Social:
quarta, 15 janeiro 2020 22:31

Enfermeiros marcam greve nacional para dia 31 de Janeiro

Greve é convocada para exigir o reinício das negociações do Acordo Colectivo de Trabalho. Paralisação coincidirá com a greve nacional decretada pela Frente Comum, pela Federação Nacional dos Professores e pela Federação de Sindicatos da Administração Pública.

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Enfermeiros (FENSE) marcou uma greve nacional para o dia 31, para exigir o recomeço de negociações sobre o Acordo Colectivo de Trabalho, foi hoje anunciado.

Mais populares

  • Imigração

    Número de brasileiros a viver em Portugal subiu 43%. Já são 151 mil

  • Força Aérea Portuguesa

    Força Aérea alega que relógios são peças de arte e faz ajuste directo de 54 mil euros

  • i-album
    Design

    Manuel Lapa, “senhor Da Luz e Das Sombras”, em exposição em Matosinhos

A paralisação coincidirá com a greve nacional decretada pela Fesap, com o dia da manifestação nacional marcada pela Frente Comum, e com a greve de professores convocada pela Federação Nacional dos Professores.

De acordo com a FENSE, a greve dos enfermeiros é convocada para exigir o reinício das negociações do Acordo Colectivo de Trabalho, “interrompidas unilateralmente sem estarem concluídas”.

A “inacção do Governo perante o crescendo das agressões aos enfermeiros, causadas pelo mau funcionamento dos serviços do Serviço Nacional de Saúde”, é outra das razões invocadas pela federação.

FONTE - Público

Ler 246 vezes