Social:

Samuel Bonifácio chegou à Serra Leoa praticamente ao mesmo tempo do surto de ébola que começou em Fevereiro na Guiné-Conacri. Há dois meses o português de 25 anos mudou-se para este país da África Ocidental depois de quatro anos em Moçambique. “Quando eu cheguei cá há dois meses tinham-se confirmado três ou quatro casos do vírus no interior do país...

Publicado em Internacional

O avião que transportou Kent Brantly aterrou numa base militar norte-americana. O médico seguiu, depois, numa ambulância especialmente preparada para evitar o contágio deste doença altamente transmissível e fatal para o Hospi...

Publicado em Internacional

O actual director da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, Peter Piot, co-autor da descoberta do vírus ébola em 1976 quando tinha 27 anos, não acredita que o maior surto de sempre da doença saia de África.

Publicado em Internacional

Entre os dias 24 e 27 de julho, um total de 122 novos casos (confirmados em laboratório, casos prováveis e suspeitos) da febre hemorrágica causada pelo vírus Ébola, assim como 57 mortes foram notificados na Guiné-Conacri, Libéria, Nigéria e Serra Leoa, informo...

Publicado em Internacional

Apesar das medidas de controlo de fronteiras que a Libéria decidiu tomar para travar o surto do vírus ébola e do estado de emergência declarado pela Serra Leoa, a Organização Mundial de Saúde (OMS) não recomenda ainda qualquer tipo de restrições nas viagens aéreas ou encerramento de fronteiras, justificando que o risco de transmissão entre passageiros é baixo.

Publicado em Internacional

O virologista Jaime Mina assegurou hoje que o risco de propagação do Ébola na Europa é reduzido, estando o surto circunscrito a três países africanos onde já morreram mais de 600 pessoas: Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa.

Publicado em Internacional

Portugal vai enviar 15 toneladas de medicamentos para apoiar a Guiné-Bissau na prevenção do Ébola e outras epidemias, anunciou hoje o primeiro-ministro guineense, Domingos Simões Pereira.

Publicado em Internacional

A Direção Geral de Saúde garantiu hoje que Portugal está preparado para detetar e enfrentar um eventual caso de vírus de Ébola, mas sublinhou que o risco de importação e propagação é “muito baixo”.

Publicado em Portugal

Os médicos e os enfermeiros são os trabalhadores mais expostos às doenças.

Publicado em Internacional

O surto de Ébola chegou à Nigéria, o país mais populoso de África, com 170 milhões de habitantes.

Publicado em Internacional
Pág. 3 de 4