Social:
Forumenfermagem

Forumenfermagem

Enquanto muitos de nós sonham com algumas horas extras de sono, para uma adolescente britânica essa ideia é motivo para pesadelos. Durante os surtos da síndrome extremamente rara de que sofre - que podem durar semanas - Beth Goodier mantém-se acordada durante apenas algumas horas por dia.
O Comité para a Regulamentação Internacional de Saúde (da ONU) reúne-se hoje, pela terceira vez, para abordar a resposta de emergência para o ébola e avaliar os últimos desenvolvimentos sobre o vírus e aconselhar a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a necessidade, ou não, de mudar as actuais restrições de comércio e de viagens.
Moradores da freguesia da Penha de França, em Lisboa, manifestaram-se terça-feira preocupados com os impactos na saúde devido à futura subestação elétrica no Alto de São João, mas técnicos das empresas responsáveis pela infraestrutura garantem «elevados níveis de segurança».
Comer umas dez porções de fruta e legumes todos os dias ajuda a melhorar a saúde física e mental e aumenta o sentimento de felicidade, segundo um estudo divulgado hoje pela Universidade de Queensland.
Os Estados Unidos admitem que a resposta de Washington contra o atual surto de Ébola na África Ocidental não foi "suficientemente rápida", mas acreditam que os esforços em curso vão ser essenciais para vencer esta batalha humanitária.
A ideia de que a vacina contra a gripe está associada a efeitos secundários ou que induz a doença é um dos motivos que leva os grupos alvo da vacinação a não se imunizarem, segundo um estudo hoje apresentado.
O segundo exame ao sangue da auxiliar de enfermagem Teresa Romero deu resultado negativo para o vírus ébola. A confirmação mostra que a espanhola está livre da doença e que deve deixar a área de isolamento do Hospital Carlos 3º, em Madrid, onde permanece há 15 dias isolada, informou o jornal El País.
O Movimento dos Utentes dos Serviços Públicos (MUSP) entrega na quarta-feira na Assembleia da República uma petição contra a eventual privatização do Hospital de Cantanhede, na expectativa de que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não sofra mais amputações.
Cientistas franceses desenvolveram um teste para diagnóstico rápido do vírus ébola, cujo resultado sai em menos de 15 minutos, anunciou esta terça-feira a Comissão francesa de Energia Atómica e Energias Alternativas (CEA).
O início da actual epidemia de ébola e das mortes de mais de quatro mil pessoas por causa da doença pode ter-se dado numa vila na Guiné Conacri, no leste de África, quando uma criança comeu carne de morcego.

PUBLICIDADE 2