Social:
quinta, 08 maio 2014 11:06

Greve dos enfermeiros regista 95% de adesão

Em causa está pagamento de todas as horas trabalhadas não pagas entre 2008 e 2012

A adesão à greve dos enfermeiros do Centro Hospitalar Lisboa Ocidental era, às 9h30 desta quinta-feira, de 95%. A informação é avançada pela agência Lusa que cita fonte sindical.

Os enfermeiros em greve reivindicam o pagamento de todas as horas trabalhadas não pagas entre 2008 e 2012.

"Os enfermeiros com contrato individual de trabalho reivindicam o pagamento de retroactivos relacionados com as horas penosas de trabalho realizadas de 2008 a 2012, ou seja, as horas trabalhadas e não pagas, nos Natais, Páscoas, passagens de ano, feriados e fins-de-semana", explicou a representante da direcção regional de Lisboa do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), Isabel Barbosa.

De acordo com a sindicalista, os contratados aderiram em massa à greve convocada pelo SEP por uma questão de justiça e exigem à administração do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (CHLO) o pagamento das horas em falta.
Isabel Barbosa declarou que, apesar de os enfermeiros terem um decreto-lei específico que regula o pagamento destas horas, o conselho de administração do CHLO decidiu aplicar o Código de Trabalho a partir de 2008.
"Isto é uma questão monetária, mas é muito mais para além disto. É uma questão de justiça porque os enfermeiros já têm estes horários que são desajustados para uma vida social normal e passam a maior parte do tempo ausentes de família e amigos e portanto devem ser compensados por isso", defendeu.

Isabel Barbosa acrescentou que esta questão é relativa apenas ao período entre 2008 e 2012, porque a partir de 2013 o conselho de administração voltou a pagar aos enfermeiros com CIT como paga aos restantes funcionários públicos, por imposição do Orçamento do Estado para 2013.

Contactado pela agência Lusa, o conselho de administração do CHLO entende que a situação do ponto de vista jurídico é "mais complexa" do que aquela que o SEP apresenta, porque só alguns dos enfermeiros com CIT terão direito a ser ressarcidos.

Segundo fonte do CHLO, em causa estão apenas os anos de 2011 e 2012, mas garantiu que os enfermeiros que tenham direito ao pagamento das respectivas horas serão ressarcidos faseadamente ao longo de três anos a começar já em 2014.

A greve irá decorrer entre as 8h00 e as 12h00 desta quinta-feira, estando a concentração marcada para as 10h30 frente ao Hospital S. Francisco Xavier.

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=147851

 

Ler 3136 vezes