Social:
sexta, 15 março 2019 12:17

Luz Saúde também retoma convenção com a ADSE

Depois da José de Mello de Saúde, também o grupo Luz anunciou que vai retomar a convenção com a ADSE enquanto decorrem as negociações.

O grupo Luz Saúde anunciou nesta sexta-feira que vai retomar o normal funcionamento da convenção que tem com a ADSE, o que significa que os beneficiários poderão continuar marcar consultas ou outros actos médicos sem restrições de datas nas condições previstas nos acordos com o sistema de assistência na doença dos aposentados e funcionários do Estado.

A decisão foi anunciada nesta sexta-feira e representa um recuo face à intenção, anunciada em Fevereiro, de que, a partir de 15 de Abril, os hospitais do grupo deixariam de aceitar marcações ao abrigo das convenções, trabalhando apenas em regime livre.

Mais populares

  • Inovação

    Inventor português vendeu a casa para lutar contra a Huawei por roubo de patente

  • i-album
    Nova Zelândia

    Pelo menos 49 mortos em ataque terrorista a mesquitas na Nova Zelândia. Atentado foi transmitido em directo

  • i-album
    Fotografia

    “Pára de negar, a Terra está a morrer”: as imagens da greve climática em Portugal

Também o grupo José de Mello Saúde já tinha tomado uma atitude semelhante na quarta-feira.

“Face à vontade expressa pelo conselho directivo da ADSE, que se percepciona como genuína, para reiniciar negociações com a Luz Saúde com vista à reformulação das convenções”, refere o comunicado dirigido aos beneficiários da ADSE, o grupo "decidiu retomar as marcações, sem restrições de datas, dos serviços prestados ao abrigo das convenções celebradas com a ADSE, enquanto estiver a decorrer o período de negociações”.

A comissão executiva da Luz Saúde assegura que a convenção será retomada enquanto decorre o processo de negociação que está em curso com a ADSE, porque entende que “negociações justas e equilibradas não deverão realizar-se num contexto de condicionamento de qualquer uma das partes”.

​"Perante a expectativa fundada nos entendimentos já alcançados nas últimas semanas de que será possível assinar, num curto espaço de tempo, um memorando de entendimento que regule o processo de negociação e que, em consequência, a ADSE apresente até meados de Abril uma proposta de nova tabela, entendemos que negociações justas e equilibradas não deverão realizar-se num contexto de condicionamento de qualquer uma das partes”, diz o comunicado.

Com esta decisão, explica a Luz Saúde, “os beneficiários da ADSE podem continuar a recorrer à rede de hospitais e clínicas Hospital da Luz ao abrigo do regime convencionado com a ADSE e proceder a marcações sem qualquer constrangimento, incluindo para datas posteriores a 15 de Abril de 2019”.

As marcações entretanto efectuadas para data posterior a 15 de Abril também serão realizadas ao abrigo do regime convencionado, acrescenta.

FONTE - Público

Ler 65 vezes