Social:
quinta, 24 outubro 2019 21:25

Há um novo código genético para quem tem “sono curto”

É a terceira mutação genética identificada numa família com pessoas que não precisam de dormir muito para funcionar bem. A descoberta ajuda-nos a saber um pouco mais sobre a biologia do sono humano.

Uma equipa de cientistas nos EUA identificou uma mutação associada a um grupo de pessoas que tem um sono naturalmente curto. A mesma equipa já tinha identificado outras duas variantes genéticas associadas a estes indivíduos com uma invulgar higiene de sono. No artigo publicado na revista Science Translational Medicine mostram que, quando esta mutação é introduzida em ratinhos, os animais dormem menos sem mostrar sinais de privação do sono. Entre outros contributos, este trabalho clarifica aspectos importantes na relação entre a regulação do sono e a consolidação da memória.

Mais populares

  • Animais

    Mulher deita cão recém-nascido ao lixo, caso vai para tribunal

  • i-album
    Futebol

    Flamengo, de Jorge Jesus, na final da Libertadores 38 anos depois

  • i-album
    Fotografia

    As “sobrenaturais” estações de metro da ex-União Soviética, símbolos da utopia “luxo para todos”

FONTE - Público

Ler 199 vezes