Social:
quarta, 27 agosto 2014 00:00

OMS quer banir utilização dos cigarros eletrónicos em espaços fechados

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou esta terça-feira um muito aguardado relatório sobre o uso de cigarros eletrónicos, no qual pede regulamentação urgente para o uso destes aparelhos e faz uma série de recomendações.

Neste relatório, a OMS defende que seja proibido fumar este tipo de cigarros nos espaços fechados, diz que são uma ameaça grave para os adolescentes e para os fetos e recomenda a proibição da sua venda a menores de idade.

«As provas existentes mostram» que os cigarros eletrónicos «não são simples 'vapor de água'», como argumentam frequentemente os fabricantes e o seu consumo em espaços públicos fechados deve ser proibido «a menos que seja provado que esse vapor exalado não é perigoso para quem está mais próximo», adianta a OMS.

De acordo com a OMS, existem provas suficientes para fazer uma advertência para «crianças, adolescentes, grávidas e mulheres em idade fértil» relativa às consequências a longo prazo que pode ter o consumo do cigarro eletrónico no «desenvolvimento do cérebro».

A organização defende que os cigarros electrónicos devem ser regulamentados de forma a controlar a emissão de substâncias tóxicas e faz um apelo para que seja proibida, com urgência, a venda de cigarros electrónicos adocicados, com sabor a fruta ou com sabor a bebidas alcoólicas.

FONTE: http://bit.ly/1onXcp2

Ler 3538 vezes