Social:
quinta, 11 outubro 2018 17:20

Dívida dos hospitais às farmacêuticas perto dos 950 milhões de euros

Valores registados em Agosto são os mais altos deste ano. Nesse mês dívida vencida representava 666 milhões de euros.

A dívida dos hospitais públicos à indústria farmacêutica atingiu, em Agosto, 949,3 milhões de euros, sendo o valor mais alto do ano, segundo dados da associação do sector divulgados esta quinta-feira.

De acordo com dados divulgados pela Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), a dívida total dos hospitais aos laboratórios situava-se, em Agosto, acima dos 949 milhões de euros. Só a dívida vencida representava 666 milhões de euros.

Mais populares

  • i-album
    Espaço

    Após falha em foguetão, astronautas aterram em segurança

  • Um canalha à porta do Planalto – Opinião de Francisco Assis

  • i-album
    Exposição

    Retratos sem pose do desejo no masculino

Apesar de a dívida total ser a maior registada este ano, a dívida vencida (representa o valor da dívida existente no último dia do mês considerado, depois de ultrapassado o prazo limite de pagamento acordado entre as partes) já tinha sido superior em Fevereiro e em Junho.

Ainda segundo os dados da Apifarma, a dívida total continua ainda assim mais baixa do que os valores registados no segundo semestre de 2017, quando chegou a ultrapassar os 1100 milhões de euros.

Em comparação com o mês anterior, Julho, tanto a dívida total como a dívida vencida tiveram um aumento de mais de 3%.

Em Agosto, o prazo médio de pagamento dos hospitais a 66 empresas farmacêuticas situava-se nos 330 dias.

FONTE - Público

Ler 127 vezes