissionais do Centro Hospitalar de Lisboa Central, no dia 26 deste mês, segundo disse à Lusa uma dirigente sindical.