Social:

Cinco erros em cadeia podem ter sido responsáveis pelo primeiro caso de contágio pelo vírus do Ébola fora de África, incluindo a aplicação inadequada dos protocolos vigentes, segundo relata hoje a imprensa espanhola.
quarta, 08 outubro 2014 08:30

Dadores de órgãos vivos vão ter seguro

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação está a negociar com as seguradoras a criação de um seguro de dador de órgãos que contemplará a morte, ainda que esta seja «extremamente rara», revelou o presidente deste organismo.
O ministro da Saúde, Paulo Macedo, considerou ontem que Portugal está «bem preparado» para enfrentar casos suspeitos de ébola e anunciou que Ministério vai divulgar novos procedimentos para os hospitais.
Uma quinta pessoa foi admitida na noite de terça-feira no hospital Carlos III de Madrid, após a descoberta na segunda-feira em Espanha do primeiro caso de contágio na Europa com o vírus ébola, referiram os media ao citar fontes hospitalares.
UnitedHealth oferece cinco euros por cada acção.
O marido da auxiliar de enfermagem espanhola contagiada com o vírus do Ébola em Madrid, denunciou hoje que a Comunidade de Madrid pediu autorização para sacrificar o cão da família como medida preventiva.
O presidente do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) garantiu hoje que Portugal dispõe da "quantidade suficiente" de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os profissionais de saúde usarem no combate ao ébola.
O primeiro-ministro considera que Portugal tem muito potencial mas que existe pouca "transferência do conhecimento científico para o sector produtivo".