Social:
domingo, 15 setembro 2019 17:02

Homem morre em Guimarães presumivelmente após picada de uma vespa

Vítima tinha 32 anos e foi encontrado em paragem cardiorrespiratória. Bombeiros foram alertados “para uma reacção alérgica desconhecida”.

Um homem de 32 anos morreu no sábado à noite na freguesia de Infantas, concelho de Guimarães, suspeitando-se que terá sido picado por uma vespa, disse neste domingo à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães.

Mais populares

  • i-album
    Música

    Morreu o cantor Roberto Leal, “português brasileiro, brasuca lusitano”

  • Estados Unidos

    Actriz de Donas de Casa Desesperadas condenada a 14 dias de prisão após escândalo de acesso a faculdades

  • i-album
    Concurso

    Um mundo selvagem para conhecer entre risos — mas para preservar a sério

Segundo a fonte, o alerta foi dado pelas 21h40, “para uma reacção alérgica desconhecida”, tendo a vítima sido encontrada já em paragem cardiorrespiratória numa habitação na rua do Casal, freguesia de Infantas.

“Há suspeitas de que poderá ter sido picado por uma vespa, mas só a autópsia confirmará”, acrescentou.

No local estiveram uma ambulância com dois elementos dos Voluntário de Guimarães e equipas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Famalicão e da ambulância de Suporte Imediato de Vida de Fafe.

O corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Guimarães para ser autopsiado.

O que é o choque anafiláctico?

A anafilaxia resulta de uma reacção exacerbada do sistema imunitário a um alergeno (uma molécula — um antigénio — que desencadeia uma reacção alérgica) que pode ter uma origem mais ou menos comum.

Entre os alergenos mais frequentes estão as proteínas alimentares (o ovo e os frutos secos são apenas dois exemplos) e os medicamentos, mas também o veneno de répteis, aracnídeos e insectos — picadas como as das abelhas e vespas não representam perigo para a esmagadora maioria das pessoas.

O choque anafiláctico (a reacção extrema da anafilaxia) não é comum e, nalguns casos, pode ser fatal.

A Academia Americana de Imunologia registou cerca de três mil mortes por reacção anafiláctica durante um período de 12 anos, só nos Estados Unidos, a maioria atribuída a reacções alérgicas a medicamentos.

FONTE - Público

Ler 215 vezes