Social:

Uma equipa de cientistas britânicos anunciou hoje ter descoberto, em crianças com Síndrome de Down, as mutações genéticas que originam leucemia linfoblástica aguda infantil, o que pode ajudar a desenvolver terapias eficazes para a doença.

A epidemia de Ébola está "fora de controlo" nas zonas mais distantes da capital liberiana, devido à negação da doença por parte dos pacientes e também aos enterros tradicionais, alertou hoje um especialista da Organização Mundial da Saúde na Libéria.

A Libéria, um dos países afetados pelo surto de ébola, vai receber dos Estados Unidos amostras de um soro experimental, enquanto a Organização Mundial de Saúde deverá pronunciar-se hoje sobre a utilização destes medicamentos não aprovados.

O bem-estar e saúde de um bebé são as principais preocupações dos pais. Estar sempre atento a qualquer sinal de indisposição, movimento, e ao ambiente que envolve a criança pode ser uma tarefa extenuante para qualquer progenitor.

"Ontem [domingo], ao fim do dia, um doente do hospital King Faisal que apresenta sintomas de Ébola foi colocado em isolamento, a aguardar os resultados das análises", que vão determinar se o doente contraiu a febre hemorrágica, informa um comunicado do Governo ruandês.

O cansaço das equipas médicas que estão a tentar combater o vírus Ébola é o principal desafio que as organizações no terreno estão a enfrentar, disse à agência Lusa uma porta-voz a Organização Mundial de Saúde (OMS) em Conacri.

"Neste centro, desde 27 de maio, 21 pacientes de um total de 31 saíram curados", referiu Jerôme Mouton, que pede a quem fique doente que se dirija aos centros o quanto antes porque quanto mais cedo for diagnosticado um caso de Ébola, mais hipóteses há de sobreviver e de evitar o contágio.

A China anunciou, este domingo, o envio de três equipas de especialistas para a Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa para ajudar a combater o vírus do Ébola, que já fez 961 mortos na África Ocidental.