Social:
Forumenfermagem

Forumenfermagem

Presidente dos Sindicato dos Enfermeiros diz que os serviços mais afectados são blocos cirúrgicos e consultas. BE critica Governo. Costa dá sinal para negociar.
Em causa estão as eleições para a escolha dos quatro representantes dos beneficiários, que terão assento no Conselho Geral e de Supervisão do novo instituto público.
Enfermeiros que não fazem greve esperam receber "propostas sobre matérias que continuam em negociação'", de outro modo avançam para "formas de luta".
A descoberta pode abrir caminho para tratamentos de doenças musculares ou de lesões provocadas pela prática desportiva intensiva.
"O maior impacto desta greve verifica-se a nível do bloco operatório, das consultas externas, atendimentos nos centros de saúde e na realização de exames não urgentes, onde foram canceladas cirurgias programadas, consultas e exames", informou o Serviço Regional Saúde.
Catarina Martins defende que "é preciso valorizar o trabalho dos enfermeiros em Portugal" e diz que o Governo tem tardado nas respostas.
Presidente dos Sindicato dos Enfermeiros diz que os serviços mais afectados são blocos cirúrgicos e consultas e que a adesão ronda os 85% a nível nacional
A greve dos enfermeiros vai manter-se até às 24h de sexta-feira e afecta todos os serviços programados.
A secretaria de Estado do Emprego considerou irregular a marcação desta greve, alegando que o pré-aviso não cumpriu os dez dias úteis que determina a lei. Apesar disso, os enfermeiros mantiveram o protesto.
Ana Rita Cavaco, bastonária dos enfermeiros, fala da greve de cinco dias que começa nesta segunda-feira. Exige a criação de uma carreira de especialista para os 16 mil profissionais com estas competências. E culpa o Governo pelo extremar de posições.

PUBLICIDADE 2