Social:
sexta, 30 agosto 2019 12:11

Listeriose causa mais três abortos espontâneos e um morto em Espanha

Mais três grávidas perderam os bebés devido à ingestão de carne contaminada pela bactéria listeria. Foi ainda anunciada mais uma vítima mortal: um homem de 72 anos, doente terminal.

Mais três mulheres grávidas sofreram abortos espontâneos decorrentes da ingestão de carne contaminada com listeriose, avançou nesta sexta-feira o jornal espanhol El Confidencial, com base em informações das autoridades de saúde.

Em Sevilha, fontes oficiais da Junta de Andaluzia confirmaram que duas mulheres deram entrada nos hospitais Virgen Macarena e Virgen del Rocío. Uma delas estava na oitava semana de gravidez, enquanto a outra já tinha chegado à 32.ª semana.

É a primeira vez que é detetado um caso de listeriose em Madrid, local do terceiro aborto espontâneo desta sexta-feira. A grávida tinha ingressado num hospital privado, e estava no primeiro trimestre de gestação, diz o El Confidencial. A habitante da capital terá ingerido carne infetada em um restaurante de Andaluzia.

Os casos juntam-se a outros dois de aborto espontâneo causados pela infeção, que teve início na empresa sevilhana Magrudis. Segundo o jornal, 23 grávidas deram entrada em hospitais espanhóis devido à ingestão de carne contaminada e estão sob tratamento antibiótico. Três delas estão na Unidade de Cuidados Intensivos.

Já são 197 os casos de pessoas contaminadas com listeriose, em Espanha, confirmados desde o dia 15 de agosto, data do alerta de saúde.

Em atualização

FONTE - Observador

Ler 46 vezes