Social:
Forumenfermagem

Forumenfermagem

Se há alguns anos só não comia glúten quem não podia – os celíacos –, agora há quem corte a proteína á procura de uma alimentação mais saudável. Mas estudos e especialistas apontam que deixar de comê-la não tem efeitos sobre a saúde.
Em vez de sentir prazer e satisfação, algumas mulheres podem ficar melancólicas ou até agressivas com o parceiro depois de ter sexo. Segundo uma pesquisa, 46% já experimentou a chamada «disforia pós-coito», mais conhecida como «depressão pós-sexo», alguma vez na vida. E 5% das entrevistadas relatou ter tido a experiência nas quatro semanas anteriores à entrevista.
Uma das premiadas deste ano com o Nobel da Medicina, a chinesa Tu Youyou, disse hoje não ter ficado surpreendida com a distinção, sublinhando que o prémio honrou todos os cientistas do seu país.
O cientista japonês Satoshi Omura, distinguido juntamente com o irlandês William C. Campbell do Nobel de Medicina 2015 pelo seu trabalho sobre infecções causadas por parasitas, afirmou esta segunda-feira que os micro-organismos são «os verdadeiros merecedores» deste prémio.
A depressão é uma doença mais prevalente nas pessoas com diabetes do que na população em geral e compromete muitas vezes a adesão à terapêutica, afirma o Núcleo de Estudos da Diabetes Mellitus (NEDM) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI). Este é um dos temas em destaque na 10ª Reunião do NEDM que decorre nos dias 9 e 10 de Outubro, em Viseu.
Crianças pequenas que tomam medicamentos para a asma antes de completarem 2 anos de idade podem ter o seu crescimento comprometido, conforme sugere um estudo preliminar realizado com 12 mil crianças e apresentado na Conferência da Sociedade Europeia de Endocrinologia Pediátrica.
O irlandês William C. Campbell, o japonês Satoshi Omura e o chinês Youyou Tu foram distinguidos esta segunda-feira com o Prémio Nobel da Medicina 2015 pelos seus estudos sobre infecções causadas por parasitas e pelos novos tratamentos contra a malária, anunciou o Instituto Karolinska de Estocolmo.
Os investigadores norte-americano William C. Campbell, japonês Satoshi Omura e chinesa Youyou Tu foram hoje galardoados com o Prémio Nobel da Medicina, segundo um comunicado da Academia Sueca.
Há cerca de um ano, Harry Ashby, que tem 29 anos e trabalha como segurança em Inglaterra, figurou nas manchetes de vários jornais britânicos por estar a sofrer de uma série de sintomas atípicos para um homem: náuseas, enjoos, aumento de peso e até barriga proeminente.
Taiwan superou as 20.500 infeções por dengue este ano, com 56 mortes confirmadas e mais 56 que se suspeita estarem ligadas à doença, informou hoje o Centro de Controlo de Doenças (CCD) da ilha.

PUBLICIDADE 2