Social:
Forumenfermagem

Forumenfermagem

O anúncio foi feito esta sexta-feira pelo ministro da Saúde. Trabalhadores mostraram-se indisponíveis para a mudança e não ficava garantida a operação do Infarmed, explicou.
Ministro da Saúde admitiu no Parlamento que há hospitais a trabalhar no limite e com grande esforço dos profisisonais.
Ministro da Saúde anunciou esta sexta-feira que Governo não vai avançar com a deslocalização do Infarmed e remeteu a decisão para uma comissão na Assembleia da República.
Presidente do Conselho Económico e Social e ex-ministro da Saúde entende que o SNS, com todos os problemas que enfrenta, está "muito distante de uma crise grave". Ainda assim, "necessita de atenção exigente e imediata".
Uma em cada vinte mortes em todo o mundo estão relacionadas com o consumo nocivo de álcool, segundo o novo relatório divulgado esta sexta-feira pela Organização Mundial de Saúde.
O anúncio da suspensão foi feito esta sexta-feira pelo ministro da Saúde, que reconheceu que neste momento não estavam reunidas todas as condições para a mudança do Infarmed para o Porto.
Os sindicatos dos enfermeiros dão ao Governo até 4 de Outubro para responder às reivindicações. Se não voltam à greve nos dias 10, 11, 16, 17, 18 e 19 desse mês.
Ministro da Saúde disse que "o contexto político mudou significativamente" em relação há um ano, quando a decisão de mudar o Infarmed para o Porto foi tomada. Decisão está agora nas mãos do Parlamento, o que a Ordem dos Médicos do Norte contesta.
Os sindicatos dos enfermeiros dão ao Governo até 4 de outubro para responder às suas reivindicações ou avançarão para mais seis dias de greve durante as três primeiras semanas do mês.
O ministro da Saúde reconheceu que "há hospitais a trabalhar nos limites", com profissionais a "fazer um enorme esforço", mas considerou que o Governo está "na trajetória correta".
Pág. 1 de 1149